Brasileiro 2018 Palmeiras 2×1 Ceará…. mais uma vitória

 

 

O Palmeiras ganhou do Ceará de Lisca Doido na tarde deste domingo. 2×1. Bruno Henrique fez os dois gols no 1o tempo. No 2o tempo o Ceará descontou.

Felipão colocou quase o time titular. Deixou no banco Dudu – que entrou na 2a etapa no lugar de Hyoran, que não jogou bem. Quis garantir a vitória. E conseguiu. O Ceará – que até a R30 tinha a 7a melhor campanha do returno – se fechou bem. O primeiro gol saiu de um pênalti claro num escanteio. O árbitro demorou pra marcar, mas marcou. Bruno Henrique cobrou no meio do gol e fez 1×0.

Logo depois em jogada de Lucas Lima, Bruno Henrique bateu de fora da área e fez 2×0.

Aos 45 do 1o tempo Deyverson voltou a perder a cabeça e foi expulso por entrada violenta. O Palmeiras jogou o 2o tempo inteiro com 10 e tomou o gol num contra-ataque do Ceará e falha de Antônio Carlos.

No final o placar garantiu a vantagem do Palmeiras e tranquilidade para ir a Buenos Aires na 4a feira. Sábado que vem tem decisão no Rio de Janeiro: é contra o Flamengo, que também venceu e está 4 pontos atrás do Palmeiras.

Agora é pensar no Boca.

Saudações Alviverdes!

112 Comments Added

Join Discussion
    • Os números são iguais porque o esquema adotado pelo Felipão protege melhor a defesa do Palmeiras. Individualmente, os titulares do Grêmio são melhores que todos os nossos zagueiros, exceto o Gómez.

  1. Grêmio encaminhou sua classificação. Para o jogo de amanhã, temo pela arbitragem. A CONMEBOL não quer uma final brasileira.

  2. A grande diferença entre Palmeiras e Grêmio, está na defesa ; a do Grêmio é bem melhor, aguenta o tranco.
    Espero que que nossa defesa se comporte como a dos gaúchos, firme, fechando os espaços e sem vacílos
    Se for assim, teremos uma final brasileira
    E ganhamos.

  3. Jango 24/10/2018 | Responder

    Grêmio já fez sua parte. Tomara que o Palmeiras faça a dele também.

  4. Cássio 24/10/2018 | Responder

    River justificando o apelido de Gallinas. Até aqui pipocando descaradamente. Fora o trabalho tático do Renato Gaúcho que é fora de série.

  5. Não sei se alguém está assistindo, mas no jogo entre River x Grêmio houve uma cotovelada de um argentino na nuca de um brasileiro sem dispu.ta de bola, o lance seguiu, o VAR nada viu e ficou tudo por isso mesmo…

    • Paraiba 24/10/2018 | Responder

      Eduardo lembra grêmio x Palmeiras no Olímpico em 95 o juiz expulsou o time inteiro do Palmeiras ,o Danrlei bateu no Valber ate na mae dele e não foi expulso o árbitro expulsou 3 jogadores do Palmeiras e 1 do grêmio e o narrador da FoX vem falar que o grêmio tem alma copeira, tem ajuda copeira também .

      • Paraiba 24/10/2018 | Responder

        Foram expulsos Rivaldo e Valber (Palmeiras )e o violento Dinho(grêmio ), o goleiro Danrlei foi que mais bateu e não foi expulso.

        • Grato por ter se auto-corrigido, Paraíba. Não foi o “time inteiro” do Palmeiras que foi expulso naquela partida em 1995, mas o maior absurdo foi o Danrlei ter continuado em campo, isso não se discute. Sem falar que quando o jogo virou 0x2 e nove contra dez, o Carlos Alberto Silva deveria ter fechado a casinha no segundo tempo ao invés de tentar empatar a partida, daí deu o que deu.

          Da mesma forma, dos nove jogadores do Flamengo “pendurados” na partida do último domingo, apenas quatro começaram jogando, sendo que três deles foram substituídos (e um dos que entraram também estava com dois amarelos). Sei que a intenção não foi essa, mas quem circulou a notícia deixou a impressão de pura e absoluta armação. E, convenhamos, pra tomar cartão amarelo contra o Paraná precisa ser muito ruim. A gente jamais deve ignorar uma série de coisas “estranhas” que acontecem quando o envolvido é o Palmeiras, pois como dizem por aqui “as bruxas existem”, mas daí a achar que elas dominam o mundo vai além da conta.

  6. Desculpem o double post. Só vi agora, no Cosme Rimoli, o ocorrido do sportv não passar replay do lance do gol impedido do Damião, e o margarida desesperado, esperando a interferência externa, que não veio. Agora a imprensa, milagrosamente, acredita em interferência externa né? Até ontem, quando nós reclamavamos de 3 situações diferentes de influência externa (uma contra o Inter, duas contra os gambás), aí, nós eramos os esquizofrênicos pra imprensa, vitimas de teoria da conspiração. É muita sujeira nesse esporte, pqp… E a mamãe globo sendo a responsável, junto a Coronel Marinho, CBF, FPF… Fato, se não fosse o amor ao Palmeiras, já teria parado de perder tempo com futebol faz tempo… Depois a imprensa esportiva (que também é mais suja que pau de galinheiro), reclama da debandada da audiência no esporte…

    • Em 2012, naquele gol de mão do Barcos (corretamente) anulado por interferência externa (e ilegal) no mesmo Beira-Rio, a oportunidade de se discutir profundamente a influência das transmissões da televisão sobre as decisões do que ocorre dentro de campo foi jogada no lixo. Tudo ficou resumido a uma “covarde tentativa de um time fugir do rebaixamento por meios escusos”, e (sem trocadilhos com o protagonista do lance) o barco seguiu seu rumo.

      Eu acho engraçado como as coisas só mudam no futebol brasileiro quando os “mesmos” clubes se sentem prejudicados. Em 2009 os gambás descaradamente entregaram a partida na penúltima rodada para os urubus a fim de prejudicar os seus rivais que ainda lutavam pelo título, e nenhuma providência foi tomada. No ano seguinte, depois que Palmeiras e SPFC perderam em sequência para o Fluminense na reta final “prejudicando” o time de Itaquera, a CBF definiu que as últimas rodadas do Brasileirão passariam a ter clássicos para evitar “entregadas”. Curiosamente, depois que o Palmeiras caiu em 2012 desistiram da ideia.

  7. Não vamos ganhar sábado, pode esquecer. Arbitragem vai sacanear até dizer chega. Só vamos vencer se fizermos uns 3 gols (vão anular 2), o nosso goleiro pegar pênalti (vão dar pelo menos um penal pro cheirinho), e no nosso gol validado, vai ter de ser de chute de longe, sem ninguém se empurrando ao redor do lance.

  8. lito 23/10/2018 | Responder

    Coronel Marinho disse que os cartões foram aplicados corretamente. kakaka. Eta Brasil, eta CBF. Alguém achava que ele ia contra os árbitros. Olha ontem no jogo dos sardinhas como o árbitro ficou desesperado no gol anulado do Damião de forma correta. Não são treinados, são jogados nos jogos sem qualquer preparo psicológico. Em relação ao nosso jogo, por favor general Drascena e A Carlos não. O verdão deveria trazer o Lucas Pratto ou o Pablo no ano que vem para dividir a posição com o Borja.

  9. Thom 22/10/2018 | Responder

    Se ganhar, realmente acaba. Se empatar, vai precisar fazer muita força pra perder.

    O problema é que o ano todo vai ser decidido em 7 dias.

    Se ganha os 3 jogos (Boca, Fla, Boca), já garante o ano.

    Se perde do Flamengo e é desclassificado, pra mim, não recupera mais no Brasileiro e fica sem nada.

    Três jogos pra decidir o ano. Muito, muito tenso.

    • Paulão 23/10/2018 | Responder

      A pior hipótese, derrota para o Flamengo e eliminação para o Boca, pode trazer duas consequências opostas: deprimir e perder o brasileirão ou pegar raiva e ganhar todos os jogos até o deca, exceção talvez ao jogo contra o santos, que será contra um time muito perigoso e três dias depois da “eliminação”. Pra mim essa pior hipótese só faz o time desandar se a gente tomar uma paulada muito grande, seja do boca, seja do flamengo. De qualquer forma, eu não acredito que as coisas ocorram da pior maneira, um desses títulos tenho fé que a gente leva. Os dois, aí é bem difícil, mas também não acho que seja impossível.

      • Isso aí vai ser mais ou menos como aquele aluno que não faltou uma vez durante o ano, teve um bom aproveitamento mas que precisa de uma nota de prova (que acontece num único dia) pra passar de ano. Se ele acordar bem disposto, provavelmente tudo será tranquilo, mas vai que justo nesse bendito dia ele tenha diarreia, febre e fique gripado…

  10. Cássio 22/10/2018 | Responder

    O time do Santos é bom e franco atirador. Dá espaços na defesa mas, vai dar muito trabalho para o Palmeiras.

  11. Paulão 22/10/2018 | Responder

    Belo resultado do Santos lá no sul, tirou dois pontinhos do Inter, mas vai dar trabalho pra nós daqui a duas rodadas. De qualquer forma, nossa vantagem aumentou, se não perder o foco no Brasileirão temos boas chances!

      • Philipe Frois 22/10/2018 | Responder

        Sim, pensei o mesmo…com essa força que as sardinhas nos deram se vencer o cheirinho no sábado, já era!

  12. Levi 22/10/2018 | Responder

    A zaga contra o boca deve ser Luan e Gustavo Gómez.
    Scolari disse no sábado que tem tem 2 zagas entrosadas e descartou mistura-las.
    Os 2 são mais rápidos e Gomez + Borja falam espanhol.
    Antes de vir para o Palmeiras, Gomez já estava quase acertado com o boca.

    • Paraiba 23/10/2018 | Responder

      O Palmeiras tem uma zaga entrosada Luan e Gomez e a outra atrasada Dracena e AC vide o gol do barco no mineirão onde o pangarezão do AC ficou cercando o gol vendo a bola entra, será que ele tem preguiça de estica a perna ou não consegue dar carrinho? acho que é os dois.

  13. Gustavo Aroni 22/10/2018 | Responder

    Olha, na minha opinião, seria vermelho pro Bruno Henrique (foi um lance muito semelhante ao do Felipe Melo contra o Cerro), a expulsão do Deyverson foi correta, o penalti o juiz não quis ver, o cartão do Mayke foi justo (tava fazendo cera), e o cartão do Lucas Lima foi absurdo. Agora, no jogo de lá, nove pendurados, nenhum cartão? Estranho mesmo.

  14. adilson 22/10/2018 | Responder

    bom dia amigos.. acho que o cartao do Bruno Henrique foi justo.. do Daiverson (no coment).. agora os outros dois…….mas vamo que vamo.. Vitor Luis na direita e Diogo na esquerda. e Revesamos o Moises com o Scarpa (meio tempo cada um).. com FM e Thiago no meio campo…

Leave Your Reply