Análise da Arbitragem R25 Palmeiras 2×1 Cruzeiro

setembro 24, 2009 0 Jogos

BR09 – Arbitragem – R25 –
Cruzeiro 1×2 Palmeiras

Por Danilo Cersosimo

Numa partida épica o
Palmeiras conseguiu vencer um adversário duríssimo e amplia sua liderança no
campeonato. 

Os bandeiras Carlos
Berkenbrock (SC) e Roberto Praatz (PR) foram muito bem, em que pese um equivoco
ou outro, mas o árbitro Evandro Rogerio Roman (PR), pra variar, cometeu erros
graves.

O Cruzeiro reclama 5
pênaltis. A Globo – que toca o hino do São Paulo na hora do gol do Palmeiras –
e a Band viram 3. Eu vi 1. Os jogadores do time mineiro deveriam disputar um
campeonato de saltos ornamentais, quem sabe se sairiam melhor.

O primeiro lance, de
Wendel em Kléber, o Gladiador faz falta antes. Na disputa, ambos escorregam e
se é verdade que Wendell se apóia no atacante é também verdade que este já
estava escorregando na disputa da bola. Eu não teria marcado.

Já o lance de Jumar em
Fabrício foi de uma displicência gritante – um jogador profissional não pode
entrar da maneira que entrou no adversário. Pênalti claríssimo que Evandro Roman
não marcou – mesmo estando de frente para o lance. Jumar deveria ter tomado um
cartão amarelo pela falta.

Posteriormente Jumar e
Armeiro foram punidos corretamente com cartões amarelo – em ambos os lances
faltou inteligência aos nossos jogadores. O cartão dado ao colombiano lhe
custou uma expulsão – injusta – no início do 2º tempo, em lance que sequer
falta foi – um jogador segura o outro. O Cruzeiro também reclamou penalidade
nesse lance.

Aos 23 minutos do 1º
tempo Gilberto cometeu falta onde poderia ter levado o segundo cartão amarelo e
por tabela ter sido expulso – foi esse o critério que o árbitro usou para
expulsar Armero.

No 2º tempo, Guerrón
mergulha na área em lance com Marcão, na tentativa de cavar um pênalti. Nada a
marcar.

Aos 48 minutos do 2º
tempo, Thiago Ribeiro tenta cavar outro pênalti em lance com Figueroa – o lance
do jogo contra o Coritiba me veio a mente na hora.

***

Para sábado teremos
alguns desfalques: Claiton Xavier com o terceiro cartão amarelo, Armeiro
expulso, Wendel contundido (ainda não confirmada a sua ausência) e Danilo com
restrições contratuais.

***

A imprensa mal falou do
pênalti de Miranda em Fernando no último domingo – em compensação vai ficar 6
meses falando do(s) pênalti(s) reclamados pelo Cruzeiro.

O engraçado é que quando
o mesmo Evandro Rogerio Roman nos prejudicou contra o Goiás, a imprensa encarou
com naturalidade.

41010cookie-checkAnálise da Arbitragem R25 Palmeiras 2×1 Cruzeiro

0 comentários em “Análise da Arbitragem R25 Palmeiras 2×1 Cruzeiro

  • Alberto Cunio
    setembro 26, 2009
    Responder
  • Danilo Cersosimo
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Pedro
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Alexandre Henrique Guimarães Gonçalves
    setembro 24, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    setembro 24, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Fabio Angelini
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Elio A Colombo Jr
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    setembro 24, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    setembro 24, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    setembro 24, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    setembro 24, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *