Brasileiro 2018 Palmeiras 3×2 Santos: precisava ganhar… e ganhou

O Palmeiras jogou contra o Santos no Allianz Parque neste final de sábado. 3×2.
Dudu, Dracena e Victor Luiz fizeram para o Verdão.

Após a eliminação da 4a feira da Libertadores – foda-se a Libertadores – o palmeirense estava preocupado. O desgaste físico e principalmente psicológico ia nos atrapalhar contra o Santos?

Psicologicamente estávamos bem. Fisicamente o time pareceu cansado. Mesmo assim vencemos.

O jogo que se desenhava fácil – o Palmeiras abriu 2×0 no 1o tempo – teve complicações no 2o tempo. Em duas falhas de Edu Dracena o Santos empatou. Victor Luiz de falta desempatou.

Com o resultado vamos confirmando a diferença de pontos para o 2o colocado (por enquanto é o Flamengo) e faltando 6 rodadas estamos próximos de confirmar “La décima”.

Por enquanto aguardemos. E mais uma vez: #fodasealibertadores.

Saudações Alviverdes!

109 Comments Added

Join Discussion
  1. lito 05/11/2018 | Responder

    Grande Paulo Nobre. Pediu para a situação política não atrapalhar o time na reta de chegada. Que bom seria se chegasse a um acordo com a Crefisa. Como já comentei, tá na hora do General colocar o Jailson no gol novamente. Esse Weverton não transmite segurança. Precisamos de um novo goleiro para o próximo ano, quem sabe o Armani do River. Também do River precisamos trazer o Lucas Prato, porque esse Deyverson já deu o que tinha que dar. O mesmo se aplica a F Mello, Drascena, Luan, Antonio Carlos. Quanto a zagueiro porque não Kannemann? Pensou uma linha de zaga ele com o Gomes? Deixa os dois meninos (Pedrão e Vitão) como reservas. Por fim precisamos de um volante mais novo, mais marcador.

  2. Danilo Peressim 05/11/2018 | Responder

    Pessoal, o Deca já é uma realidade, o Inter jamais atingirá 100% de aproveitamento com essa equipe horrível, o cheirinho idem. Quem tem mais tem 10, ótima semana!

  3. lito 05/11/2018 | Responder

    Tá na hora do General colocar o Jailson no gol novamente. Esse Weverton não transmite segurança. Precisamos de um novo goleiro para o próximo ano, quem sabe o Armani do River. Também do River precisamos trazer o Lucas Prato, porque esse Deyverson já deu o que tinha que dar. O mesmo se aplica a F Mello, Drascena, Luan, Antonio Carlos. Quanto a zagueiro porque não Kannemann? Pensou uma linha de zaga ele com o Gomes? Deixa os dois meninos (Pedrão e Vitão) como reservas. Por fim precisamos de um volante mais novo, mais marcador.

    • Gustavo Aroni 05/11/2018 | Responder

      Falei do Armani aqui, antes do Borja vir pro Palmeiras, quando o Nobre era presidente, mas eu era louco, e que não tínhamos dinheiro. Não é que o Weverton seja bracinho de jacaré, é que parece que o braço dele é curto mesmo, parece que falta envergadura.

  4. Philipe Frois 05/11/2018 | Responder

    O inter arroiou contra os RESERVAS do Atlético PR e só venceu pq foi muito ajudado pela arbitragem . Não deve ter força pra vencer o Vozão lá no Ceará. Já o cheirinho, ahhh o cheirinho kkkkk…perdeu a última bola do jogo com o Vitinho e agora está 6 pontos mais distantes. Com isso e com a sequência que virá depois do jogo com o Atlético MG já dá pra afirmar que o Verdão já é praticamente Deca Campeão brasileiro! Se perder esse título vai ser mais vergonhoso que 2009 e aí eu faço igual o Aroni, deixo de torcer para o Palmeiras e passo a torcer somente por futebol arte kkkk

    • Gustavo Aroni 05/11/2018 | Responder

      E continuarei, pelo menos, mais um ano Palmeirense. Pensei que já em 2019 viraria a casaca para a Sociedade Esportiva Bom Futebol, mas tomamos um vareio do Boca e nem tivemos a chance de pegarmos o pior Real Madrid dos últimos anos. Só falta esse Benedetto Mundial para ser #100%futebol.

      • A questão é que a esmagadora maioria de taças que nós palmeirenses contamos quando analisamos nossa história vencedora só vieram por causa de passes e bom futebol, não de chutões e retranca.

        Muitas corporações gigantescas desapareceram porque os herdeiros de seus criadores só contavam lucros.

    • Gustavo Aroni 05/11/2018 | Responder

      Hoje sou 50,01% palmeirense, 49,99% bom futebol. Quando ganhar novemente o Mundial, aquele que eu verei com os meus próprios olhos, ao vivo, via Libertadores da América, serei 100% futebol.

      • Reynaldo Zanon 06/11/2018 | Responder

        Aroni, uma vez coração verde, verde será o coração para sempre. Não acredito em sua promessa kkk

        • Gustavo Aroni 07/11/2018 | Responder

          Kkkkk. O coração continuará verde para sempre, Reynaldo, mas não me preocuparei mais com resultado algum, apenas com bom futebol do Palmeiras. Serei mais chato ainda…kkkkk

  5. Cássio 04/11/2018 | Responder

    Quando o Cruzeiro foi garfado pelo Juiz na Argentina, eu disse que o Campeão da Libertadores seria um argentino por N motivos. Quando o Palmeiras passou pelo Colo Colo eu disse que o Palmeiras havia chegado ao seu máximo no torneio.

    Quanto ao Brasileiro de pontos corridos
    ser mais o difícil e equilibrado do mundo ( de novo…sem falar em qualidade técnica) , mantenho. Acho que eu posso ter essa opinião? Espero que sim.

    Eu também acho que desprezar e desdenhar um torneio depois que foi eliminado é muito feio.

    • É evidente que você pode ter qualquer opinião. Aliás, quanto mais diversas elas forem por aqui, melhor será o nível do fórum. Lugar em que todo mundo pensa igual é chato pra caramba. E fico feliz que você concorde que desprezar aquilo que não se pode mais ter é, no mínimo, deselegante.

      De qualquer forma, também mantenho: se o Cebolinha fosse realmente diferenciado e se o Palmeiras entrasse na Bombonera sem fraldas sob os calções, a final da Libertadores poderia ser brasileira, mesmo contra todos os “interesses” da Conmebol. Não é toda hora, mas jogar bola ainda faz diferença.

    • Gustavo Aroni 05/11/2018 | Responder

      Mas a final poderia ser Argentina-Brasil. O Palmeiras perdeu na bola, não pelo apito. O Boca foi superior nos 180 minutos.

  6. Que pênalti foi esse que deram pro Inter nos descontos. Mais uma vez os colorados são favorecidos, Esse árbitro tem que ser preso.

  7. Mano, esse gamba é muito sortudo! Só perde, últimos 5 jogos, 1 vit, 1 empate, 3 derrotas, e mesmo assim, não despenca na tabela e o z4 não aproxima deles… Seria hilário se eles caíssem esse ano, mas até perdendo loucamente, a sorte ajuda eles, como tem times ruins nesse campeonato…! O lado bom é que, esses times ruins, são os que vamos pegar na reta final, então tá valendo. Mas que eu queria ver eles serem rebaixados, ah eu queria…

    • Jango 04/11/2018 | Responder

      Eles não vão cair. Os outros times de baixo precisam ganhar alguma e eles só perderem ou empatarem.

      • Gustavo Aroni 05/11/2018 | Responder

        Um time que cairá com certeza é o América-MG. O time tava bem com He-Man, Marquinhos (ex-Palmieras) e o tal do Aylon. Aí o super Adílson Batista me inventa por no time Gérson Magrão, Luan, Wesley (todos ex-Palmeiras) e Leandro Donizete. Quer o quê? Outro que cairá é a Chapecoense. O diretor (ou presidente) manda o Gordiolla (que é outro enganador) embora e pensa, vou trazer um treinador para nos livrar do rebaixamento. E quem ele contrata? Claudinei, o técnico do pior time o campeonato, kkk. E o pior! O salvador da pátria pode conseguir a proeza de rebaixar três times no mesmo campeonato, no mesmo ano: Sport, Paraná e Chapecoense.

    • Os times que estão abaixo dos gambás jogaram muitas vezes entre eles nestas últimas rodadas, por isso esse bloco fica meio estagnado, dá um passo pra frente e dois pra trás. Infelizmente, acho que com mais duas vitórias eles escapam.

      E a arbitragem inventou um pênalti que salvou o Inter no último minuto dos acréscimos no Beira-Rio. Mesmo assim, os seus torcedores ainda devem estar falando de “complô” pra ganharmos o campeonato. Mas de certa forma é bom, deixa o Palmeiras ligado no 220 e com máxima responsabilidade até que o título esteja garantido matematicamente.

    • adilson 05/11/2018 | Responder

      nao é sorte.. e ruindade dos outros times.. quem chegar a 40 ja esta livre do rebaixamento na minha opiniao. nunca vi tanto time ruim junto…

  8. Thom 04/11/2018 | Responder

    Acho que o sempre pedi por aqui vem acontecendo nos último tempos.

    Palmeiras, como time grande, tem o dever de disputar pra vencer todos os campeonatos que jogar. Se ficar assim por vários anos, vai fatalmente ganhar alguns títulos no caminho.

    • Bingo, Thom. Também vejo essa como única e permanente “obrigação” do Palmeiras. Vamos perder títulos pra times que eventualmente forem melhores, mas devemos sempre fazer de tudo para ganhar partidas dentro e fora de casa, por qualquer competição, sem deixar de ter cautela mas também sem exagerar no medo. O resto se resolve na hora.

    • Gustavo Aroni 05/11/2018 | Responder

      Já estou torcendo apenas para estar na Libertadores todos os anos. Assaizão já temos nove, e quero virar a casaca, para a SE Bom Futebol. Bastam duas vitórias para garantir a vaga e 2018 acabou para mim.

  9. E o cheirinho empatou hehe. Agora, torcer pro inter apenas não ganhar, empate serve. Cada vez, o Palmeiras mais perto da taça… La Décima virá!

  10. Você deve estar confundindo meu comentário. Eu nunca disse eu acredito e nem valorizei demais esse torneio onde os argentinos podem fazer oque querem.

    • Não foi você quem comentou isso, Sérgio
      .
      Que o torneio organizado pela Conmebol padece de credibilidade a gente sabe e não é de hoje. Mas o desprezo que algumas pessoas passaram a dar à Libertadores só ficou maior depois de termos saído da competição. Coincidência também não é.

      • Thom 04/11/2018 | Responder

        Bem por aí. E pra constar, libertadores e mais difícil que o Brasileirão.

        Mas realmente, fomos de Loucos pela Liberta a “quesefod4liberta”…

        Acho legal porque somos líderes. Acho legal pq gosto mais do Brasileiro. Mas é um pouco hipócrita mesmo…

        Natural, inclusive. Perdemos dois títulos e ainda estamos levando um. Quando e assim, não tem pq ficar chorando mto uma eliminação, msm

        Que eles aprendam. Se for todo ano assim, pode até passar umas vergonhas no Paulista que ninguém vai ligar.

        • São níveis diferentes de dificuldade. Libertadores é difícil porque uma única noite ruim (como foi a da quarta-feira da semana passada) pode significar eliminação. No BR perdemos pontos inacreditáveis em casa para os quase rebaixados Sport e Chapecoense em atuações medonhas, mesmo assim abrimos folga na liderança faltando seis rodadas para o final.

          O certo mesmo é que ser campeão nunca é fácil. E acredito que quando se prioriza o Campeonato Brasileiro, a escolha é pela regularidade durante todo o ano, e a chance disso render outros títulos é maior.

    • Gustavo Aroni 05/11/2018 | Responder

      Eu acho a Libertadores mais importante que o Assaizão. Mas acho que é o sentimento de cada um. Maracutaia por maracutaia, ambos os torneios são sujos, e o dia que os brasileiros tiverem mais influência na Conmebol que os hermanos, já sabemos quem serão os tupiniquins beneficiados.

  11. Cássio 04/11/2018 | Responder

    Todos falam o que querem aqui. E todos consideram opiniões e a respeitam. Mas… Se for diferente da opinião do Eduardo é ” muita soberba “. Respeito à opinião sem diminui-la ou ridicularizar seria bem mais inteligente.

    • A maior parte da torcida de qualquer clube age de maneira semelhante, seja quando seu time está por cima ou quando está por baixo. Como palmeirenses, não somos diferentes nesse aspecto. É algo aliás da natureza humana, e trata-se apenas de constatação. O torneio que estamos para ganhar (com méritos) é “o mais difícil do mundo”, já aquele em que fomos eliminados principalmente por falta de postura “é arrumado”. Se isso não for soberba, talvez seja algo pior e impublicável por aqui. De qualquer forma, não diminuí nem ridicularizei nada, apenas expus um outro ponto de vista, a partir daí vale a interpretação de cada um.

  12. Levi 04/11/2018 | Responder

    Dayverson dessa vez não fez nada demais, mas também não precisava da tal dançinha ( quando Gabigol faz, pode).
    Mas espero que o Palmeiras se desfaça dele e de Borja em janeiro.
    Troque por 2 atacantes efetivos e de estilos diferentes.
    Agora eu gostaria de ver Dayverson sendo solto em campo, sendo treinado pelo Lisca Doido.

    • Tiago 04/11/2018 | Responder

      Na boa? deyverson e Borja devem ser vendidos.
      Se contratarem o Pedro do atlético par. + o Artur ta bom demais.
      Até pq vão jogar bola e não criar causo, Diferente desses dois bobões .

      • Concordo, mas só me permita desfazer uma “mistureba”: Pedro é o bom atacante do Fluminense que está contundido e só volta no ano que vem, o (também bom) jogador do Atlético PR é Pablo. Mas se for possível trazer os dois, melhor ainda…

  13. Lucas 04/11/2018 | Responder

    Tinha de tudo pra ser uma goleada, se não fosse as duas falhas do Dracena, mas ok… Vamos em frente

  14. Fale por você. Eu não ligo pra Libertadores tanto que não fui em nenhum jogo. O brasileirão é muito mais importante.. Campeonato arranjado não é pra mim.

    • Paraiba 04/11/2018 | Responder

      Mais uma vez o time recua e sofre 2 gols, foi assim na lambombonera, no maraca se não fosse a ruindade do plaqueta tinha perdido o jogo de virada, diante do boca sofre 2 gols no Allianz Parque com falhas na marcação e ontem novamente sofre 2 gols relâmpagos.
      Graças ao Victor Luis e a colaboraçãodo do goleiro santista a vitória veio.

      • Até quarta-feira à noite, era “eu acredito”, “contra tudo e contra todos”, agora é “torneio arranjado”, “#fodaselibertadores” e outras coisas risíveis…

        Todo campeão brasileiro tem mérito, inclusive os nossos rivais quando o ganham. Ninguém atravessa 38 rodadas apenas na mediocridade, por mais baixo que seja o nível da competição. Daí a achar que ela é a melhor ou mais difícil do mundo só porque estamos com uma mão e meia na taça, é muita soberba.

        • Thom 04/11/2018 | Responder

          Tá muito longe de ser a melhor do mundo, mas deve estar no top 10. (acho)

          Mas em dificuldade? É indiscutível que o campeonato brasileiro é UM DOS 5 mais difíceis do mundo. Campeonato Francês, Alemão e Italiano, atualmente, não são difíceis. Por isso só um time ganha. Mesmo concentrado em São Paulo nos últimos 10 anos, ainda assim é que o que tem mais campeões diferentes entre os mais importantes.

          Pelo menos 5 times, todos os anos, tem condições de ser campeão.

          Isso não significa que é um bom campeonato, de alto nível. Mas os jogos devem ser comparados dentro da realidade de cada um tb….

  15. Bom jogo e vitória de campeão, com falha daquele que vem sendo o melhor goleiro do Brasil nos últimos 2 ou 3 anos. Se o cheirinho empatar amanhã, teremos uma repetição da situação de 2016 nessa rodada. Tínhamos 1 ponto a mais e o cheirinho (em caso de empate) também um ponto a mais.

    • Ontem vi um comentário de que foi só o SPFC mostrar interesse no Vanderlei pra ele ser acometido pelo vírus da ruindade que assola os goleiros por lá. Tomara que a bambizada tente contratar o Victor do Galo nesta semana…

  16. Grande jogo. Grande resultado contra o segundo melhor time do Brasil. Valeu a pena ir ao estádio, quem queria ver futebol bonito hoje assistiu. Quanto à Libertadores, pouco me importa, campeonato arrumado
    pela Conmebol, Ganha quem eles querem, torneio super valorizado e só.

    • Paraiba 04/11/2018 | Responder

      Futebol bonito? E a defesa continua uma peneira
      Todo mundo SECA
      Mas só o Palmeiras
      Vai ser DECA!

      • O pessoal tem um sério problema pra distinguir bom futebol de bom resultado, jogo bom tecnicamente de jogo eletrizante (cuja maior parte dos gols só saiu por falhas bisonhas das defesas). Ninguém está desmerecendo a vitória, daí a distorcer os fatos não dá.

        E que venha o Deca!

        • LGO 04/11/2018 | Responder

          Hoje não posso concordar com o amigo!!!
          Falhas todos os jogos tem. No último jogo RealxBarcelona na semana passada tivemos falhas bisonhas também!!!
          O jogo de fato foi bom. Analisem o primeiro gol e verão um bom “passe” do goleiro, um avanço rápido do lateral que achou centroavante bem posicionado quero giro já poderia ter feito o gol, mas que com o desvio o goleiro acabou espalmando e o outro atacante conferiu!!!
          Se é na Europa estariam falando da joga trabalhada…
          Temos que perder a mania de desmerecer o que é nosso…

  17. Cássio 03/11/2018 | Responder

    Quando passamos muito tempo comparando e olhando para o lado a tendência é sempre frustação. Vale pra tudo na vida. Temos que tratar da nossa grama para que ela fique cada vez melhor e mais verde, senão vamos ficar eternamente achando que a do “vizinho” é melhor.

    • Pois é, mas muito pior é menosprezar um campeonato que todo mundo tava doido pra conquistar só porque não tivemos COMPETÊNCIA pra vencer. De fato, a inveja é uma m.e.r.d.a., assim como a soberba…

  18. Cássio 03/11/2018 | Responder

    Paulista pra mim o time titular só joga Clássicos. O resto joga o sub 20. Durante o Campeonato o time se prepara pra entrar voando no resto.

    Piada do dia: O River achou a punição muito grande. Vai recorrer.

    É por isso que falo, o Brasil deveria se retirar da Libertadores por pelo menos um ano. Se sair ela acaba e toma o respeito à força.

    • Concordo. Os clubes brasileiros boicotam a Libertadores em 2019, voltam com tudo em 2020 e continuam levando vareio dentro e fora de campo, pois não sabem (com raras exceções) dispu.tar esse tipo de competição. E não estou falando só de apito e bastidores, como muita gente adora. É na bola e, principalmente, no psicológico que apanhamos, mesmo. Fruto principalmente do baixo nível técnico das nossas competições internas.

      A Conmebol, enfim, terá a final dos sonhos, e sabemos que isso acontecerá porque as cores das camisas pesam nas decisões tomadas por ela. Mas, neste ano, principalmente porque o Everton Cebolinha é pouco mais que um jogador comum e porque o Palmeiras foi covarde em Buenos Aires, caso contrário esse assunto não estaria em pauta, e a essa hora estaríamos ansiosos para quarta-feira chegar logo.

  19. Cássio 03/11/2018 | Responder

    Mais difícil. Não falei em qualidade. Falei Campeonato. Não falei em Copa dos Campeões da Europa, ou qualquer outra Copa.

    Na Espanha, o Barcelona e o Real para serem campeões tem que ganhar um do outro. O resto é tudo japonês. Inglaterra tem quatro clubes quando o Arsenal está bem. O futebol na Itália à exceção da Juventus nunca esteve tão ruim. França é Café com leite. Alemanha o Bayern brinca todo ano. E Portugal pra mim, tem nível técnico inferior ao Brasil. Eles conseguem.

    Ps. A entrevista do Dracena pós jogo sobre o ano do Palmeiras é perfeita. É preciso pensar em termos de temporada. É fazendo grandes temporadas como essa regularmente que os títulos virão natural e frequentemente.

    • Entendi seu ponto de vista, aliás já havia entendido antes. Apenas discordo.

      No Brasil existe equilíbrio por conta da avassaladora incompetência dos dirigentes. Não fosse assim, Flamengo e Corínthians há anos estariam dominando o cenário nacional, como por sinal era o sonho da Globo. E o Palmeiras deste momento não se torna o Bayern tupiniquim porque o clube alemão não tem obsessão de ser campeão mundial por causa de piadinha. Observe que mesmo assim temos um título, um vice e quase outra taça nos últimos três anos.

      Haver um extremo equilíbrio numa competição não implica que ela apresente o ápice da qualidade, tampouco o máximo da dificuldade. É difícil, mas não A MAIS difícil do mundo. Na minha opinião.

  20. Cássio 03/11/2018 | Responder

    Melhor ataque, melhor defesa, melhor saldo de gols. Quase 70% de aproveitamento no Campeonato, provavelmente mais equilibrado e difícil do mundo.

    Ganhou quando era vital ganhar, empatou quando não deu. Agora uma semana pra descansar a cabeça e o corpo ( o time está exausto ). Se superou hoje, e era vital se superar.
    Agora é reequilibrar tudo e voltar a jogar como estava jogando antes da exaustão.

    Sobre a Libertadores, hoje a Conmebol jogou na lama a credibilidade do torneio. Por 50 mil e 3 jogos de suspensão você pode fazer o que quiser.

    Então, #fodasealibertadores. Precisamos deixar de supervalorizar um Campeonato que tem a moral e a ética inferior ao Desafio ao Galo. Brasileiro precisa deixar de ser feito de tonto pela Conmebol.

    • E espero que o comportamento da torcida seja o mesmo entre janeiro e abril, para aquele torneio mambembe promovido pela FPF, cuja credibilidade foi igualmente jogada na lama. Se não é pra valorizarmos a Libertadores já que caímos fora, #fodaseopaulistinha.

      Agora, com todo o respeito, campeonato mais difícil só se for o de se assistir…

      E que venha o Deca!

    • Wagner 03/11/2018 | Responder

      Também acho que a Libertadores é um torneio sul-americano supervalorização, mas só para entender, alguém aqui defende que o River deveria perder os pontos que bravamente conquistou fora de casa, só porque o técnico suspenso foi ao vestiário? Não seria uma punição desproporcional?

      • O problema está no River ter se preparado para burlar a punição. A perda dos pontos seria desproporcional mas a “punição” que aconteceu também foi desproporcional, mas pro outro lado. Lembrou a “punição” ao penarol pela emboscada. Essa regra de punição a treinador é difícil de cumprir. Com um celular ele pode passar instruções pra quem ele quiser.

  21. Wagner 03/11/2018 | Responder

    Não tem jeito, Palmeirense tem que sofrer.
    O importante foram os 3 pontos. Se quebrarmos mais um tabu, dessa vez no Horto, pode mandar a taça.

    • Paulão 04/11/2018 | Responder

      Temos sete dias de descanso até lá, apesar do desfalque do Dudu, se o felipao abrir mão dos três pontos e lançar o time ao ataque voltaremos de minas campeões.

  22. Bom, conseguimos os pontos em momento crítico do campeonato, é o que importa. Mas temos de parar de flertar com o perigo, um 2009 já basta na vida da pessoa, dois 2009 seriam pra desistir do futebol…

    Vai um desconto pq o time tá extenuado. Fica um adendo do vacilo do Dudu, amarelo totalmente evitável, não pega o galo na próxima partida.

    • Olha que vai ter muita gente aliviada, afinal o Dudu só atrapalha e tem que ir embora logo…

      Falando sério, temos oito dias para nos prepararmos para o jogo contra o Galo. Já quebramos os tabus na Arena Condá e no panetone, agora é a hora do Horto.

      Agora é hora de fazer contas: três vitórias e três empates nas últimas seis rodadas obrigam o Flamengo a ter 100% de aproveitamento pra chegar.

        • Concordo, dos 3, é o meu favorito. Pessoal reclama muito que ele se joga pra trás nos chutes, mas isso porque a defesa deixa ele no mano a mano, então vão ocorrer gols as vezes. Mas ele faz muito mais milagre e defesas difíceis que o Weverton.

          • Qualidades todos têm e falhar os três falham (e já falharam em jogos importantes), mas o Prass pra mim é o único que faz aquela defesa diferente, que garante três pontos. Fora a liderança positiva que tem sobre o elenco.

            Também achei o cartão do Dudu calculado. O cara joga muito, e muitas vezes. Onze dias de descanso e ele decide o campeonato.

            • Paulão 04/11/2018 | Responder

              Em relação ao nosso goleiro, até já falei isso aqui, se tivéssemos o Marcos o Maledetto não teria feito nenhum dos três gols que fez na gente. Mas pensando assim, se o santos tivesse o Pelé talvez o resultado de hoje fosse outro… falando sério, eu sou muito fã do prass, mas o tempo dele já passou. Não temos goleiro e gostaria que isso fosse corrigido para o ano que vem…

        • Philipe Frois 03/11/2018 | Responder

          Concordo e muito ainda. Prefiro mil vezes o Prass do q esse Weverton aí q não pega nada!

        • Concordo com você o Weverton não faz a diferença, é absolutamente comum, além de ter um comportamento apático em campo, talvez o seu exemplo seja o Dida, só que o Dida era uma muralha, e ele não………

  23. Philipe Frois 03/11/2018 | Responder

    Ufaaaa…..Tá certo q é clássico q não tem jogo fácil mas os caras conseguiram complicar um jogo q tava na mão. Foi só o c.u.c.a botar um cara pra tocar bola no meio campo no segundo tempo e o time se perdeu todo. Não dá pra confiar, tomara que cheirinho e chororado percam seus jogos pra acabar logo essa joça de campeonato .

  24. Levi 03/11/2018 | Responder

    Jogo a jogo: +3 Pontos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • No empate de sábado passado botamos uma mão na taça, agora foi mais um dedinho (no bom sentido…) da outra mão.

      Deca a caminho…

  25. Renan 03/11/2018 | Responder

    Haja coração viu, Victor Luiz nunca critiquei

  26. Philipe Frois 03/11/2018 | Responder

    Da pra botar fé num time amarelão desse? Em 20 min tomaram o empate. Agora nosso gênio de treinador tira um meia atacante e bota o Felipe Melo. Tá querendo segurar o empate ou tomar a virada é Melhor? Pelo amor de Deus!!! Vai conseguir perder essa poha de campeonato brasileiro que tá uma teta esse ano. Time mais pipoqueiro que já vi do Palmeiras. Já vi o Palmeiras montar time ruim e péssimo de 2000 pra cá, mas pipoqueiro igual esse de 2017/2018 não me lembro não.

  27. Philipe Frois 03/11/2018 | Responder

    Esse time não se pode elogiar antes do jogo acabar. Benedetto 1 ano sem fazer gol desandou fazer gol contra o Palmeiras, Marlos Moreno 2 anos sem fazer gol desencantou contra Quem? E agora o Copete que nem sabia mais onde ficava as balisas que formam o gol do goleiro adversário. Dracena 3 anos de clube nunca havia feito 1 gol, alcançou seu milagre no dia de hoje mas resolveu agradecer dando um presentão pro ex clube. Tá ruim? Chama o Palmeiras!

  28. Olha… Primeiro tempo de respeito hein… Victor Luiz, é uma montanha russa: as vezes faz partidas dignas de série B, e as vezes, como hoje, acerta tudo que faz: dribles, passes, passes em profundidade… O time inteiro está muito bem, só reclamo de como o Antônio Carlos é doido pra entregar a paçoca: no finzinho do jogo agora, resvalou uma bola no peito que quase foi uma ajeitada pro jogador do Santos; em seguida, dá um carrinho na área que muito juiz daria pênalti (ainda bem que não é um Heber Roberto Lopes ou Dewson apitando hoje…). Agora é marcar o terceiro no segundo tempo, e aí fica só faltando o péssimo Atlético-MG e Fluminense para acabar a sequência de clubes de camisa pesada, e assegurar o Deca.

    Seria perfeito se o Binter e o Cheirinho perdessem pontos amanhã.

    • Atlético Mineiro e Flu perderam nesta rodada, mais uma vez, e em casa (aliás, ver que perdemos pra SCCP, Cruzeiro, Sport e Flu, que em nenhum momento brigaram por título brasileiro, é de chorar…), o jogo realmente difícil em termos de adversário (sem falar em estádios amaldiçoados…) é o de hoje, e de fato até aqui surpreendeu positivamente. Fica a velha pergunta: se sabe que dá pra fazer isso em casa, porque não faz fora também?

    • Renan 03/11/2018 | Responder

      Jean na lateral sempre foi bem, problema é quando Felipão coloca ele na meiuca

  29. Renan 03/11/2018 | Responder

    A rodada é favorável, se pensar que o Flamengo sofre com paulistas, hoje temos tudo pra conseguir uma vantagem maior na liderança

Leave Your Reply