A Corneta do Cunio – Lugar certo, hora errada.

junho 26, 2009 24 Corneta do Cunio

POR ALBERTO CUNIO

Vezeira alviverde, passamos uma semaninha bem tumultuada nos bastidores,
quando na verdade deveríamos estar preocupados em avançar no Campeonato
Brasileiro enquanto os adversários diretos se ocupam com outras competições ou
com aquele disse-me-disse irritante que a imprensa insiste em difundir nestes
momentos.

Palmeiras saiu da Libertadores 2009. Ponto. Estamos ainda numa
competição muito importante, no meio de um trabalho que começou “daquele
jeito”, mas vamos em frente.

Os vizinhos de muro saíram da Libertadores 2009 no dia seguinte e, para
piorar a crise deles, mandaram o técnico embora. Ponto. Agora eu pergunto a
todos: O QUE NÓS TEMOS A VER COM ISSO?

Aquela história de que “a grama do vizinho é sempre mais verde” se
aplica tão bem ao Palmeiras que até irrita. Que os caras do outro lado do muro demitiram
um técnico bom, vitorioso, competente, trabalhador, apesar de polêmico, isso
ninguém duvida. Mas paremos para pensar, por que razão deveríamos nós desmantelarmos
todo o “PLANEJAMENTO” (apesar de questionável, existe alguma coisa parecida com
isso), que foi feito no início da temporada, para mandar embora o VL (arrumando
as respectivas encrencas na justiça) e contratar às cegas o novo desempregado
do pedaço, achando simplesmente que ele seria a solução de todos os nossos
problemas?

Galera, parece às vezes que nós palmeirenses (onde logicamente eu me
incluo) temos água de coco na cabeça. Vejam se tem cabimento, simplesmente
porque o técnico do nosso arquiinimigo foi demitido, devemos chutar o nosso
balde e espalhar caca para tudo que é lado, só para contratá-lo? Começaram a
inventar que ele era amigo do fulano que indicara ciclano, que em 1900 e
bolinha estava interessado em treinar o Palmeiras porque a família é
palmeirense e desenterraram uma foto de quando ele começou a andar com uma
camisa verde, que nem era do Palmeiras, meu… Um pampeiro danado para tentar
justificar o injustificável. Estão querendo pegar um cardíaco e resolver seu
problema dando um tiro no coração.

Podemos até nos lamentarmos que, no momento pós-Caio Potter, não
tínhamos uma excelente opção como esta no mercado. Concordo plenamente. Talvez
com esta opção não teríamos feito contratações esdrúxulas, nem nos desfeito de
bons jogadores, tão pouco arrebentado os cofres do clube. O Palmeiras o
abraçaria e cairia como uma luva. Mas NÃO AGORA. Durante a semana cheguei até a
comentar no 3VV, ainda no calor do final de semana de golaço anulado do Obina,
que assinaria um cheque em branco para o cidadão treinar o Palmeiras. Depois
pensei na bomba relógio que isso seria com Traffic, jogadores (que estão
fechados com o VL), diretoria, oposição, corneteiros (menos eu!)… Enfim, uma
hecatombe desnecessária ao nosso já atribulado dia a dia palestrino. Vamos
parar de reclamar e arrumar a casa (entenda-se, finanças, futebol, clube
social, Arena e mais o raio que os parta), pois o tempo urge e palmeirense tem
pressa.

E já aproveito para destilar uma CORNETA NO AZEITE para todos aqueles
ociosos de plantão nos corredores do Palestra que ao invés de resolverem nossos
problemas, querem é arrumar mais. Será que basta receber um CARGO para virar
uma besta?

34830cookie-checkA Corneta do Cunio – Lugar certo, hora errada.

24 comentários em “A Corneta do Cunio – Lugar certo, hora errada.

  • Arthur Azevedo Ribeiro
    junho 27, 2009
    Responder
  • Dalla Valle
    junho 26, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    junho 26, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    junho 26, 2009
    Responder
  • Nataniel Soares Medeiros
    junho 26, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    junho 26, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    junho 26, 2009
    Responder
  • Dalla Valle
    junho 26, 2009
    Responder
  • Arthur Azevedo Ribeiro
    junho 26, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    junho 26, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    junho 26, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    junho 26, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    junho 26, 2009
    Responder
  • Diego Caio Terense Peressinotto
    junho 26, 2009
    Responder
  • Dalla Valle
    junho 26, 2009
    Responder
  • Diego Caio Terense Peressinotto
    junho 26, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    junho 26, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    junho 26, 2009
    Responder
  • GERALDO GUALBERTO
    junho 26, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    junho 26, 2009
    Responder
  • Dalla Valle
    junho 26, 2009
    Responder
  • Gaetano Misiti Neto
    junho 26, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    junho 26, 2009
    Responder
  • Fabio Angelini
    junho 26, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *