Arenas – Stehplatz

Arenas – Stehplatz

novembro 5, 2009 31 Allianz Parque

Por Claudio Baptista Jr. 

Pessoal, gostaria de apresentar hoje uma
funcionalidade que vem sendo usada em diversas Arenas visando dar flexibilidade
ao uso das cadeiras.

Trata-se da utilização de um conceito similar
ao Stehplatz, lugar em pé, adotado por diversos estádios alemães após a Copa de
2006. Em alguns deles, a instalação dos Stehplatz permitiu o incremento de
quase 100% na quantidade dos lugares no setor com as cadeiras retiradas.

Este conceito seria a adoção de cadeiras
removíveis, permitindo a trabalhar com a configuração dos lugares da Arena de
acordo com o interesse ou evento. As cadeiras podem ser retiradas ou então
aumentar e diminuir o espaço entre elas. 

Algumas semanas atrás, especificamente nos
comentários do post sobre o novo estádio do Dallas Cowboys (https://3vv.com.br/3vv/InformativoPopupComentarios.aspx?p0=7&p1=3165
), foi citado este recurso.

Notem na imagem abaixo da Mercedes Benz Arena
em Stuttgart a diferença dos setores. Cadeiras removidas (inferior) e com
cadeiras instaladas (superior).

Nossa Arena está sendo configurada segundo os
padrões FIFA para a acomodação dos espectadores, certo? 

Agora, imaginem se a mesma for flexível de
modo que em função do jogo (Copa do Mundo, Jogos Internacionais, Jogos Nacionais,…)
ela possa receber mais ou menos espectadores, dando ao clube a oportunidade de
trabalhar com as receitas vendendo os lugares de acordo com as possibilidades
que oferecem cada torneio?

Da mesma forma, imaginem o parceiro, WTorre,
podendo configurar o espaço do anfiteatro ou de outros locais do estádio de
acordo com o perfil de cada evento? Exemplo: Shows do estilo rock pedem lugares
em pé enquanto que shows mais intimistas lugares sentados.

Até mesmo na parte de instalações, no caso da
adoção de sistema sobre trilhos, podem existir algumas vantagens diminuindo a
quantidade de furação do concreto, pois não são fixadas individualmente. Por
conseqüência os riscos de fragilidade e infiltrações de umidade no concreto
podem também diminuir.

Claro, existem suas desvantagens como os
custos da operação nas alterações de configuração e aparentemente também na
aquisição das cadeiras, porém, será que toda a flexibilidade e a possibilidade
de incremento de receitas não compensariam esta instalação?

Alguns grupos de Palmeirenses estão analisando
o assunto para elaborar um estudo detalhado e tangível a respeito a fim de
apresentar essa proposta ao Palmeiras.

Para quem quiser visualizar a solução adotada
pelo Dallas Cowboys, segue abaixo o link de um vídeo mostrando a instalação,
montagem e desmontagem destas cadeiras. Muito legal.

http://www.youtube.com/watch?v=YViOCl_YAh8

Abraço e até a próxima semana. 

Claudio Baptista Jr. – ansioso pela aprovação
da nossa Arena junto a Prefeitura.

43620cookie-checkArenas – Stehplatz

31 comentários em “Arenas – Stehplatz

  • João Paulo
    novembro 7, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    novembro 7, 2009
    Responder
  • Adilson Henrique
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Junior Gottardi
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Joao Carlos Falbo Mansur
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Ricardo Alberto Galassi
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Joao Carlos Falbo Mansur
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Junior Gottardi
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Joao Carlos Falbo Mansur
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Daniel Vieira de Oliveira
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Matheus Rodrigues Chinaglia
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Joao Carlos Falbo Mansur
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Tiago Depiné
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Daniel Vieira de Oliveira
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    novembro 5, 2009
    Responder
  • George de Barros
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    novembro 5, 2009
    Responder
  • Daniel Seleguim Santos Moraes
    novembro 4, 2009
    Responder
  • marco antonio nishimura
    novembro 4, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *