Hora de rever os conceitos?

Por Vicente Criscio

A derrota para o Corinthians na tarde de sábado no Allianz pode não ser uma tragédia. Mas deveria ser encarada por todos que transitam em volta do futebol palmeirense como uma (dura) mensagem a ser digerida.

Carille não tem nada de bobo. Sabia que seu time não tinha condições de jogar de forma aberta contra o Palmeiras. Nem no Allianz nem em Itaquera. Mas se fosse na zona leste teria que se abrir. Ontem não. Era claro que jogaria com 11 atrás e no erro do Palmeiras. E novamente conseguiu mais uma vez fazer um gol no início da partida.

Depois foi um domínio palmeirense. De posse de bola, de finalizações. Mas todas infrutíferas.

E com isso perdemos mais uma pra eles.

Por sorte a derrota foi em fevereiro em uma fase que vale nada para as aspirações no Paulista. Antes da partida, tanto quanto depois, todos nós sabemos que os quatro grandes irão se classificar nos seus grupos.

Então o que fica para nós?

Talvez alguma lições.

A primeira e mais importante: ganhar e perder clássicos com enorme vantagem ou desvantagem, não foi inventado agora. Sempre existiu, desde que o futebol foi inventado. Então que ninguém caia na tentação de “caçar bruxas” inexistentes. Perdemos uma pequena batalha. Mas a guerra nem ainda começou.

Outro ponto: alguns jogadores nem estrearam. Goulart e o atacante Arthur Cabral, pra ficar somente nesses dois.

Porém… ah porém… nessa hora reconhecer as fragilidades é o principal fator para que se aprenda sobre as derrotas e que elas não sejam mais tão corriqueiras, como as últimas. Principalmente em nossa casa.

Poderíamos fazer as perguntas aqui. Sobre fragilidades em certas posições do elenco ou do preparo emocional de alguns para vestirem nossa camisa e disputarem um jogo tão importante. Então minha humilde sugestão é que, sem alarde, sem caças às bruxas, mas com profunda reflexão por parte de Felipão, comissão técnica, diretor remunerado de futebol e diretoria executiva, alguns temas sejam revistos.

E principalmente: será que não estamos em cima de um enorme (e mentiroso) salto alto?

Vamos em frente…. com uma certa dor de cabeça neste domingo.

Saudações Alviverdes!

85 Comments Added

Join Discussion
  1. Philipe Frois 08/02/2019 | Responder

    Muito triste mesmo o que aconteceu no Flamengo. Garotos de 14 a 16 anos perdendo a vida assim, de bobeira, sem palavras.

    • Felippe 08/02/2019 | Responder

      Bobeira, os caras viviam em um container sem alvará da prefeitura. Era um puxadinho. Uma vergonha para ‘uns dos times mais ricos do Brasil’.

      • Se forem investigar, vão encontrar irregularidades em vários clubes, ricos ou pobres. Aqui no Palmeiras mesmo até pouco tempo atrás as instalações das categorias de base não eram grande coisa.

        Boate Kiss, barragens da Vale, LaMia (não era brasileira, mas cabe no contexto) e outros casos são apenas a ponta de um trágico iceberg repleto de irregularidades, corrupção e impunidade que invariavelmente vítima inocentes. Sorte de quem escapa vivo, mas o que precisa acontecer pra que não se repita mais?

      • Philipe Frois 09/02/2019 | Responder

        Bobeira foi uma forma de falar apenas. Um curto na rede elétrica pode acontecer em qualquer lugar. Óbvio que houve negligência, irresponsabilidade mas como bem disse o Eduardo isso existe em 99% dos lugares por aí. Tenho a opinião que fatalidades praticamente não existem , o que existem são a consequência da negligência , irresponsabilidade e ganância do ser humano. Mas qdo disse “Por bobeira” não quis tirar a culpa da administração do Flamengo.

        • Fatalidade é um terremoto, um furacão ou um vulcão entrando em erupção. Essas tragédias não podem ser evitadas pelas mãos humanas. É diferente de um piloto de avião que não reabastece, de um clube que aloja garotos em caixas de metal improvisadas ou de uma empresa bilionária que adultera laudos técnicos, tudo isso para diminuir gastos. Quanto vale (sem trocadilhos) uma vida? Em países nos quais impera ganância e corrupção como o nosso morrer de velhice é para poucos “privilegiados”…

        • Fatalidade é um terremoto, um furacão ou um vulcão entrando em erupção. Essas tragédias não podem ser evitadas pelas mãos humanas. É diferente de um pilo.to de avião que não reabastece, de um clube que aloja garotos em caixas de metal improvisadas ou de uma empresa bilionária que adultera laudos técnicos, tudo isso para diminuir gastos. Quanto vale (sem trocadilhos) uma vida? Em países nos quais impera ganância e corrupção como o nosso morrer de velhice é para poucos “privilegiados”…

  2. Gustavo Aroni 08/02/2019 | Responder

    Muito triste o que aconteceu lá no Ninho do Urubu, hein? Apesar das diferenças clubísticas, que Deus os acolha e conforte suas respectivas mães.

    • Acabei de ver, que merd…, só tinha criança lá, já não bastou a notícia do Emiliano Sala… Tá me dando desanimo total de futebol esse ano.

  3. lito 08/02/2019 | Responder

    Se realmente houver a troca entre o Pato e o desmiolado do Dayvdson vai ser um grande negócio. Outra coisa, até os gambás estão contratando zagueiro, dizem que o uruguaio é bom de bola. E nós???? Ficamos com Vovô Drascena, e os entregadores de pizza Luan e Antonio Carlos. Será que segunda-feira o time vai pipocar de novo? Chama os caras no saco general.

  4. Só passando pra elogiar o modestíssimo Ferroviário, que fez o que nosso elenco de milionários pé de rato não pôde fazer: furar a defesa gambá, não uma, mas duas vezes.

    • Esqueceu de dizer que o Ferroviário fez dois gols jogando fora de casa mesmo com mando de jogo. Com torcida única e “o melhor elenco das Américas” marcamos um gol neles nas últimas quatro partidas (seis horas de futebol) dispu.tadas no nosso estádio. E ainda tem gente que fica com mimimi e só quer elogios…

    • Realmente, o Ferroviário fez dois gols no SCCP e o nosso time não consegue fazer um mísero gol neles, dentro de casa , e com o estádio lotado. O elenco deveria ter vergonha na cara!

  5. Jango 07/02/2019 | Responder

    Enquanto isso o poderoso Ferroviário quase eliminando os gambás.

  6. Philipe Frois 07/02/2019 | Responder

    Levi, sempre foi assim e sempre vai ser, principalmente pq na imprensa os são Paulinos e corintianos travestidos de jornalistas praticamente não disfarçam suas torcidas deixando bem claro suas parcialidades . Já no caso dos Palmeirenses como Pvc e Mauro Betting por exemplo , eles tentam tanto ser imparciais que as vezes são até injustos na análise com o Palmeiras. O Palmeiras nunca contou e nunca contará com a simpatia da imprensa. Mas não dá pra dizer que estamos sendo muito duros com o time quando o ferroviário do Ceará consegue fazer um gol nos gambás e nosso badalado ataque de mais de 100 milhões de reais passa o jogo inteiro sem obrigar o Cássio a fazer uma defesa decente sequer.

  7. Levi 07/02/2019 | Responder

    Ai eu me lembro do globo dando aquele empurrãozinho costumeiro nos bambis….

    “MAIS DECISIVO DO BRASIL”
    Thiago Maranhão compara Henanes e LeBron e Tom Brady:
    “O único no país, que sozinho, faz uma equipe mudar de patamar”
    globo

    Tem hora que somos muito duros com o Palmeiras e esquecemos o quanto nossos adversários são incentivados e poupados pela tupiniqim press.
    Henrique gambá cuspiu no Borja ano passado….na frente do bandeirinha e nada aconteceu.
    Tem videos cirvulando no twitter da cena.
    Ontem o tal do Carillli disse ue concordava com a multa do Dayverson….que não faz isso.
    Mas sob sua direção, seus jogadores cuspiram 2x em jogadores do Palmeiras.
    2 pesos e 2 medidas.
    Depende da cor da trançinha.

    • A questão não é ser duro com o Palmeiras, mas ter os mesmos critérios com todos inclusive conosco. Vale para a vida, devemos ter esses princípios para nós mesmos, se o vizinho não tem problema e azar dele. Tem gente que reclama de corrupção mas que não devolve moeda de um real recebida a mais de troco, que estaciona em fila dupla e que pega senha de idoso no banco mesmo tendo 35 anos.

      Uma falta cometida dentro da área é pênalti. Quando não é marcada a nosso favor, é o fim do mundo. Quando não marcam contra nós, “é pra compensar o tanto que nos roubam”. Enquanto for esse o padrão de justiça que adotarmos, não temos direito de reclamar.

  8. Felippe 07/02/2019 | Responder

    Alexandre Pato, se vier Mattos vai se superar, vai ser pior que L.Lima, mais um para o Palmeiras sustentar.

    • De onde você tirou essa? Pato pode ir pro SPFC ou pro Santos, não vi em mídia alguma notícia sobre ele vir pro Palmeiras.

      • Paraiba 08/02/2019 | Responder

        Vai ser envolvido numa troca com o Deyverson, o Pato foi pedido por Felipão.

  9. Vou repetir o que falei no post passado: Não temos 3 times titulares, temos 3 times de reservas, e uns 4, 5 jogadores titulares no elenco. tem muita gente fraca aí, que a gente, na empolgação, porque estão vestindo nossa camisa, elevamos a niveis incompativeis com a realidade.

    Os melhores do time, Dudu e Bruno Henrique, orbitam a linha dos medianos, se mantendo apenas um pouco acima disso. Tem talento para uma ou outra característica, mas são bem mais ou menos em outras. Aliás, o Bruno Henrique era peça do gambá lá pelo quarto desmanche seguido deles. Se no quarto desmanche, eles tinham jogadores do nível do Bruno Henrique, algo me diz que os olheiros, scouts de lá, tão dando um banho nos nossos.

    Não é que tenha de desfazer todo o trabalho. Mas é necessário com urgência, subir o sarrafo dos nossos níveis de trabalho e contratação. Quando finalmente tivermos um time completo de titulares, aí sim vamos dar aquela disparada em relação ao resto. Por hora, somos do mesmo baixo n[ivel dos rivais em questão de time, mas temos um elenco mais homogeneo. Levamos o BR18 no pulmão, segundo turno faltou pernas a todos, menos a nós, que estavamos fazendo revezamento.

    • Philipe Frois 06/02/2019 | Responder

      Primeiro Campeão Mundial 51….concordo com absolutamente TUDO que vc escreveu. É bem isso mesmo, tem muita gente se enganando com esse elenco faz tempo.

    • Reynaldo Zanon 06/02/2019 | Responder

      O impacto de (outra!) derrota para o SCCP (em casa!) foi muito forte e deixou a todos nós inconformados. Mas, apesar disso, não concordo que temos um elenco que se menospreze. O nosso elenco é sim forte e tem condições de ganhar várias taças esse ano. Bateu uma certa deprê geral pós o jogo de sábado (inclusive em mim), mas não está tudo perdido e nem está tudo errado.

  10. Discordo do nosso amigo no sentido que foi uma falha individual. Time este ano e ano passado tomou gol no início do jogo e não conseguiu virar o resultado. NÃO VIRAMOS JOGO, isto é fato. E se repetiu contra cruzeiro e boca. Falta personalidade e jogadores que decidam jogo, na boa. Lembro de jogos onde quando nosso ataque arrasador não decidia nossa zaga ou meio de campo ia lá e resolvia. Agora é esta bosta, atacante que só corre, lateral que só defende, zagueiro velho, meio de campo que não cria, complicado.

  11. Marcelo 05/02/2019 | Responder

    Para o verdazzo, o Palmeiras criou muitas oportunidades. Qual jogo ele assistiu??? Eu vi o que só fizemos chuveirinho e erramos todas cabeçadas.

    • Eu acompanho o Verdazzo. Só posso dizer, não leve o Conrado muito a sério, ele vive em um mundo paralelo, onde ele é o grande ditador, e tem uma trupe de padrinhos, em que a maioria é Maria vai com as outras, deixam o cérebro de molho pra repetir todas ideias estapafurdias que ele diz. É óbvio que esse era o jogo do gambá, se defender bem, aceitar a pressão. O Verdazzo age como se o curica não quisesse ficar encurralado, que fomos nós que “jogamos muito”, fazendo com que eles ficassem prensados. Ele só esquece que toda hora o curica ganha da gente do mesmo jeito, logo, não é coincidência.

  12. Mario Galhardo 05/02/2019 | Responder

    Ok, somos previsíveis.
    Ok, nossos centroavantes não são lá essas coisas.
    Mas tem algo que me incomoda e não sei em que lugar colocar. Perdemos na final do paulistinha passado com um gol logo no começo, em tremenda falha do Marcos Rocha e do Antonio Carlos no mesmo lance. Contra o Cruzeiro, novamente falha de marcação no meio de campo e gol no começo de jogo. O que eu não vi ninguém comentar foi a postura bisonha da defesa do Palmeiras do primeiro gol do SCCP. No primeiro lance tinham 3 jogadores deles contra 2 nossos, e no rebote, mais 2 deles avançaram (um deles o Avelar) sem que ninguém do Palmeiras movesse um músculo. Chutou sozinho, livre de marcação quase na nossa pequena área. Esses apagões acontecem com frequencia em jogos decisivos. Todo mundo que entende um pouquinho de futebol sabia que o Carille iria armar um ferrolho defensivo que, em inicio de temporada e com calor escaldante, seria difícil de superar. Quem apostou em goleada super avalia nossos 11 titulares e sub avaliou o clássico e o inicio de temporada.
    O que eu quero dizer é que o jogo foi decidido, mais uma vez, por uma falha pontual, que não acontece do lado de lá. Carille não foi brilhante, não deu nó tático, fez o que qualquer um faria, fechou o time. Sem a falha e sem a pressão de estar atrás, poderíamos ter vencido. Nada espetacular, mas poderíamos. Não é legal ver tantos cruzamentos para cabeçadas, mas não há nada na regra que diga que um lance de cabeça é menos importante que um com os pés. Sim, o Borja não é o cara. Nem Deyverson. Não temos variação, mas qualquer time sofre contra defesas bem montadas.
    Fomos a melhor defesa do BR-18 e falhamos em momentos decisivos da Copa do Brasil.
    Falhamos com EB, Roger e Felipão com escalações diferentes.
    Difícil entender. Uma hipótese é o critério “cabeça” e não o “técnico” ou “tático”. E para ficar apenas em um: Lucas Lima claramente se esconde em jogos decisivos.

    • Levi 05/02/2019 | Responder

      Em todos os jogos Mario.
      Diga um único jogo que ele foi protagonista e mostrou que vale o que recebe,
      Nem com time pequeno ele aparece.

      • Mario Galhardo 05/02/2019 | Responder

        Verdade Levi. Mais fácil pontuar os poucos jogos que ele foi destaque. Acho que sou aquele cara que tende a querer dar mais uma chance. Penso no ativo e no investimento do clube e no ser humano por trás do jogador. Mas com tanta opção, Lucas Lima não seria nem a minha segunda escolha.

      • LGO 05/02/2019 | Responder

        Concordo que o LL pipoca em jogos decisivos como todo o resto do time.
        Não sou defensor dele, mas ganhamos sim alguns jogos decididos por ele (Botafogo, Cruzeiro e empate com o Santos fora), o jogador que mais atuou no brasileirão 2018 e líder de assistências (10) nesse mesmo campeonato.

    • Discordo do nosso amigo no sentido que foi uma falha individual. Time este ano e ano passado tomou gol no início do jogo e não conseguiu virar o resultado. NÃO VIRAMOS JOGO, isto é fato. E se repetiu contra cruzeiro e boca. Falta personalidade e jogadores que decidam jogo, na boa. Lembro de jogos onde quando nosso ataque arrasador não decidia nossa zaga ou meio de campo ia lá e resolvia. Agora é esta bosta, atacante que só corre, lateral que só defende, zagueiro velho, meio de campo que não cria, complicado.

  13. Gustavo Aroni 05/02/2019 | Responder

    Deyverson é mais um Jackson Five. Vão mandá-lo embora e pagar o seu contrato até meados de 2022?

    • LGO 05/02/2019 | Responder

      Não sei se ele vai ficar mas levou um multa de 350mil!!!!

      • Philipe Frois 05/02/2019 | Responder

        Multinha salgada heim, mesmo pra eles que ganham fortuna. Mas pra mim ainda tá barato. Nos anos 90 qdo o Edmundo fazia suas c.a.g.a.d.a.s e era afastado pelo Luxa meu pai ficava esbravejando coisas do tipo: ” esse cara é um irresponsável, um louco, precisa vazar do Palmeiras…” Eu no auge dos meus 10 anos de idade sempre torcia pra ele pedir desculpas ,se arrepender e ser reintegrado pois mesmo com 10 anos eu já sabia que se tratava de talvez o melhor jogador do time. Hoje com o Deyverson a história é totalmente diferente, se trata de um caneludo i.d.i.o.t.a que fica passando de bom menino. Por mim tem q dar um jeito de negociar , esse cara não merece mais nenhuma chance. Se não conseguir trazer ninguém pra repor não traz ninguém, não vai fazer falta. Se quiser trazer qualquer um , traz o Gilberto do Bahia , ex bambis, jogador de área, cabeceia bem, experiente e vai agregar muito mais ao grupo do que esse imbecil do Deyverson e o morto do Borja.

        • ALEX CEREDA 05/02/2019 | Responder

          Deiverson é o tipo de jogador que o Felipão gosta de ter no time. Lembra o Jardel do Grêmio de 95/96, ou o Oséas do Palmeiras de 98/99, jogador que se encaixa no esquema de jogo preferido dele.
          Mas acredito que o Arthur Cabral será o substituto natural do Deiverson quando estiver totalmente recuperado e pronto pra atuar, até porque tem as mesmas características, mas não maltrata tanto a bola com ela no pé.
          Enfim, eu acho que Deiverson será negociado tão logo Arthur Cabral tenha condições de atuar.

  14. ALEX CEREDA 05/02/2019 | Responder

    Scarpa não pode ser reserva do Lucas Lima.
    Victor Luís não pode ser reserva do Diogo Barbosa, que não deveria estar no Palmeiras.
    Esse esquema de pagar salários elevados sem qualquer contrapartida nunca me agradou. O sistema do Nobre, pra mim, era mais eficiente. Ganhar por produtividade. Salário razoável, que pode ser excelente caso os jogos sejam ganhos e os títulos conquistados.
    Gostaria que o Criscio trouxesse alguma informação sobre as negociações televisivas e falasse sobre os problemas do Avanti, e se existe alguma possibilidade de nós, sócios torcedores, votarmos algum dia para presidente do clube.
    Sou de Londrina e pago o Avanti com esta esperança.

    • Reynaldo Zanon 05/02/2019 | Responder

      Não autorizam voto para sócios-torcedores porque a torcida uniformizada é parte importante dos sócios-torcedores e há um temor de que eles influenciem demasiadamente na escolha de um presidente ou, pior ainda, consigam pôr alguém de “reputação duvidosa” na presidência. Imagine cerca de 600 milhões de reais em faturamento nas mãos de malandros. Eu gostaria de votar, mas… Quanto às negociações com a Globo, o simples fato de que até agora aquela emissora não fechou com o Palmeiras já é uma afronta e um menosprezo ao clube. É assim que eu vejo.

  15. Lito 05/02/2019 | Responder

    Faz tempo que eu estou dizendo, só temos o Gomes como zagueiro.

  16. Diego Tardelli tá sem clube. O que acham ?
    Sem brincadeira, eu fiquei tão irritado com o jogo que lá pelos 25 do segundo tempo parei de assistir e fui caçar o que fazer. Desmontei o ventilador para limpar. Sabia que um time que fica com a bola, ensaia pressão mas não acerta uma no gol, não ia arrumar nada. O jogo já estava decidido.
    Scarpa tem que ser titular.

  17. Levi 04/02/2019 | Responder

    Por outro lado, como é bom ser queridinho e ter sempre uma ajuda positiva da tupiniquim press:

    “MAIS DECISIVO DO BRASIL”
    Thiago Maranhão compara Henanes e LeBron e Tom Brady:
    “O único no país, que sozinho, faz uma equipe mudar de patamar”
    globo

  18. Breno Henrique 04/02/2019 | Responder

    Pra mim é simples.
    1. Não da mais pro Deyverson, ele não vale o risco de mantê-lo no elenco. Mas tudo tem que ser feito com cautela, discrição e profissionalismo. Arthur Cabral assumiria o lugar dele no elenco de qualquer jeito.

    2. A comissão e Cícero e Mattos devem cobrar com força Lucas Lima e Diogo Barbosa que não estão jogando absolutamente nada pra serem considerados titulares em um dérbi.

    3. Scarpa não pode ser reserva de Carlos Eduardo e Felipe Pires em um dérbi nem se estiver com uma perna quebrada e quem deve ser cobrado é o Felipão.

    4. Um onde estão, Lucas Lima, Dudu e Scarpa não pode viver de bola esticada na lateral pra ser alçada na área. Em quem deve ser cobrado é o Felipão também.

    5. Às vezes vamos precisar fazer jogadas de minha de fundos, precisamos treinar cabeceio, é inadmissível cabecear 20 bolas num jogo e não acertar nenhuma no gol.

    Essas são as lições que a derrota nos deixa, é assimilar, corrigir e melhorar.

  19. Levi 04/02/2019 | Responder

    Não cobrem da figura perna de pau bufônica, que já teve seus 15 minutos de fama no Palmeiras e tchau.
    Cobrem sim, do ninja Lucas Lima com salário milionário e junto com ele o meio de campo e a lateral esquerda que nunca chutam ou arriscam chutes ao gol adversário.
    O Scolari é mais ícone capaz de motivar na hora certa, agora quem tem que mostrar que valem o quanto pesam são essas figuras que só diferem dos jogadores comuns de outros times, no salário.

    Palmeiras precisa urgentemente de um centroavante matador e não 2 que matam a paciência da torcida.

    Família é bom para se defender dos ataques de fora, mas não pode virar comodismo.

    • Gustavo Aroni 04/02/2019 | Responder

      É a família Jackson Five, Levi. Five anos de contrato pra po r.ra toda, e salários a la Michael Jackson. Lá pra novembro, perto do espirro do chinês da grana, os caras começam a correr. Tomara que dê tempo, como deu no Assaízão passado.

      • Levi 04/02/2019 | Responder

        kkk.
        Verdade.
        Por outro lado, vamos esperar um pouco mais para ver no que vai dar Gustavo.
        O problema é que em fevereiro teremos apenas 3 jogos…. e em Março começa a Libertadores.
        A propósito, dia desses vc postou sobre o “Faraózão” de onde fomos buscar uns craques….ri muito do nome.

        • Gustavo Aroni 04/02/2019 | Responder

          Jogando no Faraózão, num time chamado Pyramids, Não duvido nada que não tenham colocado umas múmias uniformizadas no DVD.

          • Levi 04/02/2019 | Responder

            E venderam como o “Escorpião King”…. ao menos custou como.

          • As múmias estão por aqui, também. Muitas tiveram contrato renovado, ao invés de receberem passagem só de ida para seus sarcófagos, além de um suprimento vitalício (ou no caso “mortalício”) de bandagens e nossa eterna gratidão pelos serviços prestados.

            O Felipão certamente é um dos treinadores que mais entendem de administração de elencos e egos no planeta, mas o lado negativo disso é que quando ganha algo com um grupo fecha com ele até o final, seja rumo ao paraíso ou ao inferno. Levou Vampeta, Edílson e Ricardinho pra Copa de 2002, deixando Alex de fora, e manteve praticamente a mesma patota que venceu a Copa das Confederações de 2013 no ano seguinte (com Jô, Dante, Luiz Gustavo e cia.). Às vezes dá certo, às vezes não.

            Não sou adepto da ingratidão nem acho que um clube deva trocar todo o elenco anualmente, mas é preciso avaliar de maneira criteriosa e profissional os pontos fortes e fracos da equipe. Muita gente deveria ter saído do clube nessa virada de ano pois claramente já deu o que tinha que dar. Sinceramente, não acho que essa história de “família” melhore o futebol de alguém, e teremos muitos momentos em 2019 nos quais será a bola e não os laços de família que decidirão partidas.

            • LGO 05/02/2019 | Responder

              Concordo com você!!!
              Um jogador que é bom, mas já deu o que tinha que dar e inibiu a contratação de um bom zagueiro é o Edu Dracena.

              • Esse aí se encaixa no contexto que eu citei. Em algum momento do ano vai acabar entrando em jogo decisivo, e haja oração a San Gennaro…

    • Paraiba 04/02/2019 | Responder

      Faria um contrato com o Valdivia só joga a Libertadores, tá liberado baladas , cabaré, carnaval e Disney.
      Valdivia tem uma visão incrível de jogo, dribla bem e deixa o centrovante na cara do gol , da muita assistência.
      Tem 300 meias no elenco :
      Lucas Tolima
      Rafael Veiga
      Scarpa
      Zé Rafael
      Moisés
      Guerra .
      Não sei se falta esquema de jogo ou é muita gente no elenco.
      O Alexandre Matos que dispensou o Valdivia na última passagem do chileno.
      Mas pra quem pagou 23 milhões no Carlos Eduardo da pra trazer até Hazard do chelsea.

      • Philipe Frois 04/02/2019 | Responder

        Paraíba, tirando o Scarpa que tem honrado o manto o jogado bem qdo tem oportunidade, o Valdivia bêbado com estiramento na coxa é melhor que todos esses aí que vc citou. Nao tem nem comparação. Traria ele pra jogar a libertadores e clássico contra os gambás. De resto, deixa esses pangarés que estão aí mesmo.

      • Eu faria um contrato com o Valdívia pra que ele passasse o dia na loja oficial do clube autografando camisas para torcedores com baixa auto-estima e com memória curta. Seria um baita sucesso, mas como baita vagabundo que é arrumaria uma tendinite no braço esquerdo (mesmo sendo destro) e daria um migué no segundo dia de trabalho…

        • Philipe Frois 06/02/2019 | Responder

          Qto ressentimento Eduardo. Isso não faz bem pra saúde não viu. Tomara que o Mago volte, da minha parte ele já tá perdoado kkkk

        • Philipe Frois 06/02/2019 | Responder

          Mas falando sério, o Valdivia ganhou fama de vagabundo e chinelinho por aqui . Claro que ele teve sua parcela de culpa , mas será que era pra tudo isso mesmo? Todo mundo sabe que ele adora a noite mas não foi nem o primeiro nem o último jogador do Palmeiras a agir assim. Qto a inúmeras lesões, muita gente faz questão de esquecer das várias vezes que ele voltou antes de concluir o tratamento pq era um clássico ou um jogo decisivo ê isso agravava ainda mais . Esquecem tbm q o departamento médico naquela época era uma b.o.s.t.a tanto que ele chegou à trazer pessoas de sua confiança pra o tratar. Esquecem tbm q ele foi contratatado pra ser o craque do time num time nível série C e por isso era sobrecarregado. Hoje aos 35 anos nem sei se daria tão certo mas eu arriscaria traze-lo de volta, com um elenco numeroso e mais qualificado do que de sua última passagem , podendo entrar no rodízio, se poupar e jogar jogos importantes 100% fisicamente, duvido que faria pior do que Lucas Lima e Moisés vem fazendo.

  20. Jango 04/02/2019 | Responder

    O ataque será Goulart, Willian e Dudu.

    Aproveita que o Deyverson ficou 12 jogos suspenso e empresta esse cara pro Goiás. Borja não pode mais ser titular, o cara é muito perna de pau.

    Lucas Lima nem deveria mais entrar em campo. Pra começo de conversa nem era pra ter sido contratado.

    • Caso Deyverson pegue uma longa suspensão (que poderia ser de doze meses e não doze jogos), será um reforço tão relevante quanto as renovações de Dudu e BH e a contratação do Goulart.

      • Paraiba 04/02/2019 | Responder

        Pela diretoria não joga mais no Palmeiras só depende do Felipão, então vai ficar.

  21. Philipe Frois 03/02/2019 | Responder

    Na Boa? Todo mundo fala muito e na verdade ninguém sabe nada de futebol kkķkkk…kd o sampaoli, o técnico mais badalado nos últimos 200 anos aqui no Brasil? Tomar 5 do Ituano? Desculpa Felipão, não quero mais o Sampaoli no Verdão, quero vc eternamente, ou até a próxima derrota kkķkkk.

    • Na boa? Estão fazendo tempestade em copo d’água. O Palmeiras do Felipão foi, é e continuará sendo um time previsível (o que nem sempre significa “incompetente”) que pena diante de retrancas bem armadas e que absolutamente perde o rumo quando sai atrás no placar. Não vai mudar, se enfrentarmos os gambás, o Paraná ou o Boca, quer entremos em campo com seis volantes, com cinco atacantes ou com o Messi. Não enquanto o repertório for esse.

      • Philipe Frois 04/02/2019 | Responder

        Pra mim é incompetência Sim! Não é a primeira vez q isso acontece. Toma 1×0 no começo do jogo e depois fica o jogo inteiro martelando e não consegue obrigar o goleiro adversário a fazer uma defesa difícil sequer. Foi assim na final do paulistinha ano passado, foi assimcontra o cruzeiro na semi da copa do Brasil e foi assim novamente no dérbi de sabado passado. Só consigo encontrar uma palavra pra isso. Incompetência!

        • Creio não ter sido muito claro, Philipe. Mas vamos lá: afirmei que a previsibilidade do Palmeiras “nem sempre” significa incompetência, tanto que se não fosse verdade não seríamos decacampeões brasileiros.

          Os métodos primitivos de um treinador ultrapassado ainda dão certo por aqui, mas está ficando claro que isso tem prazo de validade. E não vi mais do que dez minutos de Palmeiras em campo neste ano, porém confio nos relatos de algumas pessoas com bom senso que escrevem no blog.

  22. Thom 03/02/2019 | Responder

    Esse jogo só provou que temos o melhor elenco do Brasil, mas nosso time titular é bem “ok”.

    Mais um jogo pra entrar na conta do “e se tivessemos um centroavante realmente de grife?”.

    Esse papo de Família Scolari tem um ponto bem ruim. Muita chance dada a quem não tá mostrando serviço faz tempo. Se não tivesse contratado nenhuma das apostas e tivesse trazido o Ricardo Goulart e um centroavante Ótimo, pra chegar virando titular, a sensação é que estariamos vários passos à frente em relação a 2018.

    Mesmo que o Paulista não valha nada, o que foi mostrado até aqui não tá nem no nível de 2018 ainda… então demos passos pra trás, por enquanto.

  23. Ed 03/02/2019 | Responder

    Sampaoli tomou de 5 do Ituano.Pelo jeito ele tb não está com essa bola toda.

  24. LGO 03/02/2019 | Responder

    Apesar de bastante chateado acho um absurdo o destempero da maioria aqui!!!
    Falar que não foi competência o Brasileirão???? Melhor ataque, melhor defesa, 24 jogos invictos, time que menos perdeu, nenhuma derrota para os 6 primeiros.
    Falar das contratações???? Eu prefiro um Arthur Cabral do que os medalhões que a maioria prefere!!! Falaram mal até do Goulart aqui!!!!
    Falar bem do Sampaoli por causa de 4 vitórias???? Não é aqui que falam para não avaliar só resultado???Vejam os últimos trabalhos dele!!!! Aliás se for ver só resultado ele começou a voltar ao normal hoje!!!
    Temos muito que acertar, mas esse desespero e pichação de todos não é a solução!!!!

    • Ferrari 04/02/2019 | Responder

      isso porque o paulistinha só ia servir para treinar o time.

  25. Luix 03/02/2019 | Responder

    Salto alto também dos torcedores. Foram muitas postagens do tipo, 3 vira, 6 acaba.
    E desçam logo do salto alto, mesmo com a entrada do bom, mas não ótimo Ricardo Goulart.

    • Gustavo Aroni 03/02/2019 | Responder

      É, mas o Ricardo Goulart tem bom currículo. Agora, Carlos Eduardo, Pires, Arthur Cabral não são ninguém ainda.

  26. Gustavo Aroni 03/02/2019 | Responder

    Não é só essa fase que não vale nada. É o campeonato inteiro, e a federação que o organiza que não vale nada também. Agora, quem é Arthur Cabral, na fila do pão? Já tô falando faz tempo que nossos atacantes são todos limitados, nos principais jogos sempre somem, fora os meias-boca que vieram do Egito e que não formaram na Ponte Preta da Alemanha. Eu não aposto um Dollar furado de que Arthur Cabral seja a solução do ataque do Palmeiras.

    • Arthur Cabral será o novo Erik, vai entrar no Brasileirão contra um CSA da vida ou na CB enfrentando um XV de Campo Bom qualquer, vai fazer gol e virar “o maior centroavante da história na última semana” e passará o resto do contrato sendo emprestado pra Goiás, Fortaleza, Bahia ou Chapecoense com os salários sendo pagos com o dinheiro da nossa torcida. E o mesmo vai acontecer com Carlos Eduardo, Felipe Pires e esse monte de coadjuvantes anônimos trazidos só pra enriquecer empresário. Isso não é mais do que mera constatação.

      • Gustavo Aroni 04/02/2019 | Responder

        Então. Primeiro temos que reforçar o time, depois trazer os coadjuvantes. Beleza, trouxe o Ricardo Goulart que tem bom currículo e espero que forme aqui. Mas ao invés de trazer um monte de desconhecidos, por que não reforçou a zaga? Quando não tinha dinheiro, não podíamos fazer loucuras, ainda vai, mas agora. Libertadores tá chegando.

  27. Jango 03/02/2019 | Responder

    A culpa foi do Felipão. O cara não percebeu que Lucas Lima, Deyverson, Luan e Diogo não jogam nada?

    Lucas Lima é morto, Deyverson é caneludo, depois que o Luan tomou aquele drible do Benedetto já devia ter sido mandado embora, Diogo só tem grife.

    Por isso é um erro ficar renovando contrato por tanto tempo. Os caras fazem corpo mole mesmo.

  28. Luix 03/02/2019 | Responder

    Nossa zaga tá muito baixa. Ontem, novamente, perdemos na bola aérea e tomamos o gol.
    Antônio Carlos (alto) e Gustavo Gomes (baixo) é a ideal.
    Scarpa no lugar do ameba Lucas Lima também ajudará o time a ser mais respeitado.

  29. Reynaldo Zanon 03/02/2019 | Responder

    Perder 7 de 9 confrontos para o Itaquerão – e várias deles em casa!!! – é totalmente inaceitável! Esses caras deveriam ter vergonha na cara!

  30. Perfeito Vicente! Ouvi durante a semana muitos comentarios que menos de 4 x 0 nem era pra comemorar, clássico é um campeonato a parte, não importa quem está melhor ou pior, ai quando você vê com 15 minutos o Palmeiras errando passes por pressa de empatar, percebe que tem algo errado. Ontem na minha opinião o resultado foi injusto, mas o futebol vive de bola na rede e nesse ponto não chegamos nem perto de conseguir um bom resultado.

  31. Philipe Frois 03/02/2019 | Responder

    Eu, sem falsa modéstia não me incluo nesse grupo de palmeirenses que subiram no salto novamente depois do Deca. Pelo contrário, sempre fui crítico a esse time que não tava jogando nada ano passado mas acabou encorpando com a chegada do Felipão e conquistou um brasileiro que nem estava mais nos planos por pura incompetência dos adversários. Teve competência do Palmeiras tbm , mas a incompetência dos outros de nos deixarem chegar foi maior. Com isso eu já tinha uma idéia de que esse ano seria a mesma coisa porque temos o mesmo time e o mesmo treinador. Só não imaginava que seriam tão pipoqueiros qto antes em classicos contra os gambás, eu pensei que isso tinha mudado depois da Vitória no Allianz com o gol do Deyverson ano passado. Temos mais time que eles e não vencemos pq amarelaram de novo, toda vez alguém erra e entrega. Dessa vez foi o bom zagueiro Gustavo Gomez que perdeu uma bola dominada, seguida de falta do pra mim péssimo Diogo Barbosa e consequentemente um sono generalizado na bola levantada na área. A defesa estava dormindo? Isso pra mim é pura pipocada , não tem mais o q dizer. Qto ao futebol jogado , será isso mesmo, o Felipão só sabe fazer isso. O ideal seria trazer um técnico no estilo do Sampaoli mas não vai acontecer. Então vamos ter de nos contentar com esse futebolzinho chulo aí que estamos vendo faz tempo e torcer muuuuuuito pra ver se esses b.u.da m.o.le param de amarelar contra os gambás e em jogos de mata mata como foi ano passado na libertadores e copa do Brasil.

Leave Your Reply

Posts antigos, Por Onde Anda, e Links Patrocinados