Arenas – Acesso aos vestiários

Arenas – Acesso aos vestiários

dezembro 11, 2008 8 Allianz Parque

Da Série Arenas Esportivas 
Recomendações e Exigências Técnicas FIFA
 
Por Claudio Baptista Jr.*

 
Pessoal,

 
Hoje iniciamos a 5° parte do documento da FIFA que fala sobre Autoridade e Jogadores e iremos na publicação de hoje abordar os dois primeiros itens que são 5.1 – Acesso aos Vestiários e 5.2 – Vestiários e Sanitários.

 
Essa 5ª parte também é bem interessante, pois entra no estádio e além de colocar os requisitos e todos os recursos necessários às diversas áreas destinadas aos jogadores e autoridades da partida, também propõe layouts das mesmas, o que é muito bom para nós podermos “visualizar mentalmente” coma será a instalação dentro da nossa Arena.

Mantenho o que fazemos em cada publicação, segue em negrito o posicionamento dos temas desta publicação perante o conteúdo total:

1 – Decisões preliminares,
2 – Segurança,
3 – Orientação e estacionamentos,
4 – Áreas de jogo,
5 – Autoridades e jogadores,
– Acessos aos Vestiários
– Vestiários e Sanitários

– Acesso ao gramado desde os espaços reservados às equipes
– Sala de primeiros socorros e enfermagem
– Áreas de aquecimento
– Sala do comissário da partida
– Espaço de controle de dopagem
– Vestiários dos gandulas
6 – Espectadores,
7 – Hospitalidade,
8 – Mídias,
9 – Iluminação e alimentação elétrica,
10 – Telecomunicações e espaços complementares.


5.1 – Acessos aos Vestiários


Um espaço privado e protegido deve ser instalado, acessível aos ônibus das equipes, carros e ambulâncias e pelo qual os participantes das partidas possam entrar e sair do estádio em total segurança, separados do público, da mídia e das pessoas não autorizadas.

O trajeto entre a entrada privada e os vestiários deve ser concebido de maneira a permitir atividades como o transporte livre para uma maca, material das equipes entre outras.

A via entre os diversos vestiários, o estacionamento dos veículos de intervenção de urgência e a área de jogo não deve conter escadas, desnível ou curvas que possam atrapalhar os maqueiros.

Vejam na figura abaixo um exemplo de layout desses acessos.


5.2 – Vestiários e Sanitários

É essencial que os dois vestiários principais sejam do mesmo tamanho, estilo e nível de conforto.

Freqüentemente o vestiário da equipe mandante é melhor em relação aquele disponibilizado ao visitante. Isto pode ser aceitável em nível nacional, porém reduz as chances de utilização do estádio para as competições internacionais onde instalações similares devem ser garantidas às duas equipes. Os estádios polivalentes imperativamente devem ser dotados de 4 vestiários de tamanho e nível de conforto equivalentes. Mesmo nos estádios que não foram concebidos para receber diferentes tipos de eventos, é recomendável prever 4 vestiários de mesmo tamanho e nível de conforto para diversas necessidades, como a realização de duas partidas no mesmo dia.


Espaço reservado às equipes.

Localização: sob a tribuna principal

Esses espaços devem oferecer acesso direto à área de jogo e serem inacessíveis ao público e à mídia.
Quantidade: ao menos dois espaços distintos, mas de preferência quatro.

Tamanho mínimo: 150m².

Os espaços reservados às equipes devem ser equipados de sistemas de ventilação, ar condicionado e aquecimento central. Os revestimentos do solo antiderrapantes, paredes higiênicas e de fácil manutenção, e serem bem iluminados.

Os vestiários devem possuir bancos para ao menos 25 pessoas, prateleiras ou armários à chave para ao menos 25 pessoas, um refrigerador, um quadro para esquemas táticos, um telefone (com linhas externa e interna), um escritório, cinco cadeiras e três mesas de massagem. A área de massagem / tratamento deve ser separada, porém adjacente ao vestiário.

Os banheiros e sanitários devem ser adjacentes e com acesso privado e direto do vestiário. Cada sanitário deve possuir ao menos 10 duchas de banho, 5 lavabos com espelho, 1 bacia para os pés, 1 bacia para lavagem das chuteiras, 3 vasos para urinar, 3 banheiros com bacias, duas tomadas elétricas para aparelhos de barbear e dois secadores de cabelo.


Escritórios dos treinadores.

Localização: devem ser adjacentes aos vestiários das equipes.

Quantidade: dois.
Tamanho mínimo: 24m².

Os escritórios dos treinadores devem conter as mesmas características dos espaços reservados às equipes citados acima mais equipados de uma ducha, três armários a chave, mesa de escritório, cinco cadeiras, um quadro negro (branco no caso para se escrever com canetas) e um telefone.

Abaixo segue uma ilustração de um layout para o vestiário das equipes.

– duchas, lavabos e espelhos, sanitários.

– sala de massagem

– armários, bancos, refrigerador.

Vejam que os layouts são proposições e acreditamos que suas características e funcionalidades são condições mínimas, o que nada impede de fazermos melhor na Arena Palestra Itália através de mais recursos (TV, gravadores e reprodutores de vídeo, som…) e conforto.

Espaços reservados aos árbitros.

Localização: abaixo das tribunas principais.

Os espaços devem oferecer acesso direto e protegido à área de jogo, serem inacessíveis ao público e a mídia. Devem ser distintos, mas próximos aos vestiários das equipes.
Tamanho mínimo: 24m².

Os espaços reservados aos árbitros devem possuir armários a chave para quatro pessoas, quatro cadeiras, um banco para quatro pessoas, uma mesa de duas cadeiras, uma mesa de massagem, um refrigerador, um quadro para esquemas táticos, um telefone (com linha interna e externa) e um televisor. Os banheiros e sanitários devem ser adjacentes ao vestiário com acesso direto e privado com aos menos duas duchas, um lavabo com espelho, um vaso sanitário e um vaso de urinar, uma tomada elétrica, um secador de cabelo e uma bacia para lavagem das chuteiras.

Não é raro que partidas de futebol sejam arbitradas por mulheres ou que o corpo de arbitragem seja misto. Um estádio moderno deve então prever espaços equivalentes e distintos para os dois sexos.

Como consequência é conveniente prever um espaço para cinco árbitros e um para dois árbitros, possuindo respectivamente instalações sanitárias adequadas.

Vejam abaixo um exemplo de layout para o vestiário dos árbitros.

– armário, mesa de massagem, cadeira,
mesa

– duchas, sanitários e lavabo.


Painéis nos espaços reservados às equipes.

Uma sinalização clara e explícita deve existir para que jogadores, árbitros e oficiais se dirijam e se orientem facilmente nos corredores. Os painéis devem ser colocados sobre as portas para indicar a função das diferentes salas. Exemplo: vestiário equipe local, vestiário visitantes, árbitros, delegado da partida, controle de dopagem.

Na próxima semana daremos continuidade à 5ª parte do documento.

Abraço,

Claudio Baptista Jr.

*Reprodução permitida mediante explícita divulgação do autor do texto,
o site da FIFA e o blog Terceira Via Verdão e seu link.

18700cookie-checkArenas – Acesso aos vestiários

8 comentários em “Arenas – Acesso aos vestiários

  • Guilherme
    dezembro 20, 2008
    Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    dezembro 11, 2008
    Responder
  • V Criscio
    dezembro 11, 2008
    Responder
  • V Criscio
    dezembro 11, 2008
    Responder
  • Guilherme Garbi
    dezembro 11, 2008
    Responder
  • Raphael Hussni Leonessa
    dezembro 11, 2008
    Responder
  • V Criscio
    dezembro 11, 2008
    Responder
  • Guilherme Garbi
    dezembro 10, 2008
    Responder

Deixe um comentário para V Criscio Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *