Pós Jogo Palmeiras 1×0 Santo André: cumplicidade e vitória

Pós Jogo Palmeiras 1×0 Santo André: cumplicidade e vitória

julho 18, 2009 0 Jogos

PALMEIRAS 1X0 SANTO ANDRÉ

O Palmeiras venceu o Santo André por 1×0 nesta tarde-noite de sábado. Assumiu assim – pelo menos temporariamente – a liderança do Brasileirão 09.

Mas mais que a vitória e a liderança, quem esteve no Palestra Itália presenciou jogadores com vontade de vencer e uma impressionante cumplicidade entre time e torcida. E este é um dos principais temperos deste trabalho de Jorginho.

O Jogo

O Palmeira começou melhor. Mas apesar da pressão quem ameaçou primeiro foi o Santo André, geralmente na bola aérea, geralmente nos pés de Marcelinho.

Mas aos poucos o Palmeiras foi dominando as ações do Santo André e se impondo. O time de Sergio Guedes jogava num eficiente esquema defensivo, com praticamente 10 jogadores atrás da linha da bola e apenas o atacante Nunes, esperando as saídas em contra-ataque de Marcelinho.

E aos 23 minutos Diego Souza sofreu falta de M. Carioca no lado direito do ataque. Como sempre Cleiton Xavier cobrou, Obina desviou e no rebote Diego – disparado o melhor jogador do time – chutou e fez 1×0 (veja abaixo imagem do 3VV no momento do cabeceio de Obina).

Esperava-se o Santo André saindo mais para o ataque mas o time era paciente. O Palmeiras atacava e o Santo André ficava no contra-golpe. Cleiton Xavier e depois Obina perderam gols no final do primeiro tempo.

No segundo, como vem acontecendo, o time sentiu o cansaço e o adversário cresceu. Diego cansou, Edmílson – em bela tarde – também cansou, e o gol de Marcos foi ameaçado algumas vezes. Numa delas numa cobrança de escanteio no travessão; outra, no fim da partida, fez parar por alguns segundos os corações mais prejudicados. Por outro lado o Palmeiras perdia chances incríveis para matar o jogo. Obina não estava nos melhores dias e não conseguiu fazer o dele.

No final o time saiu de campo aplaudido. 1×0, festa da torcida e a liderança. Agora é esperar o final da R11.

Há muito tempo…

… eu não via o que vi hoje: a torcida após gritar o nome dos jogadores gritou o nome do técnico Jorginho.

Vi isso com Telê Santana. Vi isso com Felipão. Até com Luxemburgo, nos áureos tempos de 1993 eu via essa homenagem vinda das arquibancadas.

O tempo passou e há muito, mas muito tempo não ouvia a torcida homenagear um técnico do Palmeiras. Independente das “rusgas” entre Mancha e Luxemburgo, mesmo os torcedores “não organizados” não se sentiam à vontade para gritar o nome de Vanderlei.

Ouvindo a torcida cantar o nome de Jorginho confesso que vi aí um sinal mais que evidente que o apoio da torcida ao treinador parece ser mais sólido do que pensa a nossa vã filosofia.

Indicadores da Partida


TOTAL

PALMEIRAS

SANTO ANDRÉ

CER

ERR

%

CER

ERR

%

LANÇAMENTOS

30

22

58%

12

28

30%

PASSE

277

28

91%

212

34

86%

FINALIZAÇÃO

12

8

60%

4

10

29%

DRIBLE

23

5

82%

4

2

67%

DESARME

21

1

95%

26

2

93%

DEFESA

4

0

100%

9

0

100%

CRUZAMENTO

5

21

19%

8

15

35%

POSSE DE BOLA

51,2%

48,8%

DEFESA

27,8%

17,8%

MEIO-CAMPO

45,0%

51,0%

ATAQUE

27,3%

31,2%

LADO DIREITO

31.22%

41,1%

FAIXA CENTRAL

25.18%

28,8%

LADO ESQUERDO

43,6%

30,1%

ESCANTEIO

10

9

PERDA DE POSSE

40

26

36460cookie-checkPós Jogo Palmeiras 1×0 Santo André: cumplicidade e vitória

0 comentários em “Pós Jogo Palmeiras 1×0 Santo André: cumplicidade e vitória

  • Eduardo Pellegrini Vivan
    julho 20, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    julho 19, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 19, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 19, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 19, 2009
    Responder
  • Elio A Colombo Jr
    julho 19, 2009
    Responder
  • Fabiano Bernardi
    julho 19, 2009
    Responder
  • Ivan Antipov
    julho 19, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 19, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    julho 19, 2009
    Responder
  • Geraldo Teixeira Júnior
    julho 19, 2009
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    julho 19, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    julho 19, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    julho 19, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    julho 19, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    julho 19, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    julho 19, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    julho 19, 2009
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    julho 19, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    julho 19, 2009
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    julho 19, 2009
    Responder
  • Allan
    julho 19, 2009
    Responder
  • Dalla Valle
    julho 19, 2009
    Responder
  • Dalla Valle
    julho 19, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    julho 19, 2009
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    julho 19, 2009
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    julho 19, 2009
    Responder
  • Sérgio de Mauro
    julho 19, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 19, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 19, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 19, 2009
    Responder
  • Marcel Antoni
    julho 19, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    julho 19, 2009
    Responder
  • Ivan Antipov
    julho 19, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    julho 19, 2009
    Responder
  • Ricardo Brito Teixeira
    julho 18, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    julho 18, 2009
    Responder
  • V Criscio
    julho 18, 2009
    Responder
  • Marcelo Breda Stocco
    julho 18, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    julho 18, 2009
    Responder
  • Danilo Pescarmona
    julho 18, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    julho 18, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    julho 18, 2009
    Responder
  • Marcelo de Luca
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Ângelo Lista
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Ângelo Lista
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Fernando Cesar Giélamo
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Fernando Cesar Giélamo
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • rudy de araujo maruyama
    julho 18, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 18, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 18, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    julho 18, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    julho 18, 2009
    Responder
  • Lucélia Batista de Almeida
    julho 18, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *