2009: Aqui é Palestra!

janeiro 7, 2009 0 Jogos

Por Danilo Cersosimo

No post de hoje vamos dar uma folga para a arbitragem e falar um pouco de Palmeiras – semana que vem teremos um post especial sobre a arbitragem no Campeonato Paulista 2009.

***

Já há algum tempo venho querendo falar um pouco da auto-estima do Palmeirense, especialmente porque naquele fase final do Brasileirão 2008 a “deprê” parece ter tomado conta de todo mundo – e aí, quando o Palmeirense é tomado por essa sensação sai de baixo!

Frequento fóruns, listas de torcedores, de sócios do clube, leio os sites da Mídia Palestrina, etc e em inúmeros momentos me deparei com frases e sentimentos no mínimo infelizes… vamos então falar um pouco disso.

“Tem que coisas que só acontecem com o Palmeiras”: desculpem amigos, mas tem coisas que só acontecem com o Botafogo.

Por favor, não vamos nos auto-impingir uma imagem ultra-hardyana de que nada dá certo pra nós. Sabemos que algumas coisas infelizes ocorridas com nosso clube são fruto do descaso que imperou no clube por quase 30 anos – com exceção do período Parmalat – e não uma incapacidade crônica encravada em nosso DNA…

“Eles foram campeões mundiais e nós temos um fax da FIFA”: aos que realmente acreditam que o Palmeiras só tem um fax, lamento. Somos Campeões Mundiais e quer a FIFA queira ou não sempre fui e sempre serei campeão mundial de futebol do ano de 1951. Há anos tenho um poster na minha casa com os dizeres – “Palmeiras, Campeão Mundial – Copa Rio 1951”.

Se a mídia e o próprio clube não valorizam a conquista, lamento! Eu valorizo o suor daqueles que ganharam um dos mais importantes e dificeis campeonatos mundiais interclubes! Ou ganhar do Raja Casablanca com bola que não entrou e do Vasco nos penaltis é mais importante? Ou vencer o Al-Nasser do Egito no sufoco e bater o time misto do Liverpool é mais importante?

Sem dúvida são mais recentes e o brasileiro tende a valorizar o que é mais recente, por essa infeliz mania de não valorizar o passado, mas acreditem: fossem os nossos rivais os vencedores da Copa Rio em 1951 e o tratamento – inclusive por parte de alguns palmeirenses – seria diferente…

Somos Octa!:
há algumas semanas debateu-se no 3VV a questão do reconhecimento dos títulos brasileiros conquistados pelo Palmeiras nos anos 60 – muitos palmeirenses se puseram contrários, per inúmeras razões.

Eu sou totalmente a favor, e, diga-se de passagem, há anos bato nessa tecla!

E mais uma vez acho que não precisamos da CBF para reconhecer o título, como não precisamos da FIFA na questão do Mundial – o Palmeiras foi Campeão Brasileiro 8 vezes e ponto final! 1960, 1967 (Taça Brasil e Robertão), 1969, 1972, 1973, 1993 e 1994.

Desculpem, mas esse carnaval todo pelo hexa dos rivais pra nós não deveria incomodar: já o fomos há quase 40 anos! Eles estão chegando agora!

Entretanto, querer reconhecer as glórias do passado não significa abrir mão da ambição de novas conquistas no presente e no futuro! Temos que cobrar uma gestão competitiva, que nos traga mais e novos títulos, mas olhar para as glórias do passado com ar blasé é injusto com a nossa própria história.

Novamente faço uso da comparação aos rivais: será que é porque o Corinthians estava numa fila danada e não ganhava nada e porque o SPFW mal existia e também não vencia que os campeonatos disputados entre 1959 e 1970 nada valem?

Do jeito que a imprensa lap-top moderninha-que-sabe-tudo-do-Arsenal-mas-nunca-foi-ao-Pacaembu é adestrada, daqui a pouco vamos acreditar que o futebol brasileiro começou em 1971…

O “Paulistinha” não vale nada… os Nacionais dos anos 60 não valem nada… é justo com o Santos de Pelé, Zito, Coutinho e cia? É justo com o Cruzeiro de Tostão? Com o Palmeiras de Dudu, Ademir e da Eterna Academia?

***

Eu sou 24 vezes Campeão Paulista, 8 vezes Campeão Brasileiro, 1 vez Campeão da Libertadores e 1 vez Campeão Mundial, porque Aqui é Palestra!!

***

Acredito que os caminhos para novas glórias poderão se abrir novamente com a eleição do Professor Belluzzo – estou muito feliz com sua indicação e espero que os conselheiros votem com consciência naquele que nunca teve seus interesses acima dos interesses do Palmeiras.

Forza Palestra! Boa Sorte Belluzzo!

20100cookie-check2009: Aqui é Palestra!

0 comentários em “2009: Aqui é Palestra!

  • Danilo Cersosimo
    janeiro 8, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    janeiro 8, 2009
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    janeiro 8, 2009
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    janeiro 8, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 8, 2009
    Responder
  • Caio Filardi
    janeiro 8, 2009
    Responder
  • Eduardo Magnani
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Bruno Santi Lupo
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • JOTA CHRISTIANINI
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Ricardo Brito Teixeira
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • luiz sergio neto
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Rudney Gonçalves da Silva
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Valdir Castaldelli Jr
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Marcos Simonetti
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Bruno Raga
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Rafael Paz
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    janeiro 7, 2009
    Responder
  • Gaetano Misiti Neto
    janeiro 7, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *