Pós Jogo Palmeiras 2×2 Barueri: rir prá não chorar

Pós Jogo Palmeiras 2×2 Barueri: rir prá não chorar

janeiro 21, 2010 0 Jogos

POR VICENTE CRISCIO

Só rindo mesmo. Se o palmeirense não tiver bom humor não vai segurar o rojão de 2010.

POSSE DE BOLA MAS COM EQUILÍBRIO

O Palmeiras não fez uma grande apresentação. Apesar de muito mais volume de jogo que o Barueri (72% no primeiro tempo e 67% no total de posse de bola) o Palmeiras criava mas não com tanto perigo. Do outro lado o Barueri levava sempre perigo, tanto que o Palmeiras teve duas bolas acertadas na sua trave.

Quanto aos gols sofridos, dois vacilos. No primeiro, falha de marcação do lado esquerdo entre Armero e Léo. Num passe rápido Flavinho ficou na cara de Marcos. 0x1.

O 2o gol do Barueri foi fruto de outro vacilo, desta vez de Danilo, que não precisava ter entrado de forma estabanada. O pênalti aconteceu. O problema é que o gol do jogador Tadeu foi em claro impedimento. Nas fuças do juiz e do bandeira – um tal de Poletto.

O empate do Palmeiras (1×1) foi com Deyvid Sacconi que enquanto tinha fôlego levava perigo. O segundo gol de empate foi numa grande cabeçada de Diego, que não jogou tão bem mas correu bastante e reclamou da arbitragem mais ainda.

Além dos gols o Palmeiras teve duas chances claras: numa delas Robert encheu o pé na bola que explodiu no travessão após boa jogada de Diego. Em outra o mesmo Robert de calcanhar deixou M. Araujo na cara do gol. Além destas outras chances apareceram, nos pés de Robert.

É PRÁ SE PREOCUPAR? 

Não. Da mesma forma que não era prá se empolgar com a vitória do último sábado. Altos e baixos vão ocorrer nesta fase.

Mas ficou claro que a falta de ritmo pesou. O time jogou um pouco com o freio de mão puxado. E velhos problemas se repetiram: se Cleiton e Diego estão bem marcados o time não cria jogadas. Quando cria, o ataque – leia-se Robert – não tem a devida competência.

No jogo de hoje Muricy mudou o time no 2o tempo aos 30. Mudou tarde mas corrigiu um problema. Jogávamos com 10 (Armero era peça de decoração) e passamos a ter 11. Daniel entrou no lugar de Figueroa e foi para o ataque. Márcio Araujo assumiu a ala direita com louvor. E Eduardo entrou do lado esquerdo. Eduardo – o lateral cuja principal qualidade é ser ambidestro – pouco fez.

Cleiton e Diego foram os destaques. Mas cabe ressaltar que esse Márcio Araújo está crescendo e mostrando que pode ocupar também a ala direita. E quase fez um gol no final da partida.

No fim um 2×2 que não nos faz sorrir mas pelo menos não nos deixa chorando. E a certeza de que o time precisa de mais entrosamento. E ainda espera reforços.

E O ÁRBITRO?

O que o árbitro Paulo Cesar de Oliveira em
Prudente é digno daquilo que já deveríamos ter feito com esse senhor
quando ele validou um gol de mão do Adriano: veto. Não joga. Não tem
conversa. Não entra em campo em jogos do Palmeiras nem para comer
grama.

Ele e e seu assistente não viram que a bola que voltava ao jogador Tadeu o pegava em completo impedimento?

Fala sério… só rindo, prá não chorar.

Saudações Alviverdes!

FICHA TÉCNICA

BARUERI 2 X 2 PALMEIRAS

BARUERI
Márcio; Éder, Daniel Marques, Diego e Jefferson; Anderson, Marcos
Assunção (João Vitor), Marcelo Oliveira (Ji Paraná) e Carlos Eduardo;
Flavinho (Henrique Dias) e Tadeu
Técnico: Vinicius Eutrópio

PALMEIRAS
Marcos; Figueroa (Daniel Lovinho), Danilo, Léo e Pablo Armero
(Eduardo); Pierre, Márcio Araújo, Cleiton Xavier e Deyvid Sacconi;
Diego Souza e Robert
Técnico: Muricy Ramalho

Data: 21/01/2009
Local: estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente

Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)

Cartões amarelos: Marcos Assunção, Daniel Marques, Tadeu (BAR); Léo, Pierre (PAL)

Gols: Flavinho, aos 8min, Deyvid Sacconi, aos 28min do primeiro tempo; Tadeu, aos 14min, Diego Souza, aos 40min do segundo tempo


Veja os gols da partida abaixo:

Indicadores da partida

Indicadores do 1o tempo

47050cookie-checkPós Jogo Palmeiras 2×2 Barueri: rir prá não chorar

0 comentários em “Pós Jogo Palmeiras 2×2 Barueri: rir prá não chorar

  • Marcelo Breda Stocco
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • BLOG 3VV
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • VERA LUCIA CLORETTI
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • VERA LUCIA CLORETTI
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cesar Henrique Bruhn Pierre
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Yzquierdo
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Paulo Cezar Oliveira Kawano
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Eleyson de Oliveira Junior
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Paulo Cezar Oliveira Kawano
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Fabricio Cirelli
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • luiz laudisio neto
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Marcio Zambon
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Eder Pereira
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • JOSELITO LUIZ GONÇALVES
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Valter Paccini
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Fernando Cesar Giélamo
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Alvaro G Mucida
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Ronei de Jesus Lyra
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • porcazzo!
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Bruno Souza Santos
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • porcazzo!
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • gilberto giangiulio Junior
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Marcos Lavieri
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Bruno Souza Santos
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Marcelo Breda Stocco
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • porcazzo!
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 22, 2010
    Responder
  • Luiz Fernando Magliano
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Bruno Souza Santos
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Bruno Souza Santos
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Ricardo Fassina
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Bruno Souza Santos
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • porcazzo!
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Bruno Souza Santos
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • porcazzo!
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Yvo Renato Batista Ramos
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • LAERTE PAVAN
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Alcides de Andrade Junior
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Yvo Renato Batista Ramos
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    janeiro 21, 2010
    Responder
  • Fabiano Riva Gemignani
    janeiro 21, 2010
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *