Categorias
Brasileiro 2020 Resenha dos Jogos

Brasileiro 2020 Palmeiras 3×0 Bahia: voltando à normalidade

O Palmeiras ganhou do Bahia pela R25 do Brasileiro nesta tarde noite no Allianz. 3×0. Willian, Raphael Veiga, Rony marcaram. Todos os gols no 1o tempo.

Foram poucos sustos. Quase não sofremos. O time voltou a jogar bem. Todo o time. Mas Raphael Veiga e Willian foram os destaques. Fizemos um gol logo aos cinco minutos. Logo depois pênalti sobre Mayke. E Rony fez o terceiro. No segundo tempo administramos. E ainda Weverton fez grandes defesas.

Com os três pontos o time agora se prepara para a importante partida contra o Libertad na 3a feira.

Daqui pra frente tudo é decisão.

Saudações Alviverdes!

64 respostas em “Brasileiro 2020 Palmeiras 3×0 Bahia: voltando à normalidade”

15 minutos do início do jogo.
Chove uma enormidade nesse momento. Que as águas que caem do céu sejam bênçãos e não lágrimas.
Boa sorte ao Palmeiras.
Bom jogo para todos nós!

Vale vaga!
Boa sorte aos nossos jogadores.
Bom jogo para todos nós!
Estamos há 03 jogos da final.

E há 5 de eu nunca mais me preocupar com resultado algum, e sim, 100% com bom futebol.

Só uma coisinha, pessoal: “há” no sentido em que foi usado é passado. Estamos A quatro jogos do tetra da CB, A catorze (ou quatorze) jogos do hendeca, A três jogos do bi continental e A 5 jogos do bi mundial. Só espero não estarmos A poucas horas de acordarmos para uma realidade bem diferente…

* A quatro jogos do bi continental e A seis do bi mundial (falta passar pelo Libertad, né?).

Verdade. Deixa eu refazer. “E a seis jogos de eu nunca mais me preocupar com resultado algum, e sim, 100% com bom futebol.”

Que tristeza. Perdemos Marcelo Veiga, Paulinho do Roupa Nova, Luxa internando, dentre outros que também estão internados por causa desse maldito vírus. Boa recuperação Profexô.
Hoje é dia de verdão. Vamos portuga. Tomara que o Patrick, Luiz Adriano e Wesley voltem logo. Só espero que o portuga não entre com o Luan.

É isso aí, Lito. Infelizmente na nossa cultura buscamos mais os culpados pelos problemas do que a solução para eles. Já trabalhei em empresa com essa filosofia e conheço muitas pessoas que agem e pensam assim. E nessas horas não faltam os oportunistas de plantão pra se fantasiarem de salvadores da pátria.

E a lista só aumenta. Há pouco se foi Orlando Duarte. Quem como eu cresceu “assistindo” jogos pela rádio Jovem Pan nos anos 1970/80 e acompanhava a programação esportiva da TV Cultura, antes dela se tornar esse “puxadinho” a serviço do Governador do Estado que é hoje, vai lembrar da sua capacidade e competência como comentarista e escritor.

Luxemburgo foi novamente diagnosticado com Covid. Dessa vez, está internado em hospital do RJ.

Independentemente do quanto tenha atrapalhado o Palmeiras na busca pelo 11° título brasileiro com sua postura ultrapassada e covarde, merece nosso respeito pela história que escreveu por aqui no passado. Tenho minhas dúvidas se algum treinador na história do futebol teve um auge melhor que o dele.

Que o “pofexô xaia da jona da confujão” e volte logo a trabalhar num clube que tenha o tamanho da sua atual capacidade.

Acabei de ouvir a notícia na CNN Brasil, que informou que ele estava no RJ, onde nasceu e mora. Se veio pra SP depois de diagnosticado não sei porque nada li a respeito.

Se prestou atenção ao que escrevi (não parece ser o caso), não citei nome de hospital, até porque a intenção da postagem não é incrementar estatística médica e sim demonstrar solidariedade a uma figura que tenho criticado bastante, e que embora há muito tempo esteja profissionalmente superada me ajudou muito a gostar mais do futebol, numa época em que o esporte mais popular do mundo e as próprias pessoas eram muito menos chatas e previsíveis.

Uma coisa é um atleta de 26 anos e em atividade como o Scarpa se recontaminar, outra é um quase septuagenário passar pela mesma recaída. Mesmo que esteja internado na Ilha de Marajó, que seja atendido com os melhores recursos e se recupere logo.

Desculpe.
Pensei que estava escrito “internado em hospital do RJ”.

Foi o que escrevi porque foi o que ouvi na CNN. Não citei “Sírio Libanês” nem qualquer outro nome de hospital.

Amanhã o Verdão vai se classificar para a semifinal da Libertadores.

Concordo com o Renato. Ontem o Luciano não jogou água no Diniz??? Quanta cumplicidade. Essa imprensa marrom dá nojo. Mas deixa eles, vamos comendo pelas beiradas. Dá-lhes portuga. Amanhã é dia. Haja coração.

A edição 2020 do campeonato brasileiro segue aberto.
Nada decidido.
Não sei se seremos os vitoriosos, só não sendo o time lá do jardim Leonor, estarei satisfeito.

O SPFC ainda segue com uma boa vantagem, vai enfrentar em casa os principais concorrentes ao título em partidas nas quais “jogará pelo empate”.

Por outro lado, perder clássico nunca é bom, e nesse sentido a derrota de hoje no mínimo significou uma brecada no ritmo deles. Se perderem para o Galo na quarta e forem eliminados pelo Grêmio na CB, a mortadela tricolor começa a azedar.

Pelo lado palmeirense, o maior problema é que ao contrário de Galo e Cheirinho não estamos lutando só numa frente, e não será contra todo adversário que Mayke, Rony e Bigode vão fazer a diferença.

Uma das três taças, no mínimo, o Palmeiras leva. Mas poderemos “passar o rodo” nas taças no começo do ano que vem. Assim espero.

Pode ser. Pode não ser. A com melhores chances é a CdB (por termos um adversário de Série B, nas semi-finais e, passando, podendo vencer a final). A menos provável é a Libertadores (pois a tendência é pegarmos adversários de mesmo nível ou superior ao nosso, e aí San Gennaro tem que operar, caso passe pelo Libertad). E a impossível é o Assaízão (já que estamos consideravelmente atrás na pontuação, não somos o melhor time, San Gennaro não intercede em todos os jogos e para reverter tem que jogar muita bola, coisa que só temos feito com os pequenos).

Acompanho a “ordem de grandeza” do Aroni. Pelas condições deste momento, com jogadores e até o Abel voltando de Covid e o time ainda um tanto oscilante, considero o Libertad um adversário muito perigoso, pois o favoritismo é nosso e começaremos a partida classificados. É o cenário típico em que o Palmeiras costuma se atrapalhar. Por outro lado, se passarmos pra enfrentar o River, apesar do equilíbrio o favoritismo muda de lado, e acredito que passaremos.

O prejuízo causado pela campanha repleta de covardia do ultrapassado no BR pra mim é irreversível. Faltam 13 jogos e 39 pontos pra serem dispu.tados, é muita coisa, porém não temos mais o “direito de empatar” com os times que estão à nossa frente, estamos no fio da navalha. Precisaremos de uma boa dose de incompetência de rivais que só estarão no BR e de uma extrema superação nossa batalhando em três frentes. G4 é lucro.

Para o Palmeiras faltam 14 jogos, 42 pontos.
Ganhando 10, empatando 4 = hendeca.

Faltam 13 rodadas para 16 equipes, ou 80% dos participantes da Série A. O meu comentário foi retórico e não relativo a time A ou B.

Somar 34 pontos em 14 jogos dá um aproveitamento de 81%. O Flamengo do ano passado chegou a 79% (contando apenas os jogos com o JJ o percentual aumenta para absurdos 92%). Impossível não é, o fato é que a diferença deste Palmeiras para os demais não é a mesma daquele Flamengo para os outros. Mas como dizem, papel e internet aceitam qualquer coisa…

Não critiquei seu comentário.
Fiz apenas uma observação importante que interessa a nós palmeirenses e que pode fazer a diferença na disputa do título.

Melhor que a encomenda. 3-0 e jogando bem, eu não esperava. E já me redimo em relação ao Kuscevic, que fez uma partida segura e parece que pode evoluir, ao contrário do 🦃. Emerson Santos bem. Gómes, Veiga, Menino e Weverton sempre bons. E o restante é aquilo de sempre, mas hoje serviu bem. O importante é terça-feira.

E amanhã os bambis bem que poderiam levar uma chinelada em Itaquera.

Bingo!
Como temos um jogo a menos contra o Vasco no Allianz, se fizermos a nossa parte as meninas precisam perder só mais uma, pois temos confronto direto no panetone.
Quem sabe o galo dá uma bicada na 4a. feira no horário nobre…
Tá difícil, mas não impossível.

Estou curioso pra saber que emoji vc vai usar caso o KUsevic começar a jogar mal…😂

Kkkkk, rapaz esse Gabriel Silva acabou de perder o …… 5 gol feito em 4 jogos.

Vixe….. e tudo gol fácil.

Pois é, isso preocupa. O Jesus perdia gol mas não cinco seguidos. Não parece ser só ruindade, parece mais falta de treino em fundamento básico.

Se sou o Palmeiras, empurro o Zé Rafael de volta pro Bahia e trago esse Ramires. Troca simples.

Esse o Bigode não faria. Talvez o Evair, e olhe lá…😅 Prêmio Puskas vindo aí!

Vendo alguns titulares em campo a gente pensa duas coisas. Não abrimos mão do BR enquanto há chance, e atingir o G4 é o mínimo que se espera. Bom. Com a bruxa solta, arriscar perder uma peça fundamental antes de uma decisão é arriscado demais (vide Prass se machucando contra o Ituano e dando lugar para o Bruno mão de Alface contra o Tijuana em 2013). Ruim.

E até o Mayke tá jogando bem hoje! Cruzamento, pênalti sofrido e pênalti cometido no Gilberto não marcado (que o nosso corneta oficial de arbitragem do 3vv vai ignorar…). Já ganhou o Motoradio…

Também pensei que fosse pênalti.
Mas o que conta é o momento do contato, segundo o analista de arbitragem e o VAR não disse nada.

Se é a regra, então não foi.

Gustavo, o Perú entrou em campo….. fortes emoções.

Já começou? Estou vendo Boca-Arsenal Sarandí. Vou voltar pro Palestra.

É 🍷 com 🦃. Do jeito que está iluminado hoje, não duvido que tenha gol do 🦃.

Pois é, mas pra mim a falta aconteceu na linha, e a linha faz parte da área, portanto, de acordo com a regra, pênalti. Não fui na do narrador e sim no que vi. O fato do VAR não ter chamado não quer dizer muita coisa, pois os caras que ficam lá enxergam menos que eu. A menos que alguém tenha traçado a tal linha virtual e constatado que a falta não foi na linha, mantenho meu parecer. O que de resto não desmerece o bom primeiro tempo do Palmeiras.

Não acho o Empereur um Juninho da vida, que aliás hoje tá em campo do outro lado. Se o Abel indicou alguma qualidade deve ter. Achava esse Émerson Santos um horror, hoje até na “volância” ele quebra o galho. O fato é que pra jogo decisivo a melhor dupla ainda é Luan e Gómez.

O Palmeiras fez um 1° tempo surpreendente. Com Mayke, Kucevic, Rony e Bigode em campo, jogar razoavelmemte bem e enfiar 3-0, com gols dos dois últimos, é surreal. E o que mais me surpreendeu foi o Emerson Santos. Parece que é volante há anos. Gostei, apesar do Bahia ter dado, pelo menos, uns três sustos.

Os 2 que eu critiquei…. fizeram gol.
Parece piada.
E golaço do Ruinny.

Pelo amor de Deus, não pode maus perder esses 3 pontos.

Esse árbitro tá meio porpeto, hein? No 2° tempo cansa e começa a fazer m.e.r.d.a.

Se os três pontos não vierem, hoje, vou entender, pois o nível do Palmeiras que vai a campo é fraquíssimo. Mas o jogo mais importante é contra o Libertad, já que (PARA MIM) o Palmeiras não ganha mais o Assaízão 20. Vamos ver o que acontece.

Ataque com Ruinny e Willian.

Está osso acreditar nesses caras.
Talvez a pergunta seja, qual dia 2 vai perder mais gols?

E na esquerda o cara da série B, com contrato de 4 anos.

Mas, não resta outra coisa a não ser, torcer, torcer e torcer.

Os comentários estão desativados.