Análise da Arbitragem R12 – Palmeiras 1×0 Santo André

julho 21, 2009 0 Jogos

POR DANILO CERSOSIMO 

O Palmeiras venceu o Santo André por 1 a 0, numa partida onde o árbitro Marcelo de Lima Henrique fez questão de travar o jogo a toda hora, especialmente apitando faltas para o time do ABC.

Foi impressionante a má vontade do árbitro para com alguns jogadores do Palmeiras, especialmente Armero e Diegou Souza; este teve que tomar um chute por trás de Marcelinho Carioca para que o árbitro apitasse falta – que resultou no gol.

Aliás, nesse lance, alguns torcedores reclamam que Marcelinho deveria ter sido expulso. Discordo. Punição maior foi tê-lo punido com o amarelo para que ele ficasse em campo tomando uma chuva de vaias até o final do jogo.  

***

Eu não teria marcado o pênaltI reclamado em lance no Obina – lá do estádio senti que o nosso atacante tentou cavar quando viu que não alcançaria a bola.

***

Os árbitros têm permissão para errar – é muito difícil acertar todas na velocidade com a qual o futebol é jogado hoje em dia, além do que os recursos tecnológicos da televisão quase sempre deixarão os árbitros em desvantagem.  

Porém, quando os erros começam a acontecer sistematicamente é bom ficar de olho. Foi assim com o SPFC nos dois últimos anos e parece estar sendo assim com o time do Ronaldo.

Não acredito que haja uma teoria da conspiração para o rival ser o campeão brasileiro, mas parece haver uma teoria da conveniência… Afinal, seria interessante para todo mundo, não?

O pênaltI marcado a favor do Corínthians neste domingo foi um lance difícil, mas no rigor da imagem a bola sequer bateu na mão ou no braço do zagueiro Leonardo Silva, que foi expulso em seguida. Menos mal que Fábio tenha defendido a cobrança do Fenômeno.

Mas tudo bem, o juiz, apesar de estar de frente pro lance pode ter se equivocado dada a velocidade da jogada. Perdoado.

Já o lance do gol anulado do Cruzeiro ainda no primeiro tempo foi para deixar o sinal de alerta aceso – ainda mais após as últimas partidas onde o time preferido da Rede Globo tem contado com a sorte nos lances mais polêmicos. Na disputa de bola o cruzeirense não comete falta em Chicão, foi um lance normal, interrompido erroneamente pelo árbitro que evitou o gol de empate do Cruzeiro.

Ah! O pênalti sobre Kléber no final do jogo não existiu… Mas aí parece ser a velha tática de dissimular os equívocos para não parecer tendencioso.

Eu não sei como se previne uma arbitragem danosa, por isso não tenho cargo em clubes de futebol, mas é bom ficar atento porque domingo que vem tem Derby.

Saudações…

36780cookie-checkAnálise da Arbitragem R12 – Palmeiras 1×0 Santo André

0 comentários em “Análise da Arbitragem R12 – Palmeiras 1×0 Santo André

  • Alberto Cunio
    julho 21, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    julho 21, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    julho 21, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    julho 21, 2009
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    julho 21, 2009
    Responder
  • Marco Aurélio Novelini
    julho 21, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    julho 21, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    julho 21, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    julho 21, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    julho 21, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *