Brasileiro 2018 R28 São Paulo 0x2 Palmeiras: liderança consolidada

 

Contra alguns times deveria ser lei número 1 não haver pós jogo. Nem com vitória e nem com derrota.

Contra o SPFC ocorre isso. Não não …. não é uma questão de rivalidade. É uma questão histórica. Nos remete a 1942. E isso nunca esqueceremos.

Sendo assim: 2×0, Gómez e Deyverson fizeram os gols. E poderíamos ter feito mais. Nota 10 do Felipão ao roupeiro. Mesmo contra a má vontade do juiz (que deveria ter dado uma falta e amarelo ao tal Sidão quando Deyverson roubou a bola e chutou pra marcar e o goleiro defendeu com as mãos fora da área) ganhamos.

Lucas Lima, Victor Luiz e Dudu os destaques da partida. Gómez bem. Weverton só sujou o uniforme duas vezes no 2o tempo.

Vitória mais que merecida. Tem 10 rodadas ainda. Estamos chegando lá….

Saudações Alviverdes!

 

***

Pré Jogo

O Palmeiras pega o SPFC no Morumbi neste sábado 18 horas.

O jogo vale a liderança. Vitória irá consolidar o Palmeiras na liderança do campeonato. Empate também é bom, uma vez que o Inter perdeu nesta 6a feira.

Felipão não tem desfalques. Mas pode poupar alguns titulares como vem fazendo nos jogos do Brasileiro.

Pelo retrospecto o time a entrar em campo hoje poderá ser: Jaílson, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luiz; Felipe Melo, Thiago Santos e Lucas Lima; Willian, Deyverson e Dudu. Mas não estranharemos se Borja começar jogando, ou mesmo Bruno Henrique.

Importante: 10 pendurados no Palmeiras. Marcos Rocha, Willian, Thiago Santos, Victor Luis, Mayke, Bruno Henrique, Lucas Lima, Felipe Melo, Moisés e Gustavo Gómez.

Do lado de lá, nenhum desfalque.

Retrospecto

Contra o SPFC temos um retrospecto negativo. Em 311 jogos, 103 vitórias nossas contra 108 deles.

Porém, ah porém… no Campeonato Brasileiro temos vantagem!!

65 jogos
22 vitórias do Palmeiras
28 empates
15 derrotas
82 gols pró
72 gols contra

Faz tempo que a gente não ganha lá …. será hoje o dia?

Arbitragem

Wilton Pereira Sampaio, de Goiás, será o árbitro.

No seu retrospecto apitando jogos do Palmeiras (no período de 2009 a 2018):
24 jogos
9 vitórias do Palmeiras
8 empates
7 derrotas

Esse ano apitou o jogo Palmeiras 1×0 Vasco da Gama, no Allianz.

Já no campeonato Brasileiro o árbitro se mostra um tremendo juiz caseiro.
Apitou 10 jogos:
6 vitórias dos mandantes;
4 empates.

Ou seja, os visitantes nunca tiveram vez com o árbitro neste brasileiro.

Seguem seus jogos.

Enfim…. 

Jogo importantíssimo. Qualquer resultado que aconteça não define o campeonato. Mas a nossa vitória seria um importante passo.

Scoppia!!!! E deixe aqui sua mensagem. Este será o post do pós jogo.

Saudações Alviverdes!

 

 

151 Comments Added

Join Discussion
  1. Apesar dessa leve subida do cheirinho, ainda acho que os maiores adversários do Verdão na busca pelo título são:

    Internacional, por ter adversários considerados mais ”fáceis” depois do jogo de amanhã.

    Grêmio, pela qualidade técnica do time, por ter uma sequência de trabalho com o Renato há mais de dois anos e por ainda ter esse confronto direto contra o Palmeiras.

    Apesar de reconhecer as dificuldades que tem o Campeonato Brasileiro, estou confiante que ganharemos esse campeonato pelo que o elenco vem apresentando desde a chegada do Felipão.

  2. O departamento jurídico do Palmeiras merece nossos aplausos pela eficiência de ter rapidamente conseguido os efeitos suspensivos do Mayke e do Diego Barbosa no jogo de amanhã. Seria complicado para o Felipão ter que improvisar nas duas laterais, contra um adversário direto na busca pelo título e que tem atacantes velozes e de boa técnica.

    São detalhes como esse que podem fazer a diferença e ajudar o Verdão a conquistar o DECA. Portanto, parabéns ao departamento jurídico!!!

  3. Marcelo 13/10/2018 | Responder

    Com a vitória dos mulambos no Fla x Flu realmente somos obrigados a ganhar do Grêmio para não chegarmos no maraca com chance de sermos ultrapassados, seja na bola e/ou apito.

  4. Jango 13/10/2018 | Responder

    Os mulambos ganharam, estão colados conosco agora.

    • É por isso que discordo totalmente desse oba-oba de que “a taça já é nossa”. Como o próximo adversário dos urubus é o Paraná, isso obriga o Palmeiras a não perder pontos diante de Grêmio e Ceará caso queira chegar ao jogo do Maracanã (que acontecerá entre as partidas contra o Boca) sem chance de perder a liderança, pois se ela existir já era. O Dorival pode ser um treinador em decadência com “mandato-tampão” e o Flamengo pode ter um elenco recheado de “estrelas” superestimadas, mas neste momento eles não têm rigorosamente nada a perder.

  5. Paulão 12/10/2018 | Responder

    Tudo bem que eram outras circunstâncias, mas o Cruzeiro bateu santos, Flamengo e Palmeiras FORA de casa, na copa brasil e libertadores 2018… os caras são “macaco véio” e não vão amarelar como o Flamengo lá no gambazão, tenho certeza… claro que ainda está aberto por conta do placar magro e da regra alterada do gol fora. É perfeitamente possível ao time da marginal sem número ganhar o jogo e ganhar nos pênaltis, e acho bastante improvável que façam dois gols de diferença. De qualquer forma, se o apito amigo não operar acredito que quarta feira dormiremos aliviados pelo fato de o rival passar o ano com um paulistinha mezzo roubado, mezzo adversário incompetente, e nada mais. Aí só faltará conseguirmos nosso caneco, se Deus quiser o final do ano vai ser feliz pra gente!!!

    • Vai ser uma boa final de Copa do Brasil, no sentido de analisar o quanto a CBF está tentando ou não, dar 50 milhões de reais pra ajudar o gambá nessa baita crise financeira. Até aqui, muita coisa estranha acontecendo até o momento, que favoreceu eles, vamos ver o que a arbitragem tem guardada na manga pro jogo de quarta. Meu subconsciente, está sossegado, achando que esse título já é azul e branco (ainda que me incomode bastante ver o Cruzeiro disparar com 6 copas do Brasil contra 3 nossas: são no mínimo 3 anos pra empatar isso, considerando que ganhassemos 3 seguidas, o que convenhamos, é impossível de acobtecer. Chances são de que vamos morrer sem ver o Palmeiras ser o melhor de Copa do Brasil ganhas). Mas minha mente consciente, não para de pensar que vai ter erro de arbitragem pró gambá, que vai render o tetra a eles (e os ditos 50 milhões. Ninguém tá estranhando o prêmio do torneio secundário do país, ser muito maior que do principal, que é o Brasileiro???).

      • Thom 13/10/2018 | Responder

        No vi muitos erros a favor deles durante a CdB, mas com tanto erro a favor do Cruzeiro, já tb não sei mais pra quem é interessante ganhar.

        Sobre os títulos, eu sinceramente ligo muito pouco pra esse negócio de “quem tem tantos títulos” ou “ganhamos 9, 8, 5 vezes tal título”.

        Podemos ganhar o brasileiro esse ano, pelo décima vez. Se passarmos 3 anos sem título, de nada vai adiantar ser deca. Então, que de Cruzeiro! Haha

  6. João 11/10/2018 | Responder

    Se o jogo tivesse ficado 2×0 seria difícil o Corinthians reverter, mas reverter 1×0 no abafa não é nada improvável.

    Mano Menezes devia ter resolvido no Mineirão. Capaz de perder o título em SP.

  7. Pensei a mesma coisa. O cara faz um gol e ao invés de resolver a parada fica jogando no erro do adversário. Aqui é capaz de perder o título.

    • Pois é, lembrou muito o primeiro jogo da final do paulistinha, quando o Palmeiras abriu o placar com 5 minutos e depois foi extremamente cauteloso quando deveria ter sido mortal. E dessa vez os caras vão decidir na casa deles, novamente sem tanta pressão nem favoritismo e contra um treinador retranqueiro. E se for pros pênaltis, apesar do Fábio ser ótimo nesse quesito duvido que o Cruzeiro leve.

  8. Cássio 10/10/2018 | Responder

    Mano Menezes é muito medroso. Até quando ele ganha títulos são sempre raspando. Ele briga briga de que não é retranqueiro, mas é e muito. Deu esperanças para o Corinthians acreditar que no abafa podem ganhar aqui. E não duvido nada que perca.

  9. Renato 10/10/2018 | Responder

    Esse mês de outubro está reservando muitas emoções na política e no futebol brasileiro.
    Eleição do futuro presidente da republica , decisão da copa do Brasil e decisão de vagas para a final da Libertadores.
    Política eu passo em branco , copa do Brasil no meu ponto de vista , infelizmente , vai dar o time de Itaquera e a decisão do nosso confronto contra o Boca Júnior , se não houver interferência de arbitragem e conmenbol , acredito no Palmeiras , pois temos mais time que o adversário.
    Vamos aguardar , decisões que começam hoje e terminam no dia 31 de outubro.
    Abraço a todos.

      • Renato 12/10/2018 | Responder

        Eduardo , estou por aqui ainda. Uma experiência única na minha vida. Faz frio , muito frio.Tenho mais 03 meses aqui dentro do Navio e depois terei mais 03 meses de visto de permanência. Gostei dessa região de Oslo , belas paisagens.
        Consigo acessar a internet bem raramente , não é tão fácil por aqui.
        Agradeço a sua atenção.
        Sempre que eu tiver condições , entrarei aqui para dar minha opinião.
        Grande Abraço , fique com Deus e vamos lá , Palmeiras no coração sempre !

        • Já trabalhei numa empresa cujos maiores fornecedores de matéria-prima eram finlandeses, imagino que por aí não falte muito peixe pra comer e um “destilado” para combater o gelo e aquecer o esqueleto…

          Aproveite ao máximo essa experiência ímpar, são coisas assim que carregamos pro resto da vida e que ninguém pode tirar da gente. Abraço.

  10. Wilson 10/10/2018 | Responder

    Bom dia, na minha projeção jogariamos com o SP para assumir a liderança, e não para abrir vantagem como ocorreu.
    Esta bom demais, Avanti Palestra.

  11. João 10/10/2018 | Responder

    Esse jogo de hoje dos gambás vai terminar 0x0 ou 1×0 pros visitantes.

    O Cruzeiro não consegue propor jogo. É um time que só joga na base dos contra-ataques.

    Não vai furar nunca a retranca do Jair Ventura.

    • Carlos 10/10/2018 | Responder

      Já com 43 do segundo tempo, Cruzeiro 1×0, você acertou. Mano parece que tirou o ímpeto do time no segundo tempo, e foi “covarde” em não continuar a pressão para fazer mais gols…

  12. Nada como uma boa rivalidade. O Grêmio está tendo vários “desfalques” pro jogo de domingo… Bem aquele que, se o Grêmio vencer, pode dar aquela força pro inter colar na liderança novamente. Melhor coisa foi o Grêmio ter empatado com o Bahia, como ficaram 5 pontos de distância da liderança, estão achandoelhor entregar pra ferrar o colorado.

  13. Jango 09/10/2018 | Responder

    Importante notar que nada está ganho ainda.

    Precisa encarar todo jogo como se fosse uma final.

  14. adilson 09/10/2018 | Responder

    bom dia amigos. 5 feira havera o julgamento do Maike e do Diego Barbosa. Se punidos ficaremos sem laterais para o jogo contra o Gremio, a menos que o Marcos Rocha ja esteja recuperado.
    se acontecer, acredito que teremos Jean na direita e quem na esquerda?

    abraços a todos

    • O Victor Luiz estava pendurado? Se não tiver ninguém na esquerda, imagino que o Felipão vá escalar um volante ou zagueiro, e não vai permitir que ele fique descendo pro ataque.

    • O Marcos Rocha ficará fora por pelo menos um mês. Caso o Mayke pegue um gancho vamos de Jean mesmo e seja o que Deus quiser.

  15. Levi 08/10/2018 | Responder

    „O que vc espera que aconteça nesse segundo turno?
    – Espero que o Palmeiras mantenha a regularidade e seja campeão! „

  16. Danilo Peressim 08/10/2018 | Responder

    Ingresso carregado pra domingo, faremos 9 pontos nos próximos 3 jogos e fatura liquidada! Fora Felipão!

  17. Essa pontuação é digna do Roger, com Felipão chega nos 80 pontos. vamos ser otimistas
    porra, o Framengo não derrota o Palmeiras de jeito nenhum, oque aconteceu sexta feira foi uma baita entregada.

    • Reynaldo Zanon 08/10/2018 | Responder

      Sergio, eu não estou pessimista com o time, não. Eu também acredito que faremos uma pontuação maior do que a projeção que fiz. Só quis dar um parâmetro mostrando que, mesmo com um suposto desempenho ruim nas próximas 10 rodadas, ainda assim são grandes as chances de sermos campeões.

  18. Reynaldo Zanon 07/10/2018 | Responder

    Fiz cálculos de pontos possíveis bem pessimista para se ter uma ideia de quantos (na pior das hipóteses) o Palmeiras conseguirá nessas últimas 10 rodadas.
    1) Grêmio em casa. Empate: 1 ponto.
    2) Ceará em casa. Vitória: 3 pontos.
    3) Flamengo fora. Derrota: 0 ponto.
    4) Santos em casa. Empate: 1 ponto.
    5) Atlético-MG fora. Derrota: 0 ponto.
    6) Fluminense em casa. Vitória: 3 pontos.
    7) Paraná fora. Vitória: 3 pontos.
    8) América-MG em casa. Vitória: 3 pontos.
    9) Vasco fora. Derrota: 0 ponto.
    10) Vitória em casa. Vitória: 3 pontos.
    Essa projeção é a mais pessimista possível e mesmo assim o Palmeiras conquistaria 17 pontos e terminaria o campeonato com 73 pontos. Não acredito que nenhum adversário alcançará essa pontuação. O Palmeiras só perdeu 4 jogos em 28 rodadas e na projeção acima colequei três derrotas em dez jogos. Muito improvável.
    Conclusão: a taça é nossa!

    • Paulão 07/10/2018 | Responder

      As contas são boas Reynaldo, mas eu prefiro seguir no jogo a jogo. Alguns jogos tem valor psicológico muito diferente dos demais, embora todos valham três pontos. Ontem foi um exemplo. E pelas suas contas, infelizmente não acredito em título se empatar com Grêmio e Santos e perder do Flamengo, atlético e vasco…

      • Seu raciocínio está (novamente) corretíssimo, Paulão. Números são fundamentais pra ser campeão, mas a vitória em alguns confrontos diretos tem efeito psicológico decisivo. O SPFC ainda pode chegar matematicamente à taça, mas pra mim perdeu o campeonato sábado. Da mesma forma, o Grêmio sai da briga se perder domingo (oito pontos em nove rodadas não tira mais). Devemos tratar cada jogo como o único e ver o que vai dar, o resto é especulação e torcida.

    • Carlos 08/10/2018 | Responder

      Nas minhas contas nem precisa de 73 pontos!!!
      Mas vamos lá, chegando a 73 pontos, o Inter precisaria fazer 21 dos 30 que irá disputar para nos bater, ou 70% de aproveitamento. O SP e/ou Flamengo precisariam de 22, e o Grêmio 24 pontos de 30. Nunca chegarão lá!
      Na minha visão, com 15 pontos dos últimos 30 já seremos campeões, pois o Inter precisaria de 18 pontos e não vai chegar. SP/Flamengo 19, e Grêmio 22…. Não fazem de jeito nenhum!

      • LGO 09/10/2018 | Responder

        Concordo 100% com o Carlos.
        Esses times concorrentes nossos não farão essa pontuação. Acho que nem o torcedor do Flamengo acredita que fará tudo isso de ponto que o Eduardo projeto…
        O que o Eduardo está certo é que alguns jogos são decisivos…Se ganhar do Grêmio e empatar pelo menos com o Flamengo o titulo virá ao natural!!!!

    • Reynaldo, caso o Flamengo ganhe de Paraná, Botafogo, Santos (joga em casa), Sport e Atlético PR (joga em casa, última rodada, semana de final de Sul-Americana, na qual o Furacão tem boas chances de estar) e empate com Fluminense, SPFC, Grêmio e Cruzeiro (resultados bem razoáveis) alcançará 74 pontos se vencer o confronto com o Palmeiras. Nessa sua projeção aí, “escolha” três derrotas que não sejam para Grêmio e, principalmente, Flamengo, caso contrário ela não será suficiente para chegarmos ao título.

      • Mario Galhardo 09/10/2018 | Responder

        Pra mim, tiramos o SPFC da disputa. Esqueçam os bambis, já eram. Acreditava no Grêmio, mas o resultado contra o Bahia mostra que vai faltar poder de fogo. Acho que esse título fica entre Palmeiras, Flamengo e Inter. O lado ruim disso é que jogaremos com os urubus 3 dias antes do jogo contra o Boca na Bombonera. Provavelmente esse jogo no maracanã decidirá o destino do campeonato.

      • Reynaldo Zanon 09/10/2018 | Responder

        Fiz apenas uma projeção bem pessimista para mostrar que, mesmo assim, seriam enormes as nossas chances. Na realidade, acredito que o Palmeiras terá desempenho bem melhor do que a projeção acima.

  19. Lucas 07/10/2018 | Responder

    Mas esse pós-jogo foi bem inspirado, só de falar de 1942 dá pra perceber o nível de emoção que paira na torcida do Palmeiras, incluindo eu. Só uma opinião, acho que o Sidão deveria receber cartão vermelho porque impediu o gol com a mão fora da área descaradamente. E uma dica a todos os fanáticos pelo Palmeiras, inclusive e principalmente os com a renda mais curta que a perna do Dudu, assim como eu… O ingresso pra domingo que vem contra o Grêmio e contra o Ceará dia 21 estarão a partir de 20 reais a meia!

  20. Levi 07/10/2018 | Responder

    Eduardo, Scolari era fã do Alex.
    Esse sim um jogador que tenho saudade.
    Ssempre quieto, mas artilheiro e decisivo.

    • Wagner 07/10/2018 | Responder

      Me desculpe discordar de você, meu caro Levi, mas o Felipão gostava tanto do Alex que não o levou para a copa em 2002.

      • Paulão 07/10/2018 | Responder

        E levou Ricardinho, Juninho paulista, e outros jogadores que não chegam aos pés do Alex.

        • Levi 07/10/2018 | Responder

          Concordo totalmente.
          Esses 2 na época tinham um grande lobby da tupiniquim press.
          E isso também conta.
          Mas ele tinha no meio só o…..Rivaldo, Ronaldinho Gaucho…

      • Levi 07/10/2018 | Responder

        No Palmeiras ele era o titular absoluto.
        Não me recordo do Scolari ter colocado o Alex no banco e ter jogado com 3 volantes.
        A questão colocada é se meias (supostamente) habilidosos não são exatamente a prioridade do Felipão.
        Dai vem minha colocação.
        Alex e Ademir da Guia foram 2 jogadores injustiçados na seleção, sim.
        Concordo.

    • Então, Levi, ao contrário do pessoal aí (e assim como você) eu acho que o Scolari gostava e muito do Alex em 1999, aliás não havia como não gostar de um cara que jogava tanto. Mas apesar dos jogos inesquecíveis que o “cabeção” fez sob o comando do Felipão, o treinador nunca priorizou esquemas em que os meio campistas fossem prioridade, o que não significa que jamais os tenha usado. Não é crítica, apenas constatação, qualquer um que acompanhe a carreira dele sabe disso. Ganhou muitos títulos (e perdeu outros) assim, e tomara que continue ganhando, mas tenho minhas dúvidas se ter um elenco com muitos meias técnicos atualmente seria desperdício, talvez valesse mais a pena investir em atacantes melhores.

      Quanto à convocação para a Copa de 2002, concordo com você. Como já não levaria Romário, o Felipão acabou fazendo concessões como Vampeta (que pelo menos já frequentava convocações desde a época do Luxemburgo), Ricardinho, Edílson e Juninho Paulista (este, talvez um prêmio de consolação por não ter ido em 1998, quando estava no auge mas sofreu uma fratura no início daquele ano).

      O Ademir da Guia pelo menos disputou 45 minutos de uma Copa em 1974 (foi o melhor em campo – ninguém me contou porque eu vi – mas acabou substituído pelo Gagállo no intervalo do jogo contra a Polônia), o Alex nem isso. Baita injustiça. Aliás, a citação vale também para Evair, principalmente se lembrarmos que em seu lugar o Parreira levou Viola graças a um amistoso contra a Finlândia…

      E agradeço por ter entendido a questão levantada – que não é saber se o Felipão gosta ou não de meias habilidosos, mas com que frequência e variação ele os usa nesse esquema pragmático e eficiente de ligação direta – sem avacalhar o comentário, apenas discordando com argumentos.

      • Carlos 09/10/2018 | Responder

        No campeonato paulista de 94, quando o Paulistão era realmente importante, e durava um semestre inteiro, o Evair ficou dois meses contundido. Mesmo assim foi o artilheiro do campeonato! Mas o panaca do Parreira preferiu levar o Viola, como o Eduardo disse. Imperdoável!

  21. Uma pergunta pensando em 2019: vocês acham que vale a pena trazer de volta o Veiga (que parece estar jogando muito no Furacão mas que quando vestiu a camisa verde, apesar das poucas chances que teve, rendeu pouco) sabendo que meias (supostamente) habilidosos não são exatamente a prioridade do Felipão ou seria melhor tentar envolvê-lo numa negociação com o Pablo que (conforme muita gente já comentou por aqui), ao que tudo leva a crer, é um goleador muito mais confiável que Borja e Deyverson?

    • Se meias habilidosos não fossem a prioridade do Felipão o Lucas Lima não teria começado o jogo de ontem e tantos outros como titular. Na boa, sabe de nada inocente…………

    • Levi 07/10/2018 | Responder

      Não vem o Zé Rafael do Bahia e o centroavante do Ceará?

    • Adilson 07/10/2018 | Responder

      Boa tarde…entendo q pelo jogo do felipao, o Pablo seria muito mais útil do que o Veiga.. lembrando q teremos o Scarpa p o próximo ano.. abraço

    • Reynaldo Zanon 07/10/2018 | Responder

      É muito boa a ideia de fazer uma negociação envolvendo o Veiga e o Pablo. Meias já temos suficientes. E no ano que vem também o Scarpa estará em plenas condições. O Pablo sabe fazer gols. Num time bem montado como Palmeiras, acredito que nos daria muitas alegrias.

    • Pode ir sossegado. Minha esposa comentou (eu não sabia) que o uso de camisetas e acessórios de candidatos foi liberado nesta semana, só não pode fazer “campanha” pra que a zona eleitoral não vire simplesmente uma “zona”…

  22. Philipe Frois 07/10/2018 | Responder

    Há alguns anos atrás era justamente nesses jogos que o Palmeiras sucumbia , chegava em jogos chave pra decidir se disputaria o título ou não e apanhava de um rival , aí todo mundo desanimava e vinha aquela resignação. Dá um orgulho danado ver que a realidade hoje é bem diferente. Ainda que o futebol não seja vistoso, ainda os jogadores não nos encham os olhos com grandes jogadas e gols de placa, mas é muito bom ver o Palmeiras “Grandão” de novo. Felipão tá de parabéns por ser teimoso, por nos mostrar que falamos demais as vezes, ainda não ganhamos nada mas estamos fortes, somos hj o time mais forte do país, claro que o futebol é muito dinâmico e tudo pode durar até o próximo jogo Mas hj tá dando um orgulho enorme ser palmeirense e poder ser otimista novamente . O time do SP é ruim? É! Mas já tivemos outras oportunidades outras vezes contra outros times ruins deles e foi Hj que quebramos esse tabu ridículo de 16 anos sem vencer na gaiola das loucas e foi num jogo onde tiramos a possibilidade deles chegarem ao título com o panetone lotado. Chupa bambis…obrigado de novo Felipão.

  23. Cássio 06/10/2018 | Responder

    O Palmeiras tem que ser literalmente estatístico daqui pra frente. Fora de campo. Ele tem um ponto extra em relação aos adversários. Nos critérios de desempate ele está a frente de todos os concorrentes diretos. É o que tem mais vitórias, menos derrotas. Segundo melhor ataque, segunda melhor defesa.Maior saldo de gols. Se mantiver a regularidade,o percentual de aproveitamento e o foco, posso estar exagerando, mas acredito na possibilidade de sermos campeões em Curitiba rebaixando o Paraná.

    • Carlos 06/10/2018 | Responder

      Nem precisa manter o mesmo desempenho. Se fizer 15 pontos nos últimos 10 jogos (50%) chega a 71, o que pra mim já deve dar! Ou alguém consegue enxergar o Inter fazendo 19 pontos em 30? Ou o Grêmio/Bambis fazendo 20 em 30?
      Dificílimo!
      E acho que nos faremos mais que esses 15 em 30!

    • Talvez isso tudo não se concretize porque o jogo contra o (provavelmente já rebaixado até lá) Paraná deverá ser em Londrina.

      Mesmo assim, dá pra “contabilizar” pontos estratégicos. Se os tais 75 pontos forem o “Shangri-La” do campeonato, faltam seis vitórias mais um empate em dez jogos. Com a tabela que nos resta isso é perfeitamente acessível, desde que dentre as três “derrotas possíveis” não estejam as partidas contra Grêmio e Flamengo.

Leave Your Reply