Categorias
Brasileiro 2020 Resenha dos Jogos

Brasileiro 2020 Fortaleza 2×0 Palmeiras: tá feia a coisa

Talvez a imagem mais representativa deste Palmeiras de hoje foi a expulsão de Gustavo Gómez no final da partida. Descontrole, destempero, brigando com o foco errado.

O ano de 2020 vem sendo pro palmeirense como o ano que regredimos 5 anos. Um elenco desmanchado, mal treinado, sem confiança, com alguns jogadores preguiçoss, outros sem qualificação e ganhando muito e poucos que podem representar nossas cores.

Esse é o Palmeiras de hoje. Esse foi o Palmeiras dessa derrota por 2×0 para o bom time do Fortaleza.

Sem mais…. apenas aguardamos o novo treinador. Que não será Deus. Será alguém que terá muito trabalho para reverter esse quadro.

Saudações Alviverdes!

126 respostas em “Brasileiro 2020 Fortaleza 2×0 Palmeiras: tá feia a coisa”

As vezes é engraçado ler o 3VV!
Se tivéssemos o 3VB lá na Espanha com a turma do 3VV ia ser engraçado a turma pedindo jogador, descendo o p.a.u. no Messi e dizendo que o clube é uma vergonha e que os últimos nua últimos 5 anos foram porque não bateram em ninguém.
Ahh tem mais! Que eles perderam a chance da supremacia no futebol europeu…

A SEP deve mas de 200 mi p Crefisa, se mandar os medalhões vai ter que pagar a divida. Estamos f….hj é presidente série c, diretor esportivo série d…Tem que ficar na série A e evitar goleadas, o resto é lucro.

Se vier o Santien vai ser um avanço absurdo. Um aposta muito boa.

Pra quem tá falando de 8×2, não acompanha o futebol europeu. P Sampaoli foi uma vergonha com Messi, Aguero, etc…. E aqui no Brasil ele deita e rola.

São as ideias dele que importam. É muito melhor contratar um cara Ex-Barcelona que tomou 8×2 do que um cara que treina o Ceará.

Espero muito q seja verdade. Fora que seremos notícia no mundo todo.

Particularmente, acompanho mais futebol europeu que muito bacana que se acha entendido, e que inclusive chama justamente quem aprecia o que se faz lá no outro lado do mundo (algo completamente diferente do que se pratica em campo por aqui, mesmo com as mesmas regras) de “nutella” ou outros adjetivos depreciativos. Sendo assim, fico tranquilo para dizer que o selo “Treinou o Barcelona” não tem sido necessariamente símbolo de qualidade incontestável nas últimas temporadas.

A goleada humilhante em si é uma parte do problema – nestas últimas semanas o Klopp levou de 7 e o Guardiola de 5 de equipes coadjuvantes, nem por isso viraram porcarias. Aquele placar de 8×2 foi apenas a cereja do bolo no relacionamento do Setién com o elenco envelhecido e acomodado do Barcelona e sua diretoria extremamente incompetente. E é exatamente essa equação – acomodação vezes incompetência elevada à falta de paciência da torcida – que ele não soube resolver por lá e que reencontraria aqui, então de antemão a chance de fracasso seria ainda maior do que eventualmente com o Ramírez. Além disso, ele é treinador há quase 20 anos e só teve algum destaque agora.

No mais, não resta dúvida de que a maioria dos treinadores que trabalham nas principais ligas da Europa acrescentaria muito ao nosso deserto brasileiro de ideias, mas isso exigiria pré-requisitos táticos que nossos jogadores não têm nem querem, em sua maioria, ter. O caso do JJ no Flamengo foi exceção, e acho difícil que aquela harmonia perdurasse intacta por mais de uma temporada. Mesmo assim, não vejo algo de tão excepcional no Setién que não possa ser encontrado em outro lugar (que não o Ceará!) mais contextualizado com a nossa realidade e com menores chances de ser um fiasco. É só uma opinião, mas não acredito que ele sobreviveria três meses no Palmeiras.

O nome que circula na imprensa agora é o do espanhol (parece que virou fetiche) Quique Setién, que há algumas semanas foi demitido do Barcelona após a derrota de 8×2 para o Bayern. Sendo ou não notícia da sessão “fofocalizando”, não deixa de haver uma certa coerência dessa diretoria. Pouco mais de um ano depois de demitir o principal responsável pelo maior vexame da história da Seleção Brasileira o clube pensa em contratar um dos protagonistas do maior vexame da história do Barcelona…

Parece piada sim, mas totalmente de acordo com as ações dessa diretoria nos últimos anos, sem dúvida. Vocês duvidam eles contratarem esse cara? Antiquado, rodado e sem nenhum título na carreira. É a cara do bananote e asseclas!

É sério que se por acaso vier o técnico que saiu do Barcelona vc acha ruim?

Olha Yoda, eu tô esperando Guto Ferreira e Abel. Se vier esse europeu aí vou rezar e agradecer, pq olha…

Hoje seremos “tri-campeões” dos pontos corridos da Libertadores!!
Só falta não ganhar do Tigre banguela…
Aí tem que fechar as portas!

Pois é, mas pra quem bota até “Florida Cup” no currículo, “campeão da fase de grupos” não fica muito longe, não. Sendo tri, melhor ainda.

Havia um tempo em que o time de melhor campanha na primeira fase do Paulistão ganhava vaga na Copa do Brasil, a gente poderia sugerir a mesma coisa na Libertadores em relação ao Mundial, vai que cola…

Nem brinca, vai que eles gostam da ideia e mandam esse time do Palmeiras já no próximo mundial…

Porque bons profissionais não querem trabalhar no Palmeiras?
Porque estão dizendo não ao Palmeiras?
Porque será?
Alguém sabe?

O Ramirez não disse “não” ao Palmeiras, Aceitou, mas queria vir só no no que vem, pós-Libertadores. É diferente. E o Palmeiras não pode esperar todo esse tempo.

Palmeiras trouxe Anderson Barros depois de receber o não do Rodrigo Caetano, o não do diretor de futebol que está no Bahia e no Red Bull.

Tudo “pipoqueiro”. Dirigentes e técnicos de times pequenos sem capacidade e, principalmente, coragem de pilotar um Boeing como o Palmeiras, onde sabe-se que haverá enorme pressão por resultados.

Não pode esperar por quê? O discurso não era ir atrás de uma filosofia, de um “DNA”? Se o profissional que pediu um tempo para terminar outro trabalho foi o alvo, por que não entrar num acordo com ele, trabalhar com alguém indicado interinamente e depois tocar o projeto? Simples: porque não há ideia alguma, projeto algum, qualquer rumo que seja. O negócio é ganhar a próxima partida e valorizar atletas da base pra que possam ser vendidos logo e assim o clube conseguir “zerar” o quanto antes a sua dívida com a patrocinadora influencer e futura presidente. O resto é balela.

Concordo LGO. Tem um pessoal no Palmeiras (sejam torcedores, sejam conselheiros), que é de uma burrice sem tamanho. Tudo fizeram para atrapalhar as relações com a Parmalat. Depois, foram radicalmente contra a construção d Allianz Parque e agora “a Crefisa é a culpada”. É dose.

Sem querer passar pano pra diretoria, que é de longe a principal responsável pela fase em que vivemos.

Mas a torcida também precisa entender seu papel.

Pedimos a cabeça de jogadores, técnicos e do diretor de futebol. Enchemos o saco até demitirem. E olha que nenhum deles fez o Palmeiras passar vergonha, apenas não “ganhavam tudo” ou não jogavam “futebol bonito”. Nos achamos o Bayer e só estaria bom se tivesse 100% de aproveitamento no ano.

Agora temos um clube em que só as terceiras e quartas opções aceitam trabalhar, porque sabem que a torcida vai pedir a cabeça na terceira semana de trabalho e vai xingar a esposa e os filhos no Instagram quando perderem.

Tai, um esforço coletivo de diretoria e torcida pra jogar a gente de volta pra 2002.

Mas muitos jogadores, principalmente os medalhões, merecem ter suas cabeças pedidas. Muitas (senão na maioria) das vezes deitam nos seus milionários contratos, fazem corpo mole, derrubam treinador, racham o elenco. E a culpa disse é dos dirigentes (todos os clubes) que deveriam fazer contratos de dois anos no máximo, e metade do rendimento por produtividade.

E quanto à molecada, foi o que o Marcão disse uma vez(e serve principalmente para o seu Patrick de Paula), algo do tipo: quando o jogador chega no profissional, faz seu primeiro contrato, vai e compra um carrão e pensa que não precisa mais jogar futebol. Não. É agora que tem que jogar mais futebol ainda.

Depende a qual parte da torcida você se refere. Nós, torcedores comuns, reclamamos aqui e nas redes sociais mas não apitamos nada. Somos até “esquizofrênicos”… Mas existe aquele naco de torcida, que durante a administração do Nobre também apitava nada mas que hoje manda mais que o presidente, que intimida família de jogador e joga pedra em ônibus sem que um único boletim de ocorrência seja lavrado pelos envolvidos e ameaçados. Quando o Galiotte vem a público anunciar que buscará um treinador “com o DNA do Palmeiras”, ele não está “prestando contas” ao Thom, ao Porco Nervoso, ao Gustavo Aroni nem ao Yoda, mas à liderança da Mancha Verde. Quando quem sustenta financeiramente o clube apoia esses caras e os responsáveis pela gestão se tornam reféns deles, aí fica tarde pra querer domar o monstro que foi criado.

No final das contas, voltamos ao mesmo ponto de partida, ou seja, toda essa situação se deve à incompetência administrativa, e todos os problemas decorrem dela. Não dá pra aliviar uma grama desse peso.

Não me refiro a ninguém aqui não, esse é realmente um espaço pra trocar idéias e debater opiniões, mesmo. É saudável.

Mas hoje, a torcida não precisa mais entrar no CT e ameaçar jogador. Ela massacra o cara e a família em redes sociais. E aí, pode ser bom ou ruim, não merece isso. E joga contra o clube.

Já passaram jogadores bem medíocres por aqui, que ganhavam muito, como o Aroni citou. E realmente tinham (e ainda tem) que sair com clube pra nunca mais voltar.

Mas a forma como isso acontece hj, e não só no Palmeiras, é desproporcional. Futebol é um jogo. Só isso. Entretenimento. Se gosta, assiste, se não gosta, não assiste.

Hoje em dia as pessoas reclamam absolutamente de qualquer coisa que as desagrade, como se a vida delas dependesse disso. É uma maluquisse.

Palmeiras não merece que alguns perebas ganhem o que ganham, mas precisa ser um lugar onde as pessoas gostem de jogar. O Dudu é um exemplo. Não é craque, mas foi importante em muitos títulos. Ao invés de boa parte da torcida reconhecer isso, batem na tecla de que ele não era craque mesmo então foi até bom sair.

Aí eu te pergunto. Se vc é um jogador bom/excelente, vc quer ir pra um lugar onde vai ser ídolo ou pra um lugar onde a torcida vai apedrejar seu carro?

A forma como as pessoas acham que o futebol é a coisa mais importante do mundo é a parte menos atraente do futebol pra mim. Como o Aroni também vivia dizendo aqui, gosto mais de futebol do que do Palmeiras. Mas ambos estão agonizando.

Acho que nem precisa ser jogador. Em qualquer ramo de atividade, mesmo que você queira crescer profissionalmente e até ganhar um salário melhor, quando percebe que o lugar que te quer é uma bagunça total e um cemitério de boas ideias você cai fora. É o que já “gastaram a tinta da caneta” de tanto escreverem aqui: nada disso é por acaso, apenas a colheita do que foi (muito mal) plantado.

A cobrança da torcida do Palmeiras é simples
, ser Campeão Mundial ? Se é louco cara! Nosso time é gigante , ganha brasileiro , copa do Brasil , mas se não ganha libertadores? Aliás só uma libertadores né ? Aí já não presta ? Pelo amor pessoal ! Mandaram o Matos embora e trouxeram esse leitão ai que não consegue comprar nem uma mosca na padaria ! Kkkk Vamos baixar a bola e valorizar nossas conquistas e mundial quero ganhar também , mas se não ganhar não é o fim do mundo não !mandaram o pofexo embora mas foi o último destes caras que acabou com a vergonha que estava essa porra de perder pro Corinthians toda hora !!!

Após um merecido descanso, nossos craques voltam ao jogo hoje. Coitados precisavam descansar. Quanto ao técnico, já que o Espanhol não vem, o que já era de esperar, pois infelizmente quem comanda o verdão hoje é B3 (bananote), B4 (Anderson Barrozzzzzzz), além da volta daqueles que o Paulo Nobre afastou. Na minha opinião o Palmeiras deveria ir até os sardinhas e trazer o Cuca. Basta dar carta branca a ele, para dar um limpa nos paneleiros que o derrubaram e reformular o time. Mas pelo jeito se depender desse comando competente que temos hoje, podem escrever: Oswaldo de Oliveira vem aí. Estamos de volta as trevas. O clube de bocha voltou.

O indivíduo que está presidente conseguirá entrar para a história como o pior de todos.
Com a convicção de sempre não duvidem que o próximo treinador seja Abel Braga (antigo sonho) ou até Marcelo Oliveira.
Hoje contra o Tigre novamente o auxiliar de serviços gerais comandará o time com o “reforço” do ex-jogador FM mais LL, RV. É o fim da picada.
Enquanto isso a nossa imprensinha sem vergonha faz a festa: Ramíres era uma aposta o Ceni não; o “Pokerxô” não era aposta? o que fez de bom nos últimos 15 anos? desaprendeu, só isso.
Mais um ano de “Gallidiote” e depois, muito provavelmente, Tia Leila; que não duvidem, poderá ser até pior.
Que venha Paulo Nobre novamente.

O Palmeiras neste ano conseguiu ganhar taça dentro de avião, ser campeão paulista sem vencer um clássico marcando apenas um gol nos cinco que jogou e passar vergonha de ser esnobado pelo segundo treinador estrangeiro seguido num curto período – e olha que os nomes envolvidos não eram os de Mourinho, Zidane, Klopp ou Guardiola, mas de profissionais que pouquíssimos clubes acima da linha do Equador e a leste do meridiano de Greenwich sequer conhecem.

Como ficará provado mais uma vez que esse discurso de buscar treinador com o “DNA do Palmeiras” era pura balela – o real motivo sempre foi trazer alguém que tivesse conseguido complicar o Flamengo de um ano pra cá – essa diretoria insana voltará à estaca zero (valor por sinal equivalente ao seu desempenho desde janeiro de 2017), e nomes como Gordiola e Abel vão pipocar na porta da Academia.

Tirando todo o azedume que qualquer torcedor palmeirense possa ter neste momento, é hora de pensar seriamente em fazer logo os tais 45 pontos. A prioridade não é mais conseguir Mundial pra acabar com uma piada ridícula, mas evitar que um raio devastador caia pela terceira vez seguida no mesmo lugar neste século. E hoje esse perigo é real.

Pra completar o quadro, só falta agora o Independiente Del Valle se classificar em segundo no seu grupo amanhã e ser sorteado como adversário do Palmeiras já no primeiro mata-mata na sexta-feira. Obrigado por tudo, Galiotte!

Ta identico a novela pra contratar diretor de futebol. O atual era a quarta opção porque nenhuma das outras 3 quis vir pra cá. Tem algo de muito podre no reino do Palmeiras.

Galliote e sua g4ngu3 conseguiram a façanha de fazer com que eu sinta vergonha de torcer para o Palmeiras, nem nos descensos eu tive tal sentimento. A situação grotesca envolvendo toda essa negociação talvez só é comparada com o episódio vergonhoso do ataque ao ônibus do clube no ano passado.

É impressionante a terra arrasada que essa maldita gestão Galliote/Barros/Leila está praticando no clube. Se a torcida que ama esse clube deixar essa situação se prolongar, temo que a destruição do Palmeiras possa ser algo irreversível em um futuro próximo, nem o Paulo Nobre poderá dar um jeito depois.

IMPEACHMENT GALLIOTE JÁ! FORA CASAL CREFISA!

Ah fala sério, Reynaldo Zanon. Ou vai me dizer que não sabe quem manda de fato no Palmeiras desde 2017?

A Crefisa não é a única empresa do mundo, e o Paulo Nobre com seu conhecimento e prestígio no meio financeiro (assim acho eu) tem condições de buscar outro patrocinador forte, é só não inventar xing-ling lava-nota e fazer as coisas limpas e claras que dá certo.

Não dá pra saber o que vai acontecer depois que a Leila passar eventuais seis anos na presidência. Podemos ganhar seis mundiais, ou parar na Série C. O investimento no futebol pode ser inimaginável, mas talvez resolvam apostar mais em escola de samba. O presidente da principal organizada do clube poderá sucedê-la no poder. Mas uma coisa eu acho quase certa: se não forem feitas as devidas mudanças na estrutura de administração do clube, no final de 2027 poderemos ser o que o Fluminense se tornou após a saída da Unimed, por isso é bom abrir os olhos.

Concordo LGO. Tem um pessoal no Palmeiras (sejam torcedores, sejam conselheiros), que é de uma burrice sem tamanho. Tudo fizeram para atrapalhar as relações com a Parmalat. Depois, foram radicalmente contra a construção d Allianz Parque e agora “a Crefisa é a culpada”. É dose.

Perdemos a disputa de técnico com o Dell Vale. É isso.

Gritavam “Fora Mattos” a torto e a direito… Agora tá aí.

A culpa dele ter trazido pereba não é dele. É que não não supervisionou o trabalho dele. Era o melhor contrator do Brasil, se ainda não for.

Mas o Palmeiras é um cemitério de talento… Pqp

O Matos era bom, pq ele podia despejar a quantidade de dinheiro que desse na telha, pra trazer quem for (Carlos Eduardo e Felipe Pires, por exemplo). Agora está havendo contenção de despesas. Não querendo defender o Anderson Barros, mas temos de considerar todo o contexto. Aliás, a complicação financeira atual, que dificulta oferecermos dinheiro em quantidades inegáveis, é justamente das contratações milionárias que não deram retorno financeiro, equivalente ao que foi gasto. O Matos gastou a rodo (Borja, por exemplo), e agora estamos devolvendo esse dinheiro pra Crefisa (bom, aí é culpa do Ministério Público, que por algum motivo, o Estado se acha no direito de intervir em negócios feitos de livre e espontânea vontade das pessoas). Mas concordo com o resto das críticas da torcida. Mesmo contendo despesas, estamos piores que times com mais dívidas, menos recursos, e sem nossa estrutura. Inaceitável.

Nos anos 1990 o Brunoro era um gênio com o cheque em branco da Parmalat nas mãos, bastaram alguns meses com o orçamento que o Palmeiras tinha em 2013 para ver o quanto realmente era “jenial”.

Não dá pra comparar o Mattos com o Barros, simplesmente porque o segundo tá mais pra nível de zelador de prédio, com todo respeito que estes merecem. Mas não dá pra negar que o negócio do Mattos é gastar dinheiro, não montar elenco sozinho e com absoluta autonomia, contratando quem ELE acha bom negócio, não necessariamente bom jogador. E vamos combinar: com a chave do cofre, eu também acertaria pelo menos meia dúzia de vezes entre mais de 60 contratações, né?

Os comentários estão desativados.