Post de Fernando Galuppo: Atire a primeira pedra

 

Publicado originalmente por
Fernando Galuppo em seu blog (clique aqui e leia lá).

Nos anos 10 abrimos nosso clube para servir de abrigo aos enfermos da gripe espanhola. E nem por isso nos vangloriamos por cumprir uma função social que era de responsabilidade do Estado.

Nos anos 20 já tínhamos em nossas fileiras atletas negros no futebol e no atletismo. E nem por isso não nos pouparam o rótulo de racistas.

Nos anos 30, recebemos Getúlio Vargas, o filho de Benito Mussolini e os membros da aeronáutica de elite do Duce dentro de nossa sede social. E nem por isso mudamos nossos princípios democráticos.

Nos anos 40 o então presidente da República Getúlio Vargas esteve presente num jogo do Palestra Itália, no jogo inaugural do estádio municipal do Pacaembu, bem como em nossa sede social. E nem por isso deixamos de sofrer toda a perseguição imposta pelo seu regime totalitário e xenófobo, devido as nossas raízes imigrantes e italianas.

Nos anos 50 o então presidente da República Juscelino Kubitschek esteve presente num jogo do Palmeiras. E nem por isso nos alinhamos aos seus pensamentos.

Nos anos 60 fomos aclamados pela UNESCO com todas as suas honrarias por termos auxiliado milhares de entidades beneficentes. E nem por isso nos colocamos em posição de soberba.

Nos anos 80 e 90 recebemos ministros, prefeitos, governadores e tantas outras autoridades das mais diversas correntes políticas em nossos jogos e sede social, com amplo registro público. E isso não nos fez menos ou mais tolerantes ou intolerantes. Mais direita, centro ou esquerda.

Nos anos 2000, Lulinha, filho do então presidente da República naquela ocasião, Luís Inácio Lula da Silva, foi contratado pelo Palmeiras para trabalhar no departamento de futebol do clube. E isso não nos fez adotarmos uma posição ideológica compatível com o chefe de Estado.

Durante toda a nossa história revertemos inúmeras rendas para a municipalidade edificar os seus projetos, acima de matizes políticas.

A vinda do atual presidente da república Jair Bolsonaro para a última partida do Campeonato Brasileiro e entrega do troféu e medalhas aos campeões está em linha com a tradição Palestrina em receber importantes estadistas e autoridades. Nada além disso. Qualquer outra ilação é fruto de teorias conspiratórias ou paixões pessoais.

Nosso relacionamento com qualquer autoridade e órgão de poder sempre foi (é e será) institucional. Nunca ideológico!

Isso é premissa de fé lavrada em nossa Carta Magna, o estatuto social da Sociedade Esportiva Palmeiras, no artigo 32, parágrafo V.

“Respeitar as autoridades dos poderes e órgãos administrativos, sendo-lhe defeso, dentro da SEP, qualquer manifestação de caráter político, religioso ou de discriminação.”.

Essa regra está acima dos homens e de conveniências personalistas. E é por ela que a instituição se norteia, respeitando as autoridades de nossa nação (e de qualquer outra) que por ventura se sintam inclinadas com os nossos valores e história, não o contrário.

O Palmeiras é um sentimento de todos. Nada nem ninguém irá macular ou diminuir nossas Glórias e Conquistas, que por mais de 100 anos é fruto da luta e união de milhões de abnegados de todos os credos, raças e etnias.

Tudo isso no mesmo palco, o gramado do imortal estádio Palestra Itália, que meses atrás recebia o músico Roger Waters com a sua mensagem de #EleNão. Tudo de modo pacífico, democrático, tolerante e laico. Nem oito, nem oitenta.

“Quem dentre vós não tiver pecado, atire a primeira pedra”.

38 Comments Added

Join Discussion
  1. Caetano 12/12/2018 | Responder

    Não foi só a vinda de uma autoridade com entrega da taça. Bolsonaro deu a volta a olímmpica com a taça e de quas e toda a comemoração. F. Prass um ídolo real afirmou “nemc onsegui pegar a taça”de tanto aproveitador q tinha lá. FOi um episódio de vergonha e assim deve ser tratado. Nunca, nem na ditadura militar, um presidente deu volta olímpica com a taça.

    • LGO 12/12/2018 | Responder

      Só corrigindo!! Ele ainda não é presidente!!!! Apenas eleito!!!
      O bom senso diz que o que ocorreu está errado, mas não tem absolutamente nada de vergonha no tema. Ainda bem que a grande maioria dos palmeirenses pensam assim!!!!
      Quem trata diferente disso quer o mal do Palmeiras!!!!
      Avante palestra!!!!

    • Breno Henrique 13/12/2018 | Responder

      Exatamente Caetano!
      A Instituição Palmeiras continua sendo o que ela sempre foi, DO POVO!
      Mas nosso atual presidente é elitista e compactua com as idéias do “novo” presidente e por isso o convidou para o jogo e permitiu que o mesmo levantasse a taça e desse volta olímpica com os verdadeiros campeões.
      Podia ser o Papa, podia ser qualquer ser da face da terra, não poderia permiti algo do tipo.

  2. Valter Freitas 08/12/2018 | Responder

    Parabéns Gallupo!!!
    Perfeito, pra esses que se dizem palmeirenses, mas continuam polemizando, vamos comemorar, afinal somos DECA!!

  3. Sobre o post, alguém me manda uma foto do Getulio ou Juscelino levantando a taça de campeão por favor.

    Ah, não tem? Pois é… Receber nas tribunas ou camarotes, não vejo problema nenhum.

    • Lucas 08/12/2018 | Responder

      É isso mesmo. Falou muito bem nos dois textos. Como instituição democrática que tem como único patrimônio a sua torcida, o clube tem que ser preservado E respeitar TODA a sua torcida. Nenhum problema em convidar o presidente para um camarote ou algo do tipo… Mas tudo tem limite, erro de amadores, mostra o lado OBA OBA na administração do futebol… trataram nosso clube como um clube de campo, a casa da mãe Joana.

      • LGO 10/12/2018 | Responder

        Não devemos ficar puxando o tema político e sim comemorarmos o Deca e pensar em 2019, mas é tanta besteira que as vezes não aguento.
        Vou ilustrar meu pensamento com um exemplo. Quando John McCain perdeu as eleições para o Obama, minutos depois em seu discurso da derrota um repórter mal intencionado perguntou como seria sua relação com o novo presidente visto que a campanha foi muito pesada com acusações graves de lado a lado.
        A resposta foi simples de uma pessoal humilde, inteligente e PATRIOTA. ” A relação será ótima, ate porque há trinta minutos atrás ele ainda era meu adversário mas agora ele é MEU PRESIDENTE!”
        Portanto o clube não desrespeitou ninguém, já que o futuro presidente será o presidente de todos como deve ser!!!!!
        Avante Palestra!!!!

        • Breno Henrique 13/12/2018 | Responder

          LGO, desrespeitou muito!
          Não importa a visão politica dele, minha ou sua.
          O jogadores campeões foram desrespeitados com um intruso no meio da comemoração que era deles com a torcida, desrespeitou o torcedor que paga o Avanti e nunca vão ter o privilégio de comemorar um titulo juntos com os jogadores dentro de campo levantando a taça (se fosse uma campanha do Avanti que premiasse um torcedor desa forma eu acharia genial, mas não foi, foi só pra puxar saco mesmo), desrespeitou a história do Palmeiras ao permitir que ele levantasse a taça e dese a volta olímpica(!!!!!!) junto com os jogadores.

          • LGO 13/12/2018 | Responder

            Também acho que não deveria ter ocorrido, mas insisto que não houve desrespeito nenhum!!!
            Claro que ele não é um torcedo apenas. É uma celebridade que foi convidado para a festa. Só isso!!!
            As pessoas que querem fazer esse tema crescer negativamente e desmerecer a história do Clube estão colocando seu fanatismo político acima de tudo e querem com isso o MAL do Palmeiras!!!!

    • Victor 10/12/2018 | Responder

      PCM51, o problema é que quem convidou para entregar trofeus e medalhas foi a CBF, não o Palmeiras. Afinal, quem promove essa cerimonia é a CBF.
      Depois, podemos discutir se faltou postura ao futuro presidente ou não (eu acho que faltou, apesar de ter votado nele). Mas, o que deveria ser feito? Pedir ao futuro presidente que se retire? No mínimo seria indelicado…

      • Breno Henrique 13/12/2018 | Responder

        Entregar medalhas e a taça a CBF chama quem quer, isso não tem problema.
        O problema foi ter deixado que ele levantasse a taça, desse volta olímpica com os jogadores, isso sim é falta de respeito com o torcedor (que é quem deveria participar da festa), com os jogadores (aquele momento é deles).
        E não creio que seria indelicado pedir que ele não participasse dessa forma da festa, ele é uma pessoa comum, torcedor(duvido) como qualquer um, se eu entrasse em campo para dividir a festa com os jogadores certamente seria expulso, agredido e levado a uma delegacia para prestar esclarecimentos.

    • Perfeito. Nenhum desses chefes de Estado levantaram a taça e participaram da festa. Criou-se uma enorme mácula em torno deste título o que acabou por ofuscar a minha festa e a da minha família, em particular.

  4. Gustavo Aroni 07/12/2018 | Responder

    Eu acho que quanto mais longe o Palmeiras estiver da política (e de políticos), tanto de direita, como de esquerda, melhor. No gramado deveriam estar apenas os jogadores e comissão técnica. Nem o Gru deveria estar na hora de erguer a taça.

    • Lucas 07/12/2018 | Responder

      Apesar dos fanáticos, é muito bom ver que existe gente que pensa nesse país! O Palmeiras é um clube de futebol e futebol não se mistura com política!

  5. Mario Galhardo 06/12/2018 | Responder

    Excelente texto. Nem 8 nem 80. Não nos diminui, mas deu margem para tudo isso. Cabe a direção não dar margem aos já enormes questionamentos anti alviverdes. Uma nova frente de combate se aproxima, o “fair play financeiro”. Quem assiste e ouve programas esportivos vai começar a ouvir a palavra “mecenato” para se referir ao Palmeiras. Ao mesmo tempo que diminui o mérito das nossas conquistas, insinua uma falta de lisura no jogo. Seria interessante que, aqueles que possuem os números, comparem o nosso valor de patrocinio + cota de TV com os mesmos valores rubro-negros lembrando que uma parte da grana aportada pela Crefisa virou empréstimo.

  6. Reynaldo Zanon 06/12/2018 | Responder

    O Bolsonaro é o presidente eleito como todos sabemos, mas domingo ele foi só mais um torcedor muito feliz dentro da arena. Esse pessoal da esquerda corrupta fica nesse auê enorme enquanto calou-se o tempo todo quando o presidiário “pintou e bordou” durante anos junto ao clube do apito amigo. Hipocrisia!!! Eu achei sensacional o Bolsonaro participar da festa. O Brasil trocou o Lula (ladrão e corintiano) pelo Bolsonaro (honesto e palmeirense). Já melhorou mil por cento!!!

    • Lucas 07/12/2018 | Responder

      Que esquerda cara? Deixa de ser lunático!! Nunca votei em esquerda na minha vida e sou contra aquela patifaria, sendo o presidente que for… se você é fã do cara, faz o quiser para/com ele, só não queria envolver ninguém na sua suruba mental

    • Sensacional é aguentar o escárnio de amigos que nos jogam na cara a participação desse cara na nossa festividade.
      Para piorar a situação, o seu presidente, da extrema direita está envolvido até o pescoço em esquemas de corrupção.

      • LGO 12/12/2018 | Responder

        Também acho que não deveria ter participado, mas não tem nada de vergonhoso no tema, inclusive acho que seus “amigo” não são patriotas!!!
        E o presidente não está envolvido em nada de corrupção!!!! Fique tranquilo!!!

          • LGO 13/12/2018 | Responder

            Atualiza-se você!!!
            Agora entendo porque se feriu com o “esquerda corrupta”!!!!
            Kkkkk…não é corrupta não. Só porque está todo mundo preso inclusive o barbudo ladrão????
            Baita preconceito…kkkkk

    • Breno Henrique 13/12/2018 | Responder

      Reinaldo, me responda uma coisa.
      Sou torcedor comum como o seu candidato (duvido que ele seja mas não vem ao caso), imagine eu entrando em campo para dividir a festa com os jogadores, o que aconteceria comigo?
      Então ele não era apenas um torcedor naquele momento, ele era o presidente eleito que fez algo que NUNCA havia sido feita no Brasil!

      E sobre a “esquerda corrupta” para de ser lunático amigo.

      • LGO 13/12/2018 | Responder

        Era um torcedor comum sim, porém não deixa de ser uma celebridade e que foi convidado para a festa!!!!
        Se você for uma celebridade e for convidado poderá ir também sem problemas!!!

  7. LGO 06/12/2018 | Responder

    Como criticar um texto perfeito do início ao fim, e que retrata a história do nosso glorioso clube, além de expressar a opinião da esmagadora maioria dos seus torcedores.
    Não é questão de defender nada, apenas de mostrar que o nosso amado Palmeiras nunca se misturou a política e que os acontecimentos do último domingo com o futuro presidente nada tem a somar o diminuir a nossa história.
    Também acho que o bom senso diz que não deveria ter sido assim, mas como palmeirense que o futuro presidente é ele está no direito dele.
    Todos os que criticam também estão no seu direito, ate porque votaram no concorrente derrotado e estão sofrendo com isso.
    Apenas isso. O resto é tempestade em copo d’água ou conversa fiada!!
    Avante palestra!!!!

    • Também sou Palmeirense, mas você não me viu indo lá entregar medalhas, levantar taças, etc… mas lá estava, meu funcionário (sim, político é funcionário nosso, nós não deveríamos agir como subservientes a eles, total inversão de valores), fazendo tudo isso.

      Mas só sou contra, porque ninguém sabe como será o governo do bolso, se ele se mostrar um baita incompetente, se corromper (se é que já não é corrupto, ninguém sai anunciando seu esquemas por aí), estará lá, nas imagens do Deca, uma figura suja associada ao clube (já faz um baita mal a imagem do clube ter o Marco Polo Del Nero, um mero dirigente de confederação organizadora de eventos de entretenimento). Por isso, acho que foi desnecessária essa participação do bolso. Sem contar que é figura polarizadora, sendo que somos uma só torcida pelo bem do Palmeiras. Preferia que convidassem o Evair, o Edmundo, o Ademir da Guia para a entrega das medalhas, pra participar da festa. Também sou contra o presidente do clube ir levantar a taça, pelo menos esse mico que o Nobre pagou, o Galliote não cometeu.

  8. Infelizmente o artigo peca na defesa de algo indefensavel. Ser convidado e estar no camarote ok. Utilizar a S.E.Palmeiras como palanque político de quem quer que seja e, ao mesmo tempo servir de trampolim entre políticos e a corrupta cbf é lamentável. O Palmeiras é gigante para tal propósito é o 3VV não precisa utilizar o seu espaço em defesa do presidente Galliotte. Bola fora da atual gestão, do respeitavel historiador do clube e do 3VV. Toda vez que se mistura política partidária com esporte/futebol este último sai perdendo.

  9. ALEX CEREDA 06/12/2018 | Responder

    Nada melhor do que ler alguém que conhece a fundo nossa história.
    Obrigado, Galuppo.

  10. Danilo Peressim 06/12/2018 | Responder

    Discordo na ida e na volta, institucional ? Presidente da república levantando caneco? Dando volta olímpica? Ah, v ai tomar no c ú! Aquele momento era do Palmeiras, exclusivamente, da torcida, jogadores, comissão, de todos que viveram e contribuiram ao longo desse ano! Conspirações? A palavra correta para essa mancha em nossa história é amadorismo, desconhecimento e irresponsabilidade! O Palmeiras é do povo, CARALEO.

    • Lucas 07/12/2018 | Responder

      Assino embaixo. Quando temos a grande chance de dar um passo real a frente dos nossos concorrentes e nos profissionalizar, a diretoria teima em continuar amadora.

  11. Paulo Juliani 06/12/2018 | Responder

    Paulo Nobre deu uma camisa do Palmeiras para a Dilma e o mundo não acabou.
    A única coisa que estragaria um campeonato pra mim seria ganhar um como o de 2005.

  12. lito 06/12/2018 | Responder

    Excelente texto. Temos que comemorar a fase que estamos passando, com títulos e mais títulos.
    Temos que torcer para vir o Cuesta do Inter como zagueiro, o Matheus volante do Botafogo, o Ricardo Goulart, que o Dudu fique, e que no ano que vem com o general que consigamos o título mundial para acabar de vez com esse mimimi dos outros times.

  13. Philipe Frois 05/12/2018 | Responder

    Sem mais….É Isso! Nem oito nem oitenta. Posso discordar do fato dele ter levantado o troféu como se fora um atleta mas fizeram muita tempestade em copo d’água…muita frescura….muito mimimi…

    • LGO 06/12/2018 | Responder

      Exatamente isso!!!!
      Concordo com você!!!
      Não existi mancha nenhuma em nossa história como alguns falam!!!
      Avante palestra!!!!

Leave Your Reply