Categorias
Opinião

O maior treinador de todos os tempos

Por Vicente Criscio

O que define o “maior treinador” de um clube de futebol? O número de vitórias? O número de títulos? O tempo que permaneceu no cargo? Sua identidade com o clube?

Ou o número de jogos que dirigiu o time?

Em mais dois jogos que o treinador Luiz Felipe Scolari sentar no banco palmeirense ele irá igualar-se com Oswaldo Brandão, o velho mestre, em número de partidas oficiais dirigindo a SEP (a fonte é o Data3VV – 3vv.com.br).

Vejam o quadro abaixo:

Número de partidas em campeonatos e torneios (exclui amistosos)

Fonte: 3vv.com.br

Brandão dirigiu o time do Palmeiras por 13 anos, intercalados em 4 passagens. De 1945 a 1948. Depois de 1958 a 1060. Depois de 1971 a 1975 (época da 2a academia). E uma breve passagem em 1980. Foram 585 jogos contando competições (campeonatos e torneio comemorativos) e amistosos.

Felipão está em sua terceira passagem pelo Palmeiras. São 8 anos. O número de jogos total (competições mais amistosos) é de 473. 115 partidas a menos que Brandão.

Soma de partidas dos 5 maiores treinadores da SEP (considerando jogos em competições, torneios e amistosos); fonte: www.3vv.com.br

Mas olhando apenas os jogos em competições, Felipão está perto de bater a marca de Brandão: faltam dois jogos para igualar.

Nosso querido historiador e colunista do 3VV Jota Christianini comenta sobre esse número de amistosos: “Na época de Brandão tínhamos menos campeonatos e os times precisavam jogar. Era comum termos muitos amistosos. Hoje em dia são muitos e longos campeonatos“.

Felipão irá fazer uma marca. É querido e respeitado por muitos. Mas não é unanimidade nem mesmo entre os palmeirenses. Sofre críticas pelo seu estilo de jogo pragmático. Traz a marca dos tais 7×1. Outros ainda preferem a juventude de novos treinadores. Felipão passa por tudo isso com seu estilo “dando de ombros”. Enquanto muitos latem, o treinador mostra no campo com vitórias. Até agora são 32 partidas invictas no Brasileiro, melhor ataque, melhor defesa, e uma capacidade quase única de controlar um elenco milionário e cheio de estrelas e personalidades fortes. Além disso, sob sua batuta nos 8 anos que esteve no clube, foi bi campeão da Copa do Brasil, campeão da Libertadores, campeão da Mercosul, e Campeão Brasileiro de 2018. Não é pouca coisa!

Felipão passou pelo paraíso e inferno do futebol. Colecionou vitórias dramáticas e derrotas marcantes. Traz as cicatrizes das batalhas que passou e isso o deixou mais forte. Palmeirense, reconhece sua paixão pelo clube. Como esquecer a banana para aquela torcida nos penais da Libertadores do ano 2000?

Felipão é isso. Emocional, torcedor, humano e com isso passível de erros, mas um símbolo do Palmeiras. Poderá dirigir nossa equipe tranquilamente por mais dois anos e com isso irá superar Brandão em todos os números.

Por enquanto estamos prestes a ver uma marca digna de nota. Felipão será o treinador que mais dirigiu o Palmeiras em competições oficiais na partida contra o Vasco da Gama. Coincidentemente o Vasco de Vanderlei Luxemburgo, o terceiro treinador que mais dirigiu a SEP, e que também deixou sua marca na nossa história em 1993-1994 e 1996. Feliz coincidência.

Todas as homenagens ao nosso querido Felipão. Que seja reconhecido mais uma vez pela diretoria e por nossa torcida! E que tenha vida longa na SEP.

Saudações Alviverdes!

72 respostas em “O maior treinador de todos os tempos”

Se o conceito de “Maior Treinador da História” for os feitos, ou seja, os títulos obtidos, então com certeza Felipão é um dos maiores, seja do Palmeiras, do Brasil e do mundo. Pode-se gostar ou não de seu perfil, de suas entrevistas mau humoradas da maneira como monta seus times (resultadista) mas é inegável que no quesito “levantar taça” ele é muito bem sucedido. Para mim o ideal é ganhar (sempre), jogando bonito se possível, porém se não for possível que seja então jogando feio, pois a nossa sala está cheia de troféus e não de boas partidas, e considerando-se a mediocridade do nosso futebol, como criticar alguém que joga pelo resultado e não pelo espetáculo.

Caro Felippe, vc parece ser gente boa, até pela maneira educada que escreve.
Agora, se passar a escrever aqui que o Palmeiras é sempre favorecido, e quem discorda é adepto da teoria da conspiração…..e que o Palmeiras ganhou os últimos títulos roubados e tudo que o Palmeiras faz é errado……. vai ganhar umas 2 Cheerleaders/fãs…….. um elogio pela lucidez vc já recebeu.
Abs.

Concordo com você Levi!!!
Cornetar e criticar faz parte, mas desmerecer os feitos do clube e diminuir o seu tamanho são coisas que eu jamais irei concordar!!!

Obrigado, sou Palmeirense, minha esposa e filho também, torço para estar errado e o Felipão levantar no mínimo 2 troféus esse ano. Minha preocupação é ter que contar com a estrela do gênio. Um abraço a todos e um bom jogo a noite, e que vençamos até de meio a zero.

Então tá gênio, manda o Felipão embora e trás o Roger Machado de volta. Você deve estar com TPM.

Olá amigo, beleza! Roger perdeu um Paulistinha o gênio também, Roger terminou 1ª fase da Liber em 1º o gênio também, Roger ganhou do Boca lá, já o gênio não chutou uma bola no gol dos hermanos. Roger faz um ótimo trabalho no Bahia. Repito, minha opinião:” o gênio esta jogando tudo na tal família Scolari, não quis contratações e pior manteve certos “jogadores ” no elenco. Segundo semestre vai poder resolver essa dúvida de gênio ou mula (teimoso).”

Só esqueceu de falar de um título brasileiro, de uma série invicta absurda, da liderança do brasileiro desse ano e algumas coisas mais…

Título brasileiro veio com o time reserva, ele foi contratado para os mata matas. Pare de preguiça e veja quem o Palmeiras enfrentou nesses nove jogos, praticamente o Atlético MG (que não é favorito para o título fora ) , Santos e Inter em casa, o resto é lixo. Ser campeão do brasileiro até Carille foi com maior pontuação e time inferior (pelo menos em salários).

Felipão gênio ou mula? Esse semestre vai mostrar. L.Lima titular, Jean e Dracena homens de confiança, Borja artilheiro da Liber 2018 indo embora, Deyverson queridinho do gaúcho. Contratações com seu aval, Felipe Pires, C.Eduardo e Ramires. Não precisa de zagueiro ou centroavante, pois bem, as fichas estão lançadas.

É sério que vc chama o Scolari de Mula?
A mula ganhou o campeonato brasileiro e é o atual campeão.

Olá Levi, blza. Quem ganhou o brasileiro ano passado foi o time que o Felipão considerava reserva. O nosso técnico escalou seu time principal na Copa do Brasil e Liber. Se não vier nenhum título esse ano rua com ele. Minha opinião, se o nosso querido técnico pedisse um centroavante e um zagueiro com certeza a diretoria iria atrás, mas para ele esta tudo certo, dito isso, a total responsabilidade pelo desempenho e título esse ano passa por ele.

Felippe, se foi o time “reserva” que ganhou o Brasileiro de 2018, isso só aumenta o mérito do Felipão.

Olá Reynaldo, acho que você se confundiu , não soube interpretar meu post. Leia novamente e com calma. FOI O TIME RESERVA.

Eu entendi muito bem, Felippe. Eu estou querendo dizer que, se o Palmeiras foi campeão Brasileiro com o time reserva, isso aumenta ainda mais o mérito do Felipão, já que, em tese, é mais difícil ganhar um campeonato importante como o Brasileiro com o segundo time. Então todos os méritos para o Felipão.

Parabéns pela lucidez, Felippe. Pouquíssimos palmeirenses têm coragem de assumir isso publicamente. O BR-2018 era a terceira opção de todo mundo no clube, do presidente ao porteiro do CT, de repente foi o presente que caiu no nosso colo graças à incompetência generalizada dos rivais e ao bom trabalho de grupo feito (inegavelmente) pelo Felipão, e o título veio. Muito por causa dele, mas não apenas. Entretanto, os objetivos prioritários para os quais ele foi contratado não foram alcançados, isso é fato e não achismo.

Não vejo o Felipão como mula nem gênio, é um treinador ultrapassado (gostem ou não os fanáticos por ele) com repertório limitado mas que alcança ótimos resultados num universo absolutamente atrasado em termos futebolísticos como é o Brasil hoje. Já teve conquistas históricas e emocionantes bem como fracassos retumbantes, que são mais ou menos valorizados dependendo do gosto do freguês. Competência para lidar com grupos ele tem bastante, assim como lhe sobra teimosia. E uma de suas piores teimosias é justamente essa história de fechar uma “família” e ir com ela até o final, seja este o céu ou o inferno.

Precisamos de um bom zagueiro e de um bom atacante titularíssimos, a liderança absoluta do Palmeiras e o baixo nível do BR-2019 até aqui não eximem a diretoria nem o treinador de buscarem esses reforços, e não tê-los poderá custar caro até o final da temporada. Por outro lado, existem muitos jogadores que não deveriam mais fazer parte do nosso elenco há bastante tempo mas continuam lá, e isso não é só obra do Felipão.

Caro Eduardo,
Sou obrigado a discordar!!!
O Brasileirão era a segunda opção e não terceira. Talvez jogado por um time reserva por questão de calendário, porém muitos aqui inclusive você e eu (conforme comentários anteriores) acham que o brasileirão deveria ser a prioridade. Apesar de concordar com muitas coisas no seu comentário insisto que muitos aqui gostam de diminuir nossas conquistas. Parece que se esqueceram do sofrimento passado e das dificuldades que é ser campeão brasileiro. Passamos “bons” anos sem conquistá-lo!!!!

Deixa o Guerra e o grande Juninho no Baea e traz o Ramires. Manda A Carlos, Drascena, Fabiano, Jean, Felipe Pires, Carlos Eduardo e mais uma grana e traz o Pedro. Cadê o zagueiro Mattos????

Concordo que derrota em amistoso, não é pra fazer tempestade em copo d’água. Mas eu sempre me pergunto coisas como “o adversário também, não parou por uns dias?”, “o campo não estava ruim também para o adversário?”, “Não choveu também, para o adversário?”…

Resultado para o time não achar que é o melhor do mundo. Para descer do salto alto (credo é coisa de bambi). Juninho se foi, agora falta A carlos, Edu Drascena, Fabiano, Jean, F Pires (meu Deus), Carlos Eduardo, mais alguns. Cadê o zagueiro mattos???? Cadê o 9?? O Dudu ontem tava meio nervoso, isso no amistoso, em mata-mata tem que tomar cuidado.

Aliás o Carlos Eduardo teve nova chance contra o fraquíssimo Guarani (está na zona de rebaixamento da segunda divisão) e, de novo, teve péssima atuação.

Alguém se preocupou com o resultado do amistoso de hoje contra o Guarani? Eu não. Simplesmente porque amistosos são exatamente isso, amistosos.

Não. Nem com o desta quarta, nem com o de sábado contra o Oeste tampouco com o de amanhã contra o Operário de Várzea Grande. Aliás, com o futebol exibido nos maravilhosos gramados desta Copa América, várzea vem a calhar. A única observação a ser feita é que o tomamos a virada no segundo tempo porque praticamente todo o time foi trocado, ou seja, assim como aconteceu em Maceió fica claro que “enxertar” alguns reservas no time titular é uma coisa que funciona, colocar em campo onze reservas é outra que não dá certo nem contra o Guarani do Armeration.

E como as boas notícias continuam, além do Paolo Guerrero precisar dispu.tar a CA até a final, teoricamente voltando ao Inter mais cansado, o glorioso Juninho foi emprestado ao Bahia até o final da temporada. Mais um reforço na conta.

Até que enfim nos livramos do risco de ver o Juninho escalado em algum jogo importante. O Antonio Carlos também deveria ter destino semelhante enquanto deveríamos contratar um novo zagueiro de qualidade.

Apenas corrigindo, o Operário do amistoso de hoje não é o de Várzea Grande, mas o de Ponta Grossa. Igualmente sugestivo, dado o número de jogadores grossos que desfilam nessa Copa América…

Parece que o Gil disse na Fox que não acertou nada com ninguém ainda. Ai Mattos tá a dica. Traz o “omi”.

O gol do Oeste no jogo treino foi em cima de nosso zagueiro que é canhoto, o grande Juninho. Cadê o zagueiro e o 9 Mattos? Já disse anteriormente, jogar com A Carlos, Drascena, Juninho num mata-mata é jogar tudo pela janela. Vai n o Flu traz o Pedro.

Pelo menos o Juninho não lhe dará mais dor de cabeça esse ano. Foi emprestado. Ufa…

Alguém aí assistiu o programa grande círculo do SporTV com o Maurício Galliote? Se assistiram, o que acharam? Vou dar minha opinião. O Galliote se preocupa muito em dar respostas políticas, parece que está sempre com medo de ofender a um ou a outro e por isso fica escolhendo palavras pra tentar agradar a todos, com isso não consegue ser incisivo em nenhuma resposta. Todas as insinuações que os jornalistas fazem, ficam no ar e o Galliote não tem força pra refutar. Um exemplo: Qdo se fala de crefisa, os jornalistas deixam a entender que o Palmeiras sem ela estaria hoje na M…., desmerecendo totalmente o trabalho feito de reestruturação econômica clube. Pra mim , o presidente deveria ser bem incisivo e mandar uma resposta forte , uma espécie de “isso é pra quem pode” , f.o.d.a-s.e quem não concorda com essa parceria , até pq Flamengo e Corinthians tem parceiro forte tbm que se chama Rede Globo . Uma resposta desse tipo lá dentro da própria globo seria excelente, mas o Galliote não tem força pra isso, fica querendo agradar todo mundo e acaba passando a imagem de um presidente fraco. Esse foi só um exemplo. Teve muitos outros questionamentos que me incomodaram por não ter uma resposta a altura por parte dele .

Concordo, mas a resposta certa seria: a credita representa apenas 21 % do faturamento do Palmeiras. O balanço foi divulgado há pouco tempo.
E deveria perguntar quem são os maiores patrocinadores do sistema e cheirinho.
A resposta é: rgt.
Uma mentira contada 1000 vezes, vira uma verdade.

Cadê o zagueiro Mattos. Insistir com a Carlos (meu Deus), drascena e Juninho (meu Deus) é por em risco todo planejamento. O cheirinho está trazendo o jemerson, e o verdão? Acorda Mattos

Times que o Palmeiras enfrentou no Brasileiro de 2019: Avaí, CSA, Fortaleza, Atlético PR (reservas), Botafogo, Chape…seis times que não vão disputar o título e pior uns 4 devem disputar o rebaixamento,vamos aos 3 outros jogos, Santos e Inter em casa e Atlético fora, esses foram bons resultados, apesar de não colocar Santos e Atlético como nível do G4. Paulistinha campanha pífia, sendo eliminado por um time que nunca ganhou no Allianz, Copa do Brasil entrou nas oitavas e eliminou o Sampaio Correa e na Liber não enfrentou nenhum time de respeito, apesar de ter perdido para um refugo da Argentina. Não vejo nada demais nessa campanha até agora, pelo contrário, vejo um futebol de resultado em que a qualquer momento que começar perdendo um jogo a vaca vai para o brejo. Futebol raçudo com muita vontade mas sem toque de bola ou esquema tático, cria-se pouco e faz muita ligação direta, possui jogadores de nível discutível e uma despesa mensal de mais de 50 milhões mês. Vejo vida curta nos mata mata e muita pressão no Brasileiro.

O grande técnico da seleção (meu Deus) Empatite deveria levar o Felipe Pires para ver se melhora o ataque da seleção. Eta timinho feio. Cadê o 9 e o zagueiro mattos? Parece que estão querendo levar o Lucas Lima embora. Será? E o Borja?

Com 70 anos e tendo conquistado quase tudo na profissão, Scolari não vai conseguir dormir hoje com as criticas que recebe.
Já diz um provérbio àrabe: Os cães ladram, e a caravana passa.

É só perder p os b.am.b.is e não ganhar do Inter que a paz acabou, tudo o que foi feito nesse ano vai por água baixo : eliminados no Allianz no Paulistinha p as panetones, classificar Copa do Brasil eliminando o forte …classificar na Liber no grupo da morte, gente menos, muito menos, já vi o Palmeiras perder brasileiros em melhor situação que essa. Parem de idolatrar técnicos antes de serem campeões. Ano complicado e cheirinho vai vir forte tanto em campo como fora.

Quanta bobagem. O Palmeiras é o atual campeão Brasileiro. O time está INVICTO na competição desde que ele chegou. Nesse ano, somos líderes da competição, melhor ataque e melhor defesa tanto no brasileiro como na Copa do Brasil e Libertadores. Pensa um pouquinho mais…

9 rodadas de 38, parabéns aos envolvidos. Antes de postar leiam pelo menos o que eu postei, disse q foi eliminado na Arena pelo super time dos b.am.bi.s, entrou nas oitavas da Copa do Brasil e eliminou o super Sampaio Corrêa e na Liber não jogou contra ninguém. Mantém o Lucas Lima de titular, aprovou contratações esse ano de um bando de pangaré. Vocês estão andando no fio da navalha, não percebem que poderíamos estar melhor? Não venham com chororo depois.

Hahahaha

Já pensou se fôssemos líderes com bastante folga, com o melhor ataque e a melhor defesa em todos os campeonatos que está disputando?

Seria bem melhor.

O Gil vai para os gambás. Agora o Pedro parece que vai para o cheirinho. Essas são as posições que mais precisamos de reforços. Zagueiro e um 9. Caramba Mattos, acorda. zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Não vai vir zagueiro e nem centroavante. Parabéns diretor mineiro, nenhuma contratação esse ano vingou. Depois não reclamem se formos eliminados nos mata mata, com Deyverson e Lucas Lima aja cerveja p ara assistir os jogos.

Ser o melhor em alguma coisa pode ser algo absoluto quando se olham números e resultados, e algo relativo quando colocamos outros fatores na balança, inclusive gosto pessoal. Daniel Alves ganhou mais títulos que Pelé. E daí? Anderson Polga, Paulo Sergio, Viola e Vampeta ganharam Copa do Mundo, enquanto Zico, Sócrates, Falcão e Luis Pereira jamais ganharam qualquer coisa na Seleção. Por causa disso sou obrigado a considerar os quatro primeiros melhores que os quatro últimos?

A identificação do Felipão com o Palmeiras é algo indiscutível, seus resultados são ótimos mas o seu conceito de futebol é ultrapassado (gostem ou não os “experts” em teorias conspiratórias totalmente furadas). Funciona muito bem por aqui pois o Brasil é hoje um país totalmente decadente em se tratando de futebol, então é o clássico caso do caolho em terra de cegos. Por outro lado, não se pode deixar de destacar seus muitos méritos nesse retorno ao Brasil. Hoje ele consegue se cercar de excelentes profissionais e aproveitar ao máximo os recursos tecnológicos que o clube oferece, ouve bastante e continua sendo inigualável na administração de egos, mas na hora do time entrar em campo ainda é o jeitão dele que prevalece.

Se o time continuar competitivo e os resultados positivos – inclusive em mata-matas ou mesmo quando levarmos o primeiro gol da partida – não há muito o que se reclamar. O meu ponto de vista em relação à qualidade do futebol apresentado continuará o mesmo: dá pra fazer mais e melhor sem abrir mão da competitividade, daí resultado seria meramente consequência.

De resto, como se diz no velho clichê nem Jesus Cristo foi unanimidade, então não seria na torcida mais chata do mundo que ela existiria. Porém, do mesmo jeito que não se podem apagar os méritos e conquistas do Felipão, não se pode esquecer atuações pífias como a da Bombonera ano passado nem “os tais” 7×1, como se tivessem sido acidentes ou obras do acaso. A César o que é de César, seja bom ou ruim.

Colocação perfeita, Eduardo. Você enxerga com muito mais equilíbrio, tanto as qualidades, como defeitos, do bigode. Não se deixa cegar por idolatria, mas também não nega o direito dos méritos dele. Penso igual. Não é porque exigimos que o Felipão entregue mais, com o material que tem em mãos (e a situação ótima que vive o Palmeiras hoje), que ignoro as glórias do técnico a frente de nosso clube.

Ramires com 3o maior salário do elenco é muito estranho. Igual o Lucas Lima qdo veio e ainda é o 2o. Alô, Mattos, estamos de olho.

Parabéns pela clareza e lucidez. Excelentes argumentos. Vms torcer pra neste ano a história ser diferente msm; e concordo tb c/ o comentário de quem pediu um camisa 9. Continuar só c/ Deyverson e Borja (e os péssimos Carlos Eduardo e Felipe Pires) é piada de mt mau gosto.

Ate concordo com a maioria dos argumentos, mas acho estranho a necessidade de cornetar ou ate elevar as falhas num patamar maior que os sucessos num momento que estamos indo bem.
Será que é só para falar “eu avisei” caso dê errado????

Acabei de ler uma noticia no Twitter que né deixöxou bem animado: „ Nāo se surpreendam se Iván Angulo ganhar muito espaço no time do Palmeiras. Do departamento de base, passando pelo fisiologista ao Felipão todos estão impressionados com a evolução e a capacidade de adaptação do jogador desde que veio da Colômbia“

‘A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana’, o maior treinador até semana que vem, futebol é título e não resultado. Se não ganhar nada esse ano tchau.

Com ctz um dos maiores de nossa história, senão o maior! Merece todos os aplausos e reconhecimento. Particularmente, gosto demais do Felipão, em q pese o fato de querer matá-lo em alguns momentos! Heheh. Mas tem coisas q não adianta reclamar, pois não é c/ 70 anos q ele irá mudar. Então bola pra frente, e tomara q c ele consigamos a tão sonhada Libertadores/2019!

Junto com Filpo Nunes e Oswaldo Brandão Felipão esta entre os 3 maiores treinadores da historia do clube. Pra mim não deve nada a Guardiola, Mourinho e outros. Luxa também foi um grande técnico, porém, só sabe trabalhar com medalhão e é péssimo de grupo.

Em números e conquistas Felipão figura facilmente entre os 10 maiores treinadores da história do futebol, gostem ou não, bigode é uma lenda viva!

De volta aos treinos. Beleza. Agora só falta o zagueiro (se possível 2) e um 9.

Pode não ser o “melhor” treinador que já comandou a SEP, mas para mim é o meu preferido, não só pela quantidade e importância dos títulos conquistados, mas pela identificação que tem com a SEP. É impossível desassociá-lo do Verdão, seja para o melhor, seja para o pior, ele encarna em muitos momentos (assim como São Marcos o fez) o espírito do torcedor que está nas arquibancadas/ cadeiras/ camarotes de nossa arena, e como dizia aquela propaganda do cartão de crédito: “isso não tem preço”…………..

Monstro.
De pensar que é chamado aqui pelos “experts” de ultrapassado, velho e outras ofensas.

Impressionante marca. Se olharem o número de partidas do Luxa, e o número de vitórias, empates, e derrotas, ele é ainda mais impressionante. Sempre preferi o estilo dele, de qualquer forma, além de ele ter ganho o título mais importante do Palmeiras, o Paulista de 93 (Claro que a liberta, em si, tem peso maior. Mas pro momento, o que significou, como foi, contra quem foi, o Paulistão 93 foi mais importante e marcante).

Felipão sem dúvida é um dos maiores da nossa história, lembro na chegada dele a primeira vez, inserindo um estilo de jogo totalmente diferente do que estávamos acostumados.
Naquele momento terminava o estilo academia e começava o estilo guerrilha. De futebol pragmático, buscando sempre e somente o resultado.
Com certeza daqui alguns anos (espero que muitos) seu legado será os títulos e a capacidade de unir equipes (família Scolari), que na comemoração do título da América em 99, corre na direção oposta de todos para abraçar os gandulas.
Que venham mais títulos!
Avante Palestra!

Já é uma lenda viva na história do Palmeiras. Essa lenda pode (e deve) aumentar bastante, porque acredito que sob a sua batuta iremos conquistar ainda vários e vários títulos. Não me surpreenderei se um dia houver uma estátua do Felipão no Palmeiras.

Merecedor de todo nosso respeito. Grande general merece todos nossos aplausos. Por isso o verde é a cor da inveja. Não querendo ser corneta, falta um zagueiro e um 9 de qualidade. Aí não tem para ninguém. Quando o general quiser parar de dirigir no campo bota o “omi” como gerente de futebol para apoiar o turra.

Texto excelente, Felipão é meu ídolo. Quando ele foi contratado ano passado, com todas as desconfianças que a maioria de nós tínhamos em relação a ele é também ao elenco, lembro de ter pensado o seguinte, em acordo com meus filhos e sobrinhos: “mesmo sem querer que ele venha, estou feliz demais por ele ter vindo” …. difícil demais explicar o sentimento e a emoção de constatar que deu certo, que ele era, afinal, a melhor opção !!

O termo “sentar no banco” é relativo.Por exemplo na final do super de 59 os treinadores Brandão e Lula foram obtigados ,imposição da federação , asssistir o jogo do alambrado.

O termo “senrar no banco” é relativo.Por exemplo na final do super de 59 os treinadores Brandão e Lula foram obtigados ,imposição da federação , asssistir o jogo do alambrado.

Traz a marca dos 7 X 1. Verdade. Mas acima de tudo traz a marca do último título mundial pela Seleção Brasileira. Parece que esse feito não tem importância. Mas tem sim. E bastante.

Os comentários estão desativados.