Pós Jogo Palmeiras 0x1 São Paulo: joga o marujo no mar

Pós Jogo Palmeiras 0x1 São Paulo: joga o marujo no mar

março 28, 2009 0 Jogos

Por Vicente Criscio
 
Escrever o pós jogo mais de 5 horas depois do fim da partida tem suas vantagens. Primeiro, depois do que foi dito em quase 100 comentários, a pauta já está montada. Segundo, eu evito escrever com o fígado. Então vamos lá: este é o pós jogo de Palmeiras 0x1 São Paulo.
 
 
TEM COISAS QUE ME DEIXAM PROFUNDAMENTE IRRITADO
 
Três coisas que me deixam profundamente irritado:
i. Ingratidão!
ii. Decisão estúpida;
iii. Perder para elas.
 
E por que perdemos?

Quem puder reler os mais de 100 comentários terá todas as respostas. Uma defesa vulnerável no jogo aéreo, um ataque que não soube sair de uma marcação manjada, um meio de campo pouco ativo e criativo.

Mas o que é pior: um time que em quase sua totalidade não vibra. Não “sente” o jogo.

Alguns perguntam e provocam se o time é ruim. Meu amigo Franceschini, o Cocão, perdeu a paciência: “elenco de merda” foi o SMS que recebi dele.

Nem tanto ao céu, nem tanto à terra. O time não é tão bom quanto nós pensávamos. Isso nós descobrimos quando jogamos contra o Colo Colo. E naquela ocasião apenas Armero e Marcos estavam ausentes.

Mas esse time, que parecia que daria grandes alegrias ao palmeirense ao longo do ano, está longe disso. Basta uma marcação mais cerrada, mais forte, e o time se desmancha. Tudo bem, estávamos sem quatro titulares: Diego Souza (que falta que fez hoje), Edmílson, Capixaba, Armero.

Mas algo irritou demais ao palmeirense hoje. A apatia! Alguns jogadores – Keirrison, por exemplo – aceitaram a marcação. Resignaram-se perante o adversário. Pareceram ingênuos, bobinhos, no minuto número 2 – quando Washington se agachou para cabecear – e nos outros 88 minutos, quando o Palmeiras teve amplo domínio mas não teve aquela “milha final” para entrar na área e finalizar pro gol.

E este é um grande motivo pela derrota: a apatia da maioria.


JOGA O MARUJO NO MAR

Quem assistiu ao filme Mestre dos Mares? Num certo momento, numa tremenda calmaria do navio em alto mar (e isso era ruim porque a comida, a água estavam acabando) os marujos supersticiosos achavam que alguém era o azarado do barco. E devia ser jogado ao mar.

O Comandante – vivido por Russel Crowe – teve que reagir ao quase motim e liderar os marujos e o barco. E exerceu o seu papel.

Infelizmente o nosso comandante parece que procura o “marujo azarado” ao invés de rever o que está errado nos seus cálculos e tentar achar o vento prá levar o navio ao destino. Na entrevista do pós jogo deste sábado chegou a dizer que o gol aos dois minutos desmontou o esquema, como se uma partida de futebol não apresentasse diferentes circunstâncias durante os 90 minutos.

Ou seja, encontrou o marujo (o azar do gol no início) e jogou-o no mar. Só que fez isso depois da derrota.

Eu já começo a pensar se o marujo azarado não é outro…

E antes que pensem que eu estou em campanha pela saída do comandante, eu vou me antecipar: não estou, mas para mim é claro que o segundo motivo desta derrota (bem como a derrota para Colo Colo e LDU) é o treinador Vanderlei Luxemburgo.

O QUE PODEMOS ESPERAR?

Muita calma nessa hora. Com Diego Souza, Armero, Edmílson e Capixaba (ou qualquer coisa que possa marcar e cruzar direito do lado direito) o Palmeiras não perde para esse robótico time sãopaulino.

Mas o tal planejamento que o professor nos vendeu ano passado – que como na época da Parmalat o primeiro ano era para semear e o segundo ano era para colher – pode estar mais distante do que parece.

Por exemplo, para a Libertadores… do jeito que está, sei não.

BLOGUEIROS NO PANETONE

A ação com a Samsung e os blogueiros terminou no estádio situado no Jardim Leonor. Vejam as fotos abaixo.

Na primeira vários blogueiros – Raul Bianchi e Flavio Canuto na foto logo atás de mim; Rodrigo Barneschi à esquerda – tivemosRaphael Falavigna, do Cruz de Savoia e o mesmo Flavio Canuto (Mondo).

Na foto à direita a visão do setor Visa – Visitantes, nas fileiras superiors, do estádio que se candidata como sede para abertura da Copa do Mundo.

Na boa, se esse troço sediar um jogo de Copa do Mundo será uma vergonha para esta que é uma das maiores metrópoles do mundo.

Vamos em frente. O que me interessa é o dia 8!

Saudações Alviverdes!

26610cookie-checkPós Jogo Palmeiras 0x1 São Paulo: joga o marujo no mar

0 comentários em “Pós Jogo Palmeiras 0x1 São Paulo: joga o marujo no mar

  • Cássio Andrade
    março 31, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    março 30, 2009
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    março 30, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 30, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    março 30, 2009
    Responder
  • Pedro Ivo Christofaro Martins
    março 30, 2009
    Responder
  • Sérgio de Mauro
    março 30, 2009
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    março 30, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    março 30, 2009
    Responder
  • Pedro Ivo Christofaro Martins
    março 30, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    março 30, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    março 30, 2009
    Responder
  • Pedro Ivo Christofaro Martins
    março 30, 2009
    Responder
  • Administrator
    março 30, 2009
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    março 30, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    março 30, 2009
    Responder
  • Pedro Ivo Christofaro Martins
    março 30, 2009
    Responder
  • Gustavo Veraci
    março 29, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    março 29, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 29, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    março 29, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    março 29, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    março 29, 2009
    Responder
  • Sérgio Emilio Marangao
    março 29, 2009
    Responder
  • Everton Micai
    março 29, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    março 29, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 29, 2009
    Responder
  • Dorival Bertaglia
    março 29, 2009
    Responder
  • Allan
    março 29, 2009
    Responder
  • Allan
    março 29, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    março 29, 2009
    Responder
  • VINICIUS BARATTA
    março 29, 2009
    Responder
  • Valmir Sturaro
    março 29, 2009
    Responder
  • Valmir Sturaro
    março 29, 2009
    Responder
  • Fabiano Bernardi
    março 29, 2009
    Responder
  • Thiago Monti
    março 29, 2009
    Responder
  • Rodrigo Montes Roberto
    março 29, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    março 29, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    março 29, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    março 29, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    março 29, 2009
    Responder
  • Gaetano Misiti Neto
    março 29, 2009
    Responder
  • Marcio Wison Severini D' Andrea
    março 29, 2009
    Responder
  • Watson Ciriaco
    março 28, 2009
    Responder
  • Gustavo Veraci
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    março 28, 2009
    Responder
  • Gustavo Veraci
    março 28, 2009
    Responder
  • Watson Ciriaco
    março 28, 2009
    Responder
  • Gustavo Veraci
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Gustavo Veraci
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Gustavo Veraci
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marco
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • RICARDO EDGAR GIUNCO
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    março 28, 2009
    Responder
  • Gustavo Veraci
    março 28, 2009
    Responder
  • Elio A Colombo Jr
    março 28, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    março 28, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    março 28, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    março 28, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    março 28, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 28, 2009
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    março 28, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 28, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 28, 2009
    Responder
  • Arthur Azevedo Ribeiro
    março 28, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 28, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    março 28, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Valter Paccini
    março 28, 2009
    Responder
  • Rudney Gonçalves da Silva
    março 28, 2009
    Responder
  • Giuliano LentiDante
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Neosnardo Barbosa Nunes
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Daniel Portero
    março 28, 2009
    Responder
  • Daniel Portero
    março 28, 2009
    Responder
  • Mario Barros Casuscelli
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Giuliano LentiDante
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • fabio shimada
    março 28, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    março 28, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Washington Rodrigues
    março 28, 2009
    Responder
  • Washington Rodrigues
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    março 28, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    março 28, 2009
    Responder
  • Washington Rodrigues
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Ivan Sacco
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Allan
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Giuliano LentiDante
    março 28, 2009
    Responder
  • Allan
    março 28, 2009
    Responder
  • Giuliano LentiDante
    março 28, 2009
    Responder
  • Washington Rodrigues
    março 28, 2009
    Responder
  • Andre Paciello
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    março 28, 2009
    Responder
  • Allan
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Allan
    março 28, 2009
    Responder
  • Allan
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Vinicius Santos Tognoli
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    março 28, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *