Corneta do Cunio – Eu fiz a minha parte. E você?

novembro 6, 2009 13 Corneta do Cunio

Por Alberto Cunio

Tuaregs alviverdes, imagino que assim
estejam se sentindo os paulistas, pelo menos esta semana em que vivemos um
calor senegalês, que teve início na fresca e suave Presidente Prudente com o
sol das 15 horas no domingo e se estenderá com certeza até o próximo, quando
teremos o Maracanã e milhares de desesperados que pagarão 15 reais para tentar
salvar o time das laranjeiras da desgraça.

Gostaria primeiro de bater palmas para os
intelectuais que combinaram esta dupla de jogos com nosso maior freguês em tais
circunstâncias. Não que os torcedores de Prudente não mereçam ver seus times do
coração, mas serem os ÚNICOS a verem nos últimos anos, aí já é exagero. Mas
também há sempre uma idéia brilhante para facilitar as coisas: vamos jogar de
branco para os coitados dos marginais s/n jogarem com aquele nefasto uniforme
preto e cozinharem debaixo daquela lua. Sensacional. Espero que me digam que a
razão não foi esta, senão serei obrigado a dar um abacaxi de presente para cada
um, não uma corneta, tamanha seria a imbecilidade.

Extra-campos à parte, fui uma voz isolada
no deserto prudentino esta semana ao meter o pau na atuação do Palmeiras
domingo passado. Ouvi um caminhão de desculpas para transformar um jogo ruim de
nossa equipe numa batalha heróica no deserto do Saara. “Estava um calor
infernal!”. “Jogamos com uma a menos!”. “O Ronaldo resolveu jogar no domingo!”.
E por aí vai a lista de bobagens que na justificam a sonolência e pouca vontade
de ganhar que tivemos.

O sol estava quente para os dois. Ficamos
com 10 em campo por deixarmos o anão argentino fazer o que quis durante 90
minutos, inclusive duas assistências. Ronalducho é craque e se ele tiver duas
chances, faz dois gols. Quem estava na liderança e precisando manter dois
pontos de vantagem ÉRAMOS NÓS, não eles, para quem o Campeonato Brasileiro
agora é treino. Que desculpa mais vamos arrumar para não termos ganhado?

Quinta-feira retrasada estavam lá no
Palestra cerca de 18000 malucos (um dos quais o que vos escreve), debaixo
daquele chove-não-chove, com o coração apertado pela pressão de retomar a
liderança. Gritando, empurrando, esperando os gols, que vieram aos montes no
segundo tempo junto com uma vontade incrível. Pensamos na sexta-feira seguinte
que estavam resgatados os nossos brios de campeões e que dali em diante, nada
nos pararia. Mas a agonia de correr atrás está de volta. Temos agora nova
oportunidade de abrirmos dois pontos de vantagem sobre os vizinhos. Mas a
parada é duríssima, com o adversário respirando em duas competições, lutando
pelo título em uma, tentando se salvar da degola na outra, justo contra nós
agora.

Estamos há meses fazendo nossa parte,
sofrendo, tomando tranquilizantes, gritando, brigando, empurrando, reclamando,
alertando, CORNETEANDO. Tudo para chancelarmos um caneco que está há inúmeras
rodadas sacramentado em nossas mãos. Resta agora, já cansados e chegando nos
derradeiros quilômetros da maratona, perguntar: eu fiz a minha parte. E VOCÊ,
PALMEIRAS? VAI FAZER A SUA?

Deixo mais uma vez aquele pedido de FÉ
inabalável da semana passada, já que há uma conjunção astral que insiste em
querer nos dar este título, e UMA CORNETAÇA para o Diego Souza, que é o único
AUSENTE nesta história toda, já que está andando em campo, não cumpre sequer
suas funções táticas e esqueceu como se joga bola. ACORDA, DS-7 ! Um abraço a
todos, excelente final de semana e que nossas luzes se acendam no Maraca. Todas
verdes.

Crédito para a imagem: já que o Cunio lembrou o calor senegalês,
a foto abaixo é de Paulo Nobre (o Palmeirinha), palmeirense até o último
fio de cabelo, com seu carro no deserto da Tunísia.
Atualmente P. Nobre – que foi Vice Presidente na gestão Della Monica –

faz parte da comissão de obras que acompanha o projeto Arena Palestra
.

43680cookie-checkCorneta do Cunio – Eu fiz a minha parte. E você?

13 comentários em “Corneta do Cunio – Eu fiz a minha parte. E você?

  • Alberto Cunio
    novembro 7, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    novembro 7, 2009
    Responder
  • gilberto giangiulio Junior
    novembro 7, 2009
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Thiago Canello Franceschini
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Paulo Cesar Juliani
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Administrator
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 6, 2009
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    novembro 6, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *