Corneta do Cunio – Spaghetti al mare

julho 10, 2013 19 Corneta do Cunio

Por Alberto Cunio

Intoxicados alviverdes, enquanto celebramos a boa fase na Série B, da qual esperamos nos livrar o quanto antes, estive lendo algumas coisas sobre o que esperarmos para o centenário.

Festejos à parte, o que se imagina é que nosso clube esteja numa posição no mínimo digna em relação aos demais clubes brasileiros. E o que significa isso? Entrar em todas as competições possíveis com um elenco muito competitivo e candidato a todos os títulos que disputar. Até da Libertadores, se tivermos o dueto sorte-competência ao nosso lado para faturarmos o tri da Copa do Brasil.

Um fator determinante para isso, contudo, ainda está em suspenso. Fator que dele derivarão outras ações importantíssimas para um centésimo ano profícuo: GRANA.

Passados alguns meses da atual gestão, podemos dizer que o presidente Paulo Nobre está literalmente “rebolando” para trazer novos jogadores, reduzir custos e manter pagamentos em dia. Até encaminhará o nosso advogado para a Suíça a fim de buscar novidades nos processos que movemos pelos lados da FIFA. Perfeito, boas ações. Mas no fundo, no fundo, o que precisamos é: renegociar dívidas e arrumar poderosos patrocínios.

Sem estes dois fatores, tudo ficará muito complicado. Nossa direção afirma que os assuntos estão em andamento. Não sabemos o que nos espera, além das especulações. Mas o fato é que não poderíamos estar perdendo tempo demais com isso, até mesmo porque oportunidades aparecem e se vão.

E uma delas tem nome: Kaká. Bom, já tirei meu escudo da Tropa de Choque aqui para as pedradas. Afinal, como posso achar que um atleta formado no nosso arqui-inimigo, torcedor assumido dele, poderia ser um bom reforço para o Palmeiras?

Vamos pensar com inteligência: com uma agressiva ação de Marketing, boa vontade e inteligência, poderíamos fazer um tremendo barulho. Kaká poderia ser a lagosta de nosso centenário, levando a atenção da mídia e público. Nosso CEO não prometera uma contratação bombástica para o segundo semestre? Pois aí está. Mas…

…Não temos grana ainda! Muito menos investidores para uma empreitada destas. As razões da demora? Eu, pessoalmente, não sei. Também não vou descer a lenha pela demora, mas o fato é que deveríamos já ter tudo isso alinhavado se um bom planejamento tivesse sido feito antes das eleições. Se houve, parece que ficou no papel. E não adianta virem de novo com a lengalenga de que “a situação era pior do que se imaginava”.

Mãos à obra, CEO! Onde estão nossos investidores? Vai enquanto isso ouvindo a CORNETA do torcedor. E pare de protelar o que não pode mais esperar.

A Corneta no Twitter vai cobrar o prometido. Não somos bobos. Siga! @Corneta3VV

93160cookie-checkCorneta do Cunio – Spaghetti al mare

19 comentários em “Corneta do Cunio – Spaghetti al mare

  • PAULO H. FRANCESCHINI
    julho 11, 2013
    Responder
  • RicardoGogel
    julho 10, 2013
    Responder
  • Paulo Santiago
    julho 10, 2013
    Responder
  • Jack Bauer
    julho 10, 2013
    Responder
  • Lucas Regene
    julho 10, 2013
    Responder
  • Regina Rodrigues
    julho 10, 2013
    Responder
  • Regina Rodrigues
    julho 10, 2013
    Responder
  • R Filho
    julho 10, 2013
    Responder
  • ricardo soares lucchesi
    julho 10, 2013
    Responder
  • Bruno
    julho 10, 2013
    Responder
  • Marcos Rodrigues
    julho 10, 2013
    Responder
  • barretta
    julho 10, 2013
    Responder
  • FC
    julho 10, 2013
    Responder
  • Valmir
    julho 10, 2013
    Responder
  • lito
    julho 10, 2013
    Responder
  • Thiago Grossi
    julho 10, 2013
    Responder
  • João Márcio
    julho 10, 2013
    Responder
  • R Filho
    julho 10, 2013
    Responder
  • Claudio Longo
    julho 10, 2013
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *