Categorias
Resenha dos Jogos

Recopa Palmeiras 1(3)x(4)2 Defensa y Justicia: que sirva de lição

Palmeiras jogou mal. Muito mal. Perdeu no tempo normal para o DyJ. 2×1. Empate na prorrogação e mais uma derrota nos penais.

Sem palavras… a Recopa não é algo relevante mas a forma como o Palmeiras perdeu, com uma arbitragem horrível, perdendo pênalti na prorrogação e novamente perdendo a disputa em penais. Que pelo menos esse vexame sirva de lição para alguma coisa.

Vamos em frente…

Saudações Alviverdes.

233 respostas em “Recopa Palmeiras 1(3)x(4)2 Defensa y Justicia: que sirva de lição”

Tem esgoto que quando sai das catacumbas e dá o ar da (des)graça libera excremento de tudo quanto é cheiro e cor: nero, marrone, giallo, bianco… Infestam o ar com suas “elocubrações”, mas do conteúdo só se extrai matéria fecal, mesmo…

Passada a ressaca de duas taças perdidas em uma semana, há que se juntar o que saiu disso tudo e sentir o golpe. Tem que doer nos caras, fazer o “Lessons learned” e tomar ações rigorosas para a sequência: limpeza no elenco, trazer novos jogadores com mais casca e gana de vencer.
Temporada 2021 está no começo e o Palmeiras têm muitas competições importantes para disputar. Tem que se manter no topo.
Paulistinha tem que ser usado para treino de luxo, deixa o Cebola cuidar do time nestes jogos.
Neste momento foco total na Libertadores, fase de grupos acaba no final de maio. Logo na sequência começa o BR21 e já dá pra balancear as duas competições.
Passado é passado. Guarda-se no museu, memória, livros, pendrive, youtube e quando precisar vai lá e aprende como ganhou e como perdeu.
Foco nas ações de agora para que os resultados melhorem, o que não pode é viver em um mundo imaginário junto com Ewok´s, Jabba the hut, FYoda, Chewbabaccas, que têm alguma relevância somente em filmes de ficção mesmo.

Acho, que na fase de grupos, o time vai acabar classificando. Mas quando chegar o mata mata, tem de ter melhorado beeeeem. No nível atual, não dá. Acho que, por mais que irrite os erros da zaga, as vitórias não tem vindo porque está faltando qualidade no ataque, perdemos gols imperdoáveis demais. 1, apenas 1 gol não desperdiçado contra o cheirinho e o defensia, e teríamos levantado as taças, irrelevantes ou não. E esses 1 golzinho a mais, pode decidir nossa sorte na liberta/copa do brasil.

Concordo contigo, PCM51. São detalhes que fazem muita diferença, deve-se aprender e treinar muito para que estes erros não ocorram novamente. Pois muita coisa está recorrente, gols nos últimos minutos, derrotas nos pênaltis, erros bizarros de jogadores que não deveriam nem estar no elenco, fralda cheia…
Deve-se ir “aparando” estas arestas e melhorando o desempenho, pois todos querem nosso lugar no topo.

Procura-se:
Um lateral direito, um zagueiro, um volante, um meia esquerda, um centroavante, um presidente e um diretor de futebol.
Vende-se: Jailson, Marcos Rocha ou Maicon, Luan (esse é o fim da picada o portuga manter no time, ou ele quer mostrar para a “diretoria” que precisa de jogador, ou já quer ir embora), Victor Luiz, F Mello, Lucazzzzzzz Lima (já curtiu muito o SPA), Wilian Bigode, Papagaio. Olha a economia.
Só faltava perder hoje para o sub-40 dos bambis.
Portuga, chega de fotos para revistas. Precisa abaixar a bola dos nossos meninos e parar de escalar Luan, M Rocha e F Mello. Esse Luan é um dos piores zagueiros que vestiu nossa camisa. Superou até o Leandro Almeida.
Quanto a contratações está mais fácil nascer cabelo no galinhote do que contratar. Se dependermos de Galinhote e de Barrozzzzzzzzzzzz (super campeão no Botafogo) estamos ……….. Cadê o Cícero Mello, E o Drascena???? Não podem opinar???????

Só uma correção: os bambis vem com força total. O Palmeiras é que vai jogar com o time destroçado.

Muito maior.
O Flamengo teve 4 dias de descanso e jogou com seus principais jogadores.
Como disse na 4a. feira, hoje empate é goleada pra nós.

Notícia pra você, Lito: o Ânderson Barros ganhou prêmio de melhor Executivo de Futebol de 2020. Não sei com quem concorria (parece que com dirigentes de Ceará e Flu), mas isso mostra os milagres que aquela cabeçada certeira do Breno Lopes fizeram…

Mais um dia, mais um time de série b que faz o que o campeão da América não consegue, Vascão 3 x 1 Urubu

Vou dizer o que EU vejo: presidente e diretor esportivo marionete da Presidenta ( 2022). Folha de pagamento muito alta e jogadores perebas, gerando desconfiança na torcida. Técnico fraco que deu sorte de um momento que mudou tudo no futebol ( pandemia) Renato Gaúcho para ontem e pé na bunda do português. Não podemos jogar com dois laterais esquerdos e dois laterais direito. Inaceitável um time que não treina pênaltis em competições de mata mata. Tudo errado, que deu certo graças a sorteios e pandemias. Ou muda agora ou somos idiotas esperando que a rainha da cocada preta assumindo em 2022 vai trazer o filé dos filés. Somos nós sim que pagamos, somos nós de alguma forma dá dinheiro para esse Clube. Respeitem o torcedor que não esta contente com o rumo que as coisas estão indo.

Você pode não gostar de Leila Pereira, tudo bem, mas ela não contrata jogadores, apenas entra com a grana, que não é pouca. Não sejamos ingratos.
Ela na presidência a coisa muda, vai cobrar geral para fazer do Palmeiras multicampeão. Eu acredito nisso.

Também acho que a Leila sendo presidenta, terá uma gestão muito profissional. Quem não der resultado ou ficar encostado, tá fora.
Não significa que seremos muitas vezes campeões, pois depende de muitos fatores, inclusive interesses externos.
As empresas dela são bem geridas e têm bons resultados, não é acaso da sorte.

O problema é o legado que ela vai deixar no clube. Provavelmente serão necessárias décadas pra reparar o estrago. E não adianta acreditar que alguém vai fiscalizar e impedir, pois a história das pizzas mostra a tendência à venalidade dos personagens.

Primeiro que torcedor (o comum, que paga ingresso, compra camisa e assina tv a cabo, não quadrilha organizada que tem tudo na faixa com a conivência de muita gente graúda) tá sem dinheiro pra comer, quanto mais pra gastar com futebol, então neste momento não sustentamos nada. Segundo que o Abel não é bestial nem bes.ta, é um técnico jovem com boas ideias e potencial, erra e acerta como todo mundo, não pode ser endeusado pois não é a única bolacha do pacote nem ser execrado porque mal treina o time, já que os clubes aceitam jogar dia sim/dia não.

No mais, que o Palmeiras ganhou três títulos na temporada muito por causa da pandemia que igualou forças e tirou a torcida do estádio, acho que disso só discorda totalmente que vive em Nárnia ou vê o mundo em bianco/nero…

Kkkkk
Vivo em Nárnia! Não vejo a torcida com esse peso todo!
Para mim torcida nunca ganhou jogo!

O Palmeiras é assim mesmo.
E somente o Palmeiras é capaz de fazer isso.
O Palmeiras é o único clube do planeta que jamais tem paz. Incrível!
É uma constante efervescência.
Quando perde acontece o caos.
Como agora por exemplo após essas duas derrotas.
E quando ganha também.
Esse é o Palmeiras!
Amado e odiado ao mesmo tempo.
O palmeirense é bipolar.
Vai do céu ao inferno e vice-versa em questão de segundos.

Renato, nas redes sociais flamenguistas pedia-se a cabeça do Ceni na madrugada pós- título brasileiro. Tem inocente (que por sinal anda sumido nesses dias) que ainda acredita que só o palmeirense é corneta ingrato e que todas as outras torcidas vivem em eterna lua de mel com seus times. Não é verdade.

Renato, terminada a partida que deu o bicampeonato ao cheirinho as redes sociais deles pediam a cabeça do Ceni na bandeja. Bipolaridade existe em todo clube, só acha que torcida e time estão em permanente lua-de-mel quem vive em Nárnia.

De novo: até uma torcida de 2 pessoas tem opiniões divergentes. Imagina de 16 milhões… Os pessimistas vão fazer barulho, os otimistas vai fazer barulho, os imparciais vão fazer barulho, dependendo do momento e contexto. 1 torcida não é uma entidade única, uma torcida são milhões de indivíduos.

O pior é que nós corremos o mesmo risco amanhã. Time desgastado física e psicologicamente tendo de disputar um clássico.

E o Abelinho tem que dar um choque nesse Wesley. Tá muito nervosinho pra quem subiu ontem, pro fraldinha que é. Não sei se está começando a se achar, ou se é meio xarope. Perde a bola, faz faltas imbecis, e fica reclamando. Tá na hora de jogar mais futebol (aquele que mostrou antes da contusão).

Falando em Wesley, aquele fenômeno de 2013 deixou uma dívida pro Palmeiras de R$ 48 milhões.
Aí fica ruim de contratar bons reforços…

Diz que vai usar o dinheiro da venda do Moisés, para China, para pagar (R$ 20 milhões) + 20 parcelas de R$ 1,4 milhões (R$ 28 milhões). Fechamos 2020 com R$ 250 milhões, só em premiações. Se livrando dos “reservas galáticos”, dá pra trazer coisa boa sim.

Sim. Mas não podemos esquecer da dívida da Leila também…
E se o Dudu voltar a folha salarial aumenta consideravelmente, sem bilheteria e Avanti diminuído.

Mas tem cotas de Tv, patrocínios, tem a Puma, atletas que podem ser vendidos, um monte que pode ser “desencostado”. Poderia ter mais R$ 3,5 milhões na conta, mas não valia nada.

Eu diria que aquele de 2013 era o Wesley Safadão, o moleque do time atual só precisa levar um safanão no ego pra endireitar. Ao contrário do que muita gente achou depois de três ou quatro jogos, tá longe de ser uma mistura de Arjen Robben com M’Bappé, mas tem potencial.

É a velha história: derrotas escondem méritos, títulos mascaram erros. Tem muita gente se achando nesse elenco por causa das conquistas recentes. Felipe Mello e Bigode têm mais Libertadores que Dudu, Ademir da Guia, Rivaldo e Evair juntos. Como diria um político controverso da atualidade, e daí?

Gabriel Menino e Patrik de Paula são mais malas q o Wesley….é doença dessa nova geração

Não consigo ver muito futebol no Gabriel Menino, por enquanto.
Ontem, por exemplo, não acertava uma jogada ali pela direita.
Irritante.

É mais uma vítima da epidemia da SeleTite. Depois que foi convocado pra jogar de lateral, tá conseguindo se enroscar sozinho com a bola. Em 2021 fez um ótimo jogo nos 3×0 contra o River e marcou gol na final contra o Grêmio, de resto tá difícil lembrar quando fez diferença.

Gabriel Menino é jogador pra lá de comum. Eu tbm nunca vi essa bola toda q dizem q ele tem. Mas os entendidos ficam bravos quando dizemos essas coisas.

E eles jogadores estão caga.ndo para os nossos comentários aqui no 3VV.
E nós ao contrário, nervosos e pu.tos da vida com eles.
Uma atitude firme e rigorosa tem que acontecer. Faxina e qualificação deste elenco.

Então, Renato. Na minha opinião, as coisas estão invertidas. Ontem tínhamos no banco: Zé Rafael (27 anos), Luiz Adiano (34 anos), Mayke (28 anos), Gustavo Scarpa (27 anos), Victor Luiz (27 anos), Willian Bigode (34 anos), Felipe Melo (37 anos), Alan Empereur (27 anos), Jaílson (39 anos), sem contar o Lucas Lima (30 anos) que não estava. Excluo Danilo, Menino e Verón que são garotos, e têm qualidade para serem titulares. Se esses caras, com essa idade são reservas de jogadores muito mais jovens (com algumas exceções), o que eles ainda fazem no Palmeiras? Por que não são negociados? Cara “cascudo”, de salário alto, tem que ser titular, ou então vaza. Não pode ser reserva de molecadinha prata da casa. Tem que reforçar Sport, Ceará, Chapecoense. Se desfaz desses trolhas e traga um lateral direito bom, um centrovante que faça gols, um zagueiro decente, pro Gómez não se f.o.d.e.r sozinho todo jogo. A cada três meia-boca traga um jogador de verdade.

Fica difícil contestar o seu argumento básico, e acho que ele é a chave dos problemas do time. Sou a favor de se buscar na base o que é absurdamente caro e sem garantia de qualidade no mercado, agora largar rojão na mão da molecada que começou a mexer com fósforo faz pouco tempo é sacanagem.

O pior é q Agora vem aquela sequência negativa….a fase boa parece q passou , a sorte foi embora e ela faz muita falta já q depender só da competência desse time é algo q sabemos que é perda de tempo. Agora apanha dos bambis, depois dos sardinhas e a crise estará instalada rsrs….Anotem aí….o Palmeiras é essa eterna montanha russa de emoções kkķk

Confesso que estava confiante de que o Palmeiras levaria as duas taças. A primeira nós escapou por um triz, mas contra os argentinos realmente foi um fiasco. Grande decepção.

A derrota no domingo aconteceu por fatos isolados, como a falta de técnica do Breno Lopes depois de driblar o goleiro ou um cara com astral em baixa como Luan ser o encarregado de bater o pênalti que nos daria o título. Dolorida mas aceitável. Ontem o time amarelou, foi psicologicamente engolido por uma equipe de nível Londrina da Argentina depois de abrir 2×0;no agregado. Isso não dá pra aceitar.

gostam de ser chacota, é a única explicação. Pior que pra mudar isso agora… todo prestígio e respeito que ganharam no domingo já era…

Tenho quase 60 anos e acompanho diariamente o palmeiras há mais de 50. Posso dizer, sem sombra de dúvida, que o momento seria o melhor pra alcançar a maior sequência de títulos da história, por toda a conjuntura. Mas, infelizmente, me deparei com o pior presidente dessa época que acompanho meu amado time: um sujeito pusilânime, que se vendeu pra sra que na verdade manda no clube, e montou um time de covardes, sem brios, sem vergonha na cara. Não tenho medo de dizer: nos anos 80 não tínhamos talento mas tínhamos vergonha na cara. Depois desse vexame de hoje, acho que vou desistir . Por culpa desse mal dito presidente, o pior da nossa história.

JBala, não desista. Também tô pertinho dos 60, já vi muita coisa feia mas concordo plenamente: aqueles times horríveis de Taça de Prata e adjacências tinham vergonha na cara, se o calção terminasse o jogo marrom era por causa da péssima qualidade dos gramados, não da diarréia coletiva.

Quando o time estava entrando em campo e a câmera focou no Rony, o locutor da Conmebol TV soltou essa: “Aí está Rony, a esperança de gols da torcida do Verdão!”. Essa frase é meio auto-explicativa pra esses fiascos recentes. Se a sua esperança de vencer vai parar nos pés de um Rony, tem muita coisa errada. Podem falar que o cara corre, se dedica e tal, mas isso eu aceitava em 1981, no bom e barato da virada do século ou naquele catado do centenário. Hoje não dá mais. Se o Palmeiras quer continuar ganhando títulos relevantes nos próximos anos sem depender de “sorteios sortudos” precisa de mais do que apenas caras esforçados que só correm.

E sei que o Aroni vai me dedicar um emoji com o dedo médio em riste, mas se for para o Dudu voltar, que volte logo e jogue tudo o que pode e mais um pouco, com vontade de vencer. Com a sola de um pé amarrada nas costas da mão oposta ele ainda é melhor que 80% desse elenco.

Nossa eu vejo pessoal falando dos malditos anos 80 em que eramos goleados por spfc, inter sccp e outros com saudade? É isso mesmo? So fui ver o palmeiras campeão com 17 anos, ou seja vivi a fila e posso dizer que perdemos 2 títulos que só CAMPEÕES tem direito a disputar. Então, amigos, menos, bem menos na corneta.
Acabamos de ganhar 3 títulos de expressão em 2020! Agora é com a diretoria! Dispensar os encostos LL, Mayke, ZR e Luan e trazer um 9 matador, laterais e 1 zagueiro. Não é terra arrasada não!

É impressionante ao que leva a falta de capacidade em interpretar textos. Você fala bem do amarelo e lá vem um paraquedista patrulheiro do nível de exigência alheio afirmando com toda sabedoria que você tem “verdefobia” ou alguma groselha do tipo.

Não sei onde alguém conseguiu ler que eu ou o J Bala estamos com SAUDADES daqueles times horríveis da Taça de Prata. É um reducionismo creti.no, típico de quem não quer debater mas ridicularizar um ponto de vista diferente do seu. É mais um dos “Biancos” do blog, é a “vuvuzela do bem”.

Quem viu aqueles times jogarem, até em campo, sabe que perdiam partidas por ruindade técnica e não incapacidade psicológica ou “nutellice”. Eram grossos, mas não borravam os calções por serem minimamente cobrados. Viviam sendo criticados (com razão, pois jogavam mal) com torcida no estádio, apanhavam na bola (e da bola) mas não amarelavam nem se escondiam. Acho que com uma sinapse básica entre Tico e Teco dá pra perceber que ninguém tá pedindo a volta de times assim, daí a aceitar certas coisas que acontecem hoje no Palmeiras, com recursos infinitamente maiores que nos anos pós-Sacomani, é algo bem distinto.

E antes que deturpem meu texto, eu não prefiro um time de valentes caneludos apanhando de 5 ou 6 pelo menos três vezes por ano ao invés de ganhar três títulos por temporada. Eu quero mais títulos que não sejam circunstanciais e menos mimimi de caras que têm condições de trabalho com as quais 99,9% da população sequer sonham. E não me venham com essa ladainha de “não valia nada”, se tivéssemos vencido Mundial, Supercopa e Recopa, por mais caça-níqueis que sejam (e são mesmo!) a maioria turbinaria o currículo com toda pompa.

Ontem, sem dúvidas, foi um fiasco, mas esperar um resultado desses para fazer política? Vai desistir de torcer para o Palmeiras? Simplesmente ridículo. Você deve ser da turma que era contra a construção da Arena . Da turma do bobalhão-mor Avallone (não o repórter), que tudo fez para prejudicar o clube.
O Palmeiras acabou de ganhar a Libertadores da América! Atitude idêntica aos deputados e senadores em Brasília. Só visam o poder, não os interesses do clube ou, no caso de Brasília, do País.

Vou fazer meu último comentário, a guisa de explicação, para não pairar dúvidas: eu sou torcedor que sofre por esse time há muito, e o que mais queria é ver um time que jogue futebol sem medo e covardia. Quanto á política, não sou e nunca fui sócio da SEP, tampouco algum dia pisei nas suas famosas alamedas e, o mais próximo que cheguei até hoje de algum diretor foi o espaço entre as tribunas e a arquibancada. Não simpatizo com esse presidente porque não simpatizo com traidores, principalmente um rufião que está somente esquentando a cadeira pra outro sentar, infelizmente, essa gente não é confiável e isso vai se refletir no campo.
Por fim, obviamente que torço por todos os títulos mas minha idade já não me permite ser iludido

Desculpe, Zanon, mas o JBala só está criticando uma diretoria que começou seu trabalho trazendo Eduardo Baptista, voltou sem a menor convicção pro Cuca, botou o Valentim pra ver se dava um caldo, tentou a juventude do Roger Machado, foi buscar o escudo do Felipão, apelou no desespero pra Mano Menezes, voltou pra outro escudo chamado Luxemburgo e achou por acaso o cara que tirou o JJ da Champions, tudo em menos de quatro anos e alegando estar seguindo uma “filosofia de trabalho”. Sem falar na autonomia total com cheque em branco que deu pro EsqueMattos contratar craques como Carlos Eduardo e Deyverson. Se isso é fazer política eu não sei, mas não podemos esquecer que ganhamos a Libertadores APESAR dessa diretoria e não POR CAUSA dela.

É só um registro, tá? Não relatei nada que não fosse de conhecimento público e geral, a conclusão cada um chega à sua.

Yoda, concordo que o Galiotte já cometeu vários erros, que passam a impressão de que ele não sabe muito bem do que está fazendo. Mas tem alguns méritos também. Chamar o presidente de pusilânime e “o pior da História” (quando tivemos, só para citar dois, Mustafá e Tirone), é muita má vontade. Essas críticas provam que a imensa maioria – inclusive os comentaristas “profissionais” do rádio e da TV – praticamente “analisam” os times apenas sobre os resultados. Nada de muito profundo, circunstâncias, variáveis, etc. Perdemos duas taças, mas se Luan tivesse feito o gol de pênalti e Gomez também o tivesse convertido ontem, as taças estariam a caminho do clube e aí o time seria muito bom, super vencedor e o presidente Galiotte o maior pé-quente da nossa História. Com todo o respeito, mas vejo muita mediocridade na mídia e fora dela quanto às análises dos times e resultados.

Derrota vergonhosa. Perder para esse timeco é algo muito grave. Mais um vexame. Inacreditável.

Não sei se é, acho que não. Mas o fato é que depois de uma fase ótima dos Gambás o Tite deu uma entrevista toda animada no Globo Esporte explicando como o time dele jogava e o quanto ele era genial por fazer aquilo funcionar tão bem. Depois dessa matéria, passou semanas sem ganhar um jogo e teve seguidas eliminações, pois além da soberba forneceu vasto material pra seus adversários estudarem.

Não sei até que ponto essa superexposição do Abel fez bem, a ele e ao time. Mas sem querer tirar os enormes méritos nos dois títulos recentemente conquistados, os únicos adversários de verdade que tivemos para chegar a eles foram o River (que graças à perfeita atuação do Wéverton e do VAR não nos eliminou em casa), o Santos (que teve seus dois melhores jogadores bem anulados pela nossa estratégia defensiva, que por sinal deu o tom do futebol fraco das duas equipes) e o Grêmio (que como mostrou ontem o Del Valle, deixou deser aquele time copeiro que incomodava tanto dentro quanto fora de casa).

Não considero o Grêmio 2020 um adversário de verdade. Já tinha visto algumas partidas deles, eu tinha certeza absoluta que a CdB era nossa. Time lento, fraco, desanimado, sem brilho. E olha que eles quase ressuscitaram, graças ao bo.s.ta do Luan, mas nem isso foi suficiente pra eles se tornaram uma real ameaça.

Nada contra o Cebola, mas vocês supervalorizam ele por meia dúzia de partidas. É mais do que normal o time dar uma reagida nos primeiros jogos após saída de treinador. Só dá pra avaliar de fato o cebola, se ele voltar a ser técnico do time e ficar um tempão. O Valentim também não foi mal quando ficou de suplente de técnico demitido, mas foi só ir fazer carreira em outros clubes que a gente viu que era só mais um Roger.

Deram a ideia de trocar o Luís Adriano por algum jogador do Grêmio já q time gaúcho tá querendo ele. Eu sou super a favor, pode ser qualquer um , só pra esse V.a.g.a.b.u.n.do irresponsável ir embora . Aproveita e já vê com o Renato Gaúcho se ele tbm não quer vir . Tá precisando mudar de ares , já deu o q tinha q dar por lá. 5 anos a frente de um time aqui no Brasil é uma eternidade. Renato Gaúcho é muito mais treinador q o Portuga. Mas muuuuuiitoooooo….Nunca cometeria essas ca.bacices e invencionices q o Português faz. Botar Maike e Marcos Rocha juntos kķkkk…..tirar os melhores batedores do time. O pior é q a galera vai na onda da modinha e só pq o cara é europeu acham q se trata de um grande treinador.

Com exceção da molecada (Danilo, Menino e Verón), podia empurrar o banco todo de hoje para o Grêmio.

O problema é que se o Verón ajudar a empurrar esse banco pesadão aí vai quebrar alguma coisa e ficar mais seis meses parado.

Prefiro manter nossas porcarias do que trocar por algum jogador do Grêmio. Se a gente tá achando o Palmeiras ruim, o torcedor do Grêmio já largou a mão. Eu trocaria sim, por alguns jogadores do Inter. Nada lá que arranque suspiros, mas pelo menos mais interessantes do que os do Grêmio, com certeza, exceção feira ao Ferreirinha, embora ele me pareça ser daqueles jogadores que, é só colocar o manto verde, que desabam.

Por hoje já deu.
Vou dormir.
Curioso pra saber que time entra em campo na 6a. contra os bambis.
Empate será goleada, menos de 48 horas de recuperação depois de 120 minutos + penaltys + frustação.
Veron de vidro. Assim a carreira acaba.

Além do Viña e do Gomes , pra mim o maior culpado da noite foi o Abel . Eu não me conformo como um treinador profissional tira todos os seus melhores batedores num jogo “decisivo ” q tá com cara de q vai pros pênaltis. Sorte dele q esse jogo de hj só serviu pra fazer raiva. Se é numa decisão de paulista contra gambás ou bambis , amanhã a torcida pede a cabeça desse português b.u.r.r.o.

Esculacho, fim de feira, tipo f.o.d.a. – s.e.
Já sabia que não ia pegar o último.

Acho q o Weverton aproveitou a moral gigante q está no momento pra encher o pé no meio do gol e tentar ajudar já que o resto do time é formado por um bando de jogador come e dorme q nem pensa em treinar pênaltis ( tudo isso sob a gerência do portuga). Foi ridícula a cobrança, nem deveria ter ido .

Pensei a mesma coisa. Pareceu um “bico na ruindade”, um “bico na sem-vergonhice”. Lembrou aquela furada do Marcão contra o Vitória. Antes das cobrança, o Weverton tava com uma cara feia da p.o.r.ra. Num veneno do c.a.r.am.b.a.

Lembrou mesmo o Marcão naqueles 2×7, no melhor estilo “Ah, é assim? Vou f0d€r vocês, também!”. Depois do que viu em Doha e no domingo, o Wéverton deve ter pensado “Pra fazer essa m€rd@ eu também faço, dá essa p0rr@ dessa bola aqui que eu vou bater!”.

O Weverton já salva o time, quase todo jogo, durante os 90′, e nos pênaltis, os caras conseguem perder mais do que ele defende. Se ele pega um, erram dois. Se pega dois, erram três. É phódha!

Outra coisa. Perdemos muitos gols na cara do goleiro. Rony e Verón juntos, perderam uns seis gols, somando hoje e domingo. Não pode. A bola pune.

Perdemos um gol hoje e outro no domingo, depois de driblar o goleiro e chutar fraquinho, e o adversário tirar em cima da linha.

Não podemos depender de Rony pra fazer gols e ganhar jogos. Isso é conceito básico de futebol.

Os comentários estão desativados.