Categorias
Brasileiro 2019

Campeonato Brasileiro 2019 São Paulo 1×1 Palmeiras: empate sem emoção

O Palmeiras empatou nessa retomada do campeonato brasileiro contra o SPFC no Morumbi. 1×1. Dudu fez o gol de empate aos 31 do 2o tempo.

O SPFC começou melhor. Ganhava as divididas e atacava com mais perigo. Aos 10 minutos abriu o placar num lance em que perdemos 3 divididas na sequência.

Apenas no final do 1o tempo o Palmeiras ameaçou com Scarpa.

Veio o 2o tempo e o jogo era mais equilibrado. Logo no início Deyverson perdeu o gol na cara do goleiro.

O volume de jogo palmeirense era maior. Mas não se traduzia em grandes chances. Mas aos 31 a sorte jogou pra nós. Dudu chutou da direita, a bola bateu em Reinaldo e subiu. Caiu no travessão, nas costas de Volpi e entrou.

A partir daí não teve mais nada. 1×1.

E só.

Agora é pensar no Inter.

96 respostas em “Campeonato Brasileiro 2019 São Paulo 1×1 Palmeiras: empate sem emoção”

Dormi, acordei, e continuo eliminado. Que saco.

Patético Mineiro pagando pela ruinzice, tanto da quinta passada, quanto dessa quarta. Tava 1 x 0 pra eles, o cara me perde um gol embaixo do travessão, com o goleiro vencido. Não demorou muito, tomou um gol de contra ataque. A Europa veio, rapelou a América do Sul, e só deixou a raspa do tacho, pelo menos, ficamos com as partes menos indigestas dessa raspa…

Logo mais à noite aí no Brasil?
Devemos ficar com medo de quem?
Do time do Internacional?
Do VAR ?
Da Globo?
Ou do Felipe Melo?

Nessa, não tenho como deixar de concordar com o Sérgio na resposta que ele deu aí em cima…
Mais do que o Deyverson, tenho medo do Palmeiras sentar em cima da vantagem de 1×0 jogando apenas pelo 0x0.

O Felipão sempre teve a fama de ser o “rei do mata-mata”. Ele está se mostrando ser muito bom também nos pontos corridos. Espero que o Felipão não perca a coroa de rei do mata-mata justamente no fim de sua carreira. Acho que o Palmeiras deve garantir o Brasileiro e ter foco total na Libertadores. A Copa do Brasil é um plus muito bem vindo. Acho que hoje o Palmeiras ganha ou, no mínimo, empata.

Só lembrando que dos três mata-matas que o Felipão dispu.tou desde seu retorno, perdeu todos com atuações abaixo da crítica nas partidas decisivas. Se realmente é o tal do “rei” passou da hora de mudar isso e, principalmente, fazer o time mostrar futebol de quem quer ser campeão, mesmo que num mata-mata onde muitas vezes o Imponderável FC entra em campo.

Lá no blog vermelho, a torcida do Inter está bem cismada e nada confiante. Parece que o Maionese Hellmann’s, vai entrar com titulares que a torcida quer ver bem longe do campo, e vai iniciar no banco, jogadores que a torcida entende, deveriam ser titulares absolutos.

Devemos ser a unica torcida que reclama todo santo jogo que não temos bons jogadores na reserva.

Moisés, A.Carlos, Dracena, Felipe Pires, C.Eduardo são todos reservas. Pela qualidade do elenco e pela filosofia do Felipão, esses jogadores jogam mais do que a maioria dos reservas. Então reclamamos mais. Mas não podemos esquecer que eles são reservas e que mesmo assim, não estão “dando vexame”.

É permitido a todos os times perder e empatar. Menos ao nosso.

Como somos torcedores e imagino que ninguém aqui tenha estudado pra ser critico esportivo, procuro passar mais tempo torcendo, mesmo.

E nessa torcida, vamos de 1×0 hoje pra não empolgar e também não tomar gol que seria legal bater mais esse recorde ai haha

O problema não são os reservas individualmente. A reclamação, é de trocar a espinha dorsal inteira do time, de uma vez. Eles, sendo reservas, estão sem ritmo de jogo, logo, colocar 5 de uma vez, é evidente que traz uma queda brusca de rendimento, que foi exatamente o que vimos na partida. Lógico que é fácil falar depois do ocorrido, antes do jogo, eu também achava uma boa fazer o time misto. Que fique a lição pra outras partidas, a troca entre jogadores reserva e titulares, pode ocorrer, mas talvez, deva ser melhor elaborada. Moisés é um bom jogador, e o Thiago Santos é um bom destruidor, mas sem ritmo, erraram demais e comprometeram a proteção a defesa, que estava composta por um zagueiro realmente ruim, e um bom, mas de idade avançada.

Eu sou torcedor e acompanho o time do Palmeiras há quase 50 anos, não sou formado em Jornalismo mas nem por isso vou me contentar com qualquer bos.ta apenas por causa do maledeto do resultado. Para jogar no Palmeiras o atleta deve ter um mínimo de qualidade, oras. Se não tiver, que vá fazer outra coisa, na vida ou em outro clube. Não significa que seja necessário termos 33 craques no elenco (aliás, não temos isso no continente sul-americano hoje em dia…), mas não precisamos ter pós-doutorado pra percebermos que tem muita sem condições de jogar lá.

Quem quiser baixar seu nível de exigência, achar que tá tudo ótimo e que não precisamos de reforços (de verdade, não “jogador pra compor elenco”, que normalmente é eufemismo pra “roubada”), fique à vontade. Só não venham depois formular teorias mirabolantes tentando explicar perseguição histórica ou favorecimentos pra A ou B tentando jogar pra debaixo do tapete o motivo de 95% dos fracassos, que é falta de bom futebol e de preparo psicológico na hora H.

É hoje. Dá-lhes Felipão. Mostra para esse Guerrero quem é o verdão.

Se continuarmos com esses atacantes medíocres pode apostar que o Flamengo nos passará no BR tranquilamente.

Não sei se vai passar neste ano, talvez não seja agora, mas com tantos bons jogadores juntos e um treinador pensando e praticando futebol de um jeito totalmente diferente da mesmice e do deserto de ideias neste país, uma hora eles vão acertar, e daí vai ser difícil segurar.

E que fique claro que essa constatação não veio por causa de uma goleada sobre o Goiás, mas pelo que vem se desenhando e sendo executado por lá há algum tempo. Tenho certeza de que no primeiro tropeço dos urubus – que pode ser já nesta quarta-feira – a horda de resultadistas acéfalos vai encher o blog detonando quem mostra essa preocupação com relação ao rival carioca. Precisamos parar de olharmos apenas para o resultado do próximo jogo, que é importante, mas pensarmos na superioridade que o Palmeiras pode ter (ou pelo menos dividir com o Flamengo) nos próximos anos, e só renovando contrato com aposentados ou apostando em “família” corremos o risco de ficarmos pra trás. Não é opinião nem desejo, apenas constatação.

Alguém sabe quantos gols tem nosso 9 no brasileiro e Liber? Para ser o queridinho do MAIOR técnico do Palmeiras ele deve estar com marcas absurdas.

24 jogos e 6 gols em 2019. Sendo 10 jogos e 3 gols no BR e 4 jogos 2 gols na Libertadores.

Esse tal de “maior” técnico do Palmeiras sempre teve um gosto estragado por perebas. Dinho, Arílson, Pedrinho (volante), Chico – o Alto, Marcio Caramujo, Gerley, Patrick barriga de cavalo, que ele fez questão de ajudar a render menos ainda, com obrigação de marcar, Cazé Eduardo do Egito, Felipe Pires,… a lista é longa…

Quando é que a diretoria e o Felipão irão acordar. Antonio Carlos (Meu Deus), Drascena, Thiago Santos, Moisés, Carlos Eduardo não dá. Cadê o zagueiro, cadê o 9? O Menino Maluquinho não inspira confiança. Olha os urubus, os caras entraram para ganhar tudo. Poxa será que não dá para trazer um zagueiro de fora, como fizeram com o Gomes, vai buscar o Balbuena. Negocia com o Pedro. Manda essa bacia de encostados que temos e traz o menino antes dos urubus.

Isso que estava pensando. Palmeiras tá muito parado, tá esperando os mulambos ultrapassarem.

Vou comentar sobre o Felipão e suas escalações na quarta feira após as 23:55 h.

Independente de ir de time titular ou misto, não dá pra trocar toda a zaga e a volância de uma só vez. A falta de ritmo e o desentrosamento em situação real de jogo, pesaram.

Agora, como o esperado, Santos bateu o Bahia, o Cheirinho goleou o Goiás, e assim gastamos uma boa parte de nossa gordurinha acumulada. Outro dia eu postei dizendo que devia haver um rodízio, agora vejo que não. Depois de 10 dias de férias, e 20 de preparação comedida, o time titular deveria atuar nos 3 primeiros jogos da volta (inter/bambi/inter), e só fazer misto ou reservas contra o Ceará. Não é como se o Godoy Cruz fosse tão ameaçador, que precisemos do time totalmente titular. Daria pra revezar 1 ou 2 nessa eliminatória, caso apresentassem cansaço.

Empate com sabor de derrota: fomos amplamente dominados, e aquela falsa ideia de que fomos melhores por nossa qualidade no segundo tempo, quando na verdade, é o adversário que quis abdicar do jogo, já que estava vencendo. Tivesse o bambi continuado com a postura do primeiro tempo, não teriamos chance alguma, nem de empate…

Ótima análise, meu caro Luiz. Esse devaneio de #segueolider com dez rodadas de campeonato é um convite ao vexame. Se ontem do outro lado estivesse um time sem 11 anos de fila nas costas e com fome de vitórias, depois que a “Porteira Antonio Carlos” se abriu teria feito um monte. Só não achei que saímos com sabor de derrota, dentro do contexto, porém aquilo que exijo do meu time (sabendo que ele pode fazer) não me permite cair na vala da mediocridade do “clássico fora de casa sem derrota é o máximo”.

Outra coisa que me preocupa não é o fato do campeonato estar totalmente aberto – só mesmo maluco deslumbrado ou jornalista mau caráter daria a fatura por encerrada decorridas dez rodadas, qualquer que fosse o líder atual – nem resultados elásticos aqui e lá. O nosso maior rival aos títulos disponíveis está se reforçando de verdade, as contratações de Felipe Luis, Dedé e Pedro são questão de tempo, mais cedo ou mais tarde eles encontrarão o treinador certo (talvez seja o portuga, talvez não) e deixarão de ser um grupo de bons jogadores para formar um ótimo time, que além de tudo ainda terá a “simpatia” das instituições que comandam o nosso futebol. Combater isso apenas com o “instinto Família” e uma forma de jogar monotemática, incapaz de virar jogos, pode não ser um bom negócio.

Vc tem toda razao Eduardo, pelo que o Flamengo está fazendo esse ano, se tudo isso se sustentar, infelizmente vejo uma chance considerável de hegemonia mal cheirosa no futebol brasileiro, e não será da nossa turma do chiqueiro, mas dos carniceiros urubus. No papel estão montando um timaço, que pode vingar ou não. O que tenho certeza é que não haverá hegemonia de um time que põe deyverson, Antônio Carlos, edu Dracena (grande zagueiro, mas tão aposentado e competitivo como Luiz Pereira), e companhia pra jogar e depende deles em jogos importantes. Até ano passado o cheirinho claudicava na indecisa gestão bandeira, esse ano foram pra cima com tudo, estão gastando uma fábula, ninguém fala de fair play financeiro (como falavam na nossa vez de gastar), mas se esse portuga der certo e o palmeiras não arrumar a zaga e o ataque eles ganharão todos os títulos, inclusive o assaizao, que está, concordo com você, abertissimo. Tomara que não de certo… e que o palmeiras se convença que precisa se reforçar.

Eduardo, o Flamengo também tem me preocupado. Todos sabemos (embora alguns façam força pra negar) que os técnicos brasileiros pararam no tempo. O Santos tomou coragem e está, apenas por causa do técnico, indo muito mais longe do que um time esfacelado e desmanchado poderia chegar. Se com esse time pífio, um técnico moderno consegue fazer essa diferença no deserto de times taticamente bons que é o Brasil, imagina se esse Jesus for bom, com o elenco que o cheirinho está montando? Torcendo muito para ele não ser o cara, mas pelos dois jogos dele até agora, sei não… Se esse Flamengo encaixar, vamos pagar caro pelo jeito “novo rico que ainda não sabe gastar” que o Palmeiras vem sendo administrado…

Quando tinham que poupar não pouparam, que era no paulistinha, que é um campeonato insignificante e sujo. Esses caras ficaram a CA toda sem jogar, e já voltam sendo poupados. É o absurdo do absurdo.

Minhas aparições aqui serão raras. Pois estou aqui no norte da Europa e cinco horas a frente do horário de Brasília.
Observando as opiniões por aqui, continua a mesma coisa.
Esse ano só sendo São Tomé, ver para crer. Só em dezembro.
Uma coisa é quase unânime, com Deyverson ficaremos no quase. Ele será um dos responsáveis pelas não conquistas.
Abraço a todos.

“empate sem emoção” para quem cara pálida??????? Não para mim, vibrei muito com o gol espírita do Dudu, e depois desatei a rir da cara do goleiro dos bambis e também do silêncio tumular que se fez no panetone mofado, ou seja, para mim teve e moção, e muita…………

As invencionices pra criticar o time as vezes passam do ponto. As vezes parece que são criadas justificativas pra parecer “entendedor de futebol” e criticar o time.

Clássico + empate fora de casa = bom resultado.

O resto é mimimi. Segue o líder.

Passam igualmente do ponto os argumentos pífios pra aplaudir qualquer mer.da e assim se justificar como “verdadeiro torcedor”, argumentos esses que na verdade só corroboram um nível de exigência abaixo da linha da mediocridade, de quem só sabe ler placar (não a revista, que fique claro).

Exato. Dito isso, fica meio claro que tanto quem vive pra achar defeito no time quanto quem fala “entreguem as taças”, está equivocado.

Mas faltam argumentos sensatos, que não ignoram as poucas deficiências do time nem o fato de ser líder e estar a muito tempo sem perder.

Lembro que em 2015 chovia argumentos que “só se ganha o brasileiro jogando bem”. E elogios ao time do SCCP, Cruzeiro, etc. Aí temos dois títulos e um vice em 3 anos, somos líderes isolados e mesmo assim não está bom o suficiente pra comemorar?

Ninguém aqui estudou pra ser critico de futebol, somos um monte de torcedores, nada mais. E como torcedores, o que nos cabe é torcer.

E como torcedores que somos, é muito menos incômodo ver alguém dizer que vai ser campeão mundial do que quem não estudou um dia sequer pra ser critico, querer pagar de entendido.

Eu sou torcedor de bom futebol, não de resultados do Palmeiras. Os únicos três resultados que torcerei ainda na minha vida será o da final da Libertadores e os jogos do Mundial (caso cheguemos). Eu sou o crítico do futebol que me agranda. Ontem não me agradou, foi macabro.

Bem que trazer o Fred seria uma boa. O problema é que, acho que, não valeria o custo-benefício.

Só mais um comentário tentando enxergar o copo meio cheio desta vez: com nossa dupla de zaga titular e Felipe Melo jogando o que vem jogando a frente da zaga e fazendo toda justiça de reconhecer o crescimento do Weverton que se firmou e vem em grande forma fazendo excelentes defesas , dá uma certa esperança . O time com esses jogadores é bem consistente e difícil de ser batido. Se a diretoria se mexer e trouxer um centroavante dá pra ganhar a libertadores.

Eu já falo isso faz tempo e continuo dizendo, nosso elenco não é isso tudo o que pensam e dizem. Temos um bom time titular e mais uns 3 bons reservas mas tem muito jogador ali que não serve pra estar no Palmeiras. Só pra citar alguns: Antonio Carlos, Thiago Santos e Carlos Eduardo por exemplo fazem o nível cair terrivelmente e tem outros que já foram bons mas hj não servem mais como Dracena que está velho e Moisés que tem todo meu respeito mas passou da hora de sair pra dar lugar pra outro. Qdo vc troca 5 titulares por esses jogadores, o time se iguala aos times medianos do campeonato brasileiro e por isso acho que o resultado foi bom Ontem. O SP é um time ok , tem Hernanes, Pato , Pablo, Anthony, tem o tchê tchê q é bom jogador , o Hudson q é razoável, tem um bom goleiro, tem uma dupla de zaga mais pra boa do que pra ruim, o SP não é tão fraco assim como muitos pensam e ontem o nível dos dois times era o mesmo na minha opinião. Já cansei de reclamar do Deyverson, já cansei de dizer que ele vai se sustentando com um golzinho aqui outro ali e isso tá iludindo a diretoria, na hora que o Bixo pegar , na hora em que mais se precisar, Mattos, Felipão e Galliote vão se arrepender profundamente de terem insistido com ele e não ter trazido um centroavante a altura do Palmeiras. O time titular com um centro avante de verdade teria tudo pra ganhar ao menos 2 títulos esse ano, mas já começo a temer até pelo brasileiro . Não é tempestade em copo d’água, é só uma sensação de que na hora em que as coisas afunilarem , esse elenco tão badalado não consiga corresponder porque indícios pra isso a gente tem bastante.

Concordo em praticamente tudo, Philipe. O SPFC está longe de ser um time ruim, mas sofre do mesmo mal pelo qual passamos entre 1976 e 1993, a fila pesa toneladas nas pernas de cada jogador e a diretoria incompetente não ajuda.

Alguns acéfalos realmente entram nessa lorota de que somos o Real Madrid tropical e que temos 3 times (pra mim, jornalista que faz esse tipo de “elogio” presta um desserviço muito maior que alguns corintianos fanáticos da mídia tupiniquim) diferentes para escalar. Temos no máximo um time e meio de bons jogadores e o restante é de aposentados e pés de rato, mas o pior é que tanto os bons quanto os ruins só sabem jogar de um jeito. O Felipão tem até cobrado mais posse de bola e jogadas trabalhadas, mas ainda estamos longe do que é possível e alcançável.

Algumas considerações:
Primeiro tempo time desorganizado defensivamente, resultado de trocar 4 atletas desses setor.
Deiverson péssimo novamente.
Scarpa precisa de sequência para evoluir, não adianta por o cara um jogo e depois só colocar novamente 2 meses depois.
Weverton pegou demais.
Carlos Eduardo incrivelmente entrou e melhorou o time, deu profundidade pelo lado esquerdo.

No final das contas o resultado foi satisfatório. Segundo tempo melhoramos e poderíamos até ter vencido.
Agora é focar no inter.
Avante Palestra.
#seguemeupau

Esse deyverson teve proposta pra sumi do Palmeiras preferiu ficar por causa de uma rapariga, perdeu 2 gols feitos que um jogador de Palmeiras não pode perder nunca, por causa desse indivíduo o Palmeiras não matou o inter quarta feira , lá em Alagoas perdeu um gol feito também.
Eu vejo o Arthur joga no bahia acordo com Carlos Eduardo fazendo cagada.
Felipão deve ter alguma coisa íntima com deyverson e carlos eduardo não é possível.

O Deyverson ficou porque o treinador pediu e quis que ele ficasse. Além disso, ele sabe que em time algum do mundo faria as mer.das que faz aqui e continuaria sendo titular.

Quanto à rapariga, com a grana que ele ganharia poderia sustentar essa e mais duas, e ainda levá-las junto na viagem.

O Fred viu que a casa tá caindo lá em Minas devido aos rolos da diretoria cruzeirense e que lá o mês tem 60 dias pra receber já mostrou insatisfação com o momento do cruzeiro, o Palmeiras poderia muito bem contrata o Fred. Libertadores e copa do Brasil tem que ter um matador .
Faz 3 anos que o Palmeiras tem Borja e deyverson no ataque isso é inacreditável.

Quando são escalados Thiago Santos e Antonio Carlos a tranquilidade acaba. O gol deles, como tantos temiam, foi em cima do Antonio Carlos. Esse zagueiro e aquele volante nem têm qualidade técnica para serem jogadores do Palmeiras. Será que a diretoria vai continuar dormindo até acontecer um desastre? Quanto ao resultado – o Palmeiras jogou com os dois citados, além de outros reservas, um clássico e fora de casa e ainda saiu perdendo – foi bom sim.

Thiago Santos é ruim demais, não tem saída de jogo, mas dependendo da escalação e do adversário tem lá sua utilidade. Antonio Carlos só serve pra fazer o torcedor passar raiva, já deu muitas alegrias para os outros, chega.

Bom resultado aonde eu não sei. O time do São Paulo é fraco. O empate foi num gol espírita senão teria perdido o jogo.

Um São Paulo ridículo desses já tava dando até olé na gente. San Gennaro intercedeu e livrou a cara antifutebol jogado.

Vamos usar a racionalidade….bom resultado….jogo fora…não levantamos morto…ao contrario , estão mais longe do titulo….a sorte do peixe preocupa…mas atè a final da copa do Brasil vai ser assim…

O resultado foi ótimo dentro das circunstâncias. Mas não justifica a escalação mal elaborada por causa de uma partida de Copa do Brasil, que hoje é terceira opção.

Concordo 100%!!!
Resultado bom, mas o time teve mais dificuldade do que deveria pela escalação equivocada!!!!

Resultado que se dane não!!!!
Perder traria um ânimo ruim para a continuação e acabaria com a invencibilidade!!!
Resultado bom e importante!!!

Só me importo com resultado que vem de bom futebol. Se não tem bom futebol, para mim o resultado não importa.

´Felipão foi pior que o Eduardo Batista hoje. Não pode menosprezar o campeonato brasileiro por causa
da Copa do Brasil;

E o Guerra fazendo pênalti pro Santos. Mandem o Borja pro Bahia também.

Essa eu vi e ia comentar aqui. E ainda se machucou no lance, acho que agora só volta no campeonato baiano…

Se o resultado foi ótimo, mesmo a gordura tendo diminuído, beleza. Como quero que os pontos se fo.dam e gosto de futebol, hoje, o que o Palmeiras apresentou foi bem safado, bem fuleiro. Sorte termos Weverton e Volpi. E o Dudu foi o menos pior.

Pra mim resultado péssimo. Jogamos contra um time fraco e só não perdemos por azar do goleiro dos caras. Tivemos o domínio no segundo tempo mas era só toquinho de lado. Espero que domingo ele escale
os titulares em Fortaleza ou já já perdemos a liderança;

Acho que o jogo contra o Ceará será no sábado. Mas não se iluda, na outra semana teremos Godoy Cruz na Argentina, se bobear entra até o Jean em Fortaleza, depois sobra pro choque térmico…

Ótimo resultado. O único problema foi o Santos ter ganho no finalzinho.

Resultado menos pior, mas não bom. Nunca é bom quando nosso perseguidor diminui a diferença.

Com todo respeito ao ótimo trabalho que faz o Sampaoli, nosso campeonato não é contra o Santos. Com a provável vitória dos urubus amanhã, a diferença cairá para seis pontos com os dois confrontos diretos para acontecer, ou seja, campeonato abertíssimo.

Foi sem querer querendo. Felipão tem uma sorte.

Pois é, mas a sorte não vai jogar sempre, é bom deixar o futebol no banco pra entrar eventualmente…

1 – Chute do Pato: com dois passes simples pro jogador mais ao lado, o Bambi já deixou a nossa defesa toda arreganhada e vencida.

2 – Contra ataque do Palmeiras, o Scarpa tenta um chute a 2000 km do gol, com vários jogadores nossos como opção de passe, entrando na área.

O bom de perder agora é a diretoria e o Professor verem q depender dessa ameba desse Deyverson não tem a MÍNIMA condição. Ainda mais nada hora dum mata mata… depender disso, Carlos Eduardo, Antônio Carlos… mais um ano q se gasta mto e se gasta mal.

Pior é que nem estamos jogando mal, em relação ao que costumamos jogar. Mesmos erros de sempre. A diferença é que hoje, pegamos um adversario que saiu na frente no placar. Aí, com nosso parco futebol… fica difícil.

Antônio Carlos e Thiago Santos, o primeiro podem olhar se sai gol ele está na jogada fazendo o de sempre..b….. O segundo está assistindo o jogo de dentro do campo. Não desarma não acerta passe…hj vai ser difícil conseguir pelo menos empatar… Espero queimar a língua..mas tá difícil

Ewerton salvou hj e achamos um gol. Antes de 2014 seria mais uma derrota

1° tempo sem nenhum futebol, nada, zero, apresentado pelo Palmeiras. Simplesmente inofensivo para o adversário. E olha que esse time do São Paulo é bem tristinho também. Se continuarmos escorados na gordura e não jogando nada, sei não, hein? Preoc.upante…

sempre jogamos mal nesse estádio. Aí vem o treinador e faz uma m e r d a dessas. Escala um meio campo pesado, sem criatividade , um zagueiro que está aposentado e outro de série c. Lamentável.

O retrato de um time que não sabe o que faz em campo. Recupera a bola no campo de ataque, se embanana todo, e no perde/recupera, perde/recupera, a jogada termina com o Antônio Carlos fazendo falta e tomando amarelo. Futebol arte…

desde que esse tal de Scarpa chegou ele não acertou uma cobrança de falta. No Fluminense fazia gols direto.

Palmeiras precisa no mínimo empatar esse jogo. Mas pelo jeito vai perder de mais.

Bambi bem mais consciente. Passa a bola onde ninguém está esperando. No gol, se não me engano, pode do Hudson, de cabeça erguida, vendo a infiltração do Pablo e do Pato juntos.

Enquanto isso, a gente com o Deyverson sozinho no ataque, apanhando do quicar da bola…

Equação impiedosa no futebol. Escale jogador ruim e mais cedo ou mais tarde ele tirará do time pontos, vitórias e títulos.

Pois é… 21 minutos se passaram desde o gol… e o Deyveshow já fez mais uma meia dúzia de cagadas, Thiago Santos, Antônio Carlos e Dracena continuam levando 2 anos pra fazer a transição ofensiva…

Vamos combinar que Antônio Carlos e Dracena não dá ! Aliás foram esses dois que fizeram a gente perder a final dentro de casa, com direito a voltinha ridícula que o Matheus vital deu no Antônio Carlos !

Com a palavra o povo que acha que não precisamos de um zagueiro, que o elenco já é grande e qualidicado o suficiente.

Com essa dupla de zaga a derrota é certa. Os dois falharam nos gols. Escalação pífia e desnecessária.

Pois é, se colocar reserva lá na frente o time talvez não faça gol, mas escalar essa dupla de bondes na zaga é pedir pra perder. E justamente uma partida estratégica.

Foi só reclamar… Agora o time que nunca vira jogo, vai ter de se virar pra virar hoje…

8min. de jogo e já estou começando a me irritar com o Scarpa… Não solta a bola, fominha…

O Santos terá uma tabela menos difícil que a nossa até o final do turno. Deveriamos priorizar sempre o brasileiro.

Desses lados aqui do mundo, são 6 e 40 da manhã, de domingo. Verdão, faça valer o esforço de madrugar no meu dia de folga, por favor…

Saindo pra jogar futebol e não ficando acuado, levando sufoco que nem time pequeno, tá valendo.

E hj voltamos ao Brasileirão, com vantagem de 05 ptos para o 2o colocado. Continuo com a expectativa de fazermos mais 20 ptos pra virar o turno com 45 e garantir o título com +35 no 2o turno. Afinal, será campeão quem fizer mais ptos, doa a quem doer.

Pois como gosto do Palmeiras jogando bom futebol, e assaizinho eu já vi o Palmeiras levantar no estádio, não vou me doer por essas mer.das de pontos.

Os comentários estão desativados.