O valor de um estádio…para a FERJ

novembro 6, 2009 13 Futebol com Números

POR LUÍS FERNANDO TREDINNICK

 

Pois é pessoal, nestas últimas semanas andamos discutindo o valor de um estádio de futebol, dos custos adicionais que o Palmeiras teria se não tivesse um estádio próprio, etc.

 

Nessas pesquisas descobri algo interessante (dentre tantas outras) que acontece no Rio de Janeiro.  Mais especificamente algo que a FERJ faz! A FERJ é a Federação de Futebol do Rio de Janeiro. O equivalente à Federação Paulista de Futebol.

 

O QUE A FERJ FAZ QUE É ESTRANHO?

 

A Federação Paulista cobra uma taxa sobre a receita de bilheteria apenas do Campeonato Paulista.  Uma coisa aparentemente óbvia, não?  A Federação organiza o campeonato e cobra uma taxa por isso.

 

A FERJ cobra uma taxa de 5% da receita bruta de bilheteria do Campeonato Brasileiro!  Olha que interessante, ela cobra uma taxa sobre receitas de um campeonato que ela não organiza e praticamente não tem nenhum tipo de trabalho!

 

Quanto é isso em dinheiro? Mais de R$ 1 milhão por campeonato!  Apenas na séria A!

Uma das coisas interessantes é que a FERJ cobra uma taxa de 10% no campeonato carioca…

 

POR QUE ISSO NOS INTERESSA?

 

Pelo simples motivo que para buscarmos o profissionalismo no futebol, ele deve ocorrer em todas as esferas do futebol.

 

Eu não sei o que a FERJ faz com esse dinheiro, mas parece ser difícil acreditar que ela use o dinheiro para desenvolver o futebol no Rio.  Os clubes já têm problemas para conseguir receitas e não precisam de mais órgãos levando parte da sua receita embora.

 

Esse tipo de dinheiro é bastante propício para desvios e toda a sorte de outros fins que não o futebol.  Se esse dinheiro for usado para corrupção, esse será um dinheiro que irá dificultar o profissionalismo não só do Rio, mas de todos os outros estados, dado o grau de influência do Rio na esfera política do futebol.

 

E OS JORNALISTAS?

 

Uma das minhas curiosidades é que os jornalistas que sempre cobram profissionalismo não divulgam (ou simplesmente não sabem) como funciona o lado “administrativo” do futebol.

 

Não seria interessante, por exemplo, a Placar, fazer uma série de reportagens sobre como funcionam as federações estaduais e, mais especificamente, verificar com a FERJ utiliza esses recursos?

 

Alguma chance de vermos essas reportagens ainda nesta vida?

 

Saudações Alvi-Verdes

 

Luís Fernando Tredinnick escreve todas as sextas-feiras no 3VV, explicando a quem conhece e também a quem não conhece os números no futebol.

Divulgação autorizada mediante explícita citação do autor e do www.3vv.com.br.

43660cookie-checkO valor de um estádio…para a FERJ

13 comentários em “O valor de um estádio…para a FERJ

  • Rodrigo Lepera
    novembro 7, 2009
    Responder
  • Marcio Zambon
    novembro 7, 2009
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    novembro 7, 2009
    Responder
  • Raul Ricardi
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Lucélia Batista de Almeida
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Administrator
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Fernando Talarico
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Diego Sandrini
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Cássio Andrade
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Rogerio Rocha
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Alberto Cunio
    novembro 6, 2009
    Responder
  • Marcos Simonetti
    novembro 6, 2009
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *