Pós Jogo Palmeiras 2×2 Corinthians: fico feliz ou fico triste?

novembro 1, 2009 0 Jogos

PALMEIRAS 2X2 CORINTHIANS

Ufa! A respiração do palmeirense está voltando ao normal aos poucos. O batimento cardiaco também.
 
A expectativa era de uma vitória. E ela parecia ser questão de tempo. Logo nos minutos iniciais o Palmeiras avançava pela direita. Figueroa poderia servir para Obina mas deu um chute ao invés de um passe. Logo depois teve um lance semelhante, mas desta vez com três em condições de marcar – Diego, Obina e Love. Novamente Figueroa errou a última bola. A avenida na lateral esquerda corintiana era um convite.

Mano acertou a marcação, adiantou o time e o jogo se equilibrou. E aí a ausência de Pierre mais uma vez foi sentida. Defederico com enorme liberdade colocou J. Henrique na cara de Marcos. Na saída do gol o Santo fez pênalti. Não há o que reclamar. Expulsão e gol.

Bruno entrou e saiu Obina. Com um a menos o time se desarrumou. Foi pro intervalo e o palmeirense já se perguntava qual o pecado que estávamos pagando.

No segundo tempo veio Marquinhos no lugar de Marcão. O time mudou o estilo de jogar. Muricy Ramalho inteligentemente deixou o Palmeiras marcando em seu campo esperando o Corinthians. Com Marquinhos – em tese – a qualidade da saída de bola aumentaria. Não foi bem assim.

Mas os astros estavam com o Palmeiras. Falta na intermediária esquerda e Figueroa cruza. A bola caiu na cabeça de Danilo. 1×1.

Em seguida Diego Souza recuperou uma bola e passou com açúcar para Love. O atacante – mal, muito mal – não deu sequência dentro da área.

E logo depois o castigo. Novamente Defederico – pergunta muito carinhosa: quem era o cazzo que tinha que marcar o argentino? – colocou o gordo na cara do gol. Desta vez nosso amigo Bruno saiu para não pegar a bola (o que passou na cabeça do goleiro?).

1×2. O domingo realmente estava ficando complicado.

Teve um lance que Heber poderia ter dado pênalti – Armero sobre Dentinho. Teve bola na trave. Mas era pro Palmeiras sair de Prudente na liderança. E assim foi.

Em nova falta, Figueroa cruzou e novamente um zagueiro – Maurício – empurrou pro gol.

2×2.

Resiliência. Essa palavra persegue o Palmeiras há 19 rodadas.

Quarta-feira aquele adversário jogará contra o Grêmio no Olímpico. Todos vamos torcer para os gauchos, que devem tirar pontos do pessoal do Jd Leonor.

Domingo o Palmeiras pega o Fluminense no Maracanã.
Só a vitória interessa.

E assim vamos em frente. Vamos buscar esse título. Já foi dito aqui, não é porque o Palmeiras e o palmeirense merecem que o título cairá no nosso colo. Nós vamos ter que ir lá e arrancar deles esse campeonato. E é isso que vai acontecer.

Saudações Alviverdes!

43480cookie-checkPós Jogo Palmeiras 2×2 Corinthians: fico feliz ou fico triste?

0 comentários em “Pós Jogo Palmeiras 2×2 Corinthians: fico feliz ou fico triste?

  • Fernando Cesar Giélamo
    novembro 3, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Rudney Gonçalves da Silva
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 2, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Fabio Angelini
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Milton Nascimento Santos Nunes
    novembro 2, 2009
    Responder
  • luiz laudisio neto
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Humberto Rufini
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    novembro 2, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Paulo Cesar Juliani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Mario Barros Casuscelli
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    novembro 1, 2009
    Responder
  • João Gomes Yzquierdo Neto
    novembro 1, 2009
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Paulo de Tarso
    novembro 1, 2009
    Responder
  • V Criscio
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Vilcemar Fernandes Maia Filho
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Denis Dias de Lima
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Sérgio de Mauro
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Antonio de Quadros Andrade Júnior
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Antonio de Quadros Andrade Júnior
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Jorge de Matos
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Maiorano Neto
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Felipe Ciol
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Paulo Cesar Juliani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • BLOG 3VV
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Thiago Henrique
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Áureo Teixeira
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Diego Caio Terense Peressinotto
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Alex Caputo
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    novembro 1, 2009
    Responder
  • César Lira
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Paulo Cesar Juliani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Julio Coelho
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Rodolfo Timoteo da Silva
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Ricardo Fassina
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Marcos Lavieri
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Luis Filipe Fabiani
    novembro 1, 2009
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    novembro 1, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *