Libertadores 2019 Junior-COL 0x2 Palmeiras: bom começo!

Pós Jogo

O Palmeiras venceu o Junior Barranquilla por 2×0 em Barranquilla. Gol de Gustavo Scarpa aos 11 minutos do 1o tempo, e Marcos Rocha aos 45 do 2o tempo.

E o Palmeiras começou jogando muito bem. Marcando no campo do adversário, movimentando muito seus atacantes, o time de Felipão envolvia o meio campo e defesa dos colombianos. Goulart, Dudu e Scarpa trocavam de posição e criavam boas chances. Até que em uma delas Scarpa recebeu dentro da área bola servida por Dudu. 1×0.

Até aí o Verdão jogava de forma irrepreensível. Mas mas mas…. os mistérios do futebol. O time recuou e passou sufoco.

Borja ainda teve chance no 1o tempo com bolas servidas por Goulart. Mas não conseguia vencer na corrida. Lá atrás o time colombiana dominava a posse de bola mas não conseguia entrar na área. Weverton fez linda defesa em falta batida pelo goleiro adversário.

Veio o 2o tempo. O Junior melhor em campo pressionava. Weverton se destacando. Goulart cansado saiu e entrou Moisés. Depois Dudu saiu para a entrada de Hyoran (ninguém entendeu…. mais mistérios). E Tiago Santos entrou no lugar de Bruno Henrique.

O Junior ainda ficou com um a menos em campo quando Teo Gutierrez recebeu cartão amarelo pela segunda vez, após falta violenta em Antônio Carlos.

Aí o jogo ficou mais tranquilo. E já no final, Marcos Rocha deu chutão da área, Borja ganhou, e no 2 contra 2 passou para Marcos Rocha que veio na corrida para driblar e com um lindo toque fazer 2×0.

Fim de papo. E deixa seu voto para o melhor em campo.

Quem foi o melhor em campo em Palmeiras 2×0 Junior Barranquilla?

View Results

Carregando ... Carregando …

Enfim…. Libertadores é isso. Três pontos, e jogando fora de casa. Fazendo a lição de casa no Allianz já estaremos praticamente classificados.

Que assim seja…

73 Comments Added

Join Discussion
  1. Lito 09/03/2019 | Responder

    Esse Tite é uma piada. Não levar o Dudu é o fim da picada. Mas para nós foibom. Já que levou o Weverton poderia ter levado o a Carlos. Esse tem vida curta nessa seleção que não empolga ninguém. É que o verdadeiro técnico (Neymar) está afastado.

  2. Reynaldo Zanon 09/03/2019 | Responder

    O Felipão incontestavelmente monta times seguros, competitivos e que dão resultados. A carreira dele fala por si. A sorte também costuma acompanhá-lo. Há exceções, é claro. O ponto fraco do Felipão é não saber aproveitar quando tem um elenco em mãos com ótimo potencial ofensivo e fazer com que o time seja muito agressivo sem ser vulnerável defensivamente. O Palmeiras tem Scarpa, Ricardo Goulart, Dudu e terá William, entre outros, que lhe proporciona a chance de montar um time excelente, tanto defensiva como, principalmente, ofensivamente. Sonho que ele consiga, mas, por enquanto, não é o que estamos vendo. E, pelo seu perfil histórico, talvez nunca veremos. Mas, também devido ao seu perfil histórico, várias taças virão.

  3. Marcelo 09/03/2019 | Responder

    Porque o Tite é um gambá teimoso. Faz de sacanagem mesmo.

  4. Gustavo Aroni 08/03/2019 | Responder

    Por que o Tite não convoca o “craque” do Assaízão? Mesmo depois de dois cortes a vez dele nunca chega? Estranho…

    • Adilson 09/03/2019 | Responder

      Porque ele e uma mala sem alça. Aliás verde sempre foi e sempre será a cor da inveja..Colômbia campeã da copa América com gol de Borja..

  5. Philipe Frois 08/03/2019 | Responder

    Acho que o Palmeiras conseguirá apresentar um bom futebol, ( igual os 20 min. Contra o Barranquilla ) nos jogos em casa . Acredito que no Allianz Parque o time vai marcar pressionando a saída de bola do adversário e buscar o gol a todo momento e mesmo q faça 1×0 não irá recuar como fez na Colômbia. Isso pra mim já configura jogar bem,qto a futebol bonito,esquece, não temos no Brasil jogadores pra isso. Qto a jogos fora de casa , podemos tirar nosso cavalinho da chuva pois o bigode já disse na entrevista q libertadores um empate fora é Vitória kkk…vamos ter q aturar , gostando ou não.

    • Gustavo Aroni 08/03/2019 | Responder

      É que esse Melgar deve ser rídiculo, por isso deve fazer um e não recuar. Mas, contra San Lorenzo e Jr, se faz 1 a 0 no Allianz, serão cinco volantes + cinco zagueiros.

  6. Thiago Souza 07/03/2019 | Responder

    Acho que fui mal interpretado. Eu adoro troféus, mesmo aqueles conquistados com os piores times (copa do brasil de 2012, que saudades).

    Também não quero ficar reclamando do que o time do Felipão está entregando (apesar de que ele mesmo sabe fazer melhor, aquele time de 99/00 era bonito de ver).

    Eu só estou dizendo que o time joga feio e não me dá tanta vontade de assistir aos jogos. E já que é pra viver só de troféus, ligar a TV pra torcer é um tanto secundário. Posso torcer e comemorar a distância. Comprar ingresso pra ir ver no estádio então, com esse preço? Esquece.

    • Thom 07/03/2019 | Responder

      É bem isso. Legal ganhar, mas assistir é um saco.

    • Thiago, não posso falar pelos outros, mas não acho que houve mal entendido. Eu pelo menos comentei por me sentir exatamente como você. Resultado eu vejo no noticiário e nas mídias, não preciso perder quase duas horas do meu dia pra isso. Gastar dinheiro com ingresso de Premier League pra ver jogos de nível Copa Kaiser, então, tá fora de questão.

      Ser campeão aqui todo mundo quer, o que irrita é essa história de “tem que ser sofrido”. Quem gosta de sofrer que vá fazer tratamento de canal sem anestesia com estudante do terceiro ano de Odonto…

    • Danilo 07/03/2019 | Responder

      Caro Thiago,
      Acho que adorar troféus deve ser unanimidade por aqui.
      Vc citou o time de 99/00, como um time bonito de se ver.
      Me lembro bem da campanha do título da América, passamos pelo ótimo time do River, contudo, no primeiro jogo não vimos a cor da bola, sendo São Marcos o melhor em campo, na volta metemos 3 a 0, mas tomamos sufoco após o segundo gol, se toma um ali era eliminado.
      Na final contra o D.Cali foi o mesmo cenário, time fechado e perdendo de pouco fora de casa, deixando tudo para a segunda partida.
      Se compararmos com ano passado quando perdemos do boca lá, o cenário se repetia, só que o resultado não veio, com isso evidenciou a forma de jogo.

      No final das contas o que fica na lembrança é o título, muitas vezes maquiando a forma de jogo e o sufoco, esse último, marca constante em nossas conquistas.

      Abraço

  7. Thom 07/03/2019 | Responder

    Uma boa metáfora para o que eu sinto desse time, é como comprar um Palio 2019.

    Bom carro, ninguém ia reclamar de ter. Mas no nosso caso ele custou 250mil reais.

    Poderíamos ter um carro que faz de 0 a 100 em 4 segundos, mas compramos um carro “ok” pelo mesmo preço.

  8. Thom 07/03/2019 | Responder

    Entendo o argumento de quem fala que não praticamos um bom futebol, e concordo com quase todos.

    O que sempre acabo dizendo é que temos um time nota 6, mas que às vezes e nota 4, as vezes e nota 8, e por mim, tudo bem. Cresci nos anos 2000 e sofri bastante com times perdedores, ganhar alguns títulos não e mal.

    O problema e que só ganhamos títulos com futebol terrível. E no primeiro Brasileirão todos diziam que depois que ganhasse, a cobrança ia passar e o futebol melhorar. Não aconteceu.

    Prefiro ser o Palmeiras e ganhar jogando feio do que o Flamengo e perder jogando bem.

    Mas pelo potencial econômico, poderíamos estar muito, muito além de onde estamos. E é frustrante ver que somos um time nota 6 quando podíamos ser nota 9…

    • Texto irrepreensível, Thom. Parece que a gente odeia vitórias e taças, quando na verdade apenas adora futebol.

      A satisfação que sinto ao ver pessoas compartilhando do mesmo pensamento contrasta justamente com a postura do time que amamos, para o qual tanto faz a metodologia adotada desde que se chegue ao resultado. Isso funciona exatamente quando se alcança o resultado, mas quando ele não vem resta apenas o vazio.

  9. Falou o fã do Roger Machado. Já que você entende tanto do assunto explique a diferença entre bom futebol e futebol bonito.

    • 3vvAdmin 07/03/2019 | Responder

      Caros, vamos lá. Mais uma vez tenho que intervir aqui. Gostaria de pedir que as discussões fossem sobre ideias, posicionamentos, conceitos. Aqui ninguém é obrigado a concordar com ninguém. Mas é obrigado a respeitar o outro lado. Fui obrigado a apagar alguns comentários. Entendam que quando o tom começa a subir e a resposta já é mais “no pessoal” que “no conceito” abre espaço para o outro lado também reagir. Por favor nos ajudem a manter o debate em alto nível. Obrigado.

    • Quem resume a discussão a essa cretinice de “futebol bonito” (que ninguém está pedindo aqui – não confundir com BOM FUTEBOL!) versus “ganhar títulos” é tão cretino quanto a própria discussão, então nem merece atenção.

      E se o negócio é meramente “ganhar taças”, não vamos esquecer que o Felipão fracassou de forma retumbante perdendo duas ano passado. Ou seja, quem coloca idolatria acima da razão normalmente fica sem argumento.

  10. Thiago Souza 07/03/2019 | Responder

    Eu acho que o Palmeiras já me deu alegrias o suficiente pra eu dar mais valor a bom futebol do que resultados. Claro que vou acompanhar o time na Libertadores, mas no Paulistão ando vendo mais jogos do Santos. Grêmio também é um time legal de assistir quando dá.

    Mas se é pra ficar feliz só com o resultado, não faz muita diferença ficar acompanhando na TV. Depois eu entro no globoesporte.com pra ver os (raros) melhores momentos.

    • Thiago, sua postagem foi a melhor que já li em anos de 3VV. Ela me faz ter uma utópica esperança de dias melhores para o nosso futebol (e falo de Brasil de uma forma geral), nos quais veremos mais dos 20 minutos iniciais de ontem e bem menos daquelas práticas toscas e primitivas que assistimos no resto. Gosto de ver futebol de qualidade e gosto de torcer para que meu time seja vencedor, e tenho convicção de que essas coisas não são excludentes.

  11. Alexandre 07/03/2019 | Responder

    Acho o nosso time bom. Nada mais que isso. Não é a seleção que muitos de nós pensa. Mas dá para jogar mais futebol, do que vem apresentando. O grande problema é que o time faz um gol e para de jogar, vai para traz defender a vantagem e fica correndo atrás do adversário. Vou torcer, como sempre, mas com esse estilo de jogo serão difíceis grandes conquistas.

  12. Felipão 07/03/2019 | Responder

    Felipão, meu xará, tá gaga….time não tem um padrão de jogo, 03 meses que jogam juntos e não existe um time definido…até parece time de colégio, poe os melhores (que acham que são os melhores) mas sem qualquer organização……e podemos afirmar que o barranquilha só não fez gols pois são muito ruins. Mas esperança deve prevalecer, quem sabe a partir do próximo jogo teremos um padrão de jogo…..

    • Temos padrão de jogo, sim. O padrão é buscar logo o gol, botar 10 na área dando chutão pro coitado que ficar lá na frente e rezar pra pontaria do adversário estar descalibrada. Tudo que só um clube com dinheiro e estrutura de primeira linha consegue fazer.

      O estilo do treinador é esse há 70 anos, não vai mudar agora nem nunca. Dá pra ser campeão assim, mas independe de futebol, planejamento e estrutura.

  13. Leo Basile 07/03/2019 | Responder

    Acho até que ontem o Borja fez um bom jogo, apesar do gol perdido (mais um). Jogou ilhado no meio da zaga adversária, não recebeu uma bola decente (time não cria nada, não tem meio campo), se sacrificou atuando de costas (nunca foi o forte dele) nesse esquema 1-9-0-1 do amarrador de cachorro com linguiça.

  14. Thiago Souza 07/03/2019 | Responder

    Dói na retina ver esse time jogar. Eu sei que é competitivo, mas é feio demais. E em dia de Champions League o contraste faz a retina doer ainda mais.

    No entanto, apesar de competitivo, acho bem improvável um título da Libertadores esse ano. Talvez do Brasileiro de novo, embora dessa vez tenhamos concorrentes melhores (ou menos piores).

  15. Philipe Frois 07/03/2019 | Responder

    Aaahh.. outra coisa….a diretoria não está levando a sério os inúmeros gols q o Borja vem perdendo. Isso pode custar muito caro. Não é possível q não vão trazer um cara pra resolver isso. Borja e Deyverson não vão conseguir dar conta , isso é mais do que notório. Se quiser vencer essa libertadores precisa de um centro avante de verdade e um zagueiro de confiança pra jogar com o Gomez.

  16. Mário Luiz 07/03/2019 | Responder

    Passamos sufoco no segundo tempo porque o time cansou, apenas isso. Eu não sei que tipo de preparação física o time está tendo, mas me parece que a esta altura do campeonato o time deveria ter mais fôlego do que tem.

    • Philipe Frois 07/03/2019 | Responder

      É verdade! O time tem caído muito fisicamente durante os jogos. Já era pra tá melhor mesmo.

    • Leo Basile 07/03/2019 | Responder

      Isso ocorre porque o time fica quase o tempo todo correndo atrás do adversário, não controla a posse de bola, não troca passes. Ontem foram 70 minutos dessa forma, aí não há mesmo preparação física que aguente.
      Quero ver como vai estar em outubro, novembro e quantos jogadores até lá terão estourado.

      • Alexandre 07/03/2019 | Responder

        Leo Basile. Concordo com seu comentário. Perfeito, o time corre como louco, com pouca objetividade.

        • Também concordo, Leo. Aliás, basta deixar idolatria e fanatismo de lado pra perceber isso. E a gente só critica porque sabe que dá pra fazer muito, mas muito melhor.

          • Leo Basile 07/03/2019 | Responder

            Exato, pessoal.
            Só quem não vê que precisa não apenas melhorar e muito, mas mudar o modo de jogo é que acha que ser covarde garante resultado. E a gente que já é calejado, que já sofreu muito e teve outras tantas alegrias, ficamos tranquilos para pedir um futebol minimamente mais bem jogado (o que, de fato, não tem nada a ver com “futebol bonito”, expressão subjetiva e que hoje em dia não se aplica nem mesmo nos tops da Europa).
            O treinador é um teimoso contumaz e não irá mudar, tampouco nós iremos parar de criticá-lo. Ele lá e nós aqui. Vida que segue.

  17. Philipe Frois 07/03/2019 | Responder

    Sou um dos maiores críticos desse time mas qdo se trata de libertadores eu penso diferente. Libertadores é f.o.d.a! Qualquer time lá de fora por pior que seja tecnicamente é difícil de se jogar e o Jr Barranquilla é um time até que bonzinho. Pra mim foi um baita resultado pois não esperava essa Vitória. Vou deixar pra cornetar no paulistinha qdo jogar contra os timecos daqui , aí sim é obrigação vencer e convencer. Tem gente que acha que esse elenco é bom o bastante pra chegar na Colômbia e por o Júnior na roda, não é! Nosso elenco é bom mas é formado por jogadores normais, nenhum extraclasse. Se conseguir se acertar defensivamente e tiver sorte de não pegar boca e River da pra ser campeão.

  18. AugustoBH 06/03/2019 | Responder

    Foi sofrido, jogando mal e na retranca em boa parte do jogo, mas valeram demais os 3pts fora e tb não ter visto Felipão escalar os horríveis Carlos Eduardo e Felipe Pires.

  19. Reynaldo Zanon 06/03/2019 | Responder

    Com Antonio Carlos e tudo fomos ótimos defensivamente. Mas com o elenco que temos para o setor ofensivo, o time poderia ter p desempenho que teve nos primeiros 20 minutos durante todo o jogo.

    • É isso, só isso e nada mais que isso que esperamos e queremos, Reynaldo. Se conseguimos por 20 minutos, dá pra fazer por mais. É só deixar teimosia e conceitos ultrapassados de lado.

  20. LGO 06/03/2019 | Responder

    Nem tanto ao céu nem tanto ao inferno!!!
    Não dá para ficar tão feliz e nem desesperados como alguns aqui no blog!!!
    Resultado muito bom e futebol mediano!!
    Hoje à expulsão não ajudou tanto já que foi aos 32 min. Claro que temos que melhorar muito, mas com o Scarpa, Dudu e Goulart (esse último não tão bem hoje) nos parece que poderemos chegar lá!!!
    Avanti palestra!!!!

    • LGO 06/03/2019 | Responder

      Boa notícia foi a atuação do Weverton, e o começo de jogo bem promissor!!!

    • Também não levo em conta, se o Felipão escalasse a Anitta e o Pablo Vittar você aplaudiria…

      Em compensação, as torcidas de Cruzeiro e Boca vão concordar com você, não há treinador melhor no mundo…

      • LGO 06/03/2019 | Responder

        Como eu disse nem tanto ao céu e nem tanto ao inferno!!!
        É claro que com elenco que temos e com o tempo já de jogo no ano tínhamos que estar apresentando um futebol melhor. O Felipão parece que está mais teimoso do que era. Também acho que corremos riscos desnecessários e devemos cobrar sim!!!!
        Porém denegrir o técnico ao exagero além de certa ingratidão (acabamos de ser campeão brasileiro) chega a ser pouco inteligente já que todos sabem que independente dos resultados vamos com ele até o fim da libertadores pelo menos!!!

      • Hahahahah.. técnico ultrapassado, infelizmente. Gosto muito da figura histórica do Felipão e ponto. Mais a frente espero que só essa bolinha seja suficiente

  21. Gustavo Aroni 06/03/2019 | Responder

    Na sofrência, mas 3 pontos. 100% obsessão. Fo.d.a-se paulistinha e assaízão.

    • Marcos Rocha era um dos piores e no final faz gol…
      Claro que é melhor começar vencendo que perdendo, mas essa sina de contar mais com a sorte que com a competência não me agrada. Insisto que pra fazer isso aí qualquer time bem armado de nível Bragantino anos 1990 faz igual. Quando precisar mostrar repertório (como aconteceu na Bombonera em 2018), não vai ter mais coelho dentro da cartola.

  22. Paulão 06/03/2019 | Responder

    Vc se enganou Eduardo, era o Teo Gutierrez sim!!! Kkkkk

    • Pois é, a sorte do Palmeiras quando vai pra Barranquilla é que há sempre alguém da família Gutierrez pra quebrar o galho…

      Deveríamos vender Deyverson, Borja, Carlos Eduardo, Pires e com mais uns trocados tirar o Marcelo Gallardo do River Plate. Com esse treinador pré-histórico e sua tática suicida, o Palmeiras só vai comemorar título de Carnaval em 2019…

      • Paulão 06/03/2019 | Responder

        Cara, eu tenho raiva desse estilo de “jogar o suficiente”, “sofrer o jogo”… temos time pra muito mais. Eu julgava essa estreia o jogo mais difícil da fase, ganhamos com desnecessário sofrimento. Se jogasse todos os jogos como nos primeiros 15 ou 20 minutos , daria até pra ganhar o campeonato, mas será que com essa filosofia atual alguém acredita nisso?….

        • O que vimos nos primeiros 20 minutos é o que espero e quero ver quando falo em bom futebol (que alguns acéfalos confundem com dar chapéu, fazer gol de letra e outras cretinices), e o fato de ter acontecido prova que é possível de se fazer, independentemente de resultado. O que vimos no restante do jogo é mais do mesmo que já foi visto nos últimos oito meses.

          Respondendo sua pergunta: se tivermos sorte de não levarmos o primeiro gol numa partida decisiva, poderemos ser campeões em 2019.

    • Não dá pra jogar o tempo todo mal. Pra mim, péssimo segundo tempo (posse de bola na casa dos 30% mesmo atuando com um a mais). Chegaremos a lugar algum com esse “repertório” extremamente variado. Só não vê quem não quer.

  23. Praticamos 20 minutos do melhor futebol que se pode esperar neste lado do planeta, com posse de bola, triangulações, passes curtos e muita movimentação, indo pra cima do adversário e sem ter qualquer incômodo na defesa. Nem parecia que eu estava vendo o Palmeiras. Só que, depois disso, voltamos à velha estratégia de chutão, atraindo o adversário pra nossa área e jogando no 10-0-1.

    É para fazer o que se viu na primeira metade desse primeiro tempo que buscamos patrocinador forte, estrutura de primeira e contratações milionárias. Se for para fazer o que vimos na segunda metade, tanto faz ter Tirone na presidência, Estevam Soares de técnico e Léo Gago, Gerlei e Rovílson no time que dá tudo na mesma.

  24. Danilo 06/03/2019 | Responder

    Primeiros 45 minutos e Time jogando bem, recuou demais no final.

    Borja destoando do normal e jogando bem.

  25. Gustavo Aroni 06/03/2019 | Responder

    O jogo tá no feitio pra um atacante rápido. O Borja é muito pesadão.

  26. Hoje começa meu ano palmeirense. Essa é disparado³ a competição mais importante. Que façamos bom jogo e vençamos!

  27. Lito 06/03/2019 | Responder

    Onde escrevi pratinado, leia_se platinado. Deyvdson platinado. Meu Deus Antônio Carlos …

  28. Lito 06/03/2019 | Responder

    Valei nos são Genaro. Antônio Carlos é muita emoção. Apesar de drascena e Luan não ser diferente. Na minha opinião o Borja deveria ser o titular. Joga na casa dele e foi o artilheiro da libertadores no ano passado. Do pratinado pode se esperar tudo. Pena não termos um zagueiro a altura do gomes como o balbuena. Ou quem sabe o Vitão poderia ter sido testado. E como 9 um Pedro ou Lucas Barrios. Por fim verdão 2 a 0

  29. Levi 06/03/2019 | Responder

    Hora da onça beber água.
    O ano começa oficialmente agora.
    Vamos ver se estavam se poupando no Paulista, ou se estando mesmo de barriga cheia.

Leave Your Reply

Posts antigos, Por Onde Anda, e Links Patrocinados