Corneta do Cunio – Vítimas de uma fraude?

abril 5, 2010 23 Corneta do Cunio

Logrados alviverdes, esta semana estava conversando com uma amigo
palmeirense, daqueles que não têm “papas na língua” e ele se queixava de várias
coisas do Palmeiras atual. Mas uma delas me deixou num primeiro momento
perplexo, estarrecido e catatônico. Logo em seguida, pensativo, contemplativo e
duvidoso. Minutos depois, novamente perplexo, estarrecido e catatônico.

Teríamos nós todos, palmeirenses de boa fé, que tanto sonharam com uma
mudança radical e positiva pós-trevas da gestão do sultão da Turiassu, sido
ludibriados pela vitória da chapa do atual presidente? 

Como sempre, utilizo nesta coluna de toda a minha franqueza. Já disse e
repito sempre para que todos os leitores não se esqueçam: não conheço ninguém da
atual gestão, nunca conversei com diretores e muito menos com o Presidente. Para
ser 100% verdadeiro, troquei um aperto de mão com um membro da diretoria mais
por acaso do que por vontade. Assim, falar sobre caráter, dignidade e probidade
de qualquer um deles seria leviandade total da minha parte.

O verbete “fraude”, segundo o dicionário Houaiss, implica em lograr
utilizando de má-fé, não cumprindo determinado dever. Definição muito forte,
contra a qual me oponho por admitir ser demasidado forte e até injusta. Mas o
dicionário Aulete admite que, no sentido figurado, esta entrada possa ser
definida como “aquilo ou aquele que não é verdadeiro”.

Eu prefiro deixar o debate sobre uma ou outra definição para vocês, meus
caros leitores, que certamente poderão fazer uma análise mais abrangente sobre o
que nos foi vendido e o que nos foi entregue da atual gestão. Minha opinião antecipada
sobre o resultado de vossa explanação é recheada de ceticismo. 

Para apimentar a discussão, vou colocar um pouco de lenha na fogueira:
tenho em relação ao Palmeiras  a mesma
sensação que milhões de brasileiros que endossaram o atual Governo Federal e
hoje estão chorando por suas agruras. Times competitivos, organização,
investimentos consistentes, Arena, categorias de base fortes…

Percebam que apenas pincelei aqui os meus pensamentos, até mesmo porque
o título da coluna é uma pergunta, a qual não tenho uma resposta.

Enquanto vocês refletem e arriscam uma tentativa, deixo aqui minha
CORNETA para aqueles que se utilizam desta palavra: FRAUDE. É feia e merece
toda reprovação. 

51110cookie-checkCorneta do Cunio – Vítimas de uma fraude?

23 comentários em “Corneta do Cunio – Vítimas de uma fraude?

  • Raul Ricardi
    abril 7, 2010
    Responder
  • Paulo Cesar Pereira
    abril 7, 2010
    Responder
  • Claudio Tanaka
    abril 6, 2010
    Responder
  • Rodrigo Bucciolli Pereira
    abril 5, 2010
    Responder
  • Alberto Cunio
    abril 5, 2010
    Responder
  • Signorini
    abril 5, 2010
    Responder
  • Elio A Colombo Jr
    abril 5, 2010
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    abril 5, 2010
    Responder
  • Antonio Manara
    abril 5, 2010
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    abril 5, 2010
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    abril 5, 2010
    Responder
  • Wagner Palma Moreira
    abril 5, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    abril 5, 2010
    Responder
  • Emerson Prebianchi
    abril 5, 2010
    Responder
  • Fernando Cesar Giélamo
    abril 5, 2010
    Responder
  • Márcio Rogério Olivato Pozzer
    abril 5, 2010
    Responder
  • Raul Ricardi
    abril 5, 2010
    Responder
  • André Panizza
    abril 5, 2010
    Responder
  • Administrator
    abril 5, 2010
    Responder
  • Dalla Valle
    abril 5, 2010
    Responder
  • Marcio Zambon
    abril 5, 2010
    Responder
  • Sérgio Modesto Frugis
    abril 5, 2010
    Responder
  • Marcelo Barbagallo
    abril 5, 2010
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *