A Corneta do Cunio – Paralelas e Reversas

abril 17, 2009 29 Corneta do Cunio

Por Alberto Cunio

Procissão alviverde (que é mais o que parecia a saída do Palestra Itália
quarta-feira), hoje vou utilizar de recursos da geometria espacial para
acalentar os milhões de esmeraldinos que, como bem disse Criscio no pós-jogo,
estão certamente frustrados.

A despeito de nosso infindável otimismo, que mesmo diante do turvo e
opaco consegue enxergar o cristalino e reluzente, faço aqui uma distinção
metafórica do que são retas paralelas e reversas com as nossas equipes de hoje
e de saudosos tempos. 

Retas paralelas, todos sabem, não se cruzam jamais. Porém, pertencem a
um mesmo plano e seguem uma mesma direção. Já as retas reversas, apesar de
também não se cruzarem jamais, pertencem a planos DIFERENTES e seguem direções DIFERENTES.

Acabada a breve explanação Euclidiana, vamos relembrar a EQUIPE (elenco,
comissão técnica, etc.) que nos conduziu ao memorável título da  Copa Libertadores de 1999 e a atual equipe (em
minúsculo mesmo), que pena para ir à segunda fase da mesma.

Marcos (Velloso ou Sergio), Arce (Tiago Silva), Júnior Baiano (Rivarola),
Roque Júnior (Cléber) e Júnior (Rubens Júnior); César Sampaio, Rogério
(Galeano), Alex (Jackson) e Zinho; Oséias (Evair) e Paulo Nunes (Euller).
Técnico: L.F. Scolari.

Marcos (Bruno ou Deola), Fabinho Capixaba (Wendell), Danilo (Jéci),
Maurício Ramos (Maurício) e Pablo Armero (Jefferson ou Marcão); Pierre (Jumar
ou Souza), Edmilson (Sandro Silva ou Paulo Miranda), Diego Souza (
Marquinhos) e
CX-10 (
Evandro); K-9 (Ortigoza ou Lenny) e Williams (Lenny ou Ortigoza).
Técnico: V.L.

Pois bem, todos (exceção feita aos muito jovens) se lembram o sufoco que
foi em 1999: depois da fase de grupos, eliminamos Vasco (Campeão do ano
anterior) nas oitavas e dentro de São Januário, Corinthians nas quartas NOS
PÊNALTIS, River Plate com duas atuações soberbas, lá (mesmo perdendo) e aqui,
além da final contra o D. Cali, nos pênaltis, DE VIRADA. Ou seja, passamos,
como diriam os cariocas, um “perrengue” danado para levantar este caneco,
contando com MUITA SORTE (que parece ter-nos abandonado há algum tempo) e com
uma EQUIPE como a descrita acima.

Deixo para vocês mesmos analisarem os dois grupos e refletirem: posição
por posição e, se quiserem depois, os adversários da época e a sorte (ou falta
dela). Excluindo Marcos, único remanescente e que, mesmo 10 anos depois ainda
podemos considerar apto à tarefa, vou apenas dar uma pincelada: Arce x Capixaba
(Quem ???); Zaga (ambos de seleção em 99 e hoje…?); Pierre (no máximo um
grande desarmador) x C. Sampaio (covardia… Alguém imagina o Pierre arrancando
do meio de campo contra o SPFC, driblando todo mundo e entrando com bola e
tudo?); Alex x CX-10 (só pode ser brincadeira de mau gosto…); K-9 (promessa
que não ganhou nada ainda) x Oséias (não vou comparar com Evair porque seria
leviano). A comissão técnica eu deixo de lado para não gerar mais polêmica.
Fiquem à vontade para compará-las, lembrando apenas que em 1999 tínhamos o
Pracidelli, Paulo Paixão…

Então, caros amigos palestrinos, serão estas equipes PARALELAS (que
apesar de não se cruzarem, seguem a mesma direção), ou REVERSAS? Pensem bem. E
se consolem.

Para não fazer injustiças ou criar caso, deixo esta semana minha CORNETA
na orelha dos responsáveis da Outplan, que herdaram da horrorosa BWA a confecção
e distribuição de ingressos dos jogos do Palmeiras e conseguiu a proeza de
fazer tal baderna que milhares morreram nas mãos de cambistas ou esquecidos nas
gavetas das lojas TIM, ao invés de ajudarem a lotar ainda mais nossas
arquibancadas na quarta-feira.

27970cookie-checkA Corneta do Cunio – Paralelas e Reversas

29 comentários em “A Corneta do Cunio – Paralelas e Reversas

  • Rodrigo Montes Roberto
    abril 22, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    abril 19, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    abril 19, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    abril 18, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    abril 18, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    abril 18, 2009
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    abril 18, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    abril 17, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    abril 17, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    abril 17, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    abril 17, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    abril 17, 2009
    Responder
  • Jotacê
    abril 17, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    abril 17, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    abril 17, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    abril 17, 2009
    Responder
  • Marcelo Breda Stocco
    abril 17, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    abril 17, 2009
    Responder
  • Sérgio Modesto Frugis
    abril 17, 2009
    Responder
  • Marco Aurélio Novelini
    abril 17, 2009
    Responder
  • Marcelo Fabiano Luchetti
    abril 17, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    abril 17, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    abril 17, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    abril 17, 2009
    Responder
  • Heitor De Mare
    abril 17, 2009
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    abril 17, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    abril 17, 2009
    Responder
  • Valdir Castaldelli Jr
    abril 17, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    abril 17, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *