Causos do Jota

A bola rolou. Epa! Cadê a bola?

Por Jota Christianini Publicado originalmente no Mundo Esportivo e Futiba ha 18 anos Faltavam alguns minutos para começar o jogo no Mineirão, quando o ex árbitro e comentarista da Globo, Arnaldo César Coelho recebe uma visita. Após os abraços e cumprimentos de praxe, não se viam há décadas, Arnaldo resolve

Os olhos faiscantes de Laura

Por Jota Christianini Zelão era um sujeito simpático. Acumulava a função de barbeiro com a de  goleiro, titular, do Patriotas F.C. time da pequena cidade onde sempre viveu e onde era conhecido por todo mundo. Apesar de muito jovem, não tinha completado trinta anos, era viúvo e fazia sucesso com a moças

Xaveco

Por Jota Christianini Xaveco talvez fosse a palavra mais apropriada naqueles tempos. A cidadezinha perdida nos confins do Paranazão de há muito havia deixado de lado os escrúpulos quando o assunto era futebol.  Se a maioria da população era ordeira e trabalhadora, se as crianças frequentavam o catecismo e a