A Corneta do Cunio – Tenhamos apenas fé

outubro 23, 2009 38 Corneta do Cunio
POR ALBERTO CUNIO
Desiludidos
alviverdes, tenho certeza que a pior das sensações quem vive são os
pobres torcedores apaixonados (por vezes cegamente) como nós. O
sentimento maior, com certeza é o da impotência. Depois vêm os outros,
como incredulidade, desalento, inconformismo, estupefação. Pois é.
Poucas vezes eu vi nossa torcida com todos estes nefastos sintomas após
uma partida e, pasmem, por mais uma rodada ainda líderes isolados!
Vários já jogaram a toalha.
Para aqueles que são um pouco mais velhos,
respeitando sempre o que sentem os mais jovens, as últimas
apresentações de nosso time mostram certamente que a coisa está podre
por baixo daquilo que a vista alcança. Está mais do que evidente que
não se trata aqui de desempenho futebolístico unicamente, já que
contamos com um elenco que, se não é dos mais completos em termos de
reposições, ainda está muito acima da grande maioria no Brasil e não
pode compactuar com apresentações abomináveis como as mais recentes,
algumas delas contra equipes de qualidade duvidosa.
Lembro muito bem que critiquei a equipe na partida
contra o Santos e fui massacrado, chamado de maluco, já que o time
ganhou de 3×1 de virada e “parecia” ter feito uma boa partida. Ali já
se viam coisas estranhas no comportamento dos atletas. Durante nossas
jornadas no Paulista e na Libertadores, desde os times formados pelo
profexô VL, podíamos estar jogando mal, mas tínhamos certeza absoluta
de que em campo os jogadores se desdobravam. Luta, nunca faltou. Alguém
vê LUTA nesta equipe hoje?
Coincidência ou não (aliás, detesto esta palavra
pois não acredito nela), a chegada de Vágner Love e a ida de Diego
Souza para a seleção foram o pivô evidente de nossa derrocada. É nítido
que, seja por vaidades típicas do futebol, seja por questões
financeiras internas (aí tem cheiro ruim), seja por desavenças pessoais
internas, estes dois fatos foram marcantes para entramos em queda livre
e estarmos, como disse há duas semanas atrás, pertinho de morrermos na
praia.
Do ponto de vista do elenco, vejamos como é fácil a
coisa azedar: Obina é contratado, entra e joga. Vágner Love é
contratado, entra e joga. CX-10 e Diego Souza vão para a seleção, o
time pára e perde. O que pensam as outras dezenas de jogadores? Se são
eles os “badalados” e “prestigiados”, ELES QUE RESOLVAM!
DS-7 sabe que não irá para a Copa. Vágner Love
também sabe que não irá para a Copa. Muito menos CX-10, que sabe que
nunca mais nem convocado será. Muricy nitidamente gosta de uns, não
gosta de outros, vê a coisa desandando e mesmo assim não mexe no time.
Vou ignorar qualquer problema de GRANA, que é a mola propulsora de
qualquer atleta profissional hoje. Olhem para a nossa diretoria, que
desapareceu da mídia e ainda permite que Sálvio Spínola apite jogos do
Palmeiras!!! Somem tudo isso e temos como resultado 1 ponto em 12
disputados.
Farei três pedidos hoje aos meus queridos leitores e comentaristas do 3VV:
1- Tenham fé, já que ainda restam 7 rodadas e estamos na liderança.
2- Não tenham esperança, pois é o último dos males que ficou guardado na Caixa de Pandora e ele só pode nos trazer desgraça.
3- Escolham quem vocês quiserem para ganhar uma CORNETA na orelha esta semana. As opções são tantas que eu não quis sortear.
E
que tenhamos um bom final de semana e descanso futebolístico, cruzando
os dedos e torcendo para que, mais uma vez, a sorte não nos tenha
abandonado. Se é que até ela já deve estar de saco cheio do Palmeiras.

42990cookie-checkA Corneta do Cunio – Tenhamos apenas fé

38 comentários em “A Corneta do Cunio – Tenhamos apenas fé

  • Raul Ricardi
    outubro 26, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    outubro 23, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Núbia Tavares
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Arthur Azevedo Ribeiro
    outubro 23, 2009
    Responder
  • VERA LUCIA CLORETTI
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Arthur Azevedo Ribeiro
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Marco Alexandrino
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Lenita Pinho
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Danilo Cersosimo
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    outubro 23, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Sérgio Modesto Frugis
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Gaetano Misiti Neto
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Lucélia Batista de Almeida
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Lucélia Batista de Almeida
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    outubro 23, 2009
    Responder
  • Jobert Leite
    outubro 22, 2009
    Responder
  • Alex Caputo
    outubro 22, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    outubro 22, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    outubro 22, 2009
    Responder
  • Arthur Azevedo Ribeiro
    outubro 22, 2009
    Responder
  • Antônio José Xavier Oliveira
    outubro 22, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *