Categorias
Brasileiro 2020 Resenha dos Jogos

Brasileiro 2020 Sport 0x1 Palmeiras: vitória e sufoco

O Palmeiras venceu o Sport em Recife na Ilha do Retiro por 1×0. Gol de William no 1o tempo.
O resultado manteve o time no G6 com duas partidas a menos que o líder (ao final da rodada).

Foi um sufoco. Mas quase desnecessário.

Jogo em que o Palmeiras poderia ter resolvido com facilidade se tivesse convertido as chances que teve. Não converteu e quase se complica no fim se o árbitro marca o pênalti discutido. Foi ou não foi ?

Pra nossa turma aqui não pareceu. A bola vem rebatida da nossa zaga saindo da área e bate no braço de Rony. Não parece lance de penal.

De qualquer forma continuamos na disputa. Agora pensamos no River Plate. Saudações Alviverdes. E que a turma melhore a pontaria.

157 respostas em “Brasileiro 2020 Sport 0x1 Palmeiras: vitória e sufoco”

Estou vendo muito torcedor especulando c quem vai jogar a final. Um pequeno lembrete, ano passado a maioria desse time jogava pelo empate contra o Grêmio e com torcida no estádio , estava um a zero para nós, mas os pipoqueiros conseguiram a proeza de perder de 2 a 1. Por isso muita cautela e canja de galinha não faz mal a ninguém. Jogo por jogo, determinação e principalmente cabeça no lugar. Forza Porcoooooooooo.

Prefiro um pouco mais o Santos. Motivo: nossos jogadores podem acabar se sentindo menos a vontade enfrentando o Boca, seja por pressão pelo passado, ou por verem o Boca mais copeiro que o peixe. Além disso, se o Boca estiver na final, já sinto calafrios só de pensar na arbitragem. Vão fazer de tudo pra tentar fazer o Boca campeão. Contra o Santos, é capaz da arbitragem ficar mais a nosso favor. Como disse recentemente, quero ganhar limpo. Mas se influência da arbitragem é algo que inevitavelmente vá acontecer, que seja a nosso favor.

Prefiro Boca tb….acho um time muito limitado. Acho que para a geração mais nova de jogadores o Boca já perdeu essa áurea de bicho-papão! O Santos tem hoje 2 dos melhores jogadores do Brasil, que desequilibram e principalmente que não tremem em jogo grande: Marinho e Soteldo!Seria um jogo muito mais arriscado!

Fora a possibilidade de eles se tornarem tetra em cima da gente.
Outra coisa, a campanha da imprensa para isso acontecer será insuportável nas próximas duas semanas.

Em 2018, por covardia do Felipão. fomos eliminados pelo Boca Juniors. Em anos anteriores, eles nos eliminaram nos pênaltis (suas vezes) e a Libertadores nos escapou por pouco. Chegou a hora de darmos o troco. Por isso, prefiro o Boca Juniors. Acho que vamos atropelar os argentinos dessa vez em uma eventual final.

Santos. O Palmeiras costuma ter sérias dificuldades contra times que fazem o tipo de jogo que o Boca faz. Basta ver que as duas melhores partidas que fizemos nos últimos tempos, excluindo as galinhas mortas, foram contra Galo e River, que priorizam a posse de bola. O Boca provavelmente saberá explorar a questão psicológica das seguidas eliminações que impôs ao Palmeiras, todas em território brasileiro.

Bom, quanto ao jogo…. podem até perder.
Mas se for de 3, que seja 3×1.

Uma chance dessas não pode passar.
Não sei do que esses jogadores do River são capazes, se virem não conseguirão reverter o placar.

Desde já na pilha também.

Ansiedade gigante hoje!!!! Eu sei que estamos praticamente classificados, mas o nosso histórico recente não me deixar acreditar 100%!!!!! Tô que não guento!🤣🤣🤣🤣

Vamos ganhar de novo.
E os argentinos vão partir pra briga no final.

Com o River Plate tendo de atacar o tempo todo e nos oferecendo o contra-ataque, o meu palpite e que o Palmeiras vai ganhar de novo hoje.

Copa do Brasil final, OK. Libertadores semi final, OK. Brasileiro no G6 por enquanto OK, o resto é intervenção divina, elenco meia boca com muitos que pipocam no dia D e na hora H (como disse o nosso venerável ministro da saúde). Não se iludam, eu sou torcedor pé no chão e conheço bem esse clube, mesmo com seleções montadas pela Parmalat várias vezes pipocaram imagina agora. Não se empolguem muito para não ter uma decepção maior. Jogo por Jogo sempre desconfiando. E que San Genaro olhe por nós hoje para não passarmos o maior vexame de todos os tempos.

Gallardo foi flagrado mandando seu jogador quebrar o tornozelo do adversário.
Nossa, que técnico!

Sério? Feio isso hein! Não vi em nenhum site falando sobre isso, mas não dúvido.

Continuo acompanhando jogo a jogo.

Palmeiras chegou outra vez naquele momento em que a torcida se exalta e já faz planos para o mundial.
É nessa hora que vem aquela du ha fria, uma falha individual em momento decisivo.
E olha que o time está cheio de Luans, Marcos 🪨….

Estou escaldado.
Nāo projeto nada.
Vou de jogo em jogo.

Levi, perguntas que não têm a ver com futebol mas com questões sociais: como a população de um modo geral aí na Alemanha está lidando com vacinação e medidas radicais adotadas pelas autoridades nessa nova onda de Covid, e como a Imprensa de modo geral tem tratado a eleição fraudulenta nos Estados Unidos e suas consequências?

Sobre o jogo a jogo e o abençoado que vira maldito da quarta pro domingo, como eu comentei outro dia, concordo plenamente.

Valeu.

Caro Yoda, estou no Brasil por 5 semanas, até dia 24.01
Em casas de praia.

No verão lá, a pandemia do xingling praticamente sumiu.
A Alemanha não teve uma „crise, mesmo pq lá ninguém sabe quem são os membros do STF e não interferem no país, muito menos são nomeados por uma OCRIM.

Já no outono e inverno sempre teve epidemia de gripe, e de repente os casos de covid (2. onda aumentaram).
O que é normal.
No Brasil estamos em pleno verão.
Estive no sul da Bahia e agora na Paraíba.
Praticamente não se usa máscaras nas praias.

Lá desde março se usa nos supermercados, para fazer compras no comércio e em transportes coletivos.
Nas ruas, usa quem quer.
Ninguém foi preso.
Ninguém apanhou e nem teve Ditador autorizado pelo STF de lá, roubando no COVIDĀO.

A vacina não é e nem será obrigatória na Alemanha, pq lá se leva muito a sério as liberdades individuais escritas na constituição.

O país foi o 1. a anunciar a vacina, desenvolvida com a Pfizer.
A União Européia comprou 400 milhões de doses e a Alemanha 150.
A Xina…. comprou 100 milhões de doses da Alemanha (3,5x mais barata do que a do xingling)
E só liberou a vacinação, por pressão de todos os lados.
Há o receio de efeitos colaterais não testados no figado e coração.
Foi liberada em caráter de emergência.

A vacinação começou no final de dezembro, inicialmente com idosos e certos grupos essenciais…. mas como é um país democrático, no momento tem um certo caos, pq não se pode priorizar ninguém.
Está na constituição.
Lá é levado a sério.

E o país cometeu o erro de dar a coordenação para a União Européia.

A imprensa alemã é toda esquerdista.
Agiu como toda a imprensa no mundo, torcendo pelo Biden e omitindo todas as falcatruas da eleição.
A narrativa que se vê aqui é igual lá.

Quando as Big Techs bloqueiam as contas do presidente americano e deixam a de um Maduro da vida, as pessoas não tem ideia de como será a vida nos próximos anos.
Não existe mais democracia.
Caiu o último bastião da liberdade no mundo.

A geração Gramsciliana nem sabe o que está acontecendo.

Agradeço pela paciência e disposição em responder. Espero que aproveite bem as férias, ou mesmo esse período de recesso.

A Democracia enfim se juntou ao verdadeiro Jornalismo, que já havia falecido faz tempo.

Imaginava esse respeito à Constituição na Alemanha, a despeito da agenda progressista ditar cada vez mais as ordens na União Europeia e naquilo que a gente ainda convenciona chamar de “mundo livre”. É por isso que o Brexit vem sendo tão demonizado pela Imprensa militante e pela esquerda em geral, que há tempos perceberam que Socialismo-raiz só funciona enquanto dura o dinheiro dos outros.

Aqui certamente teremos problemas com a vacinação, mas eles serão inversamente proporcionais aos dos alemães, isto é, a minoria de privilegiados vai achar que tem “prioridade” e os menos abastados, mesmo querendo, não saberão sequer a cor dessa vacina. Mas podemos ficar tranquilos, afinal órgãos de moral ilibada, associados a laboratórios chineses com fichas impecáveis, zelarão por nós em nome da ciência.

Ontem tive uma pequena discussão aqui em casa, por conta do tal “discurso de incitação à invasão do Capitólio” feito pelo Trump. Quando existe má fé e canalhice, uma frase retirada do contexto vira nitroglicerina, e a maioria do gado (se bem que está mais pra burricada) cai na armadilha. Esse amálgama entre Partido Democrata, grupos terroristas como Antifa e BLM e canais progressistas como CNN (que alguns chamam de “Clinton News Network”) já estão querendo garantir a eleição de 2024, tornando o topetudo inelegível.

A censura que as Big Techs estão praticando já é o próprio roteiro de 1984 acontecendo com algumas décadas de atraso. Não tenho a menor dúvida de que as eleições presidenciais de 2022 aqui no Brasil serão piores em termos de fraudes e manipulações. Quem viver e não estiver preso, verá.

Boa Levi e Boa Yoda! Já tem cientista duvidando da eficácia da coronavac que não passa de 50% o lobista de calça apertada está querendo passar por cima da ANVISA, está escondendo os resultados da eficacia da vachina.
Essa imprensinha falida que domina a mente de um monte de ignorantes esconde a verdade, nunca vão aceita que o Levi escreveu.
Já pensou pula de paraquedas com 50% 75%ou 93 % de eficácia? A chance de quebra a cara no chão é enorme.

Vacina alguma precisa ter 100% de eficácia, muito menos ser obrigatória pra 100% da população. O problema não está nisso, mas na forma como ela vem sendo manipulada como instrumento de poder político. Veja: na Alemanha eles não sabem quem é merecedor de estar na frente dos demais na fila de vacinação, aqui não vão querer saber dos milhões que vão ficar lá no final dela e sequer serão vacinados, mesmo que queiram.

Eu não posso discordar do que escreveu o Moronao porque não vivo nos EUA, mas será que as big tech tentaram mesmo não cancelar o Trump? A própria tv americana já cortava deliberadamente os discursos dele durante a campanha presidencial alegando “conter fake news”. Quem é o dono da verdade nisso tudo?

Caro Yoda, as Big Tech são protegidas, pq seriam „plataformas neutras“, que apenas hospedam e não são responsáveis pelo conteúdo.

A questão é que além do monopólio, passaram a interferir e deixaram de ser neutras.

Em outubro o presidente americano mandou um projeto, para que elas sejam responsabilizadas e possam ser acionadas judicialmente, perdendo a proteção que tem.
Faturam bilhões de dólares e não podem ser processaras.
Esse é o motivo de investirem pesado contra ele.
E o tal Biden vai deixar como é.
Isso vai ao encontro do que planeja a nova ordem mundial.

Em 2 anos o dinheiro eletrônico vai ser implantado, SUBSTITUINDO e não coexistindo com a moeda de papel.
O tal pix é a ponta do iceberg.
Logo, logo sua conta bancária poderá ser suspensa por „discurso de ódio“ e vc não vai poder comprar nada.

O país xingling venceu a guerra sem disparar uma bala.
E já comprou o sul do Piauí, inúmeras cooperativas agrícolas no sul do país, a indústria de plástico, os políticos e a mídia tupiniquim.
E o senado aprovou lei de senador do Tocantins…. autorizando empresas estrangeiras comprarem 25% das terras do país.
Olha que absurdo.

Vivo nos Estados Unidos e não é bem isso não. As big tech tentaram ao máximo não restringir o trump. Mas ele mesmo incitou o povo a ir lá. E depois homenageou eles.
Imagina se fosse um bando de negro lá. Duvido que seria o mesmo tratamento como foi.

Ele convocou sim.
Mas quem abriu as portas e facilitou a entrada foram os seguranças.
Vc deve ter visto os vídeos.

Além do mais no meio dos que entraram tinha vários Antifasce outros conhecidos.
Vc também deve ter visto os vídeos aí.

A tática não é mais atacar o adversário.
É neutralizá-lo, se infiltrando e deturpando tudo que ele faça.

E isso ocorreu justamente no momento que iriam ser exibidas as fraudes no congresso.
Que timming perfeito, não?

A destruição do BLM e Antifa foi aplaudida por eles.

Fraudes no congresso? Porque iriam legitimizar o próximo presidente? O vc ainda acha q a eleição nos eua foi uma farsa?
Trump n admite sua derrota, mas vi mta gente contra ele. Ele mesmo se queimou se tivesse tomado outras posições sobre vários temas q ele negligenciou.
Vejo o mesmo com o presidente do Brasil. Já acusando urnas eletrônicas de farsa. Porque os posicionamentos de coisas importantes ele tá nem aí.

Vc tem razão, as urnas eletrônicas são seguras.

Nenhum morto votou, milhares de coros impressos todos para 1 candidato e nenhum voto para os outros cargos a mídia decretou que não houve nada.

A economia americana estava muito bem, com geração de empregos …. aí veio uma pandemia Xingling, os Antigas, BLM e o insosso senhor, que teve o escândalo do filho envolvido em corrupção com a Xina, abafados pela ilibada press.

Quando ver o mundo de forma diferente e se informar do que está acontecendo ai, sugiro acompanhar o Daniel Lipes no YouTube.
Recomendadíssimo.
Vc vai ficar bem informado do que acontece aí.

Eu vejo diversas fontes e jornais estrangeiros.

Vc conhece Stálin?
Ele disse que não é quem vota, que decide eleição.
E sim quem conta os votos.

Recomendo a quem vive com a Alice em Wonderland que assista ao excelente documentário “Kill Chain – A Ciberguerra nas Eleições Americanas”, no qual um hacker finlandês especializado em eleições mostra a extrema fragilidade do sistema eleitoral eletrônico. Outro filme, esse com atores mesmo, inclusive Will Smith e Gene Hackman, “Inimigo do Estado”, já demonstrava há 23 anos uma realidade que estamos vivenciando cada vez mais.

Não existe, nunca existiu e jamais vai existir sistema inviolável. Mesmo assim, ainda tem sabichão por aí querendo mandar gente pra canto de sala redonda…

SE o Felipão, um técnico jurássico, conseguiu ganhar um brasileiro com time reserva jogando uma pancada de rodadas (e ganhando a maioria desses jogos), eu não vejo porque o Abel não conseguiria. Acho que dá pra mandar o time reserva ficar jogando o brasileiro, não prejudica o titular nas copas, e dá até pra sonhar, com ressalvas: não é pra criar crise se não conseguir, mas dá pra assistir os jogos com uma pontinha de esperança. Já faz um tempo que o Palmeiras teve o surto de covid né? A essa altura, acho que todo o elenco já está a disposição de novo, com exceção do Wesley e Felipe Melo.

Naquele momento nosso elenco era na média melhor que os demais, mesmo sem ter ainda a garotada despontando no time principal, mas principalmente com Dudu, Bruno Henrique, Felipe Melo e até o Mayke jogando em outro nível.

Não vão voltar, todo mundo sabe, mas com os pontos perdidos para os que eu acho seis piores times desse BR (Botafogo, Coritiba, Goiás, Sport, Bahia e Fortaleza sem o Ceni) o hendeca seria questão de quatro ou cinco rodadas. Uma pena, mas é um preço justo pela incompetência da Diretoria.

Vendo a incompetencia geral dos demais, so nao cravo que o Palmeiras vai ganhar o Brasileiro porque (felizmente), estaremos disputando 2 finais durissimas e importantissimas e, acredito eu, tambem o Mundial, tudo isso em meio ao Brasileiro. Pode ser demais, mesmo com o lenco que temos, aguentar uma jornada dessas. Mas se continuarem a dar mole…

São Paulo, Flamengo e Grêmio deixaram pontos pelo caminho, pelo jeito o Inter vai ganhar do Goiás (1 x 0 já no segundo tempo). Realmente passamos a ter chances de chegar. Continuo cauteloso por causa do desgaste, na hora dos jogos mais pesados será um a cada três dias. Mas se os da frente continuarem perdendo, vamos chegando e nas ultimas rodadas vamos ver o que dá pra fazer. Avanti!!

Caso o estado de graça continue, eliminemos o River e consigamos uma vitória sobre o Grêmio, tiraremos o time gaúcho do páreo pelo Assaízão 20/21. Ainda tem muita ágia pra rolar, mas as pegadinhas estão na última rodada, onde Inter (possivelmente vice líder ou até líder) que pega os gambás, em casa, e nós (com chances de título, e talvez dependendo de outros resultados) o Atlético-MG (provavelmente líder, possivelmente vice líder), no Mineirão. Considerando as quedas de Flamengo e São Paulo também. Melhor rezar!

Se nao for o Palmeiras o campeao, pode ser o Atletico Mineiro ou Internacional, alias se os gauchos precisarem de uma simples vitoria, na ultima rodada, contra o Apito Amigo, a taca estara garantida ao Colorado.

Aroni, outra “pegadinha” que poderá acirrar a disp.uta na parte de cima é a eventual classificação do Santos para a final da Libertadores. Pelo menos provisoriamente teríamos um G-8, já que Santos, Grêmio e Palmeiras provavelmente ficarão entre os sete primeiros. Some a isso a briga pra não cair, que torna alguns times mais difíceis de enfrentar na reta final, e o caos estará formado.

Mesmo que os gambás venham a abrir as pernas para o Inter, temos hoje condições matemáticas de chegar na frente dos gaúchos.
Não podemos esquecer que os gambás poderão estar lutando pela raspa do tacho da pré-Libertadores.

Mas, numa hipotética e milagrosa, disputa contra o Inter, temos que chegar na última rodada, na pior das hipóteses, com o mesmo número de pontos, 1 vitória a mais e vencer o Atlético, em Minas.

Mas, numa hipotética e milagrosa, disp.u.t.a contra o Inter, temos que chegar na última rodada, na pior das hipóteses, com o mesmo número de pontos, 1 vitória a mais e vencer o Atlético, em Minas.

1 vitória a mais vai ser difícil, melhor 1 ponto na frente.
Ganhar do Galo é o menos difícil.

Essa palavra “disp.ut.a” derruba a gente na moderação.
Já caí umas 3 vezes, kkk…

Tá abençoado ou não tá? River Plate 0-3 Palmeiras, Redbull 4-2 São Paulo, Flamengo 1-2 Fluminense, Sport 0-1 Palmeiras B, Flamengo 0-2 Ceará, São Paulo 0-1 Santos B. Acho que foi tanta oração, que tá até sobrando. E nem foi preciso tanto futebol assim. Se chegar a final.da Libertadores (pra mim, 90-10%) e for campeão, leva o resto. Com futebol nota 7 e tudo. Rezemos mais!

Mas, de repente… Melhor rezar só pela Liberta, e o Mundial a gente pensa depois. Kkkkk

Não teremos muito tempo pra pensar.
É ganhar a orelhuda e pegar o avião.

Pois é. Rezamos pra ganhar do River e tá servindo pra tudo. Vamo que vamo! Deus operando, San Gennaro intercedendo, Frei Abel treinando e o Willian goleando. 🏆🏆🏆🏆🏆🏆

Parece que todos os outros clubes querem dar ao Palmeiras tambem a taca do Brasileiro

Na rodada 31 teremos apenas:
Grêmio x Atlético-MG
Bambis x Inter
Cheirinho x Palmeiras ( em Brasília )
Acho que as gazelas já não estarão na liderança nesta rodada.

Eu particularmente nem tô mais ligando pro Covidão 2020 , só penso na final da libertas q está muito perto e na final da Copa do Brasil. Mas é de se lamentar e muito aqueles resultados pífios da época do Luxemburgo. Hoje seria realidade estar d.i.s.p.u.t.an.d.o os 3 títulos.

Como costuma escrever o Levi, um jogo de cada vez. Eu acredito que nossa sobrevivência no BR vai depender dos próximos três jogos, pesadíssimos. Mas o fato é que neste momento, como já escreveram, só duas equipes dependem matematicamente apenas delas mesmas para levarem a taça, o SPFC e o Palmeiras, com o adendo de que precisaremos tirar uma considerável diferença no saldo de gols até o final.

Pronto.
Dependemos apenas do nosso futebol para alcançar as gazelas.
Enquanto isso, na gávea, a batata do Ceni está assando.

Urubus e cervos dando mole. O Fortaleza já avisou que não quer o Ceni de volta, e o Muricy já prometeu três anos de contrato pro Diniz.

Nossa sequência é: Grêmio (Allianz) na sexta, Gambás (Allianz) na outra segunda e Cheirinho (em Brasília) na outra quinta. Eu colocaria time titular no Derby, seja o que Deus quiser nos outros jogos e depois do dia 21 a gente volta a olhar a tabela…

A dor de cabeça que o Palmeiras está dando pro cara que faz os calendários de jogos é uma coisa impressionante hahahaha

Já dependemos só de nós mesmos no BR… Quem diria.

Podemos não ganhar o BR, e particularmente acho que não teremos fôlego pra isso, mas imaginar o caos que estamos prestes a causar no calendário, inclusive dos próximos estaduais, além da considerável chance de não ter hepta nem pra urubus nem pra bambis vai valer quase um hendeca…

Só uma coisa está clara e indiscutível a respeito do lance contra o Sport.

O Palmeiras não é sistematicamente roubado pela arbitragem. Não existe um complô contra o Palmeiras. Os árbitros não vem já intencionados a nós roubar.

E sim, muitas vezes, quando há dúvida na marcação de algo, optam por beneficiar o Palmeiras.

Inclusive, o Palmeiras já teve mais intervenções favoráveis do que desfavoráveis em relação ao VAR esse ano.

Que pelo menos isso fique claro.

Ao seu texto, mais uma vez irrepreensível, acrescentaria apenas no terceiro parágrafo que em qualquer lugar do planeta, quando um time grande enfrenta um time de menor expressão, a tendência é favorecer o mais forte, rico ou poderoso. A Juventus na Itália e a dupla Real Madrid/Barcelona na Espanha são exemplos escandalosos disso. No recente tricampeonato de Champions obtido pelo Real, então, vi algumas coisas que fariam o Armando Marques corar no túmulo – aliás, nem sei se ele foi cremado…

Thom, eu concordo que não há complô contra nós na arbitragem, mas acredito que os dois times de maior torcida costumam ter um índice de ganhos maior que o de perdas na arbitragem em relação aos demais times. Mas na imprensa eu sempre senti muita rejeição ao Palmeiras, tanto na Globo como em outros canais. Tanto que ontem eu até citei aqui a opinião da comentarista de arbitragem de que não foi pênalti, já que os comentários (principalmente de um certo ex árbitro corintiano) são sempre contrários. Ou seja, “até a Globo falou que não foi”. Não entendo a regra do pênalti na mão, acho que na verdade ninguém entende, mas continuo firme na opinião de que eu jamais daria o pênalti de ontem porque eu acho um absurdo marcar aquele lance, inclusive se fosse a nosso favor. E quanto ao lance do brocador pra mim só se cogita o pênalti aqui no Brasil, pra mim zagueiro exclusivamente na bola, no lance eles se desequilibram, normal. Então acho que a arbitragem acertou. De qualquer forma, se tivéssemos feito o segundo gol numa das muitas oportunidades, nao estariamos falando disso agora.

Paulão, queria deixar claro que quem cogitou o pênalti no Brocador fui eu, opinião a qual aliás eu mantenho até agora. Não lembro de terem comentado isso na tevê. Aliás, toda a polêmica de ontem à noite aqui no 3VV se deu apenas porque eu comentei fortuitamente que a maré estava tão favorável que haviam ignorado dois pênaltis contra nós (também não entendo a regra da mão, mas ao contrário de você acho absurdo não terem marcado aquele lance), como se houvesse uma Lei Marcial impedindo que torcedor de qualquer clube contestasse marcações a seu favor. Para mim isso é coisa pra quem gosta de ser gado.

Acredito que já há alguns anos as duas maiores torcidas do país têm em comum o mesmo rival, um pela própria tradição estadual e outro pela recente disp.uta financeira no mercado de negociações, além de estarem frequentemente lutando pelos títulos. Por consequência, falar mal desse “inimigo comum” gera “likes” e acessos desse grande contingente a essas plataformas. Some-se a isso a tendência natural do ser humano, quando em dificuldades, de acreditar que “o mundo está contra ele”, e é por isso que acho o texto do Thom irretocável. Mas é apenas minha opinião.

Os maiores problemas do Palmeiras, ontem hoje e sempre, ainda estão mais ligados à sua administração do que a teorias mirabolantes. Se você quer saber, lembrar que a Leila vai mandar no clube por seis anos a partir de 2022 tendo apoio maciço de pessoas fortemente ligadas a uma torcida organizada com histórico no mínimo polêmico me deixa mais preocupado com o futuro remoto do que saber quem será o árbitro da final da Libertadores 2020, caso a gente realmente chegue lá.

Yoda, acho que estamos falando a mesma coisa, só com opiniões diferentes. Quando eu falo dos pênaltis, disse que só cogitam por aqui o do brocador porque na Europa quando o zagueiro vai na bola e acerta a bola, não marcam nada. Na hora a TV não falou, mas todos os amigos não palmeirenses ficaram indignados, só por isso comentei.
Já o outro eu não daria nem se fosse a nosso favor na final do mundial, mas infelizmente a regra permite interpretação diversa, fazer o que?
Eu odeio ganhar “roubado”, quando acontece fico P. da vida, so achei que ontem não foi assim, mas pecamos em não fazer o segundo antes.
Quanto à arbitragem, confesso que me preocupo se jogarmos a final da libertadores contra o Boca, não tem nada a ver com o complô contra nós, que não existe, mas nunca vi um time tão favorecido como eles, em especial em fases agudas da libertadores, já experimentamos isso como todos se lembram.
Agora, em relação à administração acho que a opinião é unânime, o Palmeiras cansou de perder para si mesmo e tenho sérias preocupações de ter a dona do patrocinador como Presidente. Rezo para dar certo, já que muito dificilmente ela não será eleita no final do ano. Vamos ver. Mas por ora toda a torcida pra esse time que parecia formando baralho esse ano e agora estamos nessa expectativa de título!! Avanti!!

Na Europa não são marcadas 10% das faltas que são dadas aqui, o que dirá pênaltis, que em muitas vezes decidem jogos e títulos.

Em nenhum momento falei em “roubo” ontem. Favorecimento, sim. Pênalti não é gol, precisa antes ser convertido, e o Sport não merecia o empate. Mas continuo com a absoluta e inabalável certeza de que os mesmos lances, com as camisas e o placar invertidos, não marcados teriam gerado uma enxurrada (aí sim) de “fomos roubados mais uma vez” entre os palmeirenses.

Sobre o Boca, não tenho o que acrescentar, é isso mesmo. Aliás, o favorecimento aos argentinos é algo histórico na Conmebol, o que fizeram com o Santos em 2018 pra favorecer o Independiente foi vergonhoso, contando inclusive com a conivência da dona CBF. Mas não faz sentido eu acreditar que o futebol seja sempre um jogo de cartas marcadas e ainda assim continuar acompanhando-o.

Meu maior receio em relação à Leila é ver o Palmeiras se tornar o que virou o Fluminense após a saída da Unimed, quem sabe com algum Paulo Serdan sucedendo-a na presidência com um orçamento modesto e muitas dívidas nas mãos. Muita gente vai dizer “não tem como isso acontecer”, mas no auge da Parmalat, quando “fiasco” era chegar em terceiro lugar, qualquer competição que fosse, eu também pensava assim.

O problema maior Paulão, é que rigorosamente todas as torcidas acham que seu clube é odiado pela mídia.

Acredito que isso aconteça porque sempre nos lembramos mais de quando nos criticam. E também porque temos essa mania besta de achar que todos estão sempre contra nós.

Acho a mídia esportiva brasileira fraquíssima. Quase amadora. Mas, no fim das contas, ela ataca toda as torcidas.

Agora mesmo, só se fala de pressão no Rogério Ceni. Que o Flamengo tá em crise…

Falar mal dos times sempre dá mais cliques, principalmente aqui no Brasil. Aí já viu né?

Muita polêmica por causa do Ruimny. Próximo jogo o Abel tem que proibí-lo de entrar na nossa área ou então terá que jogar algemado.
Agora é hora de secar as gazelas.
Avanti Palexxxtra !!!

So agora vi os dois lances reclamados pelo Sport. No primeiro, o nosso zagueiro vai claramente na bola e o Brocador se joga na area, tipica situacao de jogador querendo cavar penalti no desespero do fim de jogo. No segundo, Rony se desvia ao maximo da bola, que mal resvala em seu braco, sem intencao alguma. Conclusao: nao houve penalti algum.

Então, Zanon, pra você ver como esse “claramente” é subjetivo, vi algumas pessoas dizendo que o lance do Marinho na 4a feira não foi pênalti claro. E aí, como fica?

Não existe opinião certa ou errada, existem opiniões e fatos. Qualquer pessoa comum tende a formar a sua opinião de modo a levar algum tipo de vantagem ou favorecimento de acordo com sua visão de mundo, por isso que as divergências sempre vão existir – ainda bem!

Embora ache a orientação sobre mão na bola em lance originado do próprio time absurda, e já expliquei porquê, ela está em vigor e deve ser seguida. Para todos os times, aliás. Sobre o lance do Brocador mantenho a opinião de que foi falta, e vou insistir na tese de trocar as camisas e o placar pra avaliar melhor. Pra mim foi claro, pra outras pessoas não, o placar não vai mudar por causa disso e a vida segue.

De tudo isso, tiro duas conclusões que pra mim são óbvias. A primeira é que quando uma pessoa precisa recorrer à letra de uma lei ou regra, ou usar seus dotes de engenharia pra explicar por A mais B vezes C dividido por D elevado a E como aquilo aconteceu é porque num primeiro instante ela tem certeza é de nada, e precisa ansiosamente buscar amparo para sua tese. A segunda, para desespero dos teóricos da conspiração, é que se a CBF, o VAR, a Globo ou o Robério de Ogum quisessem mesmo prejudicar sistematicamente o Palmeiras desde 1914, no jogo de ontem não faltariam oportunidades.

Ótimo domingo.

Intenção não conta. Contava antes da recomendação da FIFA no começo do ano passado. De lá pra cá, árbitros tem de dar pênalti em qualquer mão na defesa. A maioria tem seguido a recomendação, se um ou outro resolve se ater a regra antes da recomendação, então você cria um desequilíbrio na regra, onde certos times em certas situações, serão beneficiados devido ao fato de um juiz deixar de marcar algo que os outros 90% dos times em suas partidas serão marcados. Serviram precisa ser unânime nos métodos e regras.

Como eu disse, na regra atual, intenção não é levada em conta.

Até ontem à noite eu, você e 99,9% dos palmeirenses ou torcedores normais (isso existe?) de qualquer outro clube não conheciam essa “recomendação”. Lendo e ouvindo o que jornalistas, blogueiros (o Menon foi quem melhor definiu o que senti) e internautas em geral comentaram hoje, ratifiquei minha conclusão anterior: a partir de agora, não havendo jogadores adversários por perto, o goleiro pode tocar a bola para seu zagueiro dominar com as mãos dentro da área sem que haja o risco do pênalti ser marcado.

Ou essa história está mal explicada ou existe um tremendo erro de interpretação aí.

Com o River Plate tendo que atacar o tempo todo e nos dando contra-ataques, o meu palpite e que o Palmeiras vai ganhar de novo hoje.

Intenção na regra atual não é levada em conta mesmo, mas toda mão é pênalti não existe na regra!
Transcrevi a regra direto do site da CBF para não termos dúvidas!!

Sobre o que está escrito na regra ou na tal “recomendação” pode não haver dúvida, basta ler. Sobre como ela será interpretada, sim. Quem dera fosse assim simples, cartesiano. Não é, principalmente com a variedade de “interpretações” e critérios que temos por aqui.

O goleiro toca pro zagueiro dentro da sua área e ele pega a bola com a mão mesmo, já que não tem adversário por perto. Pode isso, Arnaldo?

Isso não pode!
Mas se o jogador está uns 3 metros de distância e dá um chutão para tirar a bola da área e essa bola bate na mão de um companheiro seu sem tempo hábil para tirar o braço, isso não é pênalti!
Agora se você acha que o Rony tinha tempo de tirar a mão e não quis fazê-lo então foi pênalti.
Simples assim. Conforme descrito na regra!

Trechos da regra tirados diretamente do site da CBF para ajudar a avaliar:
“Já na parte defensiva, a parte principal para se entender é que o jogador não pode aumentar a superfície de contato do corpo com os braços, como diz a regra:
“Tocar na bola com a mão/braço quando:
• a mão/braço estiver em posição antinatural e com isso ampliando o espaço
do corpo;
• a mão/braço estiver acima/além da altura do ombro ou de seu nível (a menos
que o jogador jogue a bola deliberadamente e então a bola toque em sua mão/braço”

Não será infração se a bola tocar na mão/braço:
• Diretamente da cabeça ou corpo (inclusive o pé) do próprio jogador;
• Diretamente da cabeça ou corpo (inclusive o pé) de outro jogador que esteja
próximo;
• Se a mão/braço estiver junto ao corpo sem ampliar o espaço em razão de uma
posição antinatural;
• Quando um jogador cair e a mão/braço estiver entre seu corpo e o ponto
de apoio do chão, mas não estendida para longe do corpo, lateral ou
verticalmente.”

Só no ataque é que existe a orientação de bateu na mão pare a jogada.

LGO, a gente agradece o trabalho que vc teve de pesquisar e reproduzir o que diz a regra. Não se limitou a chamar quem não concorda com você de “gambá” ou “bur.ro”, algo que tem a mesma profundidade argumentativa daquela história de jogar xadrez com um pombo, que a maioria deve conhecer.

De qualquer forma, o lance do Rony não se encaixa nessas quatro opções de “não será infração”, vai mais na tese da “bola inesperada”, mas insisto que é tudo bastante discutível a partir do momento em que critérios diferentes são usados para lances iguais. O torcedor vai optar sempre pelo critério óbvio, “quando é a favor do meu time foi, quando é contra não foi”, já a arbitragem não pode fazer isso.

1- O braço do Ruinny não está junto ao corpo, ele abre e dá contato com a bola.

2- O braço está muito acima da cintura

3- Ruinny está a mais de 2 metros do zagueiro que rebate. Próximo é quando vem um escanteio batido, um jogador rebate e o zagueiro está ali colado no outro, como muitas vezes acontece

Por fim, a Fifa recomenda que não se avalie a intenção, e recomendação não entra na regra escrita, MAS mesmo assim, a maior parte dos árbitros tem seguido a regra. Não é possível que vocês não tenham visto ou ouvido falar disso. Se discutiu muito nas primeiras rodadas quando começou a ser seguida a recomendação. SE todos os árbitros não seguirem a recomendação a risca, se cada um resolver apitar como der na telha, então você cria um desequilíbrio, onde alguns times serão beneficiados ou prejudicados, de acordo com o árbitro que estiver na partida.

MAS tenho de dizer que só estou debatendo isso, porque estão brigando com a regra aqui. Na verdade nem sou tanta importância assim. Brasileirão continua extremamente improvável, estar vivo nele pode atrapalhar nos torneios que interessam (se mal trabalhado mas escalações e preparação mental dos jogadores). E claro, não vou ficar exigindo que sigam a regra com perfeição justo com a gente, quando na verdade, várias vezes o Palmeiras esteve entre os times mais prejudicados do campeonato (saudades do site placar real, que mostrava os times mais prejudicados e mais beneficiados, e sempre mostrava na lata que éramos sempre ferrados pela arbitragem).

Nossa…
Depois de tudo isso chego à conclusão que foi penalty escandaloso do Vina contra o River, no começo do jogo.
Libertadores 2020 manchada.

Pegando emprestado do post do LGO:

Não será infração se a bola tocar na mão/braço:

• Quando um jogador cair e a mão/braço estiver entre seu corpo e o ponto
de apoio do chão, mas não estendida para longe do corpo, lateral ou
verticalmente.”

Conheço essa do braço apoiado, mas cada lance tem sua particularidade.
Por exemplo, vamos supor que o jogador que esteja com o braço apoiado no chão percebe que a bola que vem em sua direção vai tocar no seu braço, tem tempo para evitar o toque e não o faz, levando assim vantagem no lance. Pra mim isso é penalty, apesar do braço apoiado no chão. No caso do Vina contra o River, só ele sabe se havia tempo ou não.
Lance difícil, diferente de ontem, onde confundiram ruindade com penalty.

Então você tem um caso de intenção (deixar o braço propositalmente), como dito, a recomendação é que não se considere intenção. Portanto, desde que o braço esteja tenha ao corpo, como descrito na regra, não será penalti. Se o jogador estiver no chão fazendo um “snow angel”, com o bração aberto, é penalti.

A intenção nunca deixou de existir, exceto nos casos de chute a gol e passe do adversário, onde o jogador que faz a ação de bloqueio não toma o cuidado devido com o posicionamento dos braços.
Qualquer coisa fora disso vira bagunça.

https://www.goal.com/br/not%C3%ADcias/o-novo-futebol-com-o-var-mao-na-bola-e-sempre-penalti/15zg68pywcynu1bdfr0r2m6fk9

“O novo futebol com o VAR: mão na bola é sempre pênalti?

Redação Goal

Última atualização 12 de out. de 2020

[b]BRASILEIRÃO SÉRIE A[/b]

Mudanças recentes nas regras da IFAB deixaram marcação de toques da mão mais confusa para arbitragem, atletas e torcedores
Uma das questões mais confusas e polêmicas, a “mão na bola” ou “bola na mão” é alvo de inúmeras discussões. Além de diversos tópicos que categorizam a infração, a regra ainda dá espaço para a interpretação dos árbitros e assistentes, que nem sempre mantém os mesmos critérios na hora de assinalar as faltas.

Mas afinal, o que caracteriza uma falta por mão na bola? Mão na bola é sempre pênalti? Segundo as novas regras da International Board (IFAB), os seguintes casos devem ser penalizados em caso de toque com a mão:

– Braço e/ou mão distantes do corpo ou fora da linha do corpo (mesmo acidentalmente)
– Ocasiões que que o jogador se projeta em direção à bola
– Toques em mãos ou braços posicionados acima dos ombros
– Situações em que o jogador cair com o braço e/ou mãos projetados para fora do corpo
– Quando o jogador marca um gol ou cria uma chance após tocar na bola com o braço e/ou mãos (mesmo acidentalmente)
– Situações em que o toque com o braço e/ou mão acontece depois de bater na cabeça ou no corpo do próprio jogador
– Ocasiões em que o jogador usa parte dos braços e/ou mãos para fazer aumentar o volume do seu tronco

As novas regras foram anunciadas no último mês de abril, e já são válidas para ligas de futebol em todo mundo.

Outra mudança importante foi nos limites que definem o que pode ser considerado um toque no braço. Somente toques depois da linha inferior da axila são classificados como infração, enquanto uma bola diretamente entre o tronco e a axila não configura em um toque com a mão.

No caso de mão na bola acidental em jogadas ofensivas, só serão penalizadas situações que resultaram em um gol direto, ou criaram uma chance clara para marcar (como um passe acidental com o braço ou um toque que enganou defensores ou o goleiro).”

Como visto, não existe essa de “foi o zagueiro do próprio time que tocou a bola”, isso não invalida pênalti. Não sei de onde essa comentarista tirou essa.

PCM51, a comentarista não falou isso. Quem falou foi um companheiro nosso aqui do 3VV.
O que ela falou é que na opinião dela houve um chute de um jogador do mesmo time para fora da área e que bateu no braço sem tempo hábil para evitar.
E isso está bem escrito na regra! Agora se você acha que ele tinha tempo hábil para evitar o toque na mão então foi pênalti!

Nem vi o jogo hoje. Mas vi os melhores momentos.

Pelos melhores momentos do GE no YouTube, o último lance me pareceu pênalti claríssimo. A bola vem, o jumento abre as duas asas em vez de recolher (era o Rony? Vi todo mundo falando, achei que era o Emerson Santos), e ela pega claramente no braço. Na recomendação atual da FIFA, pegou no braço, não tem essa de intenção ou não, é pênalti.

Não gosto de ganhar na mão grande, mas se vão garfar alguém na partida, prefiro então que garfem o adversário.

Procurem o vídeo do Rica Perrone, “porque não interessa a ninguém a profissionalização”. Lá ele resume bem o porquê de juiz ser amador, dirigentes não quererem profissionalização, etc…

Caro PCM51, a própria comentarista de arbitragem da Globo falou que não foi pênalti, não é questão de braços abertos, mas a bola veio do próprio zagueiro nosso e ele tentou tirar o braço, além do que o lance não favorecia o Sport em nenhum aspecto. Seria um pênalti absurdo na minha opinião. Ou seja, o adversário não foi garfado em nenhum momento. Ah, era o Rony sim.

Paulão, essa regra que ela disse, nunca ouvi. A que conheço é a recomendação que a Fifa dá. Se tem essa regra, então tudo bem, mas pra mim é novidade.

Agora quanto a comentarista da globo dizer algo, já faz tempo que eu não confio nessa gente, então eu não vejo relevância no que ela achou ou não. São os mesmos comentaristas que relutam em dizer que o Palmeiras foi campeão mundial em 51, que queriam discordar da CBF quando unificou os campeonatos nacionais da CBD, etc…

Esquece o que eu escrevi. É óbvio que é pênalti, não existe isso de a bola ter sido afastada pela nossa zaga. A bola vir do próprio zagueiro é indiferente. Se isso invalidasse pênalti, era só toda vez que o zagueiro recuperar a bola na defesa, ele tocar a bola para as mãos do nosso outro zagueiro, que vai agarrar ela e arremessar para a frente, como se estivesse cobrando uma lateral. O princípio é o mesmo.

Foi muito pênalti, e a comentarista deve comer feno toda manhã…

PCM51
Me desculpe! Respeito sua opinião, mas isso não é pênalti!
O fato de que a bola foi rebatida pela nossa zaga é relevante, mas não decisório! Nisso você tem razão, porém a bola está saindo da área e o nosso jogador tentou claramente tirar o braço da jogada!
Essa história que pegou na mão é pênalti não existe na regra! Pode assistir qualquer campeonato europeu e verá que isso não é pênalti!
Se isso for pênalti e eu fosse técnico iria falar para os meus atacantes “parem de chutar no gol e tentem chutar na mão dos zagueiros!

LGO, o Nenê (hoje no Fluminense) é um cara especialista nisso, chutar na mão dos zagueiros. Muitas vezes ele conseguiu que o pênalti fosse marcado.

Espero que você use o mesmíssimo critério quando houver um lance a nosso favor e nada for marcado. Porque mais cedo ou mais tarde isso vai acontecer.

LGO, nada do que você disse condiz com as regras. A recomendação atual da Fifa (e que vem sendo seguida na maior parte dos jogos, e nem é de hoje, essa recomendação já vem do começo do ano passado, e já foi amplamento discutida) é de que tocou na mão é penalti, independente da intenção. O Rony não só abre as asas em vez de recolher, ela bate totalmente na área do braço aberto. E não existe na regra, exceção para “bola chutada por um companheiro”.

O juiz errou em mandar voltar, sob qualquer aspecto da regra atual.

PCM51!
Não vou discutir mais com você, pois na grande maioria das vezes minha opinião não é diferente da sua, mas dessa vez você está completamente equivocado! Essa orientação que bateu na mão é pênalti simplesmente não existe, inclusive existe uma da FIFA também que se der o carrinho e a bola bate na mão que está apoiada no chão não se deve dar o pênalti!
No campeonato inglês no fim de semana passado aconteceu um cruzamento que bateu na mão do jogador e eu achei pênalti, mas o juiz nem VAR chamou!
Aqui no Brasil estão querendo estragar o futebol…

LGO, só uma dica, meu caro: quando você diz que não vai discutir com alguém porque na maioria das vezes a opinião dessa pessoa bate com a sua, mas que quando há discordância ela está equivocada pressupõe-se que você esteja certo SEMPRE, inquestionavelmente. A despeito da extrema arrogância que isso denota, talvez seja bom lembrar que ninguém é dono da verdade nem senhor absoluto dos fatos. Agindo assim, você apenas descredencia suas opiniões, ok? Menos.

Bom domingo.

Yoda!
Você entendeu errado de novo!
Não sou mais que ninguém, e sempre respeitei as opiniões contrárias. Inclusive me ofende muito as várias vezes que você fala aqui que as pessoas acham algo pensando em ter privilégios para si próprio. Nem por isso ofendo alguém.
Só quis dizer que o PCM51 está enfático na opinião dele, e que como ele geralmente é coerente não quero mais polemizar. Apenas isso. De resto como você mesmo disse “está pressupondo” algo. E dessa vez pressuposto equivocado!
Bom domingo!

PCM51, pensei exatamente a mesma coisa. Se o fato da bola vir do companheiro invalida qualquer tipo de pênalti, seria mais fácil pegá-la com a mão e dar uma bica para o ataque, como no rugby, é só alegar que não há “prejuízo ao adversário”. Totalmente absurdo isso, mas se é o que se orienta, respeite-se a orientação, que valha a regra. Mas valha mesmo, inclusive quando ela for usada contra nós.

O pessoal só fugiu da discussão do pênalti sobre o Brocador. Esse eu achei claríssimo, mas é capaz de alguém encontrar alguma lei de física ou termodinâmica que explique que pela justaposição das perpendiculares das fíbulas o lance foi normal…

Esse pênalti no brocador acho que nem ele achou que foi! É só assistir que tem uma câmera que mostra exatamente o zagueiro do Palmeiras travando a bola. Não quero polemizar com você, mas sugiro procurar o lance no YouTube, pois tenho certeza que você verá o que estou falando.
Quanto a história de “quero ver quando for contra nós” acho pura demagogia. Não vejo o menor problema em assumir erros a nosso favor, inclusive tenho vergonha quando isso ocorre. Prefiro perder justo do que ganhar roubado. E a extrema maioria dos Palmeirenses ao contrário dos torcedores dos outros times pensam igual a mim!

O que você trata como “demagogia” eu chamo de “mera constatação”. Tente encontrar meia dúzia de corintianos que jurem de pés juntos que o Ralf realmente fez pênalti no Dudu na final de 2018 que (talvez) você vai me entender melhor.

Vi o lance citado no Youtube e mantenho meu veredito, o qual por sua vez não vai mudar o placar nem o resultado do jogo. Como comentei na postagem anterior, ninguém é dono da verdade, e o fato de torcer não me obriga a distorcê-la.

Bom domingo.

Ok Yoda!
Quanto aos curicas eu realmente não sei, mas os palmeirenses da minha minha família e da minha convivência não tem o costume de mentir em função de vantagens.
Por exemplo na final de 1993 todos (100%) dos palestrinos que eu citei julgam que o Edmundo deveria ser expulso na falta que fez encima do Paulo Sérgio! Isso poderia até ter mudado a história daquele jogo.
Portanto, apesar de respeitar sua opinião, jjamais aceitarei que a minha opinião é tendenciosa como você cita várias vezes aquino blog. Pode inverter as camisas que para mim não muda nada. Aliás essa premissa não uso só no futebol, utilizo para minha vida pessoal também!

Sobre esse lance de 1993, a minha opinião é que se o Edmundo tivesse acertado o Paulo Sérgio ele estaria andando de cadeira de rodas até hoje. Na câmera que estava na altura do gramado é possível ver perfeitamente que o Animal dá uma voadora (portanto, merecia cartão amarelo) mas ela passa longe do corintiano. Além disso, caso o Paulo Sérgio tivesse mesmo sido “alvejado” da maneira como simulou, jamais teria ficado em campo até os 15 e tralalá do segundo tempo da prorrogação, mas continuou correndo normalmente até o final, por isso que acho essa a maior mentira que se conta sobre aquele evento.

O único erro do Aparecido naquela partida foi a expulsão do Tonhão, que nem encostou no Baby Sauro mas foi colocado pra fora pra fazer média. Provavelmente se tivesse tirado o Edmundo e mais alguém do Palmeiras do jogo, ele teria arrumado emprego de comentarista na Globo.

Há um vídeo bem interessante circulando por aí nas mídias palmeirenses do Youtube, mostrando o comentarista gambá Juarez Soares dizendo no início daquela partida, após o primeiro cartão amarelo dado ao Henrique, que a arbitragem estava seguindo um “critério corretíssimo” para coibir a violência e tomar conta do jogo (que então estava 0x0, resultado que dava o título ao Corinthians); na sequência, esse vídeo corta para o final do segundo tempo, com o placar já em 3×0, e o mesmo Juarez dizendo que o árbitro havia utilizado um critério “completamente equivocado” no aspecto disciplinar. Esse é só mais um exemplo clássico do que eu chamo de “indignação seletiva”, que nada tem de demagogia mas apenas de constatação.

O Palmeiras já foi prejudicado por arbitragens muitas vezes e ajudado em outras. Naquele 12 de junho de 1993, pelo menos, isso não aconteceu.

Concordo com 99%!
Minha única alteração é que se é “voadora” como você mesmo disse, voadora é agressão, e agressão independente de pegar em cheio (também acho que não pegou) é expulsão!

O Paulão está corretíssimo! A regra é essa!
Como pode querem um pênalti que desse???A bola saindo da área é chutada pelo zagueiro…
No campeonato inglês não se dá um pênalti sequer dessa maneira.
Nosso futebol está ficando chato de tanto pênalti que o pessoal quer marcar…

LGO, acredito que a maior polêmica se deu por conta do árbitro não dominar a regra e desconhecer a orientação que é dada nessas situações, que por sinal é recente. Parece que o VAR o chamou para dizer justamente isso.

De qualquer forma, acho esse lance bastante discutível, a própria comentarista do SporTV falou em “Bola Inesperada” (a distância entre o jogador que chutou e o que levou a bolada era tão pequena que não haveria como recolher o braço e evitar o movimento reflexivo), e não na orientação que deve ser seguida, então não me parece uma questão simples. Acho pouco provável no entanto que a reação por aqui seria a mesma caso as camisas e o placar fossem invertidos. Teríamos uma vasta lista de “interpretações” e teorias para o lance por parte dos “especialistas” de plantão, claro que todas elas a nosso favor.

A verdadeira chatice atual do futebol não está no tanto de pênaltis que o pessoal quer marcar, mas no tanto de vantagem que quer levar para o seu time, independentemente do que seja justo ou correto. Aliás, isso vale pra todo segmento através do qual você olhar o mundo hoje em dia.

Olha PCM51, eu também era outro que nunca tinha escutado sobre essa regra, até ontem. Então, a minha opinião fica assim: se tem esse regra, não é pênalti. Se não tem, deveria ser marcado, pois o Rony estava com o braço aberto, e já vi diversos lances que o jogador tenta tirar o braço, a bola pega nele, o pênalti é marcado.

Sim Aroni!
Já vi pênaltis como esse serem marcados, mas de maneira equivocada.
Como podemos achar pênalti numa bola que está saindo da área, rebatida pela zaga, sem nenhum jogado adversário perto e em um lance que nitidamente o jogador tenta tirar o braço??

LGO, faz tempo que os árbitros têm ignorado a intenção quando a bola bate no mão. Dentro da área só têm avaliado se o braço amplia a área natural do corpo (pênalti) ou não (não pênalti), se a bola bate no corpo e depois pega na mão (não pênalti) e quando dá um carrinho na área e a bola pega no braço, mesmo sem intenção (pênalti). Essa, do defensor chutar, rebater, espanar, sei lá, e pegar no braço aberto (ainda que queira tirar) do jogador do mesmo time e não ser pênalti, foi fato novo. Não conhecia essa regra ou atitute. Hoje existe: 1. a regra formal, 2. a regra prática da arbitragem de campo e vídeo.

Aroni concordo com tudo que você escreveu!
Mas veja lá na regra que puxei do site da CBF. Ele não deu o pênalti por entender que o lance é muito próximo e sem tempo de reação!

É isso, não seguem a regra formal à risca, e sim a regra corporativista adotada por eles, árbitros brasileiros. Na Libertadores já se vê a diferença (exceto com os árbitros brasileiros).

👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏!!!

(29 emojis, em homenagem ao nosso camisa 29!)

O Paulão resumiu muito bem o lance.
Quanto ao comentário do PCM 51, concordo muito com a parte do “jumento”.

Comentário pertinente e absolutamente coerente, meu caro PCM51 – ou será que devo chamá-lo de Gambá ou bur.ro por você ter ousado discordar da ilibada opinião dos comentaristas do SporTV?

O próprio Rony (sim, foi ele) admitiu que a bola pegou na sua mão, e nessa situação não há interpretação – se bem que dependendo do time, o árbitro interpreta, sim. O pênalti que eu achei indiscutível, no entanto, foi o do lance anterior, sobre o Brocador. Mas é só a minha opinião. Não me importo de ser execrado por causa dela, o que incomoda é como algumas pessoas tentam manipular os fatos sempre a favor de suas conveniências, insultando a capacidade de raciocínio das outras.

Concordo com você, se um time tiver que levar prejuízo que seja o outro – porém, se depois a gente levar prejuízo com a mesma moeda, tem que ficar de bico fechado. Critério é algo que precisa ser usado pra todo mundo ou pra ninguém, senão vira oportunismo.

Não vi o vídeo do Rica, não topo muito ele não, mas penso que as arbitragens não serão profissionalizadas pelo mesmo motivo que o voto jamais será facultativo neste país. Dirigentes esportivos e políticos, em geral, são os caras que vivem de leite porque acham que a vaca o DÁ. Se eles tiverem que acordar de madrugada, entrar no pasto cheio de 💩, amarrar as pernas e o rabo da vaca, sentar no banquinho e apertar as tetas do jeito certo pra TIRAR o leite dela, vão buscar outra coisa pra fazer na vida, como quem sabe trabalhar de verdade.

Concordo que é melhor que o adversário saia no prejuízo, antes ele do que eu, mas quando o prejuízo for nosso (e em algum momento será), especialmente usando-se a mesma moeda, ninguém vai poder reclamar. Ou vai?

Mas pelo menos agora vou poder dormir tranquilo, depois de quase três anos. Como a imensa maioria dos comentaristas, inclusive os do SporTV, achou que o lance entre o Ralf e o Dudu na final do Paulista de 2018 não foi pênalti, então posso confiar na opinião deles pois a justiça foi feita…

Prefiro que ninguém seja prejudicado e que o melhor ganhe. Não gosto quando o adversário é prejudicado!
E acho que você poderia dormir tranquilo faz tempo. O roubo em 2018 não foi no caso de ser ou não pênalti. O lance é bem discutível também. Mas o roubo está que em 2018 não tinha VAR e não poderia ter voltado atrás com a ajuda externa como ontem, apenas isso.
Mas não reclamo de 2018 não. Deveríamos ter jogado mais e ter ganho na bola! Era nossa obrigação!!!

Só ressaltando o “se tiver de roubar”, ou seja, se for um gato inevitável, aí que seja o outro e não eu. Obviamente, não quero ganhar com erro a nosso favor, nem perder com erro contra. Quero que o juiz seja um profissional da área, não um frentista que faz bico como árbitro, e portanto, suscetível a errar por falta de preparo, ou facilmente corrompivel.

Palmeiras, com um jogo a menos, está 4 pontos a frente do Fluminense, segurando com certa tranquilidade esse G6.

Confirmando essa vaga na final da Libertadores e esse G6, pra mim o ano do Palmeiras já é excelente. Muito, mas muuuuuito acima do esperado. Há alguns meses a gente tava torcendo pra não cair haha

Não dá pra exigir nada em finais. São jogos a parte e não tem como cravar nada. Mas só pelo que já fez, ficou claro que a maioria dos técnicos brasileiros estão longe do que fazem os Europeus…

Acho que pro futuro, devíamos começar a pensar em contratar jogadores europeus também. Portugueses, espanhóis, etc… Mesmo que não sejam top de linha, mediano por mediano eu prefiro os de lá.

O River está perdendo para o Independiente neste momento por 2×0 pelo “Maradonão”. O Armani falhou num dos gols, e assim como aconteceu em Recife o Gallardo (que acabou de ser expulso) colocou alguns titulares pra tentar mudar o jogo, aparentemente sem sucesso.

Depois de “ressuscitar” vários defuntos, agora estamos enterrando os times bons.

Que fase!

Lembrando que se ganharmos do River terça, só dá pra ser campeão com a melhor campanha da história da Libertadores….

É, pelo menos essa a gente conseguiu, pena que na sequência veio o segundo rebaixamento, né? Como dizia minha mãe, por fora bela viola, por dentro pão bolorento…

Bela vitoria e belo gol, pelo lancamento, pelo dominio de bola do Veron e pelo lance individual do William, que driblou o zagueiro e finalizou por baixo das pernas do goleiro. Importantes 3 pontos. No Brasileiro, vamos ver ate onde iremos.

Coroa sêxtupla: Copa Mickey, Ex-paulistinha, Assaíchinão, CdB, Libertadores e Mundial. E o Dubgod faz o gol do Mundial.

Como esquecemos a Copa 🐁?

Pode ser coroa sétupla, vai ter Super Copa do Brasil em março, se levarmos o Assaid-20 o adversário será o segundo colocado.

Haja rodo pra tanta taça!!

Já pensou?

Hahahahah seria pedir muito ganhar todos os títulos possíveis? Acho que não…

Pena que não vai ter Copinha nem Carnaval este ano, senão seria coroa nônupla!!!

Quem é Guardiola na fila do pão?

O Santo desse Abel é forte demais hahahaha

O time B, de meia-boca, até q tá dando pro gasto.

Brasileiro é pra ficar entre os 6 e tá bom demais….

Bota forte nisso.
Dois pênaltis seguidos e a arbitragem, incluindo VAR, não marca. Tempos iluminados…

O time sub-21 do Palmeiras pegaria no mínimo Sul-Americana nesse Assaizão cheio de times horrorosos.

Vi outro jogo!
Não vi pênalti algum!
Nem os comentaristas do Sportv sempre contra também não viram.
Aliás os palmeirenses não podem reclamar do VAR. Sem ele teríamos sido roubados muitas vezes!
Não acho que estamos abençoados, apenas para ué estamos jogando bola. Aliás perdemos várias oportunidades.
Avanti Palestra!
Bom domingo a todos!

Ninguém viu esses pênaltis! Nos comentários dos meus amigos não palmeirenses também ninguém achou!

Respeito sua opinião, Carlos, apenas gostaria de ter a minha respeitada. Na dúvida, recorro a um recurso infalível: inverta as camisas no mesmíssimo lance. Sendo mais extremo ainda, inverta o placar. Duvido que não estivessem chovendo reclamações aqui no fórum.

Mas enfatizo que é só uma opinião, não vai mudar (ainda bem) o resultado do jogo. Até porque pênalti não é gol.

Excelente ponto aqui também. Mesmo alguns achando que não é pênalti, se o jogo está 1×0 pro Sport e marcam esse pênaltis pra nós e depois anulam, ia chover comentário de que nos temos que jogar contra arbitragem e Grobo.

Que bom que foi diferente dessa vez!

Não sei qual jogo você viu, amigo. O que eu vi foi com os meus olhos e não os dos comentaristas, que só prestam de acordo com a conveniência ou o modo ON da indignação seletiva. E para mim houve dois lances seguidos em que a arbitragem poderia perfeitamente ter marcado penalidade, caso a famigerada “perseguição desde 1914” realmente existisse. Se não marcou, ótimo. Mas se os mesmíssimos lances tivessem ocorrido invertendo-se as camisas, ahhh!… Um monte de gente que sequer se manifestou durante o jogo apareceria aqui pra falar de “roubo”.

Eu como palmeirense reclamo do VAR e do que for necessário quando acho justo, não apenas quando me for conveniente. Eu sou apenas torcedor, o oportunismo deixo para os “espertos”.

Ok. Respeito sua opinião!
Apenas há um engano seu, pois não tenho dificuldade alguma em reconhecer quando ocorrem erros a nosso favor!
E para finalizar prefiro falar em melhor futebol jogado. Falar em ano abençoado além de desmerecer o que estamos fazendo chama a zebra. É só perder a libertadores e a copa do Brasil para falar que o ano deixou de ser abençoado e acabou a sorte. É só uma opinião também!

Com relação ao “abençoado” eu até tenho uma tendência a concordar com vc. O humor do torcedor muda da água pro vinho, e da quarta pro domingo quem era santo vira maldito e vice-versa. Não há muito o que discutir pois (sem fazer juízo de valores) é assim que acontece.

Também gostaria que qualquer mérito por toda vitória viesse como fruto de bom futebol, mas aqui também não há muito o que fazer, não é nem vai ser sempre assim. Às vezes a sorte ou a ruindade do adversário ajudam, outras a arbitragem ou até a bola atrapalham.

O que importa é que o time jogou pro gasto, dado o nível do adversário. E que, tendo ou não acontecido pênalti no apagar das luzes, ele não foi marcado.

Concordo que temos jogado um futebol melhor que o de muito títulos recentes e “abençoado” nem é um termo correto porque perdemos nosso melhor ponta/atacante.

Mas as vezes a sorte tem que ajudar também… E tem ajudado muito. O River perdeu um caminhão de gols na terça. Maaas isso não é problema nosso, grazadeus.

Quem viu penalty nesse lance ou é gambá ou não entende p*rra nenhuma de futebol.
1. A bola veio de um jogador do Palmeiras;
2. A bola estava saindo pela lateral da área;
3. O Ruimny tenta tirar o corpo da bola e não teve intenção;
4. Não tinha nenhum jogador do Sport próximo ao lance.
E pra quem tem memória curta, nós que fomos garfados aqui no Allianz no 1.o turno, numa expulsão do Zé Rafael.
Aí não aparece nenhum “palmeirense” pra reclamar do juiz.

Cara, eu estou defendendo a minha opinião apresentando argumentos sem ofender ninguém, ao passo que você está me chamando de burro e gambá (o supra-sumo da falta de argumentação) por ter uma visão diferente da sua. Respeito sua limitação intelectual (quer dizer que mão na bola não é falta quando a jogada não tem participação do adversário?) e sua necessidade de aparecer cada vez que acerta um palpite, mas as pessoas são diferentes. Se está acostumado a lidar com esse nível de educação com as pessoas com quem convive, o problema não é meu. Respeite para ser respeitado.

Olha só quem pede respeito, a metralhadora .50 sem mira.
Cada uma…

Olha, independemente se foi pênalti ou não, num ano não abençoado, ele seria marcado. Tá demais. Arbitragem desmarcando pênalti contra nós? 🤔

Aí depende, se o adversário fosse um outro rubro-negro o VAR nem chamava.

Esse é o ponto que acho que ninguem entendeu.

A questão não é se é pênalti ou não. A questão é que antes davam pênalti pra nós e depois voltavam atrás (até antes do VAR)…

Agora anulam pênaltis marcados contra nós. Já é uma baita evolução, digasse de passage…

Amém!
Luz!!!
Ave Thom!!!!!!

Obrigado por pensar e entender as entrelinhas, meu caro. Obrigado, mesmo!

Eu acho que estamos divinamente abençoados. São Paulo toma goleada do Bragabull. Flamengo toma virada do Fluminense. Palmeiras ganha com time misto, fora de casa, com Zé Rafael e Lucas Lima no meio, e com gol do Willian capitão, com arbitragem voltando atrás em pênalti marcafo contra nós, e comentarista da rgt dizendo que não foi. Amém!

Aff, um pouco de luz!

O argumento é justamente esse, Aroni! Se foi ou não “pênaltis” (pra mim, um deles foi) o que importa é que não foi marcado. Estamos iluminados!

A opinião de comentarista tem que ser irrelevante sempre, e pra mim é, ou relevante em qualquer ocasião, não quando for conveniente. Fora disso, existe apenas oportunismo.

E não posso deixar de agradecer a sutileza com que usou duas mãos (se bem que se vc for como eu, usa uma pra teclar e outra pra segurar o celular…) ao invés de usar a agressividade de quatro patas. Discordar é sadio, nós mesmos discordamos em vários aspectos, mas jamais vi vc chamar alguém que gosta do Bigode de “Gambá”. Parabéns, essa serenidade “é para poucos”.

Vou dizer o quê? Esse ano tá abençoado mesmo. Já vi times do Palmeiras muito melhores saírem derrotados, na Ilha do Retiro. E esse, com o trio tristeza (Trio Zébilu) ganhando. Só espero por títulos gigantes esta temporada.

Gol Dubgod!
Luan e 👌cevic protagonizando lance “My God!”. Ainda bem que temos goleiro-linha…

Escalação pra Aroni nenhum botar defeito. Emerson Iemanjá, Zé Ruela, Lucas Tolima e Willian Barbeiro (de capitão). Só faltaram Peru e Rocha.

Ôpa! Presente e sorridente 😀. Yime dos sonhos. Sou Dubgod + 10! 🤔

Os comentários estão desativados.