Categorias
Brasileiro 2020 Resenha dos Jogos

Brasileiro 2020 Luxemburgo 0x2 São Paulo

O título do pós jogo fala por si.

O treinador perdeu esse clássico.

Perdeu porque o time continua mal treinado e sem jogadas de ataque.

Perdeu porque escala cada jogo uma formação diferente, talvez querendo provar (de forma desnecessária) que é treinador antenado, que sabe montar seus times de acordo com o adversário.

Perdeu porque mudou errado. Tirou o melhor jogador do time, Wesley, sabe-se Deus lá por que.

Enfim, perdeu um jogo para um time que está longe de ser favorito ao título. Aliás, como também o Botafogo, da derrota anterior.

A paciência do torcedor palmeirense está acabando: com o time, com Luxemburgo, e por tabela, com a direção. Os créditos que Luxemburgo conseguiu pelo título do Paulista 2020 estão acabando.

Fica a pergunta: a culpa é só de Luxemburgo? ou o buraco é mais embaixo?

Saudações Alviverdes…. e cuidem da dor de cabeça…. que está grande!

113 respostas em “Brasileiro 2020 Luxemburgo 0x2 São Paulo”

O Coritiba é o pior ataque do campeonato, não ganha nem dentro de casa. O Luxemburgo está mal, mas a nossa incompetência também pesa. Ao invés de terem gastado aquele dinheirão para contratar o péssimo Rony, deveriam ter contratado o ótimo Pedro, provável titular da Seleção na próxima Copa do Mundo. É muita falta de visão da diretoria.

Parece piada mas não é!
Emerson Santos será o titular hoje à noite. Quem é Emerson Santos?
O cara está encostado desde 2017.
Esse é o profissionalismo da gestão Mauricio Galiotte.

E a sensação da Gávea precisou de um “bônus” de +1 minuto além dos 5′ que o juiz tinha dado pra fazer o gol da vitória em cima do lanterna Goiás…
Sábado o VAR surrupiou o gol de empate do Vasco.
Contra o Palmeiras o VAR devia estar “sem sinal” quando Veron levou uma entrada com 1 minuto de jogo que o deixou de fora por 3 jogos. Sorte não ter sofrido lesão de ligamento.
Detalhezinhos que vão moldando um “grande campeão” !
Sim! Este é o Flamídia sim senhor!!!

A gente sabe como funciona o futebol brasileiro…os caras vão dando um jeitinho aqui, um jeitinho ali pra ajudar quem eles querem. Mas fica difícil demais de reclama, o Palmeiras tbm já teve um monte de jogo q foi até 52 …53 min e em vez de fazer o gol da Vitória, tomou o empate. A verdade é que com ajudinha ou sem ajudinha, o time deles é competente e o nosso não. Eu não consigo nem reclamar. Se os caras quiserem acabar o campeonato agora e dar a taça pro Flamengo, estará em boas mãos. Nós que não merecemos.

Concordo, Porco Nervoso. Só que a nossa incompetência também pesa. Ao invés de terem gastado aquele dinheirão para contratar o péssimo Rony, deveriam ter contratado o ótimo Pedro, provável titular da Seleção na próxima Copa do Mundo. É muita falta de visão da diretoria.

O melhor técnico brasileiro em atividade é Rogério Ceni. No Brasil o melhor técnico é Sampaoli, disparado, os times dele jogam com ânsia de ganhar, o burro ultrapassado do Luxa quando faz o segundo gol de vantagem tira um atacante e coloca um defensor, é um jumento quadrado, mas todo mundo sabia que ele era ultrapassado, menos Galiotti ea TITIA! Pqp!

O Tal do Galliote tá é empenhado em fazer a gente passar vergonha , essa é a especialidade desse b.o.s.t.a! Segundo o Velloso , o Galliote teria feito uma proposta pro Ceni e tomou um NÃO bem grandão no meio da cara. Agora me diz: O que q o Galliote quer com esse aprendiz de treinero? Ainda mais sendo ele um cara que tem um identificação gigante com nosso rival do Jardim Leonor e uma rejeição do mesmo tamanho da nossa torcida . O Galliote é retardado? Que cara alienado , esse aí Não sabe até hoje o que é futebol. Se botar qualquer um de nós no lugar dele a gente faz melhor .

O técnico argentino Gabriel Heinze é um jovem treinador e não tem ainda currículo de conquistas na Argentina. Não sei de onde tiram ideias de trazer um treinador como esse. Só porque é estrangeiro? Agora é moda? Ele é um tipo de Rogério Ceni de lá, e o daqui tem ido melhor do que o de lá. Essa diretoria está brincando com fogo.

Não querendo comparar, o JJ (treinador de terceiro escalão na Europa) tinha três campeonatos portugueses, uma Taça de Portugal e meia dúzia de Taças da Liga (equivalente a paulistinha) em 29 anos de carreira, até vir para o Flamengo ano passado. O Felipão, por outro lado, sempre terá uma folha corrida gigantesca, para o bem e para o mal, depende pra que lado você quer olhar.

Esse negócio de currículo é relativo. Um dos melhores treinadores do mundo, o Marcelo Bielsa, ganhou seu último título relevante faz 22 anos. Alguém prefere o Carille ou o Mano Menezes do que ele?

Mas não vai adiantar contratarem o Klopp se o foco da diretoria continuar apenas sendo o pagamento da Tia Leila pra que ela possa ser presidente.

O mesmo penso eu, Yoda amigo meu.

A galera torce o nariz, mas eu daria chances pro Rogério Ceni antes de dar outra chance pro Luxemburgo, como foi feito no começo do ano. Já mostrou muito mais potencial atualmente que nosso atual técnico.

Mas se não quiser o Ceni, tem vários técnicos sul-americanos e/ou Europeus que tem muitas mais razão pra serem contratados do que o Luxa.

Não precisa já ser multi-campeao. Só saber treinar um time. Não é pedir muito.

Segundo notícias o Galinhote e o Barrozzzzzzzzzzzzz já entraram em contato com o Coelho para assumir o Palmeiras. O importante é a conta no azul. Velho Pitbul, Emerson (sai Luan pé de pano), Marcos Rocha, Lucazzzzz Lima etc. Meu Deus. Alguém sabe dizer se o Luxaburro já caiu? Coloca o Wesley de Carvalho até o final do ano, dá uma limpe nessa veiarada, e traz o R Gaúcho ou o Cuca de volta. Pelo jeito, antes quem mandava era o Mustaphá. Agora é o Serafin Del Grande. Não é possível segurar esse Luxemburgo. Muito obrigado, já deu o que tinha que dar.

Concordo com boa parte das suas críticas, mas conta no azul é muito importante sim, olha só pra onde foi o Cruzeiro, e o fundo do poço parece que ainda não chegou na toca da raposa…
Azul por lá só a camisa.

Galliote é tão incompetente, mas tão incompetente que pro jogo de quarta feira contra o Coritiba estamos sem zagueiro pra jogar. Tem um tal de Emerson Santos que nunca jogou e o Velho do Felipe Melo que nem zagueiro é. Meeeu Deus…e pensar que na época do Paulo Nobre a gente metia o pau nele. O que esse Galliote tá fazendo com o Palmeiras?

Esse Emerson já entrou em campo pelo Palmeiras, sim (não vou usar a expressão “já jogou” pra não forçar a barra…), é aquele que era do Botafogo, assinou contrato na metade de 2017, chegou em 2018 e o Roger Machado nem inscreveu no paulista, depois foi emprestado para o Inter. Provavelmente é mais um daquela infindável lista de “contrato de cinco anos”. Mas o que interessa nisso tudo é que é ruim demais, até o Luan parece melhor que ele…

Segundo Velloso, teve dirigente do Palmeiras tentando entrar em contato com o R. Ceni.
Meu Deeeeuuuusssss !!!!!

Rivalidade à parte, o Ceni consegue hoje muito mais com o Fortaleza do que o Luxemburgo com o Palmeiras. Se daria certo com algumas “estrelas” do nosso elenco não sei, não traria mas é uma ideia menos ruim que trocar um tricerátops por um estegossauro e assim continuarmos na pré-história.

Ceni já foi muito zuado pela nossa torcida e até pelo Mago e Robinho, fora a identificação forte com os bambis.
Haja profissionalismo!

Só reforçando que não traria o Ceni, que ninguém ainda sabe se será ou não grande técnico, embora tenha potencial pra isso, o principal fator que retira uma equipe de futebol da mesmice para torná-la vencedora no mundo inteiro chama-se justamente profissionalismo. Em contrapartida, a passionalidade nos faz olhar para o passado e ver algumas coisas de maneira idealizada e que na imensa maioria das vezes não corresponde mais à realidade, o que encurta o caminho para o fracasso. Ou vamos ficar alternando Felipão e Luxemburgo até quando?

Ao contrário de outros acéfalos que não pensam no amanhã, pelo menos o Ceni nunca ofendeu o Palmeiras, ainda que dentro de campo tenha nos maltratado algumas vezes. Se daqui a uns dez anos ele for um treinador de ponta, com currículo, competência e aberto a novas ideias, inclusive a do desafio de ser vencedor num rival do SPFC, não acho que seria o fim dos tempos. Mas é algo pra daqui a muito tempo, e olhe lá.

Tu tá de brincadeira ,libertadores de 2006 no panetone, o Paulo Bayer só cerca a frente do Rogério, ele pula igual uma gazela com as mãos no rosto, o juiz cai na dele e acaba expulsando o Paulo Bayer, jogo que o Palmeiras foi operado por Wilson Mendonça inventou um pênalti pro SP e o ” fingido” goleiro cavou uma expulsão .
Não vai na onda da imprensinha vendida.

Isso aí não é motivo. Por jogo, nossos jogadores (e os adversários) se jogam no chão toda hora, rolando, como se tivessem tido a perna amputada, no menor toque do adversário. Ele não fez pq era o Palmeiras, ele fez pq é assim que esse nojento modo de pensar do brasileiro funciona (jeitinho). Eu concordo com o Yoda, com o tempo, profissionalismo, vai que o cara vira um super técnico e não se recusa a treinar um ex-adversário dos tempos de jogador, não vejo nada demais. Parece que o pessoal acredita que todo técnico e jogador do Palmeiras, são palmeirenses…

Cara, tudo pra você é teoria da conspiração, e todo mundo que pensa diferente sofreu lavagem cerebral da imprensa pois não consegue pensar sozinho. Ridículo.

Volte e leia a minha postagem, por favor. Eu escrevi que o Ceni nunca ofendeu o Palmeiras, o clube, a instituição, jamais foi desrespeitoso, ao contrário de uma série de i.m.b.e.c.i.s tipo Thiago Neves e companhia, que chegou a comparar o Galo à queda de barragem de Brumadinho e depois quase foi jogar lá, não fosse a ação da torcida.

Se é pra levar em conta ofensas e catimbas que acontecem dentro de campo no calor de uma partida, já demos a nossa camisa e até nosso banco de reservas pra muito vaga.bundo que não merecia nem chegar perto do clube. Se não consegue entender o que está escrito, por favor não distorça.

Gambazada no Z-4 jogando com 1 jogador a mais contra o Ceará e Frangássio sendo expulso após o apito final…
Ufa! Ao menos uma alegria nesse fds, kkk..

Então pode esfregar as mãos pois virá mais alegria por aí. E não falo da saída do Luxemburgo, pois essa só vai acontecer quando vazarmos da Libertadores. O Vágner Mancini, que acabou de ser contratado pelos gambás, tem cinco rebaixamentos no currículo (só não tem seis graças àquela vergonhosa entregada de 6×1 que o Galo deu pras Marias do Mancini na última rodada do BR 2011), não sei se vai segurar a bucha com os walking deads que infestam esse elenco de Itaquera.

Rumores de que o Palmeiras sonda Heinze, argentino ex-Velez Sarsfield ou Renato Gaucho, desgastado no Gremio.

Gosto dos 2. Prefiro o Renato que já conhece o futebol brasileiro e seu funcionamento, acho que daria resultados mais rapidamente. Mas sendo repetitivo, se não reformular esse elenco cheio de come e dorme , pode trazer o Klopp q não dá jeito.

Do Brasil hj, acho q só Renato Gaúcho e Felipão, o resto não tem nada demais. Não conheço o ex Vélez. Podíamos tentar o Galhardo do River

Com todo o respeito, mas alguém ainda pensa em Felipão com o ano de 2021 batendo às portas? Em quatro anos o Galliote não acertou uma vez, pensando no quesito “trabalho consistente a médio prazo”, pois vamos lembrar que em 2018 o Felipão mirou na CB e na Libertadores e errou feio, mas pelo menos teve o mérito de não desperdiçar o BR que caiu de presente no seu colo.

O Renato tem estátua em frente ao estádio do Grêmio, se ele pedir Deyverson, Romero e Kazim a diretoria contrata e é capaz deles jogarem alguma coisa com a camisa tricolor. Fora de Porto Alegre, nas primeiras duas derrotas com essas tranqueiras que ele adora não sei se a paciência será a mesma, mas hoje entre os treinadores brasileiros no mundo ele é o melhor.

Eu tentaria um gringo, não por ser estrangeiro mas desde que venha com ideias novas e promissoras sobre futebol e que aceite trabalhar com esse elenco, sem enchê-lo de entulhos importados como fez o Gareca em 2014.

Defendo há anos que o Palmeiras contrate um técnico estrangeiro e lhe dê condições de trabalho corretas, incluindo a torcida corneteira ter o mínimo de paciência e racionalidade.Chega desses dinossauros brasileiros.

Renato é fraco. Só virou no Grêmio porque pegou time pronto, e por causa da identificação, tem mais carta branca pra bancar jogador com empresário fraco e barrar jogador com empresário forte. Tem zero identificação com o Palmeiras e seria jantado aqui. Prefiro a solução estrangeira.

Pra mim é a má vontade de jogadores como Lucas Lima, Bruno Henrique, Scarpa, ruindade de Roni, Luan, M Rocha, ausência de Dudu e medo dr ganhar do Luxemburgo, sem contar as presepadas do Galliote

Para aqueles que ainda sentem falta do vovô Fernando Prass, ele acaba de levar um frangasso contra os gambás.
Acho que rodada pior que essa será impossível…

Fernando Prass tem muito crédito com a grande maioria dos palmeirenses.
Talvez menos para você.
Marcos falhou no jogo que não deveria falhar. Esqueceu o mundial de 1999 ?

Acredito que a sua crítica deveria ser dirigida a quem chama o Wéverton, responsável direto pelo único título que o Luxemburgo terá nesta sua passagem melancólica pelo Palmeiras e por alguns empates nesse BR que poderiam ter sido derrotas, de “mão de alface”. De resto, concordo que saber a hora de parar é uma qualidade rara em jogador de futebol. Entre tantas outras coisas, o Pelé foi diferente também por causa disso.

O Weverton é um grande goleiro, sempre disse isso.
O Prass foi um grande goleiro e sou muito grato pelos títulos que ele ajudou (e muito) a conquistar com a nossa camisa, porém com a idade avançada não dá mais pra atuar em alto nível.

Esses caras não manjam nada de bola. O Prass acabou faz tempo. Foi um grande goleiro pra nós, merece ser reverenciado sempre no Allianz Parque mas a hora dele já chegou tem uns 3 anos .

Galera, simples assim. Insistir em pedir a cabeça do luxa agora, é preparar mais um berço de conforto pra essa diretoria e comissão técnica amadora e defensora de interesses próprios. Por todo poker e ego demasiado, o luxa judas merece sim ser malhado, mas antes dele toda essa corja responsável por montar esse elenco penso, repleto de jogadores em final de carreira e que atuam na mesma posição. Os verdadeiros responsáveis devem ser cobrados com intensidade. Insistir em pedir a cabeça do jogador de poker nesse momento é contribuir para o desvio de foco. Fora todos os mal.ditos oportunistas sangue-sugas da SEP

Ao cunhar a célebre frase “O medo de perder tira a vontade de ganhar” o Luxemburgo, como bom visionário, estava antevendo o ocaso de sua carreira. Cada partida a mais com esse enganador representa a distância que vai nos separando não do título brasileiro, que pra mim já tem dono, mas de uma vaga pra Libertadores 2021, e nos aproxima de novos fiascos.

E pra quem acha que o negócio é manter o treinador, dispensar parte do elenco e trazer “reforços” com a indicação do mestre, vamos lembrar as contratações que ele indicou na sua última passagem em 2008/09, quando o nível geral do futebol brasileiro era bem melhor do que hoje: Lenny, Willian, Marquinhos, Maicossuel, Jorge Preá, Gladstone, Marcelo Ramos, Léo Lima, Jeci e Fabinho Capixaba, que nas palavras do estrategista seria o “novo Cafu”. Por aí dá pra se imaginar o que faria hoje…

Fiasco. Muito mal com Luxemburgo. Além disso, o Palmeiras é o time que mais sentiu a ausência de torcida em sua casa. Muito claro para mim isso. Perdemos bastante de nossa força como mandante.

Respeito sua opinião, mas discordo. A torcida do Palmeiras apoia, mas não é a que faz mais diferença para o rendimento do time. Outro mito é a história de que jogar no Pacaembu é pior que no Allianz, isso mesmo antes da pandemia. Não se trata de opinião, mas de observar os fatos, para isso basta ver o desempenho nas últimas temporadas.

Ainda entendo que, independentemente do elenco ser muito irregular, com qualidade questionável em algumas posições, o fator preponderante para essa equipe não deslanchar nem convencer é a escolha de treinadores ultrapassados, inclusive aqueles que tiveram grande passado no clube, ou a contratação de incógnitas do tipo “vai esse mesmo que o time garante”. E nesta fase pós-quarentena, indiscutivelmente a ausência do Dudu, que transformaria muitos dos empates que tivemos em vitórias apertadas, como cansou de fazer.

Compare os numeros do Palmeiras como mandante , antes e depois da pandemia. Fica bem claro que o desempenho caiu bastante.

Eu tbm sou a favor de já mandar embora hoje . Inclusive adoraria ver a diretoria dando uma chacoalhada, afastando jogadores inúteis e dando carta branca pro próximo técnico. Mas vamos esperar isso do Galliote? Ķkkkķkk……o PIOR presidente da nossa história? Nunca um presidente teve condições tão boas pra trabalhar e conseguiu fazer algo tão pífio como esse senhor. Perdemos uma oportunidade de Mandar no futebol brasileiro e ganhar no mínimo mais uma libertadores, as de 2017 e 2018 davam pra ganhar . Mas temos um síndico pior q do meu prédio no comando do clube . É muito amadorismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *