Brasileiro 2019 Internacional 1×1 Palmeiras: de novo prejudicados

O Palmeiras empatou com o Inter no Beira-Rio. 1×1.

Primeiro tempo dos gaúchos. Segundo tempo do Palmeiras.

Mas esse post não vai falar do futebol Vai falar sobre um assunto recorrente. Como meteram a mão no Inter contra o Flamengo no Maracanã na rodada passada era de se esperar que o Palmeiras pagasse o pato.

E pagou.

Um gol anulado pelo juiz com a “ajuda” do VAR. Alegada “mão na bola”. Absurdo! O jogador ia proteger a bola quando sofre o tranco por trás. Cai no chão. Nem mesmo na imagem fica claro se a bola bate no braço dele durante a sua queda. O que seria falta sobre o jogador do Palmeiras virou vantagem. Com o gol, passou a ser uma desvantagem. O juiz foi chamado pelo VAR. E anulou.

Absurdo!

E por que essas coisas acontecem com o Palmeiras? Porque qualquer árbitro erra contra nós e não acontece nada. Absolutamente nada com ele. Ao contrário: talvez seja premiado.

E por que isso acontece? Porque não temos força na CBF, na comissão de arbitragem, nos tribunais desportivos.

Simples assim.

Desse jeito, entreguem a taça aos cariocas.

E do nosso lado, que aqueles que mandam no futebol palmeirense saiam das sombras e tenham força onde é preciso.

Bom domingo, se é que isso é possível.

160 Comments Added

Join Discussion
  1. Lito 06/10/2019 | Responder

    Dá lhes fratello. Poxa cadê todo mundo?

  2. Felippe 04/10/2019 | Responder

    Enquanto nossa torcida fica culpando VAR, CBF, GLOBO e etc… nunca vamos sair dessa mesmice, hoje li em site Palmeirense de que estamos emprestando 60 milhões da CBF para pagar salários desses mercenários amarelões (https://www.nacaopalmeirense.com.br/2019/10/site-alexandre-mattos-limpa-area-para.html) algo esta fedendo no reino da Dinamarca. O buraco é mais em baixo, tem pessoas ficando milionárias enquanto nós pobres mortais sofrendo com um time mediano e caro.

  3. lito 04/10/2019 | Responder

    A “CBF” que merece tantos elogios, reconheceu o erro contra nós. Que novidade. mas e dois dois pontos?
    Fratello se o Luiz Adriano não jogar, dá uma chance ao Ceifador. Deyvinho, Hyoran, Borja não. Já basta o bracinho de jacaré no gol. Dá-lhes verdão.

  4. As vezes, eu não sei pq continuo acompanhando futebol, que coisa nojenta…

    Explico: a CBF acabou de anunciar que não vão ter mais rodadas do Brasileirão em datas FIFA. Ótimo certo? Mas porque só agora, depois de anos e mais anos de todo mundo pedindo por isso? Deixa eu ver, que time tem chances de título esse ano, e foi desfalcado de 2 jogadores? Ahhhh…

  5. Notícias talvez boas (para nós): Arrascaeta fora por pelo menos 1 mês por lesão, e Filipe Luís também lesionado, perde pelo menos 1 rodada. Gabgol desfalca o time em mais algumas partidas pela convocação. O lado ruim, é que o próximo compromisso deles é com a Chape, da Chape eles vencem mesmo com time reserva. Em seguida, outra babá, o Galo. Depois vão visitar o Athletico-PR, se esses 3 estiverem fora ainda, é nessa partida que a gente alcança, isso se não tropeçamos em ninguém até lá.

    • Reynaldo Zanon 03/10/2019 | Responder

      O futebol que o Flamengo apresentou ontem me deixou bem preocupado. Se continuarem jogando assim será difícil para o Palmeiras ganhar o campeonato. Por outro lado, terão vários desfalques de jogadores muito importantes e eles não tem um elenco muito farto. O time titular é ótimo, mas o elenco deixa a desejar. Reservas bastante inferiores. É a chance do Palmeiras.

    • Porco Nervoso 03/10/2019 | Responder

      Não me surpreenderia o cheirinho solicitar desconvocações dos seus jogadores por conta disso e ser prontamente atendido.

      • Reynaldo Zanon 03/10/2019 | Responder

        E o Arrascaeta, que é o maestro do time, se lesionou gravemente. Vai ser operado. Deve demorar para voltar.

  6. lito 03/10/2019 | Responder

    Parabéns “molecada” do sub-17. mais um título, melhor ainda que foi em cima do São Paulo. Ontem o galo perdeu outra. Domingo é dia de passarmos por cima deles. Fratello Hyoran não!!!!!

    • Gustavo Aroni 03/10/2019 | Responder

      Molecada ganhou mais um título? Sinal que vamos às compras de mais baciáveis e que meias-bocas serão quase vitalícios no time, pois quanto mais a base ganha títulos, menos é vista. Apenas timecos sem expressão como Barcelona , River Plate, Ajax costumam testar sua base. Para nós, não vale a pena.

      • Porco Nervoso 03/10/2019 | Responder

        Falando em Barcelona, parece que eles já estão monitorando o Veron, ou seja, mais um talento que nossa torcida não poderá ver no time principal, nem ao menos por uma temporada…

  7. Hum, acabei de assistir os melhores momentos de Grêmio x Cheirinho. Muito, mas muito preocupante. Os caras jogaram na arena do Grêmio e simplesmente fizeram 4 gols, e mesmo que 3 irregulares, foi um massacre, e as jogadas construídas foram muito bonitas, certeiras.

    Se por um lado fica a preocupação, por outro, fica o exemplo, de que com os ganhos atuais do Palmeiras, dá sim, pra montar uma equipe e ter um técnico que vá sobrar no Brasil, e permitir de verdade, sonhar com bi da libertadores, bi Mundial… Mas tem de melhorar e muito, os tipos de contratação que estamos fazendo.

    Estou secando o cheirinho, pois é perigoso eles ganharem, seja Brasileiro ou liberta, imagina o apoio popular, da imprensa… Vai beirar o insuportável. Mas se eles vierem a ganhar a liberta, vai ser interessante ver o desempenho deles contra o Liverpool no Mundial: tentariam bater de frente, ou mudariam o esquema e ficariam encolhidos, tentando um golzinho no contra ataque, que tem sido a tônica nesses mundiais, quando o sul-americano consegue chegar a final?

    • Porco Nervoso 03/10/2019 | Responder

      O Flamengo engoliu o Grêmio.
      Se fosse arbitragem brasileira, o resultado seria no mínimo 1×3.
      Aquele impedimento do Gabigol no 1º tempo jamais seria marcado no brasileirão…
      No Maracanã acho que vai ficar ruim pro Grêmio, espero estar bem enganado.

      • ALEX CEREDA 03/10/2019 | Responder

        Vamos ver se o substituto do Arrascaeta vai manter o nível técnico do time. E o Grêmio tem o time armado pra jogar fora de casa. Mostraram isso a libertadores inteira.

  8. Philipe Frois 02/10/2019 | Responder

    Juizão q não expulsou o Gabigol no último jogo contra os bambis ganhou um prêmio. Vai apitar Palmeiras x Atlético MG…Eeeeeee Brasil, merece mais um 7×1 e mais uns 20 anos de PT….E tem gente que acha que bastidores não ganham jogo, basta trazer o Klop .

  9. Porco Nervoso 02/10/2019 | Responder

    RGT, liberem o áudio das conversas da cabine do VAR no gol anulado do Palmeiras contra o Inter!
    No nosso gol de penalty contra o Vasco vocês liberaram…
    Estamos aguardando.

  10. lito 02/10/2019 | Responder

    Outra coisa, nosso “presidente” “esbravejou” contra o gol que foi anulado no domingo, mas parece não ter força alguma. O lance vai ser enviado para a FIFA. Isso demonstra o que? Saudades do P Nobre.

  11. lito 02/10/2019 | Responder

    Ao ver o River jogar, dá para perceber que do jeito que jogamos, que é planejada as contratações vamos levar mais 200 anos para ganhar outra libertadores. Ao ver o goleiro do River, lembramos que temos o bracinho de jacaré que só cai para trás, ao ver o técnico do River lembramos do Felipão (com todo respeito que merece) jogar para empatar fora e ganhar em casa. Ao ver a raça dos jogadores, e ver o nosso time jogar como se tivesse comido uma feijoada, dá para perceber que ou muda a mentalidade ou vamos ficar eternamente nesta espera.

    • Alexandre 02/10/2019 | Responder

      Você disse tudo. Mudança de mentalidade. Mas parece que estamos um pouco longe disso, não só no Palmeiras, mas em todo futebol brasileiro, principalmente, com essa mania que os grandes clubes pegaram de buscar jogadores famosos em fim de carreira na Europa, pagando uma fábula, sem que os caras resolvam na hora H.

    • Gustavo Aroni 02/10/2019 | Responder

      Se o Palmeiras entra contra um River, na Argentina, com a sonolência que entrou contra o Inter, domingo passado, no Beira-Rio, ia tomar um Sapeca Iaiá pesado, ainda no 1°tempo

  12. ALEX CEREDA 01/10/2019 | Responder

    Fora do tópico, gostaria que o Criscio, se possível, abordasse os temas da venda dos direitos de exploração do nosso estádio pela wtorre, sobre as dividas que a imprensa tem falado um monte e sobre a infame votação dos vitalícios, o que há de verdade nestes temas.
    Abraço.

    • 3vvAdmin 02/10/2019 | Responder

      Alex cada um dos 3 temas mereciam um post específico. Infelizmente a falta de tempo me impediu de escrever antes. Vou tentar escrever algo mais exaustivo nos próximos dias.

      Mas falando de maneira muito sintética.

      Sobre WTorre é direito dela vender os direitos sobre o contrato a qualquer interessado. Não sei se está fazendo isso. Mas suspeito que onde há fumaça, há fogo.

      Sobre nossas finanças não li ainda o balanço publicado. Li um post sobre o assunto. Mas acredito que Ser eliminado nas 4as de final de CB e LIB foi desastroso pro caixa. Além disso gastamos muito mal esse ano.

      Sobre a eleição de vitalícios infelizmente não pude comparecer à eleição na última 2a feira por compromissos profissionais. Mas se fosse lá não votaria em nenhum vitalício. Achei um tanto sem sentido haver uma eleição pra vitalício se há uma proposta de mudanca estatutária em andamento propondo diminuição de cadeiras.

      Se tiver tempo escreverei mais nos próximos dias. Abs

      • ALEX CEREDA 02/10/2019 | Responder

        Obrigado, Criscio. É realmente um contrasenso eleger novos vitalícios quando deveríamos acabar com eles.

  13. Felipão 01/10/2019 | Responder

    Programa de esportes da Bandeirantes (Radio e TV), com certeza, são instruídos para meter a boca no Palmeiras, e na verdade, o que querem é que a nossa financeira desembolse uma grana para a Emissora…….tanto TV como Rádio são pseudos jornalistas fracassados e que nunca chegarão a trabalhar em uma RGT. Fosse eu o Presidente do Verdão contrataria um Ombudsman, assim como foi outrora o Marco Aurelio Cunha para os Bambis.

  14. lito 01/10/2019 | Responder

    O correto é nem dar bola para essa imprensa marrom. Pena o verdão não ter entrado no primeiro tempo, com a mesma determinação que jogou no segundo tempo. Agora Hyoran também mostrou que não dá. Marcos Rocha precisa fazer treinamento específico para subir de cabeça. Mãozinha de jacaré precisa aprender sair do gol. Outra coisa o Fratello tá mostrando vontade em acertar no verdão. Tomara que dê certo.

  15. Porco Nervoso 30/09/2019 | Responder

    E o trabalho de esculhambação da RGT continua.
    No site do GE destaque para déficit nas finanças do Palmeiras.
    E a trinca PCO, Meira Ricci e Sávio afirmando que Gabigol não deveria ser expulso.
    Será que adianta ainda torcer em 2.019?

    • Paraiba 30/09/2019 | Responder

      Eles tem que justifica as ordens e o salário que ganham ,protegendo os 2 times que a emissora patrocina.
      O Messi viu na Copa América como funciona o VAR no Brasil, esconderam o pênalty do Dani no Aguero , a detentora das imagens do VAR na Copa América foi a rede de esgoto.

    • ALEX CEREDA 30/09/2019 | Responder

      Nada de novo no front. Lembra quando fizeram uma parede virtual pra justificar um impedimento num jogo nosso contra os gambás?

      • Paraiba 01/10/2019 | Responder

        Foi na final do campeonato Paulista 2018, nesse mesmo jogo no primeiro tempo , quando tava 1 a 0 pro Palmeiras , o William em posição muito legal ,saiu na cara do gol , ia mata o jogo ,o bandeira marcou impedimento .Não teve nem replay da jogada.
        Essa parede virtual tentou colocar o Antônio Carlos dentro da área, ele fez a falta bem fora da área, só vi isso na grobo a favor do curintia .
        Esse jogo em Itaquera já mostrava a sujeira que iria ser o segundo jogo no Allianz Parque, teve 3 pênalty pro Palmeiras, 1 gol anulado do William por milímetros ,deram 1 pênalti , mas depois de 8 minutos o PCO anulou.

        • Porco Nervoso 01/10/2019 | Responder

          Paraíba, lembro-me muito bem deste jogo.
          No final da partida o apresentador da Sportv dizia que não tinha as imagens deste lance do Willian em posição legal, quando sairia ele e o Borja na cara do gol, e só o Cássio contra os dois. O jogo estava 0x1 em Itaquera e o campeonato provavelmente se resolveria ali. No dia seguinte, pra surpresa de todos, a imagem apareceu!

          • Paraiba 01/10/2019 | Responder

            A escória paulista tá em quarto , péssima notícia pro futebol brasileiro, o presidente deles já avisou “Queremos ser campeão “😅😅😅 vão da aquele jeitinho.
            O vasco foi roubado em Itaquera, domingo, na regra do VAR curintianu ;a mão faz parte do impedimento.
            Reta final do campeonato a tendência é os roubos aumentarem a favor dos afiliados da rgt.

            • Porco Nervoso 01/10/2019 | Responder

              Péssima notícia para o Andres, este ano o sistema quer o cheirinho.
              Assim vai dar bug no VAR, Paraíba!

      • Porco Nervoso 01/10/2019 | Responder

        Essa fantástica e tecnológica parede virtual nunca mais apareceu, tamanha a farsa para justificar o injustificável…

  16. Reynaldo Zanon 30/09/2019 | Responder

    A bola mal resvalou na mão do William, depois foi ao chão, tocou no queixo do jogador e sobrou para o Lucas Lima. Agora eu pergunto: qual foi a vantagem que o William levou ao sofrer falta e a bola resvalar em sua mão? A trajetória da bola não foi alterada, ele não usou a mão para dar o passe ao Lucas Lima. Não se beneficiou em nada no lance, pelo contrário. Sofreu a falta! A anulação foi uma vergonha! Um assalto ao Palmeiras!

    • Gustavo Aroni 30/09/2019 | Responder

      Sinceramente, eu ainda não consegui enxergar essa bola tocando no braço do Willian.

      • Porco Nervoso 30/09/2019 | Responder

        Aroni, com a lupa da RGT, em super slow, dá pra ver a bola bater no braço do Willian DEPOIS que bate na mão do zagueiro deles, praticamente dando uma prensada de fração de segundos na bola. Precisa muita vontade pra anular um gol desse…

        • Paraiba 30/09/2019 | Responder

          Não adianta, aqui no Brasil quem manda no futebol é a RGT, junto com a CBF, fazem campeonato pra curintia e framengu serem campeões.
          Entra ano ,sai ano a vergonha só aumenta , com VAR ficou pior. Tem curintianu dando ordens na arbitragem.
          Quem quiser assistir futebol de verdade sem falcatruas, assista Premier League, Budesliga, La Liga e a Champions League nesses campeonatos não tem curintia, framengu, grobo, VAR /PCO.

  17. Sei que tem um pessoal que não gosta que se apontem erros do time, especialmente se ele foi garfado, mas precisamos conversar sobre esse primeiro tempo.

    Se tivesse começado com a pegada do segundo tempo, teríamos mais os 45 minutos do segundo tempo para buscar o gol e corrigir o resultado, independente dos erros ou acertos do VAR.

    Esses jogadores precisam aprender, a entrar ligados. Eu só fiquei assistindo, vendo as trotadinhas, os piques curtos, a preguiça geral. A lentidão dos passes. A falta de coragem de ir pra cima e arriscar.

    Parece que eles acham que, segurando um 0 x 0, oferecendo o ataque pro adversário, vai ficar mais fácil dar o sangue depois, com o adversário cansado, e chegar a vitória. PÉSSIMA estratégia. É muito melhor exaurir o pulmão desde o começo, alcançando o(s) gol(s), e aí sim, controlando o ritmo e pegada do jogo. Foi assim que o Cuca foi campeão. É assim que o cheirinho está vencendo jogo após jogo.

    • Porco Nervoso 30/09/2019 | Responder

      É a velha mania de se poupar pro 2º tempo, visto que jogamos na 5ª feira e o Inter na 4ª feira.
      Mas pra mim não se justifica.

    • Helder Pereira 30/09/2019 | Responder

      É isso…independente dos erros de VAR, o time precisa render mais, pois tem potencial pra isso… É só olhar a postura neste jogo olhando pros dois tempos!

      Se quiser alguma coisa não só esse ano e sim ano que vem tb, vai precisar correr desde o primeiro minuto pra ganhar o jogo, que é o que o flamengo vem fazendo… e o que deixamos de fazer em vários campeonatos, principalmente em jogos de Copa…

      Não adianta só apontar o dedo pra juizada (que sempre foi ruim e nos prejudicou historicamente) e não olhar pros problemas do time…

    • Thom 30/09/2019 | Responder

      Cara, no intervalo o Mano viu que estava errada e corrigiu. Ele entendeu que não estava bom, nos entendemos tbm.

      Complicado ficar apontando todo e qualquer erro, mesmo os que tenham sido corrigidos…

      Nós viramos o jogo contra o Inter la. Não é qualquer coisa. Só nos tiraram na mão grande

    • Philipe Frois 30/09/2019 | Responder

      PCM51 ,sei q estou sendo repetitivo mas eu particularmente não aguento mais esse time. Não vejo a hora do ano acabar pra trocar no mínimo 80% desses caras. Me irrito demais assistindo jogo do Palmeiras, até já tentei não assistir esse resto de ano mas não consigo, são muitos anos acompanhando o Verdão. Sinceramente, se eu pudesse eu parava de ver futebol até o fim do ano e voltava só ano q vem caso a diretoria reformulasse todo o elenco. Peguei birra desses caras, pra mim a displicência deles é algo surreal.

      • Phillipe, tem problema não kk. O que tá errado, tem de ser cutucando, conversado, exposto, etc, até aprenderem. Se passar a mão na cabeça, o erro continua lá, não é resolvido, e depois estoura na nossa cara…

  18. Helder Pereira 30/09/2019 | Responder

    Se é que dá pra deixar o “erro de arbitragem” de lado, o que ficou do jogo foi que se entrássemos pra jogar o jogo desde o 1º minuto, teríamos mais chances. Quando competimos no segundo tempo, empatamos, tentamos nos equilibrar se arrumando pra sair na boa, e virar o jogo… o que aconteceu aos quase 40.

    Mesmo sabendo das dificuldades, o Inter jogou com 3 reservas… Era uma oportunidade e tanto…

    Esse elenco já mostrou desde 2018 que não tem força psicológica pra reverter jogos grandes e decisivos… Será que era postura dos técnicos anteriores ou de fato com Fratello temos uma mudança? Seria a 2º virada em 6 jogos…

    Sobre a fatídica jogada, falta no William, toque na mão do zagueiro colorado, em seguida toque no braço do William que bate em seu corpo e sobra para o LL assistir BH. Até entendo que não há vantagem após um toque de mão/braço, mas inverter a falta é o final do mundo, o toque só existe em função do movimento natural de queda do corpo…

    Foi um lance muito difícil e duvidoso pra ser olhado em 10 segundos no vídeo… Era lance pra ver em velocidade normal e por todos os ângulos possíveis. -2 pontos na conta.

    • “Até entendo que não há vantagem após um toque de mão/braço, mas inverter a falta é o final do mundo, o toque só existe em função do movimento natural de queda do corpo…”

      – Provávelmente ele entendeu que, para poder anular, tinha de desconsiderar a falta do Klaus sobre o William, caso contrário, na hipótese do lance poder continuar (e na regra há duas exceções previstas, sendo uma delas, o toque de braço em caso de estar em queda causada pelo adversário), ele teria dado vantagem, não podendo anular o gol portanto.

      Enfim, não é confuso, só ficou confuso, porque o árbitro queria um pretexto para anular o gol.

      • Porco Nervoso 30/09/2019 | Responder

        PCM 51, eu ainda não li esta nova regra, sério que tem essa exceção de toque involuntário causado por queda do jogador empurrado pelo adversário??
        Se for assim, o escândalo não tem precedentes.

        • Eu não vou afirmar com toda certeza, mas vi em outro lugar, torcedores conversando sobre isso, um postou um resumo da regra, vou copiar e colar aqui:

          “(…)passará a ser considerada faltosa nas seguintes situações:

          – Mão ou braço acima dos ombro, uma vez que o jogador assume o risco em um gesto antinatural;

          – Aumento da distância da mão ou do braço em relação ao corpo, de uma forma antinatural, ampliando o espaço ocupado pelo atleta;

          – Gol marcado com um toque de mão/braço, mesmo que sem a intenção;

          – Jogador toma a posse de bola com o uso da mão/braço, mesmo que de forma não intencional, e cria uma situação de gol.

          Há exceção na punição para os seguintes cenários:

          – Bola rebatida no próprio corpo ou no corpo de um companheiro/adversário próximo, de modo que não tenha havido tempo de reação para evitar o toque;

          – Quando o atleta cai com a mão ou o braço posicionado entre seu corpo e o apoio no gramado, desde que mão/braço não estejam estendidos de forma lateral ou vertical, distantes do tronco.”

          Deixando claro que não fui eu que li essa parte da regra, um usuário de outro site palmeirense que leu e recortou esse trecho, então existe a possibilidade de estar errado, embora eu não creia nisso.

          • Porco Nervoso 30/09/2019 | Responder

            Eu vi a exceção da regra e já postei, mas caiu na moderação.
            Que assalto!

            • Gustavo Aroni 30/09/2019 | Responder

              Mas no texto original da International Board, em inglês, eu entendi que essas exceções são aplicadas em lances não de ataque (que eles classificam como normais). Em lances de ataque, tocou na mão é falta. Não sei se entendi errado.

              • Helder Pereira 30/09/2019 | Responder

                De fato é necessário conhecer as novas recomendações, com base no texto original e como a CBF está aplicando isso por aqui.
                Caso o ponto abaixo uma recomendação a ser aplicada, teríamos aqui um erro de direito? Cabe impugnar o resultado do jogo?

                “Há exceção na punição para os seguintes cenários:

                – Bola rebatida no próprio corpo ou no corpo de um companheiro/adversário próximo, de modo que não tenha havido tempo de reação para evitar o toque;”

              • ALEX CEREDA 30/09/2019 | Responder

                É isso. As exceções são para a defesa, para o ataque não há. No entanto, o infrator não pode ser beneficiado em hipótese alguma, o que seria o suficiente para validar o gol.
                Mas se prestarem a atenção no árbitro, ele já vai ao monitor sabendo que vai anular o gol. Não demora nem vinte segundos pra rever a jogada e volta.
                Nesse tempo aparece o PCO falando na tv que o Willian leva vantagem na jogada com o toque de mão.
                É surreal.

  19. Porco Nervoso 30/09/2019 | Responder

    Projetando a sequência do campeonato, agora de cabeça fria: Temos apenas 3 jogos teoricamente difíceis fora de casa, sendo que o último é contra o Cruzeiro na última rodada. Os outros dois são contra o Santos e Athlético-PR. Acredito que fazendo a lição de casa, vencendo os outros jogos fora de casa e conseguindo no mímino 3 pontos nesses 3 jogos mais difíceis, dá pra faturar o hendeca. Vamos acreditar, com VAR engolido de atravessado e tudo!

  20. lito 30/09/2019 | Responder

    Fratello, pelo amor de Deus, Borja não. Deixa o Luis Adriano com uma perna só. Não entendi ter deixado o Willian no banco. O Marcos Rocha quando sobe de cabeça dá para passar uma gilette embaixo dele. Olho nesse Patrick do Inter, o cara é bom. Gostei do Fratello falou umas poucas e boas para a imprensa.

  21. Lucas 29/09/2019 | Responder

    Não entendo oq vcs querem dizer sobre força nos bastidores.

    • Porco Nervoso 29/09/2019 | Responder

      08/04/2018, Allianz Parque, isso é um exemplo flagrante de força nos bastidores, se é que eu entendi sua dúvida…

    • Eu não gosto desse conceito, de ser bom de bastidores. Pois, ao meu ver, significa ganhar tratamento especial por ficar adulando mandatário corrupto, safado, etc…

      Mas o que complica, é que o gambá por exemplo, parece ser bom nisso. E se não fizermos também, teremos sempre de ganhar dos 11 deles em campo, mais os 3 caras da arbitragem.

      Então fica essa questão, ser bonzinho e limpo, e jogar sempre em desvantagem, ou sujar as mãos, para poder ter 1 minuto de paz em campo?

      Também deve-se considerar que nem sempre é questão de bastidores. Muitas vezes, o árbitro é só ruim mesmo, caseiro, ou torce pro adversário, mas rouba pra ajudar o clube do coração, não por ter recebido algum incentivo ou pressão de seus chefes.

      Agora, precisamos conversar sobre profissionalização e incentivos corretos para a arbitragem. É o mesmo conceito que deveríamos usar para políticos. Explico: Profissionalização não é apenas registrar em carteira os juízes e dar um treinamento mais aprimorado. Mas criar uma cadeia de escalada para a carreira de um árbitro, um ranking de erros, etc, onde os melhores, que erram menos, podem ganhar mais, serem escolhidos para sorteio para apitar uma final, recebendo um dinheiro a mais por isso. Tem de haver incentivos para que eles não errem. Do jeito que é atualmente, isso não existe, não da forma correta pelo menos. Mesmo errando, não há exatamente um ranking de erros. O que acontece, é as vezes, um árbitro errar feio contra um time grande, um queridinho da CBF ou da RGT, e aí colocam o árbitro na geladeira. São sempre as mesmas cartas marcadas para apitar clássicos ou finais. A escolha do árbitro é mais na base do “agradecimento pelos serviços prestados aos interesses comerciais”, do que meritocracia por errar pouco e estar entre os melhores árbitros. Comparei com política,. pois não sei se vocês sabem, mas uma das propostas do Dória para presidência, era atrelar o salário dos políticos ao quão bem o país fosse. Ou seja, se o país estivesse em crescimento, pib alto, etc, os políticos ganhariam mais. Se estivesse em recessão, negativado, ganhariam menos. Óbvio que eles tentariam burlar de alguma forma, mas é um conceito interessante, de incentivo correto para se fazer as coisas direito.

      Enquanto não tiver os incentivos certos, tanto o futebol quanto a política, vão continuar chafurdando na lama.

    • Eu não gosto desse conceito, de ser bom de bastidores. Pois, ao meu ver, significa ganhar tratamento especial por ficar adulando mandatário corrupto, sa.f.ado, etc…

      Mas o que complica, é que o gambá por exemplo, parece ser bom nisso. E se não fizermos também, teremos sempre de ganhar dos 11 deles em campo, mais os 3 caras da arbitragem.

      Então fica essa questão, ser bonzinho e limpo, e jogar sempre em desvantagem, ou sujar as mãos, para poder ter 1 minuto de paz em campo?

      Também deve-se considerar que nem sempre é questão de bastidores. Muitas vezes, o árbitro é só ruim mesmo, caseiro, ou torce pro adversário, mas rouba pra ajudar o clube do coração, não por ter recebido algum incentivo ou pressão de seus chefes.

      Agora, precisamos conversar sobre profissionalização e incentivos corretos para a arbitragem. É o mesmo conceito que deveríamos usar para políticos. Explico: Profissionalização não é apenas registrar em carteira os juízes e dar um treinamento mais aprimorado. Mas criar uma cadeia de escalada para a carreira de um árbitro, um ranking de erros, etc, onde os melhores, que erram menos, podem ganhar mais, serem escolhidos para sorteio para apitar uma final, recebendo um dinheiro a mais por isso. Tem de haver incentivos para que eles não errem. Do jeito que é atualmente, isso não existe, não da forma correta pelo menos. Mesmo errando, não há exatamente um ranking de erros. O que acontece, é as vezes, um árbitro errar feio contra um time grande, um queridinho da CBF ou da RGT, e aí colocam o árbitro na geladeira. São sempre as mesmas cartas marcadas para apitar clássicos ou finais. A escolha do árbitro é mais na base do “agradecimento pelos serviços prestados aos interesses comerciais”, do que meritocracia por errar pouco e estar entre os melhores árbitros. Comparei com política,. pois não sei se vocês sabem, mas uma das propostas do Amoedo para presidência, era atrelar o salário dos políticos ao quão bem o país fosse. Ou seja, se o país estivesse em crescimento, pib alto, etc, os políticos ganhariam mais. Se estivesse em recessão, negativado, ganhariam menos. Óbvio que eles tentariam burlar de alguma forma, mas é um conceito interessante, de incentivo correto para se fazer as coisas direito.

      Enquanto não tiver os incentivos certos, tanto o futebol quanto a política, vão continuar chafurdando na lama.

      • Paraiba 30/09/2019 | Responder

        Brasil é o País da corrupção, tem deputado que ganhou 32 vezes na nega Sena, debocha dizendo que é sorte, esses dias assessores de um deputado do PT ganham 126 milhões na Mega fraude.
        Os 70 mil políticos no Brasil custam 140 bilhões aos cofres públicos pra manter essa mamata
        desviam dinheiro de medicamentos do SUS, orientam perito do INSS cortar 1 salário mínimo de doente aumentam impostos ,controlam as loterias.
        No futebol é a mesma coisa quem manda a CBF e a RGT, só foi um comentarista de arbitragem que operava o Palmeiras no campo, fala merd@ na transmissão, o arbitro que já iria dá início a partida foi chamado pelo VAR nem com lupa viram o toque de mão do William.
        O comentarista de arbitragem da EI, disse que foi um absurdo a anulação do gol do Palmeiras.
        Tem gente que tem dúvida, quem
        manda no VAR é a grobo e o PCO, só inocente que não enxerga isso.
        O futebol no Brasil vai acabar!

      • Paraiba 30/09/2019 | Responder

        O PCO anulou o pênalty na final do Paulista em 2018 e ontem nem com lupa viram o toque de braço do William.
        O árbitro já iria da reposição de bola pro inter , validando o gol do Palmeiras, a grobo chamou o curintianu pra da um palpite dito e feito anulou mais um gol do Palmeiras.
        Alguém tem dúvida quem manda no VAR?

          • Paraiba 30/09/2019 | Responder

            Engraçado que nem com lupa conseguiram ver o toque no braço do William, teve toque na mão do zagueiro do Inter e a falta no atacante.
            Tem um monte de palmeirenses que cai na conversa furada do comentarista de arbitragem curintianu.
            No primeiro tempo teve um pênalti pro Palmeiras que a bola bate no braço do zagueiro do Inter , não teve lupa, não teve VAR, não teve curintianu dando palpite.

        • ALEX CEREDA 30/09/2019 | Responder

          Só um adendo, a bola bate na mão do bigode depois de bater na mão do jogador do Inter e depois da carga feita. Na continuação da jogada, bate no rosto dele e sobra pro LL que continua a jogada.
          Vamos concordar que a regra tenha mudado e que toda bola na mão de atacante seja falta.
          Deram ontem contra nós. Darão contra o curica e o cheirinho?

      • Reynaldo Zanon 30/09/2019 | Responder

        PCM 51, não é uma questão de “sujar as mãos”, mas de exigir ser respeitado. Tem de “meter a boca no trombone” mesmo!

  22. Lado bom do jogo, nosso segundo tempo foi excelente, lutamos pelo empate e empatamos, continuamos lutando pela vitória e ela veio…… e aí teve o VAR para salvar a pele, não do Inter, mas do Flamengo, que já havia sido favorecido na quarta feira e novamente ontem. Lado ruim do jogo, ou se moraliza o futebol, ou então na boa, vamos passar 2020 disputando torneios internacionais porque se é para ser prejudicado deste jeito, então é melhor nem disputar.

    • ALEX CEREDA 30/09/2019 | Responder

      Quarta deram um pênalti pro cheirinho em que a bola bate no braço do jogador do Inter caído.
      Ontem jogador do Inter leva o braço até a bola e o árbitro não marca, o var não chama.
      Enquanto não se modificar a forma de utilização do var, vai continuar auxiliando aqueles que devem ser auxiliados.

  23. Thom 29/09/2019 | Responder

    Palmeiras foi muito melhor do que eu esperava que fosse. Fez um bom segundo tempo, sinal de que o Mano teve participação nessa melhora. Nem sempre se começa jogando bem, futebol é isso.

    Nem vou entrar no mérito se foi certa ou errada a decisão do árbitro. Mas que existiam bem menos problemas com a arbitragem antes do VAR, isso não tem como negar.

    Pelo menos antes, um erro do juiz podia ser jogado ao acaso. Era uma fatalidade do futebol.

    Agora, pensar que logo após o empate do flamengo e desse mesmo flamengo ter sido beneficiado com uma “interpretação” rodada passada, agora nós somos prejudicados.

    Entendo a opinião do Gustavo Aroni, e até concordo. Mas se colocarmos esse lance no contexto, foi muito, muito estranha a decisão do VAR hj.

  24. Reynaldo Zanon 29/09/2019 | Responder

    Depois do péssimo primeiro tempo, sendo, pra variar, Marcos Rocha o pior de todos (quando o Maike volta?), jogamos bem o segundo tempo, mas hoje, se alguém ainda tinha dúvidas, ficou esclarecido: as cores oficiais do VAR são rubro-negras e em cores berrantes. Uma vergonha!!!

    • AugustoBH 30/09/2019 | Responder

      Compartilho da opinião q Marcos Rocha é horroroso há tempos; pior lateral do mundo na marcação. Agora, esperar q o péssimo MAYKE vá melhorar algo, é ter mta fé… nosso empresário Mattos contratou simplesmente os PIORES refugos dos times d MG nas laterais. Pode perguntar qq torcedor do Atlético e das marias do alívio q foi qdo essas porcarias foram pro nosso Palmeiras.

      • Reynaldo Zanon 30/09/2019 | Responder

        AugustoBH, o problema é que o Marcos Rocha é tão ruim que faz com que tenhamos saudades do Mayke. Mas é claro que para o ano que vem o Palmeiras terá de contratar laterais melhores.

  25. Cade os comentaristas que estavam falando esses dias que o William [e do mesmo nível daquele pseudo jogador dos gambás? Foi o melhor em campo hoje. Não é craque mas é bom e é esforçado.

    • Philipe Frois 30/09/2019 | Responder

      Tô aqui e esse golaço dele hj não muda em nada minha opinião. 2 min antes ele perdeu um gol sozinho na cara do goleiro , chutou fraquinho, parecia meu filho de 2 anos. É por causa dessas muitas falhas q o Palmeiras não está hj na semi da libertas. Ele fez um golaço hj mas eu tbm faria se fosse jogador profissional e jogasse toda semana, uma hora vc acerta um chute desse, o Tadei tbm já acertou, o Alceu tbm já acertou. Mas contra o Grêmio nas quartas de final teve duas chances , uma sem goleiro e desperdiçou as duas. Continuo com a mesma opinião, o Romero na fase boa tbm fazia golaço , dava caneta e o escambau. Não vou ficar passando pano pra esse bando de pipoca. Precisamos de jogadores realmente bons e decisivos. Espero q ano q vem acertem nas contratações.

    • Ele fez um belo gol, mas logo antes do gol, perdeu uma chance bizonha, e depois do gol também estragou várias jogadas.

      Gosto do William, mas ele não é nada muito diferente de um Romero, versão alvi-verde: grosso, mas útil.

      • E ignoraram o tanto que o time melhorou com sua entrada. Ele não tem substituto no time hoje. Joga numa posição de alta exigência física e apesar de ainda não ter voltado a sua melhor fase, vem fazendo boas partidas. O pseudo jogador dos gambás na sua melhor fase, male male fazia gol. Até entendo não achar ele grande coisa, mas do mesmo nível do Romero é um exagero. Agora se estivessem comparando o Deyverson com ele, ai eu teria que concordar e assinar embaixo.

        • Philipe Frois 30/09/2019 | Responder

          Pra vc ver como nosso time é ruim. Realmente melhorou um pouco com a volta do bigode. Isso dá pra ter uma ideia de como anda o nível do ” melhor elenco do país “. Scarpa só dorme, disseram que o Hyorran jogou ontem ( eu não vi ), Luís Adriano faz a festa contra fluminense e CSA, ontem não viu a bola, Dudu erra quase tudo q tenta , Marcos Rocha….ahhh deixa pra lá, não vou perder meu tempo com esse cara não.

  26. Nao acho que fomos garfados. O lance é extremamente interpretativo, não está na regra: o Willian sofreu falta, e dada a vantagem, a bola resvalou ligeiramente na mão dele, de maneira involuntaria. Não acho que devia ter sido dada infração do Willian, mas entendo a avaliação do árbitro. No mais, 1 tempo horroroso e 2 tempo compativel com o resultado de empate!

    • Lucas 29/09/2019 | Responder

      Se o William sofreu falta e não aproveita a vantagem, é falta. Vc é palmeirense. Não caia nesse papinho furado. Fomos roubados.

    • Não gosto de chorar por causa de arbitragem. Mas a má fé é clara, vamos observar a sequência dos fatos e o que o juiz marcou:

      – William toma uma mãozada na cara e um toque no joelho, e começa a cair.
      – No meio da queda, seu braço resvala na bola, braços em posição de queda.
      – O lance segue, e Bruno Henrique faz o gol.

      Juiz vai ao var, e anula o gol, e dá mão do William. Significa que ele tanto não quis validar o gol, quanto ignorou o fato do William sofrer a falta, e dá falta para o Inter. Ele QUIS anular o gol, pois sabe que se marcasse falta no William, que aconteceu, então o gol passaria ser válido, por ter sido uma vantagem no lance de falta. Na pior das hipóteses, ele anularia o gol, mas daria a falta no mínimo. Se prentendermos por 1 segundo, que ele não estava “orientado” a ajudar o cheirinho, ele chegou no VAR, e ficou prestando atenção só no braço do William pra ver se tocava a bola, ignorando totalmente o que mais estava acontecendo no lance ao mesmo tempo (mãozada na cara e contato no joelho ANTES do toque de braço na bola, que por sinal, também foi tocada pelo braço do jogador do Inter).

      Uma vergonha.

      • Guilherme 30/09/2019 | Responder

        Lucas e Primeiro Campeão, é verdade. Esqueci de me atentar ao fato de que ele deveria sim ter dado a falta!!!!! Mudo minha opinião, foi má fé e ele quis invalidar o gol!

  27. Achei o gol bem anulado. O árbitro só errou não marcando a falta no William. Agora que primeiro tempo horroroso foi esse? Nota 0 pra todo mundo. O Weverton tava sendo o menos pior mas falhou ele, Felipe Melo e Marcos Rocha no gol deles. Hyoran nem em campo entrou, depois dessa pode mandar ele embora. No mais, contra o Inter lá, empate é ótimo resultado. Só fica o medo do time voltar a jogar como jogou no 1o tempo.

    • SE você concorda que foi falta no William, então você não pode concordar que o gol foi bem anulado, pois foi oriundo de vantagem na falta. O único jeito de se anular o gol, é ignorando que existiu falta no William, e considerar apenas que ele perdeu o equilibrio e tocou com o braço na bola.

      • Aí é que está o problema. A regra nova que é bem esdrúxula, pra não dizer outra coisa, diz que independente de intenção, bola na mão invalida a jogada. Se invalida a jogada, então independente de ter sido sem querer e após a falta, invalidou o gol. Discordo da regra? Claro que sim, mas ela existe e tem que ser seguida. O erro dele foi não ter dado a falta, pois sem a falta, não teria tido mão.

        • A regra tem também duas exceções para isso, sendo uma delas, toque de mão causado por queda oriunda de ser empurrado ou desiquilibrado por companheiro ou adversário, que foi justamente o que aconteceu.

          Isso, se é que a bola realmente tocou no braço do William, nenhum dos angulos que eu vi, fica muito claro se realmente tocou no braço.

  28. Philipe Frois 29/09/2019 | Responder

    Entrega a taça pro cheirinho logo q esse ano ninguém toma…que garfada heim….mas blz…chega logo fim de ano pra fazer outro time.

Leave Your Reply

Posts antigos, Por Onde Anda, e Links Patrocinados