Quem são os times grandes?

janeiro 8, 2010 13 Futebol com Números

POR LUIS FERNANDO TREDINNICK

Um feliz 2010 para todos nós e principalmente para o
Palmeiras!

Depois de uns dias de descanso mais do que merecidos, tenho
a firme convicção que 2010 será um ano muito melhor do que o ano passado!

Nesse tempo de descanso, li que o Coritiba conseguiu a
proeza de ser rebaixado pela QUARTA vez para a série B. Por enquanto outros
três times também foram rebaixados quatro vezes da série A, porém nenhum deles
havia sido campeão Brasileiro.

Fiquei pensando que um time que é rebaixado 4 vezes não pode
ser considerado “time grande”, apesar de ter sido campeão
brasileiro. Achei que seria preciso definir um critério próprio para definir
“time grande”.

QUAIS OS CRITÉRIOS PARA DEFINIR
SE UM TIME É GRANDE?

Pensando um pouco, cheguei a três critérios que devem
definir se um time é grande:

1)     
Time campeão de um torneiro internacional relevante: a
Libertadores

2)     
Time ao menos bi-campeão da série A

3)     
Time ao menos tri-campeão da Copa do Brasil

Os demais campeonatos nacionais anteriores, a Taça Brasil e
o Robertão, apesar de serem títulos nacionais, aconteceram há praticamente 40
anos.  Como o que é importante é definir se o time é grande hoje e não se
“foi” grande, simplesmente desconsiderei esses campeonatos.

QUAIS SÃO OS TIMES QUE SE APLICAM
AO PRIMEIRO CRITÉRIO?

Esses oito times devem ser conhecidos de todos aqueles que
realmente gostam de futebol:  Palmeiras, Grêmio, Internacional, Santos, São
Paulo, Cruzeiro, Vasco e Flamengo.

Quando se lê a lista, intuitivamente os nomes parecem fazer
sentido, não? 

QUAIS SÃO OS TIMES QUE SE APLICAM
AOS DEMAIS CRITÉRIOS?

Para a minha surpresa, apenas um time se aplica aos demais
critérios: o Corinthians.

Se fossemos utilizar os campeonatos antigos, três times
poderiam ser considerados grandes também, o Fluminense, que ganhou o Robertão
de 1970, o Bahia que ganhou a Taça Brasil de 1969 e o Botafogo, que ganhou a
mesma Taça Brasil em 1968.  Como esses campeonatos já ocorrem há muito tempo,
acho que eles realmente devem ser esquecidos.

QUEM FICOU DE FORA?

Os times que foram campeões Brasileiro ou tiveram um passado
de glórias e ficaram de fora foram: Atlético-MG, Atlético-PR, Guarani, além de
Coritiba, Fluminense, Botafogo e Bahia. 

Com todo o respeito que esses clubes merecem, acho que eles
realmente estão em um patamar inferior aos demais. 

POR QUE ISSO É IMPORTANTE?

Porque existe um movimento, ainda que sutil, de aumento
de diferença de valores pagos
(patrocínios, fornecimento de uniformes,
etc.) aos times grandes e aos times médios.  Com essa diferença
aumentando, os times que não conseguirem, no futuro próximo, se firmarem como
GRANDES, provavelmente ficarão definitivamente relegados a um segundo plano.

O que vamos discutir no próximo artigo é algo que vem
preocupando muitos clubes: “QUANTOS CLUBES GRANDES EXISTIRÃO NO FUTURO
PRÓXIMO?”.  Ou seja, que clubes terão altos valores de patrocínios e
quais não terão?

Existem teorias em que apenas 3 ou 4 clubes grandes
existirão no Brasil nos próximos anos.  Os demais clubes passarão ao papel de
“coadjuvantes” desses 3 ou 4.  Essas teorias se baseiam na
realidade européia onde para cada país existem no máximo 4 clubes grandes. 
Alguns sugerem que teremos 5 ou 6 grandes clubes.

Eu ainda não estou bem certo quantos clubes grandes
existirão no futuro próximo, mas certamente serão menos do que os 9 que eu
citei por aqui.

Alguém aí tem uma idéia de quantos serão e quais serão?

Saudações Alvi-Verdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no
3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

46370cookie-checkQuem são os times grandes?

13 comentários em “Quem são os times grandes?

  • Raul Ricardi
    janeiro 11, 2010
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Administrator
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Fernando Bertolla
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Administrator
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Fernando Bertolla
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Alberto Cunio
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Eduardo Colli
    janeiro 8, 2010
    Responder
  • Felipe Monteiro Virolli
    janeiro 8, 2010
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *