Pós Jogo Palmeiras 0x0 Prudente: sonolento

maio 29, 2010 0 Jogos

PALMEIRAS 0X0 PRUDENTE

Com um futebol previsível, sem
jogadas de ataque e muitos erros na “última milha” o Palmeiras conseguiu um
empate contra o time do Prudente.

SEP

1o tempo
Total (certos)

GRE

11 (6)

Finalizações

6 (1)

90%

Acerto de passes

85%

1

Defesas

6

10

Escanteios

5

32

Desarmes

16

12 (3)

Cruzamentos (certos)

7 (0)

4

Faltas cometidas

8

0

Amarelos

0

0

Vermelhos

0

63%

Posse de bola %

37%

O time do Palmeiras é sonolento.
Cleiton Xavier e Lincoln bem que tentaram mas ou esbarravam na falta de
qualidade dos atacantes, ou esbarravam nas suas próprias limitações.

Ainda que no início o Palmeiras
até que foi prá cima e fez seu gol. Mal anulado pelo bandeirinha que apontou
impedimento de Ewerthon. Ainda assim o primeiro tempo mostrava um Palmeiras
mais ofensivo e um Grêmio Prudente com sérias dificuldades para sair jogando.

No primeiro tempo o time fez 11
finalizações (6 certas). Mas eram chances de gol sem grande perigo, geralmente
em lances de cruzamento ou escanteio. Tanto que Maurício Ramos foi nosso segundo
maior finalizador em toda a partida (3 vezes). Cleiton Xavier finalizou mais (5
vezes).

No segundo tempo o jogo era mais
sonolento. O técnico interino (graças a Deus) Parraga começou trocando seis por
meia dúzia. Tirou Gabriel Silva e colocou Eduardo. Não resolveu. Tirou Lincoln
e colocou Paulo Henrique. Em tese seria um 4-3-3 mas o meio campo perdeu um
armador. PH até que quase fez um gol logo depois que entrou mas não tinha quem
levasse a bola até ele no ataque. Depois Parraga corrigiu a substituição errada
de Lincoln e colocou Ivo, tirando Vinicius. Voltou ao 4-4-2. Um desastre…

O Prudente também se mexia. E aos
27’ Danilo salvou em cima da linha. Como diria meu amigo Luigi EG, o 2º tempo
correu com um bico de pato, cacareco, bola prá cá, contra-ataque prá lá e nada.

SEP

Total do jogo
Total (certos)

GRE

21 (8)

Finalizações

11 (3)

90%

Acerto de passes

85%

2

Defesas

8

13

Escanteios

6

56

Desarmes

33

28 (5)

Cruzamentos (certos)

13 (1)

11

Faltas cometidas

17

0

Amarelos

1

0

Vermelhos

0

62%

Posse de bola %

38%

Fim de jogo e o Palmeiras
empatou em 0x0 num futebol novamente horroroso. Difícil encontrar algo para
elogiar. O jogador Henrique Dias do Prudente deu o tom do que é o Palmeiras de
hoje. Quando perguntado se o resultado era bom pro Grêmio o jogador disse: “não!”.

É isso aí. Os posts de pós jogo
poderiam ter sempre a mesma conclusão: falta
elenco
. Time limitado, já falamos aqui esse time poderá disputar uma vaga
na Sul-Americana (e olhe lá), por mais que os adeptos da filosofia Cipullo
digam que não. E pode chegar Kléber, como os amigos dos comentários estão
afirmando. Se não tiver alguém que coloque o Gladiador na cara do gol, não vai
resolver nosso problema. Ano passado experimentamos com gosto amargo: não se
ganha campeonato brasileiro com um time de 11 jogadores. Ganha-se com elenco
forte. E esse Palmeiras nem o time ainda tem.

Pobre Palmeiras, pobre
palmeirense. Estamos no meio do ano e ainda não temos elenco. Responsabilidade
de quem? A gente sabe… mas aquela cadeirinha de gestor do futebol deve ter
mel!

Saudações Alviverdes!  

53670cookie-checkPós Jogo Palmeiras 0x0 Prudente: sonolento

0 comentários em “Pós Jogo Palmeiras 0x0 Prudente: sonolento

  • Rogerio Rocha
    maio 31, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Fernando Talarico
    maio 30, 2010
    Responder
  • Fernando Talarico
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Marcio Zambon
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 30, 2010
    Responder
  • Alberto Cunio
    maio 30, 2010
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    maio 30, 2010
    Responder
  • Diego Silva dos Santos
    maio 30, 2010
    Responder
  • Fernando Talarico
    maio 30, 2010
    Responder
  • Fernando Talarico
    maio 30, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 30, 2010
    Responder
  • Yzquierdo
    maio 30, 2010
    Responder
  • Yzquierdo
    maio 29, 2010
    Responder
  • Yzquierdo
    maio 29, 2010
    Responder
  • Denis Dias de Lima
    maio 29, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • porcazzo!
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Sérgio de Mauro
    maio 29, 2010
    Responder
  • Eduardo Carraro Milagre
    maio 29, 2010
    Responder
  • Edmilson Renato de Castro
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    maio 29, 2010
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    maio 29, 2010
    Responder
  • Marcelo Breda Stocco
    maio 29, 2010
    Responder
  • LOURENÇO CORSI NETO
    maio 29, 2010
    Responder
  • Wagner César Silva de Oliveira
    maio 29, 2010
    Responder
  • Edmilson Renato de Castro
    maio 29, 2010
    Responder
  • Edmilson Renato de Castro
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Andre Luiz Martins Oltemare
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Neosnardo Barbosa Nunes
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Alex Caputo
    maio 29, 2010
    Responder
  • Ricardo Fonseca Muroni
    maio 29, 2010
    Responder
  • Eduardo Forastiero
    maio 29, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    maio 29, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    maio 29, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    maio 29, 2010
    Responder
  • Neosnardo Barbosa Nunes
    maio 29, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    maio 29, 2010
    Responder
  • Neosnardo Barbosa Nunes
    maio 29, 2010
    Responder
  • Ricardo Fonseca Muroni
    maio 29, 2010
    Responder
  • Ricardo Fonseca Muroni
    maio 29, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    maio 29, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    maio 29, 2010
    Responder
  • Valter Rodrigues de Freitas
    maio 29, 2010
    Responder
  • Ricardo Fassina
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Victor Rogério Sbrighi Pimentel
    maio 29, 2010
    Responder
  • Rogerio Rocha
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Neosnardo Barbosa Nunes
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Marco Túlio de Vasconcelos Dias
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder
  • Neosnardo Barbosa Nunes
    maio 29, 2010
    Responder
  • luciano morete
    maio 29, 2010
    Responder
  • Neosnardo Barbosa Nunes
    maio 29, 2010
    Responder
  • marco antonio ribeiro
    maio 29, 2010
    Responder
  • Cássio Andrade
    maio 29, 2010
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *