Categorias
Brasileiro 2020 Resenha dos Jogos

Brasileiro 2020 Grêmio 1×1 Palmeiras: outro empate no fim

O Palmeiras de Luxemburgo empatou com o Grêmio na Arena deles. 1×1.
Raphael Veiga fez um lindo gol no 2o tempo. E quando tudo parecia definido, em um escanteio no último minuto o Grêmio empatou.

Sem muito a falar do jogo. Fraco no 1o tempo. Melhor no 2o. As mexidas de Luxa melhoraram o time. O Palmeiras fez 1×0. Mas o time parou, o Grêmio cresceu, e perdemos mais dois pontos no final.

O campeonato está fraco. E nenhum time está se destacando. O Palmeiras está deixando escapar pontos importantes que poderiam deixar o time na liderança e com folta. Vamos torcer para não fazer falta no final.

Saudações Alviverdes!

45 respostas em “Brasileiro 2020 Grêmio 1×1 Palmeiras: outro empate no fim”

Porco nervoso. Na minha opinião, além do R Gaúcho esse cara seria o ideal. Mas como nossa diretoria é zzzzzzzzzzzzz, ele vai acabar indo para o cheirinho. Ai para nós vem o Geninho.

Como um elenco faz diferença. Ontem o cheirinho desfalcado ganhou o jogo. E os bambis kakakakakka. Pena que não dá para tirar muito sarro deles, porque nosso time também quando aperta……
Hoje o retranqueiro vai com Ramires novamente? Essa fase passamos, mas na outra sei não.Tomara que o Jean Pierre venha e com ele o R Gaúcho. Vitor Hugo nem veio e vai embora. Em relação ao jogo com o cheirinho, tá certo nosso glorioso “presidente” em não aceitar o cancelamento. Aliás esse time que jogou ontem do Flamengo dá trabalho para qualquer um. Se perdermos para os reservas dele, aí o profexô vai para o saco. Por onde anda Anderson Barrozzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz?

Será que amanhã o profexô vai retrancar o time novamente? Sei não, quando mais precisa esse cara entrega. Além do Jean Pierre, traz o Renato para o verdão. Temos uns 15 para trocar, além do glorioso técnico. Acorda Anderson Barrozzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

O goleiro do Vasco realmente se adiantou, mas se eu fosse o árbitro não mandaria voltar só pro bonitão que cobrou o pênalti deixar de frescura e bater com seriedade.

O jogo contra o cheirinho tem que ser encarado como final de Copa do Mundo.
Que pelo menos tentem aproveitar o ambiente péssimo que impera na gávea…
Contra o Guarani do Paraguai não podemos reclamar de um empate, será um ótimo resultado pra classificação.

É possível o Palmeiras vencer no domingo e aí o Luxemburgo ter mais um “título” pra por no currículo deste ano. Aliás, ganhar do Cheirinho em crise ou não é melhor que Copa Mickey. Por outro lado, acho que só uma derrota categórica, seja pra quem for mas principalmente contra o maior oponente brasileiro da atualidade, vai tirá-lo dessa zona de conforto e fazer alguma coisa mudar, e a nossa perspectiva no Brasileiro ser mais do que G-6.

Temos 9 pontos em 3 partidas e dois jogos pra fazer em casa contra times fracos na Libertadores, se tiver que poupar agora deve ser nessa competição. Já estamos carecas de saber que ser “campeão da Fase de Grupos” não dá vaga pra Mundial.

Empates em casa contra Goiás e Sport. Falha do goleiro no último lance contra o Bahia. Gol tomado aos 47 minutos do segundo tempo hoje. Oito pontos desperdiçados de maneira absurda. Estaríamos liderando com folga o campeonato com 26 pontos!

E se não mudar completamente a tática e a velocidade de jogo ofensivo, nem se iludam com mata matas. O gol aos 49:59 do segundo tempo na final do paulista foi uma amostra ( com final feliz) do que será o Palmeiras em todos os campeonatos. Luxa ganha um torneio de totó já infla o peito e começa a dar entrevistas, dar declarações “de impacto”, é o mundo dele. Ele gosta. Na Fox voltou a passar recibo para o Jesus e para o Figo. Ele sempre foi assim, só que agora não tem Marcos, Cafu,Antônio Carlos,Cléber, Roberto Carlos, César Sampaio, Mazinho,Zinho,Alex,Rivaldo,Djalminha,Evair ,Edmundo e por aí vai para resolver os jogos. Luxemburgo tem o ego gigante,sempre teve e sempre vai ter. Primeiro ele e só bem depois o clube. A cada clássico ou jogo médio que o Palmeiras ganha ele estufa o peito e vai todo feliz dar entrevista pra todo mundo. E no campo é isso. 2 ou 3 jogos de razoável pra bom e o resto, vários jogos medonhos e pontos perdidos. Ao final da eliminação em cada campeonato ele vai dizer que foi um ano atípico mas que o time foi bem e ganhou 2 títulos. Aliás, a futura presidente ( que tem ego parecido) pensa igualzinho a ele. O Galliote é como o Tirone. Café com leite. Só parece ter mais pompa.

Ótimo descrição. Mas você quase me fez desistir de acompanhar o time, aí cortar o nome de tantos ex jogadores históricos hehe

Os roteiros das partidas do Palmeiras nesse Covidão-2020 parecem os da série Velozes e Furiosos, de vez em quando pinta algum ator parrudo ou uma beldade diferente, mas a essência é a mesma e todos acabam de forma idêntica. O pior é que a gente assiste mesmo já sabendo o final e que o diretor é medíocre.

Fluminense, Goiás com Covid, Bahia, Inter reserva, Sport com um a menos, Grêmio esfacelado. Escolham em que parte o Vin Diesel vai entrar e passar o trator. Ah, e os furiosos somos sempre nós, os torcedores…

Mais um resultado negociado pelo “ex estrategista,ex medo de perder tira vontade de ganhar” Luxa.
Um título ao alcance das mãos sendo jogado fora a cada gol óbvio tomado nos finais de cada jogo.

Já faz algum tempo que ele mudou esse mantra para algo do tipo “O medo de perder o emprego me faz tirar atacante pra botar zagueiro e garantir resultado no final do jogo”.

O Luxemburgo sabe que esse Palmeiras é o último capítulo da sua carreira em clubes grandes com potencial para ganhar algo relevante. Se não for fabricar cachaça e insistir na profissão, daqui a alguns anos estará no Figueirense tentando subir da Série C ou no Atlético Goianiense tentando voltar pra Série A.

Domingo que vem tem Palmeiras e Flamengo. Os dois últimos encontros entre essas equipes resultaram em demissões de treinadores.

Luxemburgo era sócio ,manager ,dono sei lá o que daquele time do Yraty do Paraná, em 2008 trouxe craques como o zagueiro Gladystone, o lateral direito Fabinho Capixaba e o volante Jumar. A Mancha Verde kkkkkkk adorava esses jogadores.
Coloca o Victor Hugo e toma gol no último minuto com 3 zagueiro em campo . Tá pintando tragedia na libertadores .

Se eu fosse o Galiotte e o Barros, tratava de fazer uma proposta e garantir o treinador do Dell Valle imediatamente. Antes que Grêmio, Fla,Corinthians ou SP ou façam. Ele gosta de jogo vertical, rápido, triangulacoes rápidas, estimula o time a fazer um e cair pra dentro do adversário para fazer mais. Deu uma surra no Flamengo sem dó e ainda deixou claro, “como time somos muito melhores que eles.” Posso queimar a língua mas ele vai ser dos grandes mundiais. Tem conhecimento,preparação e personalidade para isso. Vai mais longe que o Sampaoli que é uma encrenca ambulante. Que algum conselheiro sopre no ouvido do Galiotte, não podemos perder esse cara. A próxima grande equipe das Américas será treinada por ele. Detalhe, botou o Corinthians na roda ano passado, aqui em SP. Que algum conselheiro que tenha acesso ao presidente e à presidenta Leila, consiga os convencer a fechar com ele agora. Mesmo que seja para apresentar ano que vem. Se demorar tenho certeza que Flamengo,Boca,Gremio e Corinthians já estão em contato.

Acho que se depender dos nossos modernos e antenados “consiglieri” é mais fácil contratarem novamente o Dorival Júnior por ser sobrinho do Dudu, o Celso Roth porque ganhou a Libertadores de 2010 ou o Carpegiani pelo título mundial de 1981.

Seis jogadores do Cheirinho estão com Covid, além dos contundidos e suspensos. A chance de levarem um couro do Barcelona genérico no meio de semana é grande. Daí domingo o pofexô fecha o caixão do catalão e garante mais seis meses de emprego enrolando o torcedor com papo de invencibilidade e botando a culpa nos jogadores pelos pontos jogados no lixo. E na semana que vem o Miguel Ángel Ramírez vai parar na Gávea.

O dono do time do Dell valle é cheio do dinheiro, já garantiu que o treinador espanhol não sai de lá esse ano. O negócio é agente reza um terço e acreditar no novo Luxemburgo, no novo Felipão, na volta do deyverson. Olha o Keno fazendo hat trick pelo atlético mg, o Galiote nem pra tenta negociar a volta do atacante.

O Keno faz a festa contra Atlético Goianiense, Avaí, Santa Cruz, América Mineiro e esses times, e parte da torcida só lembra disso. Que eu saiba não houve uma partida “grande” em que ele tenha sido decisivo. Vi alguns jogos seus pelo Galo, não mudou nada. É melhor que o Rony, sem dúvida, mas isso eu também sou, com o dobro da idade (e do peso) dele…

Chega de “revivals” com trintões, se for pra gastar grana que tentem jogadores como o Jean Pyerre do Grêmio, ou então tragam de volta o Angulo, que nem chance teve por aqui.

Tu acha que se o Luan prestasse o grêmio teria vendido pro curintia? Esse Jean Pierre se fosse craque, o grêmio já tinha estipulado multa de 200 milhoes e negociado com algum time grande europeu, não negociaria com time brasileiro. O Keno tá jogando com um treinador que busca o gol o tempo todo , no Palmeiras ficava no banco do Cucagão foi ser titular com Roger, aliás a torcida do Palmeiras tá queimando o Scarpa que nem tem alguma chance de titular; melhor canhoto do elenco , queimando o Bruno Henrique por falta de treinador gabaritado.

Profexo vai fazer vídeo no you tube de como ensinar a fazer peixe assado. Chega. Fora. Acorda galinhote. Acorda Anderson Barrozzzzz.

Que novidade…. levar gol depois dos 40 do segundo tempo. Que palhaçada. Se contentar co paulistinha e copa florida e mais nada esse ano.

V.TN.C.
+ 2 pontos pra lata do lixo!! Não percam a conta.
O pior é que todo palmeirense sabe o desfecho, não adianta cruzar os dedos.

Mais um jogo com a Vitória na mão e entrega o empate no final… Esse time não dá. Não vou perder meu tempo criticando o Luxemburgo pq tô achando que ele tá fazendo um trabalho até razoável com esse bando de jogador b.u.r.r.o q tem na mão. Treinador não entra em campo. Quem joga são esses b.o.s.t.as q ganham uma fortuna e por isso o dever deles é ter atenção e manter a pegada até o final do jogo. Tá feio , acho q nunca vi tanto jogador medíocre no futebol como estamos vendo agora.

Ele fez o certo ! Fez as substituições corretas . Botou o time pra frente pra fazer 1×0 e depois botou o Victor Hugo com mais de 40 do segundo tempo pra segurar a Vitória por 7 ou 8 minutos. O problema é que hj em dia tem muito jogador i.d.i.o.t.a . Os caras não sabem tocar bola. E no último escanteio do jogo me deixam 1 jogador baixo do adversário completamente livre, era só ter algum i.m.b.e.c.i.l colado nele q não tomariamos o gol. Não vejo culpa do Luxa no jogo de hoje.

Respeito sua opinião, mas ele entra com medo, acha um gol e ao invés de continuar atacando, ele arrega… Com esse pensamento, não vai longe na obsessão.

Bom, não adianta né? Nós acabamos assistindo, ficamos com esperança, parece que os 3 pontos vão vir, e é a terceira vez no campeonato que, tomamos o gol de empate nos acréscimos. Falta concentração, falta treinador, faltam jogadores diferenciados. Não vale a pena confiar em gente não confiável. Simples assim…

O Palmeiras é um time que entra em campo por obrigação de cumprir a tabela do campeonato.
Sem vontade e sem comprometimento de vencer de conquistar os 3 pontos.
E assim a conquista do campeonato vai ficando mais distante.

Vamos lá…

Tática do dia: fechar e contra atacar.
Resultado: não acerta 1 contra ataque sequer…

Piores do dia: Gabriel Menino, Rony: ambos não aceitam um passe, um chute, um lançamento. Rony é ainda pior, adepto do “ou eu corro, ou eu penso, os dois não dá”. Corre, tem ótimas oportunidades, estraga as jogadas passando pra ninguém.

Viña voltando a forma, Gomes e Felipe Melo bem, Danilo é o tipo de jogador que pena diferente, de uma maneira boa: recebe e já gira pra ir pra cima, em vez de devolver pra trás. Se continuar assim, vai encontrar ótimas oportunidades pro time.

Juiz: até aqui, estou gostando muito, deixa o jogo rolar, não dá faltinhas.

Ponto negativo: essa porcaria de cultura da malandragem, do jeitinho. Ambos os times, festival de se jogar no chão, fingindo que tá com dor, pra influenciar o árbitro. Nojo da mentalidade desses caras.

Jogo horrível.
Rony voltando ao normal.
Para o 2.o tempo, sai Ruimny e G. Menino (para não ser expulso) e entram Veron e Wesley, pelo amor de Deus!

E bota horrível nisso. Não sei se em algum lugar informaram o tempo de bola rolando no primeiro tempo, mas não deve ter chegado a 20 minutos.

O Luxemburgo vai se sustentando com um resultado relevante aqui outro ali e a invencibilidade, mas uma hora essa acaba e não vai sobrar muita coisa no repertório. Pena que as opções disponíveis sejam tão ruins, pois precisamos de ideias novas, chega de insistir com Ramires e Rony.

Vamos lá…

Tática do dia: fechar e contra atacar.
Resultado: não acerta 1 contra ataque sequer…

Piores do dia: Gabriel Menino, Rony: ambos não aceitam um passe, um chute, um lançamento. Rony é ainda pior, adepto do “ou eu corro, ou eu penso, os dois não dá”. Corre, tem ótimas oportunidades, estraga as jogadas passando pra ninguém.

Viña voltando a forma, Gomes e Felipe Melo bem, Danilo é o tipo de jogador que pena diferente, de uma maneira boa: recebe e já gira pra ir pra cima, em vez de devolver pra trás. Se continuar assim, vai encontrar ótimas oportunidades pro time.

Juiz: até aqui, estou gostando muito, deixa o jogo rolar, não dá faltinhas.

Ponto negativo: essa porcaria de cultura da malandragem, do jeitinho. Ambos os times, festival de se jogar no chão, fingindo que tá com dor, pra influenciar o árbitro. Nojo da mentalidade desses caras.

Recuperar os pontos perdidos da última rodada. Esse tem que ser o pensamento e a postura dentro de campo. Só os 3 pontos interessam.
O adversário virá cheio de desfalques e praticamente um time reserva.
Vencer hoje nos deixará na vice-liderança.
Boa sorte Palmeiras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *