Desvendando o Barcelona – 1

Desvendando o Barcelona – 1

janeiro 23, 2009 6 Futebol com Números
Por Luís Fernando Tredinnick

Pois é amigos, já temos a primeira vitória do ano! Que esse seja o prenúncio de um ano vitorioso e de títulos importantes. Espero também que o Belluzzo seja o presidente eleito na próxima segunda-feira! Vamos torcer.

Esta semana iniciamos uma série de artigos sobre o Barcelona, um dos maiores clubes do futebol mundial. O Vicente já escreveu dois excelentes artigos sobre a reviravolta que o Barça realizou nos últimos anos, mas este é um clube tão interessante que merece um estudo mais detalhado.

Nessa série de artigos vamos discutir os ensinamentos que o Barça nos dá e como eles poderiam ser aplicados no Brasil.

A EVOLUÇÃO DO BARÇA

Observem abaixo o gráfico com a evolução das receitas do Barça. Nos últimos 6 anos eles conseguiram aumentar a receita em 20% ao ano, ou um aumento de 150%!

 


Nos próximos artigos vamos discutir cada um dos itens de receita.

AS RECEITAS COM OS SÓCIOS

As receitas com os sócios cresceram relativamente pouco, cerca de 5,5% da receita total, mas ainda assim representam mais de 17 milhões de Euros! Isso é pouco mais de R$ 50 milhões, ou pouco menos da metade do faturamento do Palmeiras.

Os sócios têm como principal vantagem a possibilidade de compra de ingresso. Mas também existem coisas interessantes: os sócios elegem diretamente o presidente do clube, um incentivo aos resultados. Mais do que isso, no relatório anual do clube, um belíssimo material com mais de 100 páginas existe um destaque para os sócios que completaram mais de 50 anos de clube! Uma verdadeira demonstração de respeito pelos verdadeiros donos da instituição.

Adicionalmente os sócios têm e-mail, áreas exclusivas no site, e todas aquelas pequenas coisas que os clubes brasileiros também oferecem.

Observem abaixo o crescimento da base de sócios:
Apesar de impressionar o número de sócios chegar a 163 mil, temos que lembrar que eles pagam em média menos do que 9 euros por mês! Algo baixo para padrões brasileiros e algo ridículo para padrões europeus!

ENQUANTO ISSO, NO BRASIL…

No Brasil não existe nenhum tipo de empecilho para que consigamos fazer a mesma coisa!

Observem no gráfico abaixo o número de sócios dos principais clubes europeus em dezembro de 2008! (o do Barcelona mostrado anteriormente era de julho de 2008, por isso a pequena diferença).

 Podemos ver que os três clubes de Portugal têm, somados, quase 400 mil sócios., em um país de 10 milhões de habitantes. Por que os clubes da cidade de São Paulo, que têm mais de 10 milhões de habitantes não podem ter os mesmos números de sócios? Se somos 18 milhões de Palmeirenses, seria difícil que 0,6% desses Palmeirenses fossem sócios?

Mais do que isso, o Internacional já tem cerca de 80 mil sócios e tem planos de chegar a 100 mil ainda este ano! Para o programa de sócios do Palmeiras, basta apenas adaptar o que foi feito no Inter! E isso pode ser feito hoje!

Como teremos a Arena pronta no final de 2010, podemos pensar que o número mínimo de sócios seria igual aos 45 mil lugares da Arena. Se cada um pagar R$ 20/mês, teremos quase R$ 11 milhões de arrecadação anual.

Fica lançado o desafio: chegar a 45 mil sócios!

Alguém aí acha difícil? O temos que pensar também nos 100 mil sócios?

Semana que vem falaremos sobre as receitas do estádio!

Saudações AlviVerdes

 
*Luís Fernado Tredinnick escreve todas as sextas-feiras no 3VV, explicando para quem entende, e para quem não entende, os números do futebol.

21020cookie-checkDesvendando o Barcelona – 1

6 comentários em “Desvendando o Barcelona – 1

  • Marco Aurélio Bianchini
    janeiro 23, 2009
    Responder
  • Fabio Adriano Pulvirenti
    janeiro 23, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    janeiro 23, 2009
    Responder
  • Claudio Tanaka
    janeiro 23, 2009
    Responder
  • Marcos Simonetti
    janeiro 23, 2009
    Responder
  • Marco Aurélio Novelini
    janeiro 23, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *