Colunistas

Opinião: uma luz no fim do túnel

  Por V. Criscio Repousa na câmara do deputados projeto de lei número 5.082 apresentado em abril pelo deputado Otavio Leite (PSDB/RJ). Este projeto cria a Sociedade Anônima do Futebol (SAF) e estabelece “procedimentos de governança e de natureza tributária para modernização do futebol”. A luz no fim do túnel

Opinião: qual a Novalgina prá essa febre?

  Por V. Criscio Nas últimas semanas me omiti em colocar essa coluna no ar. Estávamos no meio de jogos importantes do Paulista e da Libertadores e não seria construtivo emitir qualquer opinião naquele momento. Prá compensar, o texto abaixo é longo. E tem o único objetivo de mostrar uma visão

Opinião: revendo seus conceitos

  Por V. Criscio Ano passado eu estava a trabalho em Madrid. Num certo momento do dia tive uma folga e pedi a um taxista para me levar ao Santiago Bernabeau. Para conhecer… Notei que o taxista ficou um pouco incomodado e me perguntou se eu conhecia o Vicente Calderon.

Opinião: hoje só amanhã

  Por Vicente Criscio Hoje – domingo – era dia de coluna. Por diversos motivos não consegui publicar pela manhã. O tema era profissionalização e um paralelo com a reforma estatutária que está caminhando na SEP. Aí veio o jogo às 4 da tarde contra o Água Santa… e o

Opinião: sonhando com a Cuca

  Por Vicente Criscio Termina uma semana movimentada pros lados da antiga Rua Turiassu. Marcelo Oliveira foi demitido ainda no vestiário após a derrota para o Nacional do Uruguai na última 4a feira. No dia seguinte, no meio do turbilhão, alguém decidiu que quem seria jogado às feras seria o

Opinião: como fazer o certo na precificação?

  Por Vicente Criscio Semana passada eu perguntava nesse espaço se havia acabado o encanto (clique aqui e releia). Neste domingo o Palmeiras veio jogar com equipe completa no Allianz Parque contra a categoria de base do Atlético PR (com a camisa da Ferroviária). 18.413 pagantes entraram no estádio. Ticket médio

Opinião: acabou o encanto?

  Por Vicente Criscio Após mais um empate no Paulistão neste sábado contra o Santos no Allianz, alguns torcedores se manifestaram na rede perguntando (ou mesmo afirmando): acabou o encanto do palmeirense com o Allianz? Por que nosso público está na média dos 21 mil pagantes nos três primeiros jogos

Arenas – Na Contramão.

    Por Claudio Baptista Jr. Nosso estádio pode não receber jogos da Libertadores caso não retire publicidade que possa atrapalhar a publicidade de empresas ligadas a Conmebol. folha.uol.com.br/palmeiras-pode-ter-que-jogar-libertadores-fora-de-seu-estadio Esse assunto, claro, é de conhecimento da torcida, mas vale a pena trazer ao debate. Observei que a S. E. Palmeiras

Opinião: fica MO ou vai MO?

    Por Vicente Criscio Na vida geralmente somos medidos pelos resultados de curto prazo. Ninguém – melhor dizendo, QUASE ninguém – te avalia olhando os resultados que serão gerados no longo ou mesmo no médio prazo. Quase ninguém… há raras cabeças pensantes que conseguem enxergar valor olhando em perspectiva.

Opinião: quem será o mais valente?

  Por Vicente Criscio Levei o meu samba pra mãe de santo rezar Contra o mau olhado eu carrego meu patuá Eu levei! Acredito Acredito ser o mais valente, nessa luta do rochedo com o mar É carnaval! Muita gente está na festa pagã brincando, descansando, ou mesmo desligando do

Opinião: orçamento, planejamento e um elogio!

  Por Vicente Criscio Durante a semana foi apresentado aos Conselheiros da SE Palmeiras o orçamento econômico financeiro para o ano de 2016. Parte do orçamento já havia sido divulgado em alguns sites esportivos na semana anterior. Mas mais do que o anunciado lucro de R$ 33 milhões o que pareceu

Ainda o Efeito Arena – Público

Palmeirenses, na semana passada falamos da grana que a nossa nova Arena ajudou a arrecadar para o clube. Expliquei também que é algo complicado comparar a arrecadação da bilheteria porque muitas vezes isso se confundia com a arrecadação dos programas de sócio-torcedor e algumas distorções eram geradas. O que não

Opinião: lucro é bom, título é melhor

  Por Vicente Criscio “Vazou” na mídia na última semana a projeção orçamentária da SE Palmeiras para 2016. Em reunião do Conselho de Orientação e Fiscalização a diretoria executiva do nosso time mostrou uma previsão de receitas e despesas com um “lucro” previsto de R$ 33 MM para 2016. Receitas de

As receitas de bilheteria – o efeito Arena

Feliz 2016 Palmeirense! A coluna volta este ano com um ritmo renovado, sempre às sextas-feiras falando de finanças e estratégia no futebol. O site do Globo Esporte mostrou um estudo sobre as maiores rendas e públicos de 2015. Hoje vamos falar sobre a renda e na próxima semana sobre o

Opinião: o PROFUT e receitas

  Por Vicente Criscio (colaborou Jorge Pires) Feliz Ano Novo. Leio no Terra Esportes que o Palmeiras não aderiu ao PROFUT. Prá quem não sabe o PROFUT é a Medida Provisória 671, chamada de MP do Futebol ou Profut, e foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff no dia 5 de

Opinião: seja otimista; seja feliz

  Por Vicente Criscio Fim de papo. 2015 já era. Quem se divertiu, trabalhou, passeou, amou… acabou. Agora vamos curtir as lembrança das coisas boas que passamos. E aprender com as não tão boas… e tentar guardar as lembranças positivas daqueles que nos deixaram em 2015. E 2016? Por mais

E então, é Natal!

Campeões AlviVerdes, neste dia de Natal, no último post do ano, nada como fazer uma breve retrospectiva de 2015 pois este ano foi de altos e baixos, para a alegria de todos nós Palmeirenses que somos absolutamente passionais! O INÍCIO Iniciamos o ano contratando muitos jogadores, porém com qualidade muito

Opinião: sobre parceiros e gratuidade

  Por Vicente Criscio Sem futebol e ainda devagar no tema contratações, o palmeirense procura avidamente notícias na internet querendo saber quem vem prá qual posição. Nessa linha me atento para a entrevista que o Presidente da SEP Paulo Nobre deu ao Estadao.com publicado neste sábado 19 de dezembro. Prá

Opinião: O torcedor como um mero financista

  Por Felipe Giocondo Já disse aqui em outras oportunidades – e até peço desculpas pela recorrência ao tema, mas continua (infelizmente) sendo atual – que o Palmeiras, assim como todos os outros clubes com torcidas verdadeiramente apaixonadas, devem mudar a relação com seu torcedor urgentemente. Deve enxergá-lo como parte