O que você acha do Borja?

Muitos amigos palestrinos dividem sua opinião sobre o colombiano Miguel Borja: é um atacante a altura das melhores tradições da SEP (Cesar, Evair, …) ou é apenas mais um atacante que custou caro e não dá o devido retorno?

Contratado por US$ 10,5 milhões de dólares por 70% dos seus direitos econômicos (clique aqui e veja a matéria no Globoesporte.com) o colombiano chegou no início de 2017 depois de ter sido o artilheiro e campeão da Libertadores de 2016 pelo Atlético Nacional. De quebra veio o venezuelano Alejandro Guerra.

Mas as coisas não funcionaram bem. O Palmeiras não foi longe na Libertadores de 2017. E no mesmo ano Borja fez apenas 10 gols em 43 partidas disputadas (média de 0,23 gol por partida ou 1 gol a cada 4 jogos). E para surpresa geral, não fez gol nos 8 jogos que o Palmeiras disputou na Libertadores de 2017 (Borja jogou 7 dessas 8 partidas).

Em 2018 as coisas melhoraram. Foram 22 gols em 45 jogos. Uma impressionante média de quase 0,5 gol por partida, ou 1 gol a cada dois jogos.

Mais impressionante se analisarmos o número de vezes que o colombiano é substituído durante o jogo. Ainda mais se considerarmos que durante as partidas Miguel é o jogador mais substituído. Em 73% dos jogos em que ele começou jogando, Borja foi substituído. Somente na Libertadores, em 11 partidas disputadas, ele foi substituído nas 11. E ainda assim terminou como artilheiro da competição.

Culpa do atleta? Ou sacrifício inerente à profissão?

O fato é que muitos da redação do 3VV questionam o atacante.

Mas como dizemos, torturando os números, eles confessam. E o jogador tem bons números, ainda mais em 2018.

E se fizermos uma análise do todo, desde 2015, Dudu é o jogador com mais partidas e maior número de gols pelo Palmeiras. Mas é o colombiano Miguel que aparece em 2o (junto com Willian) com 32 gols. Mas ele é o que apresenta maior média de gols por partida dentre os jogadores que atuaram na SEP entre 2015 e 2018 (veja quadro acima).

Então fica a pergunta ao palmeirense leitor do 3VV: Borja é injustiçado nas críticas? Deixe seus comentários…

Saudações Alviverdes!

30 Comments Added

Join Discussion
  1. Otavio 29/01/2019 | Responder

    Borja chuta forte , fisicamente muito forte e portanto ganha divididas , Nao
    Tem habilidade , mas é inteligente . Ótima opção

  2. Mauser A Zago 28/01/2019 | Responder

    O Borja é inteligente, mesmo com sua limitação técnica ( e não é pouca), ele sabe dar bons passes, tem certa visão de jogo. Acho que falta a gana do Deyverson pra ele, em muitos jogos ele parece um sonso. Ele foi muito bem na ultima libertadores, achei o 2018 dele bom, mas com Felipão já notei mudanças de posicionamento e me parece que 2019 ele tende a ter um ano melhor ainda.

    Pra quem já viveu de Caio Mancha, Ricardo Bueno, Enilton, Adriano Chuva, Vinishow, Leandro Calopsita… o Borja perto desses é craque!

  3. Deixo uma questão pra quem quiser pensar, sem fazer qualquer juízo de valor (até porque acho ambos fraquinhos). Borja foi campeão brasileiro em 2018 marcando 3 dos 64 gols do Palmeiras (menos de 5%), mas sem seus gols o time teria dois pontos a menos e seria campeão do mesmo jeito. Já Henrique Dourado marcou 16 dos 34 gols anotados pela equipe em 2014 (cerca de 47%), que terminou em 16º lugar, e sem eles muito provavelmente aquele ciclo vitorioso iniciado em 2015 não existiria (ou pelo menos seria adiado por alguns anos).

    Sendo assim, seria justo afirmar, analisando apenas números frios, que Dourado foi muito mais importante na história do Palmeiras do que Borja? Dourado no time de hoje seria mais um poste? Borja em 2014 teria sido artilheiro do BR?

    • LGO 27/01/2019 | Responder

      Acho os dois bons jogadores para a média de hoje!!! Jogadores nota 6,5 a 7.
      O Borja não fez tantos gols porque deixou de jogar muitos jogos, e na libertadores ele foi artilheiro. Já Henrique Dourado marcou muitos desses 14 gols (Não pesquisei mas talvez uns 6 ou 7) de pênalti.
      Quanto a importância para mim não tem comparação, pois o que marca e fica na história são os títulos e o Borja é campeão brasileiro!!!

  4. Thom 26/01/2019 | Responder

    Se apertar, os números confessam. Mas falta um número nessa conta.

    O número de gols que teríamos feito a mais, se tivéssemos um atacante realmente bom no lugar dele?

    É uma incógnita, claro, mas pela quantidade de lances que morreram ou gols perdidos, dá pra ter uma noção…

  5. Breno Henrique 26/01/2019 | Responder

    É bem meia boca.
    Não vale mercado do que foi gasto com ele.
    Mas também não é inútil e os números mostram isso. Fazer o que…

    • Gustavo Aroni 26/01/2019 | Responder

      Concordo. Faz até gol demais pelo meia-boca que é. Mas faz menos gols pelo a quantia que foi gasta por ele.

  6. Não é nem ótimo, nem péssimo. Mas considerando que é um picolé de xuxu, deveria entregar muito mais pelo que foi pago a ele.

    Pra quem defende: se com um mais ou menos, já faz tanto gol, imagina se tivéssemos um CA de verdade…

    Pra quem crítica: antes ele do que Betinho, Adriano Michael Jackson, Leandro Calopsita, Caio Mancha, Vinishow…

  7. Felipão 25/01/2019 | Responder

    Centroavante que fica o jogo inteiro sem receber uma bola para que finalize…………atentem para o próximo jogo e anotem quantas bolas receberá ? e ainda tem que voltar para ajudar a defesa…..

  8. Bianco 25/01/2019 | Responder

    Gabigol é enganação, tão novo e já acabado. Será insucesso no cheirinho, ainda bem q não veio pro Palmeiras. Arthur Cabral sera melhor para o time.

    • Queria saber se o comentário seria exatamente o mesmo caso Gabigol tivesse fechado com o Palmeiras. Quem desdenha…

      Em tempo: não sou fã dele, mas se o assunto for enganação temos várias por aqui.

  9. Reynaldo Zanon 25/01/2019 | Responder

    O Borja causa preocupação aos adversários. Tem certa irregularidade mas sabe fazer gols. O seu ponto forte é bater de primeira de qualquer posição do campo nas proximidades da área.

  10. Rogério 25/01/2019 | Responder

    Só cego não vê que ele e grosso Henrique dourado tem mais habilidade que ele e e mais goleador e p mim dourado era o cara mais grosso que já tinha visto jogar KKK agora esse Borja me surpreende

  11. Luiz Adalberto 25/01/2019 | Responder

    Gosto muito do futebol do Borja
    Inteligente, extremamente técnico. Recebe a bola quadrada e deixa redonda. Tem ótimo passe. E finaliza muito bem. Faz muito vem pivô.
    Gosta de jogar, não gosta de ser substituído. Bem posicionado e respeitando suas características e temperamento se trata de um atacante acima da média.

      • Gustavo Aroni 25/01/2019 | Responder

        Aliás, eu quis dizer do 2º parágrafo, não do 1º. E também não conheço o da última linha do 3º.

      • Provavelmente do Borja de algum videogame, porque se o de carne e osso for “inteligente e extremamente técnico” eu sou o mago Gandalf…

  12. lito 25/01/2019 | Responder

    Na minha opinião, é um bom jogador. É jogador de área, mas a bola demora para chegar nele. Comparar com Evair e outros não tem como. Mas tem que ter nosso apoio. Agora precisamos urgente de um zagueiro a altura do Gomes. E mais, Jailson ou Prass tem que ser titular.

  13. O único problema do Borja é que ele foi super valorizado, quando ele veio foi uma comoção nacional, parecia que estávamos trazendo o Soares ou alguém do mesmo nível, o que não é verdade, longe disso. Trata-se de um bom atacnte, apenas isso, que é o que teos no mercado nesse momento. Na boa, deem uma olhada nos outros times e verão que ninguém tem um atacante melhor, menos o Flamengo que trouxe o Gabigol, mas aí a história é outra.

  14. adilson 25/01/2019 | Responder

    o problema na minha opiniao e a falta de sangue.. se ganhar, ganhou, se perder, perdeu… nao gosto de jogador assim. (independente de numeros).

  15. Pedro 25/01/2019 | Responder

    Na minha opinião alguns torcedores palmeirense são muito idiotas não sabem nada de futebol Borja um bom jogador igual a Evair César etc não existe mais simples assim sem mimi Avanti Palmeiras 👑👑👑

    • Gustavo Aroni 25/01/2019 | Responder

      Igual a Evair e César (esses sim, ídolos), não existe mais no Brasil. Na Europa tem.

      • Exatamente, Gustavo. Tem torcedor que, de fato, sabe tudo de futebol – do futebol que é praticado dentro do Allianz Parque, pois em relação ao que acontece fora dali é completamente analfabeto…

  16. Renan 24/01/2019 | Responder

    Pesquisando aqui achei algo, 2018 ele fez um gol a cada 160 min em campo.
    Já em 17 foi um a cada 235.
    Bigode fez em 18 1/270 e 2017 1/200
    Deyverson que é seu concorrente direto pela vaga tem em 18 1/185 e 2017 1/200.
    São só números mais uma coisa é clara e explica o sentimento que tenho que tanto faz o centro avante nunca está bom, as médias são muito parecidas o que muda é o comportamento no campo

  17. LGO 24/01/2019 | Responder

    Os números de fato não são ruins, mas todo palmeirense sabe que ele ajuda, mas é caneludo!!! Perde muito gol e se não é tão ruim está sim muito longe do nosso sonho como torcedor!!! Portanto para mim as críticas não são equivocadas!!!
    A torcida só se equivoca quando pede um Pablo que tem números muito piores ou até um Gabigol que até agosto/19 era achincalhado pela torcida do Santos pelas péssimas atuações!!!
    Aí é desvalorizar nosso patrimônio e valorizar o que não é nosso!!!!

    • Quem consegue analisar sem fanatismo percebe que não tem essa de “valorizar o que é nosso”, e que se apegar somente a números para avaliar capacidade de jogador muitas vezes leva a erros crassos.

      Ao final de 2018 Gabigol não ganhou títulos, mas foi artilheiro do Brasileirão. Já Pablo foi decisivo para o título do Athletico Paranaense na Sul-Americana. Por sua vez, Borja foi artilheiro de duas competições que o Palmeiras perdeu, e na que ganhou teve desempenho pífio, marcando míseros 3 gols e perdendo posição para o ridículo Deyverson.

      Dentro desse contexto, entendo que cada um tem seus méritos e defeitos, mas volto à velha questão: será que quem despreza os jogadores que foram reforçar outros times teria a mesma opinião caso eles estivessem aqui? Duvido.

  18. Renan 24/01/2019 | Responder

    Eu gosto do Borja, ele é grosso mais sempre espeta. Seu maior problema foi o valor pago que pesa, não vale o investimento que foi feito. ficaria mais interessante ainda se tivéssemos os gols por minuto jogado

Leave Your Reply

Posts antigos, Por Onde Anda, e Links Patrocinados