PAULISTÃO 2009: análise da arbitragem das semis

abril 15, 2009 0 Jogos

Por Danilo Cersosimo

Na belíssima partida contra o Santos o
ábitro Wilson Seneme teve difícil missão dada a velocidade e a disputa intensa
do jogo. De um modo geral, foi bem.  

***

Santos 2×1 Palmeiras: Claiton Xavier, Sandro Silva e Marquinhos estão fora pelo
terceiro cartão amarelo – Rodrigo Souto pelo Santos também está suspenso
.

O Santos jogou com a zaga reserva e
poderíamos ter aproveitado melhor esse fator, especialmente pelo alto risco de
termos jogadores nossos suspensos para o 2º jogo.

A imprensa cavocou todos os ângulos
possíveis de seus “tira-teimas” e chegou a conclusão óbvia de que o lance do
gol do Palmeiras foi totalmente legal.

Na minha opinião todos os cartões foram
aplicados de maneira correta, um ou outro lance poderia também ser premiado com
punição, mas em termos disciplinares não tenho grandes ressalvas ao árbitro.

Não gostei do cartão amarelo do Marquinhos:
deu-me a impressão que o jogador implorou pela punição… no mínimo, tomou o 3º
por burrice e falta de controle emocional, algo inadmissível para quem tinha
entrado exatamente 5 minutos antes. 

***

Corinthians 2×1 SPFC: o jogo foi tecnicamente pior que Santos vs Palmeiras, mas
igualmente carregado de emoções. A arbitragem deixou muito a desejar – o
árbitro Sálvio Spinola não me parece ter o equilíbrio necessário para apitar
jogos dessa envergadura
.

Ronaldo deveria ter sido expulso a 3
minutos de jogo por entrada criminosa em André Dias – que também entrou de
maneira violenta na mesma jogada e merecia no mínimo um cartão amarelo.

O Fenômeno, que já sofreu tantas contusões,
poderia ter quebrado a perna de um companheiro de profissão.

O gol do Miranda estava em claro
impedimento – é o 3 gol impedido que o SPFC marca nos últimos 3 jogos. Dos seus
últimos 5 gols, 3 foram em impedimento (contra o Azulão, contra o Defensor e
ontem).

Além disso, Miranda empurra o zagueiro
adversário antes de sair do chão para cabecear – gol totalmente ilegal.

É bem verdade que no mesmo lance William e
Washington estão se agarrando e muitos pediram penalty, mas notem como essa é
uma tática sãopaulina: todos os seus jogadores se engalfinham na grande área no
intuito de cavarem pênaltys. Os jogadores do SPFC praticam judô na grande área.

A expulsão de André Dias foi correta, pois
no primeiro tempo ele fez falta idêntica e levou amarelo. Aliás, essa jogada de
futebol americano é frequentemente utilizada pelo referido zagueiro.

***

Cristian deveria ter sido punido no mínimo
com cartão amarelo pelos gestos obscenos na comemoração do gol. 

***

Palmeiras x Santos, a
volta:
Paulo César de Oliveira pode estar no
sorteio para os jogos de volta das semifinais – vamos torcer para que ele não
seja o eleito para Palmeiras e Santos, pois foi ele quem validou gol de mão do
Adriano contra o SPFC no ano passado..
.

***

Palmeiras x Sport: conseguimos vencer o primeiro tempo da decisão contra o Sport –
a tarefa só estará completa após vencermos novamente nesta quarta-feira
.

Apoio total da torcida para os jogadores:
temos que incentiver todos que entrarem em campo, mesmo que sejam o Jéci, o
Marquinhos e o Capixaba – vaias e apupos só servirão para fortalecer os
adversários.

Temos 3 decisões pela frente, vamos jogar
junto com o time! Todos unidos num só objetivo: VENCER!

***

27770cookie-checkPAULISTÃO 2009: análise da arbitragem das semis

0 comentários em “PAULISTÃO 2009: análise da arbitragem das semis

  • Manoel Pinho Filho
    abril 15, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    abril 15, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    abril 15, 2009
    Responder
  • Bruno Giannecchini
    abril 15, 2009
    Responder
  • Marco Aurélio Novelini
    abril 15, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    abril 15, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *