Brasileiro 2018 R28 São Paulo 0x2 Palmeiras: liderança consolidada

 

Contra alguns times deveria ser lei número 1 não haver pós jogo. Nem com vitória e nem com derrota.

Contra o SPFC ocorre isso. Não não …. não é uma questão de rivalidade. É uma questão histórica. Nos remete a 1942. E isso nunca esqueceremos.

Sendo assim: 2×0, Gómez e Deyverson fizeram os gols. E poderíamos ter feito mais. Nota 10 do Felipão ao roupeiro. Mesmo contra a má vontade do juiz (que deveria ter dado uma falta e amarelo ao tal Sidão quando Deyverson roubou a bola e chutou pra marcar e o goleiro defendeu com as mãos fora da área) ganhamos.

Lucas Lima, Victor Luiz e Dudu os destaques da partida. Gómez bem. Weverton só sujou o uniforme duas vezes no 2o tempo.

Vitória mais que merecida. Tem 10 rodadas ainda. Estamos chegando lá….

Saudações Alviverdes!

 

***

Pré Jogo

O Palmeiras pega o SPFC no Morumbi neste sábado 18 horas.

O jogo vale a liderança. Vitória irá consolidar o Palmeiras na liderança do campeonato. Empate também é bom, uma vez que o Inter perdeu nesta 6a feira.

Felipão não tem desfalques. Mas pode poupar alguns titulares como vem fazendo nos jogos do Brasileiro.

Pelo retrospecto o time a entrar em campo hoje poderá ser: Jaílson, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luiz; Felipe Melo, Thiago Santos e Lucas Lima; Willian, Deyverson e Dudu. Mas não estranharemos se Borja começar jogando, ou mesmo Bruno Henrique.

Importante: 10 pendurados no Palmeiras. Marcos Rocha, Willian, Thiago Santos, Victor Luis, Mayke, Bruno Henrique, Lucas Lima, Felipe Melo, Moisés e Gustavo Gómez.

Do lado de lá, nenhum desfalque.

Retrospecto

Contra o SPFC temos um retrospecto negativo. Em 311 jogos, 103 vitórias nossas contra 108 deles.

Porém, ah porém… no Campeonato Brasileiro temos vantagem!!

65 jogos
22 vitórias do Palmeiras
28 empates
15 derrotas
82 gols pró
72 gols contra

Faz tempo que a gente não ganha lá …. será hoje o dia?

Arbitragem

Wilton Pereira Sampaio, de Goiás, será o árbitro.

No seu retrospecto apitando jogos do Palmeiras (no período de 2009 a 2018):
24 jogos
9 vitórias do Palmeiras
8 empates
7 derrotas

Esse ano apitou o jogo Palmeiras 1×0 Vasco da Gama, no Allianz.

Já no campeonato Brasileiro o árbitro se mostra um tremendo juiz caseiro.
Apitou 10 jogos:
6 vitórias dos mandantes;
4 empates.

Ou seja, os visitantes nunca tiveram vez com o árbitro neste brasileiro.

Seguem seus jogos.

Enfim…. 

Jogo importantíssimo. Qualquer resultado que aconteça não define o campeonato. Mas a nossa vitória seria um importante passo.

Scoppia!!!! E deixe aqui sua mensagem. Este será o post do pós jogo.

Saudações Alviverdes!

 

 

151 Comments Added

Join Discussion
    • Então vai ter que justificar na 2a feira ou votar sem roupa, pois até onde sei não é permitido acesso às zonas eleitorais com propaganda política.

    • Levi 07/10/2018 | Responder

      Pode votar sim com camisa do candidato…. só não pode ser em grupo, pois caracteriza propaganda na boca de urna.
      Mas essas urnas são manipuladas, foram testadas em eleições na Flórida e Holanda…e recusadas por serem passíveis de manipulação.
      Só são usadas em 2 países do mundo:……….. Cuba, Venezuela…..e Brasil.

  1. Thom 06/10/2018 | Responder

    Podemos até discordar do Felipão. Podemos escalar times alternativos ou trocar jogadores…

    Mas como discutir com um cara que treina DOIS times e disputa título com ambos? Gênio demais.

    Pensando alto, se trouxer Libertadores e Brasileiro (f#da.se Mundial), nunca mais abro a boca pra falar de 7×1 hahaha

  2. Wagner 06/10/2018 | Responder

    Bora votar amanhã com a camisa do Verdão.
    Vai ser legal a imprensa cobrindo a votação e cheio de palmeirenses nas zonas eleitorais.

    • Paraiba 06/10/2018 | Responder

      Com certeza , cara, vou com a camisa do Palmeiras pra justificar no cartório segunda feira.
      Esses políticos só tiram os direito e benefícios dos trabalhadores no congresso.
      Política nesse País é mídia, fofoca pra da notícia nesses telejornais sensacionalistas.
      Intervenção Militar, já!

  3. Cássio 06/10/2018 | Responder

    CORREÇÃO. SIMULAÇÃO E AMARELO PARA O JOGADOR DO GRÊMIO.

  4. Cássio 06/10/2018 | Responder

    Na Europa o juiz daria simulação e cartão para o jogador do Bahia.

    Não tá fácil não. Já nos tiraram da Copa do Brasil na mão grande. O Paulista sem comentários.

    Espero que a diretoria do Palmeiras seja forte nesse momento fora de campo, e não permita que se estrague tudo que os jogadores vem fazendo dentro.

    • Saímos da CB muito mais por conta do futebol pequeno que da mão grande, no dia em que aceitarmos que uma coisa pode anular a outra vamos parar com essa história de “contra tudo e contra todos”.

      • Carlos 07/10/2018 | Responder

        Não precisamos “aceitar”, ontem mesmo foi a grande demonstração disso! Sidão deveria ter sido expulso e não foi! Meteram a mão no Palmeiras! E mesmo assim ganhamos! Ganhamos e deixamos de golear por falta de apetite…. deveríamos ter enfiado uma 4 pra acabar de vez com qualquer esperança deles…

  5. Não fosse o gambá lazarento ontem e essa rodada teria sido uma das melhores pró-Palmeiras desde o Robertão de 67…

    E não para por aí: o Bayern apanhou em casa por 3×0 e o Real Madrid perdeu pro Alavés. O futebol não tem mais bobo nem muita lógica.

    • Paraiba 06/10/2018 | Responder

      Da pra ganhar do real o mudialito no fim de ano , mas tem que conquistar a Libertadores

  6. Na rodada passada, erro grotesco contra o Palmeiras e erros grotescos a favor de inter e bambis. Nessa rodada erro grotesco contra o Palmeiras e erro grotesco a favor do Grêmio e dos bambis. A única conclusão que dá pra tirar disso é que não querem o Palmeiras campeão de jeito nenhum.

  7. Cássio 06/10/2018 | Responder

    Bela garfada no Bahia. E depois a imprensa fala que o Palmeiras reclama demais.

  8. Thom 06/10/2018 | Responder

    É o time do Palmeiras que mais da gosto de ver jogar desde 2003.

    Pode ser feio, pode não ser o que sonhamos, mas acabou o medo de perder jogo besta.

    Já disse algumas vezes que título só é obrigação pra quem joga sozinho (tipo o PSG). O que queremos do time é que joguem como campeoes, sempre.

    • Gostava muito daquele time do início de 2008, quando o Valdívia estava no auge, o Gladiador e o Alex Mineiro garantiam a eficiência do ataque e até o Denílson jogava bem. Pena que não foi mais longe, muito pela arrogância do Luxapôquer.

        • Jogava bem, mas brigava melhor ainda. Conseguiu ser expulso na final contra a Ponte se não me engano quando já estava 5×0. Se tivesse um pouco mais de cérebro talvez tivesse alcançado mais êxito na carreira, e possivelmente não tivéssemos jogado fora o BR 2009.

      • Thom 06/10/2018 | Responder

        Eu tb. Mas mesmo assim, o time só foi começar a jogar bem do meio pro final. Até uma derrota por 2×0 com expulsão do Marcos e o Palmeiras virar, com um a menos, pra 5×2. Depois, só perdeu o jogo de ida pro SP.

        Apesar de gostar mto desse time, o de hoje em dia passa muito, mas muito mais confiança. Sabemos que o resultado mais provável hoje, ao entrar em campo, é a vitória, e qualquer outro resultado era tropeço.

        Naquela época a gente sofria pra empatar com o Coritiba.

        • Chegamos a perder por 3×0 pro Guaratinguetá, ali pensei que a vaca tinha ido pro brejo. Depois que vencemos a Lusa com gol do Jorge Preá, achei que ninguém nos tiraria a taça…

          Como você mesmo citou a partida do Bragantino, aquele time virava jogos. Essa é uma firmeza que ainda não senti nessa equipe atual, pelo estilo de jogo adotado quando saímos na frente a vitória é quase certa, mas quando largamos atrás só San Gennaro ajuda…

      • Philipe Frois 07/10/2018 | Responder

        Pra mim foi o melhor time que tivemos depois da Parmalat. Se não tivesse vendido alguns jogadores depois do paulistão teríamos impedido o tri campeonato dos bambis em 2008.

    • Paraiba 06/10/2018 | Responder

      Quebrando tabu 7 sem anos sem ganhar do atlético mg ganhou, ganhou do boca em la bombonera , ganho da chape em SC e hoje depois de 16 de anos ganhou no panetone.
      FELIPÃO meu ídolo.

    • Cássio 06/10/2018 | Responder

      Eu também. Muita personalidade. Bem armado varia o jogo sem fazer substituições. Hora aperta lá em cima, sufoca o adversário. Outra, marca mais atrás dá a bola para o adversário mas sem tomar sufoco e quando rouba a bola parte pra dentro do gol sem tocar de lado.

      Hoje e quarta o Palmeiras ganhou como quis.

  9. O nosso time em cada campo que passa

    Só pensa em vitória

    Já é tradição

    O Alviverde é movido a raça

    A garra e a força

    Assim é o verdão

    Nossa torcida agita na arquibancada

    O time em campo

    É só coração

    Domina a bola, defende e ataca

    (Palmeiras, Palmeiras)

    É o campeão!

    Veste a camisa verde e branca

    E vem curtir a emoção

    Sente a galera, toda vibrando

    É o Palmeiras campeão!

    Veste a camisa verde e branca

    E vem curtir a emoção

    Sente a galera, toda vibrando

    É o Palmeiras campeão!

    Oleeeeee Porco!!! Oleeeeee Porco!!!

    AVANTI PALMEIRAS, RUMO AO DECA DO BRASILEIRÃO!!!

  10. Cássio 06/10/2018 | Responder

    Só um comentário sobre o retrospecto. Segundo o Milton Leite do SporTV hoje o Palmeiras conquistou a Vitória de número 109 contra o SPFC(uma a mais que eles) e passou ter dois gols a mais marcados no confronto.

    • Não chequei as fichas dos jogos (nem daria tempo…), mas numa rápida olhada no Porcopédia mais atualizações teríamos 104 vitórias contra 106 dos bambis mais 96 empates, com 404 gols a favor e 403 contra, considerando todas as competições mais amistosos. Já o Wikipedia aponta 107 vitórias do Palmeiras contra 108 dos cervídeos, com 102 empates, 424 gols verdes e 423 tricolores. A diferença de jogos entre as duas fontes é mínima, mas a de gols é considerável. Quando tiver um tempinho vou fazer um levantamento detalhado.

      • Reynaldo Zanon 07/10/2018 | Responder

        Nós estávamos bem atrás deles em número de vitórias não faz tanto tempo. Agora praticamente já igualamos (ganhamos deles 3 vezes só em 2018) e vamos ultrapassá-los e depois abrir vantagem, com certeza.

  11. Cássio 06/10/2018 | Responder

    É jogo a jogo. A algumas rodadas o importante pra mim era o Palmeiras ficar rondando a liderança. Assumiu antes do que eu imaginava. Agora além do fator técnico, pesa muito a imposição e marcação de território que o Palmeiras vem conseguindo. 82% de aproveitamento no segundo turno. Não perde nem dentro nem fora no Brasileiro a umas 13 rodadas. É o melhor visitante do campeonato. Joga com dois times.
    Os adversários entram em campo psicólogicamente tendo que vencer tudo isso, além do jogo na prática.
    O único que não pode perder e foco e acomodar com isso tudo é o Palmeiras.

    Ps. O Sidao deveria ter sido expulso.

  12. Reynaldo Zanon 06/10/2018 | Responder

    Grande vitória. Com autoridade! Tabu nunca mais! Temos tudo para ganharmos o Deca. No próximo domingo, outro jogo decisivo e com o Grêmio sem seu melhor atacante (Everton Cebolinho) e seu melhor zagueiro (Kanemann). Acredito em nova vitória. Podemos disparar.

    • Levi 06/10/2018 | Responder

      E o Palmeiras sem vitor luis e felipe melo…. pensando bem, é ate vantagem.
      Diogo e Thiago Santos,
      Aliás, como melhorou o futebol do Thiago, scolari ficou impressionado com a capacidade de desarme dele… e ainda melhorou a saída de bola, além de não fazer tantas faltas mais perto da área.
      Vitor Luis há tempo está muito ruim, erra muitos passes.

      • Correção, o Victor Luiz não está muito ruim, é que ele nunca foi bom mesmo. Torcida chirou e chorou pra trazer ele de volta do Botafogo, trouxeram, e aí todo mundo lembrou o do porque ninguém reclamou quando ele foi embora.

    • Paulão 07/10/2018 | Responder

      Nos não teremos tambem Borja e Gustavo, ambos convocados…

    • Reynaldo Zanon 06/10/2018 | Responder

      Se contar desde o antigo estádio, eles não vencem há onze anos, desde 2007. Já é um longo tabu, que acredito que durará muitos e muitos anos.

  13. Levi 06/10/2018 | Responder

    Confesso que nem em sonho imaginaria que iríamos assumir a liderança depois da copa do mundo…estando 8 pontos atrás do líder.
    Com aquele treinador sem sal no comando, nem podia.
    Como é bom bater nos bambis e ainda acabar tabu.
    Mas o melhor de todos os tabus foi elas ficarem…24 anos sem vencer o Palmeiras em brasileiros.
    Atupiniquim press semipros esquece.

    • O pessoal tá falando tanto em tabus por aqui e eu me lembrei justamente desse…
      Na verdade, foram 27 anos sem perder pros Bambis em Brasileiros, de novembro de 1973 (1×2) a setembro de 2000 (0x3). Só que naquela época não havia confronto garantido todo ano, já que as fórmulas esdrúxulas de campeonatos nacionais, principalmente entre 1974 e 1986 (várias e intermináveis fases com grupos e mais grupos, prolongando a participação de times pífios principalmente por fatores políticos), nem sempre permitiam grandes confrontos. Mesmo assim, tabu é tabu.

  14. adilson 06/10/2018 | Responder

    boa noite, palmeiras CIRURGICO hoje…acredito que se ganharmos do gremio, e bambis X inter empatarem.. colocaremos 1 mao e meia na taca..
    hoje vi novamente ma fe do bandeira no lance do sidao.. impossivel nao ter visto o toque do goleiro..
    mas vamos em frente, contra tudo e contra todos..

    • Só se for assim, viu? Porque subir este ano o Coxa não vai…
      Não se esqueça do Independência, não ganhamos lá nem do Ameriquinha…

  15. Cássio 06/10/2018 | Responder

    O Mauro César não gosta pessoalmente do Felipão desde os tempos de seleção porque o Felipão é amigo do PVC. As opiniões dele sobre o Palmeiras são nitidamente viciadas. Tá ficando feio pra ele já.

    A final é todo jogo. O Grêmio é o maior adversário do Palmeiras dentro do Brasil. É um jogo igual. O Palmeiras deu uma surra tática no Grêmio lá. É um jogo igual. Talvez seja o único time que tenha condições de encarar e vencer o Palmeiras aqui. Mesmo perdendo, é na regularidade que se ganha o Brasileiro. E nesse quesito no Brasileiro o Palmeiras é melhor que o Grêmio. É esse item que vai fazer a diferença no final do campeonato a nosso favor. Não o jogo da semana que vem.

    • Depende. Entendo que a vitória de hoje não decidiu o campeonato pró Palmeiras, mas moralmente eliminou o SPFC da briga (portanto, de cinco candidatos passamos a ter quatro). Da mesma forma, ganhar do Palmeiras em SP dará a liderança ao Grêmio (considerando que eles superarão o Bahia daqui a pouco). Não decide nada, mas que vai fazer diferença no final, vai.

      Acredito que o maior motivador do Grêmio (que acredito ter, hoje, no mínimo as mesmas condições de ser campeão da América que tem o Palmeiras) no Brasileirão seja impedir o título do Inter. Claro que, se nesse pacote, ele mesmo beliscar a taça, será melhor ainda. Por outro lado, continuo achando que a tabela mais ACESSÍVEL até o final (dez jogos restantes) é a dos chorolados, o que pode significar pouco caso a camisa vermelha se torne amarelona.

      • Paulão 07/10/2018 | Responder

        Perfeito Eduardo, é isso aí. E pra melhorar um pouquinho você errou a previsão de vitória do Grêmio (era óbvio que eles ganhariam). A rodada foi quase perfeita pra nós, não fosse os gambás entregarem a rabiola pros urubus. O jogo de domingo não decide o campeonato, mas se a gente ganhar, psicologicamente, a nossa banana vai ficar muito mais envergada que as outras. Como hoje, essa vitória, do jeito que foi, acho que praticamente tirou as moçoilas do páreo.

