Brasileiro 2018 Paraná 1×1 Palmeiras: empatamos contra o vento

 

Não não palmeiresse…. não se trata de um desrespeito ao nosso co-irmão Paraná. Longe disso.

Mas o Palmeiras no estádio do Café nesse tarde de domingo pegou uma ventania no 1o tempo que atrapalhou os planos de preparar o DECA para a R36.

O estádio sofreu uma chuva torrencial e no 1o tempo jogamos contra o vento. Wevert0n talvez nem tenha visto a bola do gol. No 2o tempo jogamos melhor e depois de 2 pênaltis o juiz decidiu dar 1. Scarpa bateu e empatou.

1×1. O Inter perdeu mas aquele time do establishment (o outro) ganhou.

Tudo aberto para a R36. Mas podemos ser matematicamente campões nela.

Agora é esperar.

Saudações Alviverdes!

E leia: Balanço da R35 – 5 pontos de vantagem.. e a R36 será animada

148 Comments Added

Join Discussion
  1. LGO 19/11/2018 | Responder

    Bom dia amigos!!!
    Entendo que nosso futebol não é grande coisa, e que para o ano que vem precisamos sim de uns 5 reforços de peso, mas as pessoas aqui estão muito pessimistas e exagerando na crítica!
    Não temos tantos problemas assim!! Parece que estamos com saudades dos anos de 2012 a 2014!!! Ou pelo menos nos esquecemos disso!!!
    Alguns falam de Borja, Weverton, Lucas Lima entre outros, mas esquecem que há poucos anos atrás esses jogadores nunca estariam aqui, primeiro porque não teríamos dinheiro para isso e segundo porque eles não queriam vir para um clube decadente!!! Agora tudo mudou!!!
    O ano passado o Curica foi campeão com 72 e caindo aos pedaços no fim, mas aqui no blog era só elogios pra eles!!!!
    Falar que é provável vitórias do cheirinho e do inter na quarta é um grande equívoco!!! Assista aos últimos jogos desses times e do Grêmio e verá que isso não procede!!!
    Na Europa um time campeão brasileiro (espero), vice do paulistinha, e semifinalista nas duas copas seria aplaudido. Nós palmeirenses realmente somos diferentes!!!!
    O pessoal fala que a base do Palmeiras só está ganhando e é verdade!!!! Mas coloca um jovem desses para jogar e verá que vamos queimá-lo num instante…tanto é que aqui só falamos em contratar de fora!!!
    Estou muito confiante e não acho o momento bom para as inúmeras queixas escritas aqui!!! A hora é de apoio e foco nesse título!!!
    Avante Palestra!!!!

    • Desculpe a sinceridade, LGO, mas para quem explodiu em cólera num momento em que a derrota era absolutamente normal você não está sendo muito coerente agora, querendo aliviar uma atuação fraca numa partida em que a vitória era nada mais que obrigação. Talvez seja a “lei da compensação”, mas entendo e respeito.

      Isto posto, basta analisar as partidas. Como escreveu o Sérgio Marin, e concordo com ele, depois que foi para o vestiário no intervalo vencendo o Santos por 2×0 o Palmeiras parece ter entrado em “modo de espera” para receber o título. Ganhou aquele jogo, achou os empates contra Atlético MG e Paraná e venceu o Fluminense muito mais por erros e incapacidade dos adversários que por méritos próprios. Quando o Palmeiras leva o primeiro gol, não ganha o jogo (não é opinião, é estatística). Isso é fruto de despreparo técnico, tático e principalmente psicológico. Não há nada de exagero nisso, apenas observação.

      Quanto aos adversários, já comentei: o Inter terá praticamente três jogos em casa (o último contra o Paraná será nas mesmas condições que o de ontem, torcida toda a favor do visitante, resta saber se o vento dará as caras…), e dos adversários do Flamengo um já está de férias e o outro poupará o time para uma final continental. Assim como o Palmeiras, não são times confiáveis, mas se somarem nove pontos nessa reta final não será uma aberração.

      A respeito do nosso desempenho no ano, vejo da seguinte forma (analisando apenas o aspecto esportivo e desprezando fatores externos): fracasso absoluto (pelas condições em que dispu.tamos a final) no paulistinha, fracasso (pelas atuações fraquíssimas contra o Cruzeiro) na Copa do Brasil e fracasso (pela postura covarde na Bombonera) na Libertadores, menina dos olhos da torcida e da diretoria. Na Europa, se o Leicester City ou o Eintracht Frankfurt chegarem a uma final e duas semifinais na temporada, mesmo sem ganhar uma taça, serão tratados como “sensações” e terão elencos e treinadores hipervalorizados, pois a expectativa que se cria para equipes desse nível é uma; se acontecer exatamente o mesmo com Manchester United, Real Madrid ou PSG cai até o presidente, pois o nível de exigência é outro. Contentar-se em ser vice ou semifinalista é para quem não tem capacidade de ser campeão. Mal comparando, é o mesmo que ostentar estrelinha por título de Série B no escudo: para alguns é um feito e tanto, para outros uma vergonha.

      Por fim, eu resumiria tudo de uma forma bem simples: pra não depender de nada, nem da ajuda do vento, o Palmeiras precisa somar cinco pontos contra América MG, Vasco e Vitória. Se não for capaz disso, não merece ser campeão.

      E que venha o Deca (o quanto antes, por favor)!

      • LGO 19/11/2018 | Responder

        Só discordo em 2 pontos!!!
        Quando explodi em “cólera” de fato a derrota era normal mas representaria a eliminação da libertadores como depois representou!!! O jogo de ontem foi péssimo, mas está muito longe de algo parecido!!!
        A outra discordância é quanto aos times europeus!!! Estar entre os melhores garante sim o bem estar de grandes equipes. Seguem os exemplos:
        1. Barcelona não chega nem perto na Champions nos últimos 3 anos e ainda viu o maior rival sendo campeão, mas como ganhou o campeonato nacional não há crise alguma.
        2. Manchester United está com o mesmo técnico por 3 anos, e para mim ele só faz burrada, não ganhou nada e ainda vê o maior rival sendo campeão e também não tem crise.
        3. Liverpool não ganha nada há anos, mas foi vice da Champions e o técnico está lá há 3 anos também sem crise.
        4. Bayer também não chegou na Champions nos últimos anos, mas foi campeão nacional 6 vezes e não tem crise nenhuma.
        Poderia encher a página!!! Não dá para ganhar tanto assim. São muitos times para poucos campeonatos. Por isso aqui dos 20 clubes do Brasileirão 17 trocaram de técnico.
        Na Europa dão valor e muito para as últimas campanhas e para os times que chegam mesmo que não ganhe!!!

  2. Paraiba 19/11/2018 | Responder

    A prioridade era libertadores a postura covarde na lambombonera eliminou o Palmeiras, olha com o Roger o Palmeiras ganhou lá
    A Copa do Brasil era a segunda prioridade, mas o gol do barco no mineirão onde o Antônio Carlos ficou cercando o gol vendo a bola entra ja mostra va que o time não iria longe, precisando da vitória Scolari coloca Jean em campo aí pra acabar mesmo.
    Sobrou o campeonato brasileiro graças aos outros o Palmeiras tá sobrando lá na frente.

  3. João 19/11/2018 | Responder

    Minhas maiores tristezas com o Palmeiras foi perder em 2000 pro Boca e 2010 pro Goiás, mas se conseguir perder esse título conseguirá ser o maior vexame da história do clube.

  4. Felipão 19/11/2018 | Responder

    O Título será nosso com certeza, mas para o ano que vem tem que afastar ou emprestar Antonio Carlos, Luan e os dois laterais.

    • Philipe Frois 19/11/2018 | Responder

      Só eles? Borja e Deyverson pra mim tbm não servem. Vai precisar tbm de pelo menos 2 atacantes muito bons que joguem pelos lados já que Dudu deve ir embora e Willian não garante nada pra ninguém. No meio o Felipe Melo vai estar ainda mais velho e Thiago Santos a gente já sabe da falta de intimidade com a bola, o Moisés é outro que não joga bem faz tempo e está sempre se machucando. Além de um goleiro. Eu , se estou no lugar do Alexandre Mattos e penso em montar um time pra realmente d.i.s.p.u.t.a.r todos os títulos, contrataria no mínimo uns 10 jogadores.

      • Paraiba 19/11/2018 | Responder

        Felipe Melo derrubou o calça vinho, aproveitou a oportunidade pra acionar o Palmeiras na justiça e falar que o cheirinho tinha interesse em contrata lo , fica nítido que no segundo tempo Melo morre em campo vide o gol do maledetto no Allianz Parque .
        Moisés tem 2 cirurgias no joelho , não joga 100 % joga com medo de estourar de novo.
        Agora Borja, Deyverson ,Antonio Carlos Dracena, Lucas Tolima tem que fazer um grande favor a torcida do Palmeiras vão embora.

        • Só sei que com deca ou sem deca a caçamba que vai encostar na frente do CT da Barra Funda na noite de Natal precisará ser bem grande, caso contrário vamos continuar nos contentando com semifinais e vice-campeonatos em 2019.

  5. O meu medo: esse elenco vem borrando as calças quando chega em decisões: borraram na Libertadores do ano passado, sendo desclassificados nos penaltis (com direito a Dyerverson amarelar nas cobranças); borraram na reta final do brasileirão do ano passado; borraram no paulista, em pleno Allianz; borraram contra o Cruzeiro na Taça Brasil; borraram contra o Boca. Sempre fui otimista e rezo para não ter razão.

    • Não é questão de estar certo ou errado, mas de negar ou aceitar a realidade. O Palmeiras milionário de hoje não sabe ganhar, em parte porque o elenco é de mediano pra baixo e em parte porque só pensa em título mundial, campeonato este com apenas dois jogos e que requer preparo técnico, tático e psicológico (não temos nada disso) para ser alcançado.

  6. lito 19/11/2018 | Responder

    É hora de apoiar o time. Não podemos entrar na onda da imprensa marrom. Agora Felipão pelo amor de Deus: Weverton, A carlos, Drascena, D barbosa não dá mais.
    Outro também que precisa levar uma chacoalhada é o Moisés para ver se tira a calça Jeans. Para o próximo ano precisamos de um goleiro (Gatito ou Armani do River), dois zagueiros para jogar com o Gomes, um volante e um atacante (lucas Pratto). Põe o Prass logo Felipão, ou o Jailson, com esse mão de alface e essa zaga corremos o perigo de perder o título.

    • É imprensa marrom, vento, choque térmico… Queria saber qual força maligna da natureza contrata e escala Antonio Carlos, ou qual integrante da imprensa trouxe Deyverson e Borja. Nossos problemas há tempos são falta de futebol e de preparo psicológico, o resto é conversa fiada e desculpa esfarrapada de quem não quer admitir que temos um bando de amarelões mimados nesse elenco, que é comandado por um retranqueiro ultrapassado que sabe lidar com egos mas que parou no tempo taticamente. Nenhum título que venha por osmose vai mudar isso.

  7. Se perder esse título, o vexame será maiôr que os 7×1, e podem encomendar o caixão do Felipão ( a rima foi sem querer).
    Já disse aqui mais de uma vez, é um time de derrotados, sem equilíbrio emocional, e o que é pior; sem futebol.
    Espero tudo do Palmeiras , e não espero nada. Sem querer ser o cavaleiro do apocalipse, só acredito no título na última rodada.
    Não é pessimismo, o time me faz ser ou ver como São Tomé.
    Do mais, é torcer e contar com a sorte.
    Desculpem, mas o nosso futebol é tôsco demais.

    • Acredito que o título virá na quarta tanto quanto acreditava na virada contra o Boca, ou seja, impossível não é mas será muito difícil. Os três candidatos à taça deverão ganhar seus jogos em casa e assim postergar a definição por mais uma rodada. A estratégia então será empatar em São Januário jogando com onze atrás da linha da bola dando chutão pra todo lado (menos para o gol adversário), aí tomaremos um gol besta no segundo tempo, provavelmente por culpa do vento, do choque térmico ou do vírus da zika, e tudo ficará pra última rodada.

      De um time incapaz de virar placares e que não consegue vencer o saco de pancadas oficial do campeonato jogando praticamente com torcida única eu espero qualquer coisa, desde goleada com show até uma tragédia.

  8. Philipe Frois 18/11/2018 | Responder

    Lembrei de um detalhe. O Moisés não tinha se lesionado sem previsão de retorno? Pelo menos foi isso que vi na imprensa durante a semana. O que aconteceu que milagrosamente ele entrou de titular hoje?

    • O Willian também ficaria algumas semanas fora e entrou de titular na quarta-feira. Não sei se o departamento médico está fazendo milagres ou se o Felipão voltou a usar a velha estratégia, daqueles tempos em que mandava engessarem a perna do Arce na segunda-feira e na quarta ele estava em campo. Mas o Moisés, definitivamente, não é o Arce…

      • Philipe Frois 19/11/2018 | Responder

        Fiz a pergunta mas na minha cabeça a resposta era exatamente essa. Só queria saber se alguém aqui tinha a mesma impressão que eu. Alguém precisa avisar ao velho bigodudo que esse tipo de blefe não funciona mais. Não tem mais jogador que faça tanta diferença assim, dá até vontade de rir qdo penso que ele quis enganar todo mundo com uma falsa lesão do Moisés kkķkkk…ele achou que o Moisés iria chegar no jogo de ontem e arrebentar? Depois o chamam de ultrapassado e ele acha ruim . Fica se preocupando em fazer gracinha da época em que amarravam cachorro com linguiça e se esquece de fazer o que tem de ser feito como não escalar mais o Antonio Carlos, por exemplo.

        • O Felipão vai usar a dupla Antonio Carlos/Edu Dracena toda vez que não puder contar com Gómez ou com Luan, pela questão do “entrosamento”. Lembra o que aconteceu quando ele treinava uma certa zaga com Thiago Silva e David Luiz, perdeu o primeiro e precisou improvisar o Dante no lugar dele? Então, o negócio é torcer pra que nossos melhores (ou menos piores) zagueiros não sejam mais amarelados até o final do ano.

    • Paraiba 18/11/2018 | Responder

      O Felipão usa isso pra enganar o adversário e a imprensinha , desde a época do gremio ,na final do Br – 96 , contra a portuguesa Scolari mandou o Arce enrolar uma tala no pé direito e dar entrevista de muleta e não permitiu o paraguaio nos treinos durante a semana , na decisão o Arce jogou .
      Mas, hoje, o Antônio carlos e o vento jogaram contra.

      • Choque térmico, vento, sol… São as forças ocultas da natureza, sempre contra nós…
        Mas aí eu pergunto: o vento jogou o primeiro tempo a favor do Paraná e o segundo a favor do Palmeiras, será que no segundo tempo era o Deyverson disfarçado de minuano?

        • Paraiba 19/11/2018 | Responder

          O choque térmico naquela ocasião tirou 2 pontos e hoje o vendaval tirou + 2 .
          Mas no primeiro tempo o vento tava muito forte o Weverton bateu um tiro de meta a bola voltou em sua direção, quase que saiu pra escanteio tinha que interromper o jogo até passa o furacão Catarina.

          • Pois é, como já escreveram aqui se eu chegar atrasado ao trabalho amanhã e disser que foi culpa do vento, vão me descontar do mesmo jeito.

            Tá na hora de contarmos os pontos que perdemos por falta de futebol, desde que nos tornamos os “novos milionários” do Brasil e paramos de montar times bisonhos já devem ter sido mais de cem…

  9. Gogel 18/11/2018 | Responder

    Sou de Londrina e vou a alguns jogos do Tubarão. Não fui ao jogo pois já havia me programado para vir a Camboriú no feriado. Sem querer dar desculpas para o empate de hoje, pois a gente conhece o Felipão: ele está, claramente, administrando a vantagem. Ele sabe que o empate em si, foi ruim. Mas a vantagem que nós temos permite isso. Voltando ao Estádio do Café e a cidade de Londrina: o estádio do Café é uma ferradura, ou um “U”… quando acontece esse tipo de temporal como aconteceu hoje na cidade, no primeiro tempo, o vento entra rasgando no estádio. Além disso, o gramado é horrível. Tem uns cinco tipos de grama. Por saber disso, eu entendo que o empate foi bom.

    • Gogel, seu depoimento é importante como alguém que conhece o estádio. Independentemente disso, não dá pra aliviar, o resultado foi ruim e o time já está “administrando” além da conta. Graças à vantagem na tabela e à incompetência alheia, ele provavelmente não fará diferença (oremos!). Mas algo fica cada vez mais nítido, além de ser estatístico: o Palmeiras não consegue vencer jogos em que toma o primeiro gol. Seja contra times fortes ou fracos, seja contra o vento ou o choque térmico.

  10. Infelizmente, neste final de temporada, MAIS UMA VEZ, Felipão foi péssimo, ridículo.

    Errou bisonhamente na dupla de volantes, era pra escolher dois entre FM, TS e BH. Moisés não.

    Errou nas substituições, tirou Scarpa sabe se lá por que e manteve Moisés até o fim. Willian está sem condições físicas, deixa o cara descansar.

    Estamos em uma corrida contra o relógio. Faltam poucas rodadas, torçamos para que falte tempo ao Sr. Felipão para cagar novamente, como anda fazendo jogo sim, jogo não, e o título venha. E se vier, aí certamente será uns 80% méritos do Bigode, pelo trabalho como um todo.

  11. Olha, não sei vocês, mas aquele vento lazarento de Londrina veio parar aqui no bairro, tá quase derrubando a janela do meu quarto…

    • Thom 18/11/2018 | Responder

      Ia comentar isso agora, que chegou em SP já. Vou chegar atrasado amanhã dizendo que o vento estava contra.

    • Já passei por isso. O pior é quando a patroa (que, no meu caso, passa longe de ser palmeirense) não apenas fica brava como passa a torcer contra de propósito. Quando o time não ganha você fica com a sensação (não verbalizada para evitar maiores danos…) de que não ter parado pra ver o jogo teria sido melhor negócio…

  12. Assisti o jogo num restaurante de beira de estrada na Dutra voltando do Rio de Janeiro. Tirando o Dudu o resto é um bando de amarelões. Que tenha sido o último jogo desse Antonio Carlos no time e que se contrate um goleiro melhor. Desde o segundo tempo do jogo do Santos que esse time não joga nada. Tem que acabar esse revezamento de zagueiros. Que joguem os melhores. A gente faz cada sacrifício por esse time e os caras amarelando.

    • Espero que a comida não tenha caído mal, ou que pelo menos tenha dado tempo de fazer a digestão antes do jogo acabar…

      Infelizmente o Felipão vai apelar para Antonio Carlos e Dracena cada vez que perder Gómez ou Luan, por causa do “entrosamento” – imagine se eles estivessem desentrosados…

  13. Cássio 18/11/2018 | Responder

    O Flamengo tem 3 pedreiras. O Inter tem duas já nas próximas rodadas. O Palmeiras pega 3 times brigando contra o rebaixamento. O título agora é mais questão de inteligência e preparação psicológica do grupo do que futebol puro e simples. Eu tenho um pressentimento de que quarta teremos uma noite de festa.

    • O futebol puro e simples deixou de ser questão primordial já faz algum tempo, agora é hora de ter um mínimo de competência, o máximo de atenção e jogar todo o nervosismo para os adversários.

      O Flamengo vai pegar um Cruzeiro de férias e um Atlético PR na semana em que este possivelmente decidirá a Sul-Americana, portanto atuará com reservas. Se vencer o Grêmio com Maracanã lotado provavelmente somará 9 pontos nas últimas três rodadas, enquanto enfrentaremos um Vasco que terá contra nós sua última partida em casa para evitar o quarto rebaixamento dez anos.

  14. Atenção dona Leila e Mattos: para o ano que vem providenciem a compra de um simulador de tornados para ser usado nos treinamentos, assim chuva e vento deixarão de ser desculpas pra falta de futebol.

  15. Cássio 18/11/2018 | Responder

    Olhando o copo meio cheio…Se o Palmeiras vencer o América por meio a zero, e o cheirinho empatar contra o GRÊMIO lutando por Libertadores e o Inter sem Damião empatar contra o Atlético que também luta pela Libertadores…na quarta vira fim de semana antecipado e vamos dormir com a alma feliz pelo décimo título do maior campeão do Brasil.

    • O Palmeiras jogou contra um time já rebaixado que vendeu o mando de campo e não tinha seis titulares. De quem era (toda) a vantagem? O Grêmio luta por Libertadores e o Flamengo (que vai jogar com o Maracanã lotado) pelo título, o que pesa mais?

      Nessa hora não tem copo cheio, vazio nem quebrado. É preciso ter competência pra garantir duas vitórias em três jogos contra times ridículos, se não conseguir não haverá vento pra aliviar o vexame.

  16. Cássio 18/11/2018 | Responder

    O Paraná jogou cheio de moleques da base voando fisicamente em um campo muito pesado. Sabendo que teriam uma chance para se mostrar para o time mais rico do Brasil(que jogou um Campeonato inútil a mais)e com as categorias de base mais vencedoras do Brasil atualmente. Não tinham nada a perder. Espertos foram eles que deitaram e rolaram pra cima da marcação lenta e com soberba de LL por exemplo.

  17. Cássio 18/11/2018 | Responder

    Embora tenhamos tomado um gol besta. Repito o Weverton tem se mostrado um chama gol. O Felipão não
    tira agora para não desestabilizar mais a confiança do grupo, mas ele não começa titular no próximo ano. No primeiro tempo o Palmeiras jogou contra 13. O temporal e o vento empurrando as bolas do Palmeiras para trás foram anormais. No segundo tempo, o Felipão mexeu certo. O Scarpa estava amarelado e estavamos sofrendo perigo toda hora nas costas do Diogo amarelo Barbosa e do Mayke que se matou para marcar e atacar.O próprio Casagrande que tinha criticado a mudança reconheceu que o time se reequilibrou na marcação. Embora o Willian e o Borja tenham perdido gols na pequena área, assim como contra o Atlético, empatamos com agracadosenhor:) 20 jogos sem perder.recorde histórico tirado do Curintia. Tá tudo maravilhoso? Óbvio que não. O time perdeu força, equilíbrio, técnica, não marca mais adiantado para matar o jogo logo como fazia. Não somos cegos, mas somos inteligentes. É hora de empurrar e completar o que falta pra ser campeão.

    • Ninguém vai perder lugar nessa altura do campeonato. Mas se continuarmos com caras como Weverton, Antonio Carlos, Guerra, Deyverson e Lucas Lima no elenco em 2019, o ritmo será esse: um passo pra frente, empolgação, outro pra trás, frustração, dois pro lado e, quem sabe se a sorte ajudar, pinte algum título.

      • Gustavo Aroni 18/11/2018 | Responder

        E esse Diogo Barbosa é ruim e lento. Moisés, Borja e Willian são nulos, em praticamente todos os jogos. Dracena é laranja que já deu suco. É um milagre sermos campeões. Pode por 95% na conta da ruindade alheia.

        • O Willian não tem culpa por ter mais vontade que técnica. Nesses dois anos de clube, já nos deu mais pontos que outros “craques”. Já sobre outros jogadores desse elenco, apesar da técnica, não dá pra dizer o mesmo.

  18. Levi 18/11/2018 | Responder

    Agora tem hora que é barra ser palmeirense…. vc vê a tabela contra 3 no Z4 e 1 grudado nela e pensa….moleza, título.
    E agora está todo mundo pilhado com esse primeiro susto hj, que só não foi maior, mais uma vez por incompetência dos concorrentes.

    • LGO 18/11/2018 | Responder

      Futebol não é mais assim!!!
      Todo os jogos são difíceis!! Tudo muito nivelado!!! Nivelado por baixo, mas nivelado!!!
      Eu não estou pilhado e tampouco preocupado!!! Um time invicto a 20 jogos com a melhor defesa e melhor ataque tem tudo para garantir o título!!!

    • O adversário, já rebaixado e com apenas 30% do total de pontos que havíamos conquistado até aqui, e ainda sem seis titulares, praticamente vendeu o mando de jogo atuando em campo neutro com torcida esmagadoramente contra. Fomos para o intervalo perdendo e só empatamos com um gol de pênalti. Você acha muito ficarmos pilhados? Como bom palmeirense, deve se lembrar de Inter de Limeira, Guarani, Bragantino, XV de Jaú, Ferroviária, Ponte Preta e outras “molezas” que já nos frustraram na história (relativamente) recente, então sabe que cachorro mordido por cobra morre de medo de linguiça…

  19. Reynaldo Zanon 18/11/2018 | Responder

    O temporal, principalmente no primeiro tempo, atrapalhou, mas o futebol do Palmeiras em todo o jogo foi muito ruim. O Weverton falhou e não é goleiro à altura do Palmeiras. Lamentável desperdiçar 2 pontos contra o Paraná.

  20. LGO 18/11/2018 | Responder

    Caros amigos!!!
    Que o futebol jogado hoje foi ruim e que o Felipão foi mal de novo em tirar o Scarpa é a mais pura verdade!!!
    Agora também é verdade que o Paraná jogou bem e que o clima prejudicou muito também é verdade!!!!
    Quando perdeu a primeira partida para o Boca perdi a linha aqui no Blog e xinguei técnico, jogadores e tudo mais! Ainda brincaram comigo dizendo que eu era do cheirinho, mas agora vou de novo contra todos!!!
    Melhor ataque, melhor defesa, 20 jogos invictos no brasileiro (recorde) e cinco pontos de vantagem faltando 3 rodadas. Não vou ficar apelando e cornetando!!!
    Falar que somos o menos confiável não concordo. Cheirinho e inter só pipocam!!!
    Estou confiante num título importante para nós e que pode vir nessa quarta!!!
    Para mim o segundo mais importante de longe do ano. Para alguns aqui do blog o primeiro mais importante!!!
    Vamos com tudo!!!
    Avante palestra!!!!!

    • Acho o título brasileiro não apenas o mais importante como também o mais difícil de ser conquistado. Não quer dizer que eu concorde que seja o campeonato mais difícil do mundo, longe disso, mas as opiniões são livres e válidas.

      Ainda temos as maiores chances de título, isso é indiscutível, mas esse grupo já provou que amarela em momentos decisivos. Talvez não haja tempo para a “doença do Jeca Tatu” nos tirar o título, principalmente porque os adversários também não inspiram a menor confiança, mas também não resta dúvida de que o jogo de hoje foi absolutamente brochante. Até pra quem só vive de resultados.

  21. Gustavo Aroni 18/11/2018 | Responder

    Hoje foi o mesmo futebol de sempre. A diferença é que só veio o empate. A vitória contra o América está longe de garantida, e com essa recusa ao futebol a outro pode nos custar caro. Outro empate pode nos complicar, e não sei se esse elenco repleto de ca.baços em decisões segura a onda.

    • Se o Palmeiras empatar com o América e o cheirinho ganhar do Grêmio, pode esquecer título. O perfil psicológico desse grupo é perdedor, não aguentarão a responsabilidade.

      • LGO 18/11/2018 | Responder

        Até concordo!!!
        Mas a chance disso ocorrer é quase zero!!!

  22. Levi 18/11/2018 | Responder

    Não faz muito tempo, o Prass era o vilão que sempre caia para trás quando tomava gol….cansei de ler aqui, lembram?

      • Wilson 18/11/2018 | Responder

        Ok, vamos continuar torcendo para a bola nao chegar no gol.

    • Sim, muita gente pega no pé do Prass. E do Dudu, sem o qual muito provavelmente nem no G4 estaríamos. Torcedor é assim mesmo. Mas eu sempre fui “Prass mais dez”…

      • Philipe Frois 18/11/2018 | Responder

        Nessa eu tbm estou tranquilo rsrs…qdo o Prass falhava eu dizia que tinha que trazer um goleiro melhor q ele, não trouxeram , então que fique o Prass mesmo. Jailson e Weverton nunca que são melhores do que ele.

      • Gustavo Aroni 18/11/2018 | Responder

        É. A minha preferência sempre foi o Jaílson, mas acho que o seu tempo, assim como o do Prass já passou. Hoje é a vez do Weverton. Acho que ele ainda tem crédito e deva permanecer. Mas se tiver que ser outro goleiro, deverá ser contratado. Já o Dudu, acho um jogador médio pra bom. Nota 5,0001. Tenho certeza que dá pra se trazer coisa melhor. Vamos aguardar!

        • O Dudu não entraria na minha lista de “50 Maiores de Todos os Tempos do Palmeiras”, aliás nem passaria perto. Porém, acho (aliás, tenho certeza) que se ele é nota 5,0 nosso elenco inteiro junto, com arredondamento pra cima e trabalho de compensação, não passa de 4,0. Tem coisa melhor? Aqui no Brasil neste momento, não. Na América, poucos. Na Europa tem vários nas principais ligas, mas não voltarão ao Brasil pelos próximos cinco anos, pelo menos.

    • Levi 18/11/2018 | Responder

      Eu estou pa.u da vida é com esse AC e essa avenida DG.
      Só não tomamos mais gol por sorte.
      Meu goleiro é o Jaílson, mas nenhum dos 3 resiste ao trio AC, Dracena, DB.

  23. Levi 18/11/2018 | Responder

    Parem com isso, o Weverton é o que menos tem culpa nesse gol. Até o tempo também não ajudou, mas o vilão foi esse AC….depois a dupla Dracena e DB que mais uma vez atrapalharam o goleiro e não marcaram o atacante.

    • Wilson 18/11/2018 | Responder

      Levi, neste especialmente não, mas ele nao faz defesas difíceis, quantas bolas foram para o gol hoje?

    • Sem dúvidas, Levi, time que escala Antonio Carlos dificilmente sai impune. Mas acho que a discussão sobre o goleiro é outra.

      O Cássio é um frangueiro de mão cheia (até gol de cabeça em dividida com o Dudu já levou), mas pegou o chute do Diego Souza que valeu a Libertadores, pegou tudo contra o Chelsea e foi campeão do mundo. Não estou querendo a contratação dele, que fique claro, mas o Weverton está longe de ser um goleiro que “decide” jogos. Aqui no Brasil, hoje, só o Fábio faz isso. E já está com quase 40.

    • Gustavo Aroni 18/11/2018 | Responder

      Apesar da falha, acho que oWeverton tem que continuar. Mas que falhou, falhou…

  24. Philipe Frois 18/11/2018 | Responder

    Apesar dessa ruindade toda , acho que o título vem na quarta feira. O Palmeiras deve ganhar do América, com muita dificuldade mas ganha, principalmente depois do susto de hj . O inter pode até vencer o Atlético que continuará 6 pontos atrás faltando só duas rodadas e com 3 vitórias a menos. Já o cheirinho não ganha do Grêmio, no máximo empata. O tricolor gaúcho tá jogando muito sério pelo g4 e o cheirinho é fraco , acho que não aguenta com o Grêmio. Vamos ver se nossos queridos jogadores e o professor Felipão não estão afim de dar um pouco mais de emoção pro campeonato, se não estiverem , provavelmente quem for ao Allianz Parque na quarta-feira a noite deverá gritar É CAMPEÃO!

    • Para o Palmeiras ser campeão na quarta, Philipe, precisa vencer o América e esperar que Flamengo e Inter não ganhem seus jogos. Se o Inter vencer matematicamente ainda pode empatar com o Palmeiras em número de vitórias (hoje tem duas e não três a menos) e superá-lo no saldo de gols (é difícil, a diferença hoje está em onze gols a nosso favor, mas a taça não poderá ser entregue nessa situação).

      Pelo que as equipes têm apresentado nos últimos jogos dá pra duvidar de todo mundo, mas a que me provoca maior desconfiança é justamente o Palmeiras. O que não é surpresa, uma vez que jogar só por resultado independentemente da qualidade do futebol invariavelmente dá nisso.

      • Philipe Frois 18/11/2018 | Responder

        Sim é verdade Eduardo. O Inter tem 18 vitórias e não 17 como eu pensava. De qualquer forma o saldo de gols tá numa diferença de 11! Não é possível tirar 11 gols de diferença em duas rodadas, nem com muuuuuita macumba e mala branca ou preta kkķk….se o Palmeiras não pipocar e fizer sua obrigação que é vencer o América e o Flamengo não vencer o Grêmio, ja dá pra gritar É CAMPEÃO na quarta feira do mesmo jeito.

        • Se a diferença ficar em seis pontos para o Inter após quarta-feira você talvez grite, Philipe. Eu só o farei quando a matemática assim o permitir. O tom amarelado desse elenco e o total desapego ao futebol não me passam a menor confiança.

    • Paraiba 18/11/2018 | Responder

      O Inter tem 2 vitorias a menos , não 3 ,o Palmeiras 20v o Inter 18v
      O cheirinho e o Inter tem que empata e o Palmeiras vencer o mequinha pra comemorar o Deca.

  25. Lito 18/11/2018 | Responder

    Gatito já, fora mão de alface. Coloca o Prass caramba

    • Gatito é do mesmo nível dos goleiros que temos, se não estiver abaixo. Ou coloquem o Prass de volta ou tragam o Fábio do Cruzeiro. O resto será mais do mesmo.

      • Philipe Frois 18/11/2018 | Responder

        Eu já acho o Gatito bem melhor do que o Weverton e melhor do que o Jailson. Acho que o Prass pela história ainda não perde pro Gatito mas está no final da carreira. Eu gostaria muito se o Palmeiras contratasse o Gatito, já o Fábio é praticamente impossível, acho que ele não sai do cruzeiro pq não tem vontade e mesmo que tivesse o Cruzeiro pediria uma fortuna para libera-lo, o que não compensaria por se tratar de um atleta de 38 anos , apesar de se tratar do melhor goleiro do país, Só o Tite faz questão de não ver.

        • Gatito é bom pegador de pênaltis, nada mais. Se a intenção for continuar jogando esse futebol tosco (e a tendência é essa) pra decidir tudo nos pênaltis poderá ser a contratação do século. Só não vai servir pro Brasileirão.

  26. Wilson 18/11/2018 | Responder

    Eita defesa ruim da p.o.r.r.a, incluindo este goleiro mao de alface.

    • Philipe Frois 18/11/2018 | Responder

      Desde qdo contrataram esse Weverton eu não entendi nada. Se fosse pra contratar alguém pra botar Prass e Jailson no banco teria de ser alguém com no mínimo um currículo decente né. Esse Weverton nunca pegou nada, sempre foi um goleiro pra lá de comum. Até agora não sei o que ele está fazendo de titular no Palmeiras.

      • Wilson 18/11/2018 | Responder

        Contra o Boca acho que pelo menos 2 dos 4 que tomamos o prass nao tomaria.
        Estou engolindo esse goleiro faz tempo, mas vamos incentivar pois falta pouco para ser campeão.

  27. Levi 18/11/2018 | Responder

    Como já disse antes, são justamente esses jogos contra os da degola os mais perigosos.
    Aliado aos ca.gões que em hora decisivas sempre falham e amarelam…. não dá para ficar cantando vitória antes do tempo.
    América e Vasco são mais perigosos ainda.
    E o vasco foi roubado ontem.

    • Wagner 18/11/2018 | Responder

      Levi, o negócio é torcer para o Galo e Grêmio na quarta feira, porque o Palmeiras não joga futebol há tempos.
      A nossa sorte é que os advérbios são fracos e apresentam deficiências homéricas.
      A imprensa está dizendo que temos sorte de campeão.

  28. Jango 18/11/2018 | Responder

    Se o Palmeiras não ganhar os 2 últimos jogos em casa, corre sérios riscos de perder esse título pro Flamengo pelo número de vitórias.

  29. Wagner 18/11/2018 | Responder

    Viram no que dá o tal futebol de resultados?
    Hoje a nossa bola não entrou por acidente.

    • Gustavo Aroni 18/11/2018 | Responder

      Pois é. A partir do momento que abdicamos de jogar futebol, passamos a ser um Paraná da vida, e tudo pode acontecer. Culpa do vento.

  30. Edvan 18/11/2018 | Responder

    Vi um lance muito parecido na final do Paulista. Será q ele (Antônio Carlos) não vai aprender?

  31. Paraiba 18/11/2018 | Responder

    Falhou contra o sao caetano ,falhou na final do Paulistão, ta procurando o vital ate agora, falhou diante do boca gol do tevez , falhou contra o america mineiro pela copa do Brasil, falhou diante do cheirinho e hoje novamente.
    2019, vai ser sofrido.

  32. Cássio 18/11/2018 | Responder

    Não tá bom. Mas diante da rodada não foi catastrófico. O Inter perdeu e perdeu meio time. A distância se manteve. É bom para o time baixar a bolinha e dar 200% contra o América.

    • Wagner 18/11/2018 | Responder

      Amigo, se não ganhar do América em cada, perde este título.
      Eu vou é torcer para o Grêmio ganhar do cheirinho. O negócio agora é torcer para os adversários dos concorrentes.

  33. Wagner 18/11/2018 | Responder

    E antes que falem, nem venham com a desculpa de excesso de jogos. Olha contra quem empatamos.

  34. Lito 18/11/2018 | Responder

    Podem ver meu comentário no início desta matéria. Falei que meu receio era Antônio Carlos e Edu Dracena. Esse a Carlos é um Leandro Almeida piorado. O general tem o Gomes no banco e coloca esses dois mortos. E o Moisés quando vai tirar a calça jeans?

    • O Londrina dependia de uma vitória em casa (nesse mesmo estádio do Café) na última sexta-feira contra o quase rebaixado CRB pra manter o sonho do acesso no ano que vem. Conseguiu perder por 2×1, praticamente livrou os alagoanos da degola e disse adeus à Série A. Fui olhar a escalação e lá estava ele na zaga: Leandro Almeida…

      Time que tem jogador li.xo (que o treinador ainda por cima escala) só é campeão se a sorte ajudar, e muito.

  35. Philipe Frois 18/11/2018 | Responder

    Quem é pior? Deyverson ou Borja? A briga é boa heim….Borja leva vantagem pra vencer essa d.i.s.p.u.t.a pq além de grosso ainda é sonolento e displicente. Antonio Carlos é um baita zagueiro pra jogar aqui no nosso time de várzea. Dracena tem 68 anos e parece que não quer nem saber de aposentadoria . Willian é muito esforçado e tal mas é só. Moisés é outro que mostra muita disposição mas não exija algo a mais do que isso. Nas laterais é melhor nem comentar. Lucas Lima na v.a.g.a.b.u.n.d.a.g.e.m ganha do meu saudoso avô Mané que fazia jus ao apelido e não ficava mais do que 3 meses num único emprego pq seu amor pela marvada cachaça falava mais alto. Aí tem o Dudu que sobra na turma pq em terra de cegos ( e nóz cegos ) quem tem meio olho vira rei mesmo. E é só meio olho mesmo pq o Dudu é um jogador que não passa de mediano. Esse é o melhor elenco do país amigos! Seremos campeões? Sim, seremos, mas se tem algum torcedor que está satisfeito com isso aí, ou não entende nada de futebol ou simplesmente não gosta desse esporte.

  36. Wagner 18/11/2018 | Responder

    O Felipão é muito teimoso.
    Vamos ser campeões muito mais pela ruindade dos adversários.
    Querem apostar como o Antonio Carlos vai jogar de novo?

    • Antônio Carlos e Dracena só jogaram porque o Luan estava suspenço, e o Felipão já falou que na zaga ele não vai mexer nas duplas, ou seja, anote aí; quarta feira teremos Luan & Gomez.

Leave Your Reply