    • Paulão 07/10/2018 | Responder

      Venho dizendo há tempos, se ganhar dos bambis e do Grêmio a coisa aperta pros adversários, hoje foi maravilhoso, rodada quase perfeita. Domingo é o jogo do campeonato, na minha modesta opinião. Se ganhar, ciao Bella!!!!

  16. Um tabu que mais parecia uma maldição foi quebrado, e jogando com o considerado “time B”. Bom demais. Independente do que acontecer daqui pra frente, tenho duas coisas a dizer: acho que podemos reconhecer que este elenco não tem nada de fraco, como aparentava. E que o Felipão é o cara.

      • Thom 06/10/2018 | Responder

        Com Dudu e Willian e Bruno Henrique, eu prefiro o time B.

        • Concordo com os senhores. E isso é o mais legal, no papel esse é o time B, mas na prática acredito que os dois meio que se equivalem. Eu tinha dúvidas sobre qual time jogaria hoje, até achei que seria o “time A” sem todos os titulares. Mas o Felipão me surpreendeu, colocou o time que vinha jogando o brasileiro, e com um detalhe, armou o time ofensivamente. Dois volantes, Dudu, Lucas Lima e Hyoran, com Deyverson na frente. Tá dando gosto de ver!

  17. Paraiba 06/10/2018 | Responder

    Tabu quebrado ,graças a Deus!
    16 anos sem vencer o sp no panetone, o Palmeiras ,venceu .
    Luan e Gomez são titulares Dracena e o pangarezão do Antônio Carlos são banco.

      • Paulão 07/10/2018 | Responder

        O general também sabe Eduardo, ele prioriza o brasileirão e fez a imprensa acreditar no contrário pra diminuir a pressão. Temos uma final domingo, se ganhar do Grêmio o brasileirão abre os braços e as pernas pra nós!!!!! Avanti palestra!!!

  18. Paulão 06/10/2018 | Responder

    Pusta vitória !!!!!!!!! Sensacional! Mas pra mim a final do campeonato é semana que vem! Se ganhar do Grêmio o Verdao vai sedento pro título !!!

  19. Cássio 06/10/2018 | Responder

    Pode não ganhar nada…Mas os pessimistas que me desculpem…nesse momento o PALMEIRAS TÁ VOANDO BAIXO. TÁTICA,FÍSICA E MESMO PERDENDO GOLS, É NATURAL, TECNICAMENTE TAMBÉM.

    • Pois é, mas também não dá pra esquecer que o Palmeiras foi atrás desse amarelão no ano passado e que muita gente queria ele por aqui.

      • Paulão 07/10/2018 | Responder

        Graças a Deus ele recusou. É a mesma coisa quando o cara vai atras da maior baranga, bebaço, no fim da balada e ela nega. Ufaaaa !!!!!

    • Paulão 06/10/2018 | Responder

      O que esse can alh . a falou da entregada do timinho pro framengimho ontem? Esse cara não presta

    • É sério que o MCP falou isso? Depois que ele ficou nervosinho ontem quando até o Kfouri admitiu que os gambás entregaram o jogo de 2009 em Campinas (quer dizer que o Felipe não se mexeu porque não concordou com a marcação do pênalti? Ah, tá…) parei de assistir. No geral, gosto dos comentários dele, mas quando o cara critica “clubismo” e é o primeiro a agir como torcedor de botequim não dá pra defender.

      • Paulão 07/10/2018 | Responder

        Eu também “entendo” e até gosto da postura desse energ. ume. no. Só não pode envolver Flamengo ou Palmeiras. Aí o cara fica possuído, o ódio que ele tem da gente é inexplicável.

  20. Ótima vitória. Mas confesso que é um tanto quanto frustrante, ver ótimas oportunidades de contra ataque, gols (aos montes), sempre, SEMPRE terminarem em erros crassos de passe/chute/drible. Um pouquinho só, a mais, de qualidade, e hoje teriam sido uns 4, 5 a 0 sem esforço nenhum. Mas hoje os jogadores levaram muita surra da bola.

    • Retrato e reflexo do nosso futebol, meu caro Luis. Éverton Cebolinha e Lucas Paquetá são considerados grandes “craques” tupiniquins, e estão na iminência de serem dispu.tados a tapas por grandes potências europeias. Quem consegue ter estrategistas como Felipão ou Renato Gaúcho e jogadores “diferencidos” como Dudu e Luan nesse ambiente árido de criatividade ganha pontos que fazem toda a diferença. Não dá pra tirar os méritos de quem merece, tampouco pra ignorar as nossas enormes limitações (no geral, não de time A ou B).

      Isto posto, foi uma vitória pra marcar território e mostrar que o Palmeiras hoje é um time pragmático e eficiente que dificilmente é batido, o que é diferente do “só perderemos pra nós mesmos”.

      • Paulão 07/10/2018 | Responder

        Muito diferente Eduardo, extremamente diferente. Já perdemos inúmeros títulos por conta dessa frase mald. Ita. É isso aí.

  21. Primeira final vencida. Oito dias para se preparar pra próxima, no Pacaembu, contra uma ótima equipe (e desfalques dos dois lados). Um passo de cada vez.

    • Gustavo Aroni 06/10/2018 | Responder

      Calou, hoje! Só tava amarelando, faz tempo. Isso, sim. Hoje mostrou que pode ser campeão de algo.

    • O Deyverson parou de usar um cérebro que não existe na cabeça dele e está sendo útil. Não deixa de ser um jogador extremamente limitado com o qual não sabemos até que ponto poderemos contar.

      O Felipão ressuscitou muita gente “desenganada” (apesar da teimosia de insistir com alguns zumbis que não dão certo nem em filme de terror…), tem todos os méritos nisso. Mas o repertório continua limitado e em algum momento isso pode fazer diferença (como já aconteceu na CB).

      Por enquanto merecem elogios pelo que estão fazendo, mas quem quer que seja o treinador ou o atacante que estiver em campo, não podem ficar imunes a críticas quando merecê-las, independentemente da idolatria por A ou B.

    • Gustavo Aroni 06/10/2018 | Responder

      Quanto ao Felipão, tenho que reconhecer que faz mesmo um bom trabalho, e que eu estava errado, apesar de não gostar do estilo de futebol, ele faz milagre com esses cabeças de bagre, e o maior deles é o Deyverson.

      • Já apoiei a volta do Cuca no ano passado, quebrei a cara e terminamos o ano “comemorando” vice-campeonato e vaga na Libertadores. Era contra a volta do Felipão nem sou fã desse estilo de futebol, mas se terminarmos o ano comemorando algum título (que diante das circunstâncias e dos concorrentes, será ou serão grandes conquistas) não haverá problema algum em quebrar a cara de novo. Aliás, a essa altura não há como negar que a volta do Felipão mudou o destino do Palmeiras. Como eu costumo dizer por aqui, contra fatos não há argumentos. Mas vou continuar achando que dá pra fazer mais.

  22. Deyverson dando um pedala Robinho (com razão) na orelha do Lucas Lima para evitar confusão com a bambizada. Eu vivi pra ver isso. Ou o mundo vai acabar ou hoje nada vai dar errado pro Palmeiras…

  23. C.A.R.A.L.H.O!!! O tabu vai acabar! Vamos ganhar nesse panetone maldito e deixar os bambis mais um ano na fila!!!!

  24. Pra quem ainda acha que só jogador argentino, uruguaio ou chileno que faz cera, catimba e simulação, estamos agora com aproximadamente 20 minutos de clássico e pouca coisa além disso que citei foi visto em campo. Quem souber tirar mais proveito no quesito “interpretação” leva boa vantagem no futebol brasileiro atual.

  25. Acho que o Grêmio ganha do Baêa. Temos de ganhar hj de qualquer jeito, pode ser sim, jogando o “feio” da bola, com gol de canela sem querer do Lacraia. E fazer uma “final” no próximo jogo contra o Grêmio. Estaremos, assim, tirando o principal rival ao título da disputa. Achei que o Inter seria nosso rival, mas depois de assistir o jogo deles contra o Sport, vi que, mesmo com uma tabela mais fácil que a nossa, vai tropeçar até dizer chega nos times fracos que tem pela frente. Hoje, a gente tira o Bambi da dispu.ta, e o cheirinho, esse não preocupa, tá jogando nada e o 3 x 0 no gambá, além de ser na partida errada, foi só um ponto fora da curva.

  26. Jango 06/10/2018 | Responder

    O Palmeiras escolheu um péssimo ano pra tentar ser campeão. 5 candidatos diretos ao título e pelo que parece nenhum vai perder o gás tão cedo.
    Precisaria ganhar hoje, mas se empatar não é nenhuma tragédia. O importante é não perder.

    • Em 2016 foi assim até o segundo terço do returno, quando o Palmeiras conseguiu uma sequência de vitórias que aliada a uma série de tropeços dos rivais entre eles mesmos nos deu o título.

Leave Your Reply