O prejuízo de R$ 200 milhões do Palmeiras

julho 12, 2013 32 Futebol com Números

Por Luis Fernando Tredinnick

Amigos, eu sei que hoje tem jogo e que ninguém está disposto a ler notícias ruins, mas às vezes é necessário para entender a situação do nosso clube.

Andei analisando o resultado dos últimos cinco anos nas finanças dos principais clubes do estado e – para variar – os números nos mostram a situação financeira do Palmeiras como a pior dentro os clubes!

Como chegamos aqui?  Bom, eu diria que seria uma má gestão por vez.

Observem no gráfico abaixo o lucro ou prejuízo acumulado pelos clubes ao longo dos últimos cinco anos.  Os valores foram retirados diretamente dos balanços dos clubes.  Mas antes, respire fundo.

lucro-prejuizo-acumulado

 

 

Então, enquanto o Corinthians conseguir acumular lucros de R$ 33 milhões, o São Paulo de R$ 4 milhões e o Santos conseguiu ter lucro nos últimos dois anos principalmente devido ao Neymar (viram só como o salário dele era barato?), o Palmeiras conseguiu acumular prejuízos de R$ 182 milhões.

Aqui cabe uma consideração sobre os números do Palmeiras.  A diretoria passada, aquela que nos rebaixou para a série B, quando assumiu refez a apresentação de resultados de 2010 e acrescentou quase R$ 82 milhões de prejuízo nesse balanço.  Infelizmente eu não sei dizer se o que eles fizeram foi – de fato – colocar os valores reais em 2010 ou simplesmente “inflaram” o prejuízo para colocar a diretoria do biênio 2009-2010 em maus lençóis.  Outra nota em 2009 existe uma perda de R$ 11,5 milhões que é o reconhecimento da dívida do IPTU.  Em 2010 existe uma perda de R$ 31 milhões referentes à reforma/destruição da estrutura antiga do estádio – esse valor de R$ 31 milhões eu não inclui na análise.

Os montantes do prejuízo acumulado explicam como o Palmeiras ficou em uma situação tão vulnerável.  E porque estamos com tanta dificuldade versus os nossos principais rivais.

O Corinthians acumulou prejuízos de R$ 140 milhões entre 2004 e 2007, mas a partir de 2008 se tornou o clube com o maior lucro do estado.

A mesma mudança precisa acontecer no Palmeiras.

É por isso que precisamos de um choque de gestão tão urgente!  É por isso que precisamos criar as novas fontes de receita.  É por isso que o nosso programa de sócio-torcedor tem que ser bem executado!  É por isso que precisamos de ações de marketing que melhorem a marca Palmeiras e façam as empresas quererem associar a marca delas ao nosso clube.

Todos nós Palmeirenses estamos angustiados com a demora de algumas ações – como por exemplo a falta de um patrocínio máster e a reforma política.  Mas existe uma frase que me marcou muito que estava afixada na escola do meu filho quando ele tinha três anos: “vamos com calma, pois mais importante que a velocidade é a direção”.  Eu concordo com a frase. Mas, convenhamos que um pouco de velocidade agora também é fundamental!

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

93880cookie-checkO prejuízo de R$ 200 milhões do Palmeiras

32 comentários em “O prejuízo de R$ 200 milhões do Palmeiras

  • jorge luiz
    setembro 18, 2013
    Responder
  • R Filho
    julho 14, 2013
    Responder
  • R Filho
    julho 14, 2013
    Responder
  • Rafael cruz
    julho 13, 2013
    Responder
    • R Filho
      julho 14, 2013
      Responder
  • HARLEY
    julho 12, 2013
    Responder
  • Stefano Picca filho
    julho 12, 2013
    Responder
  • DIEGO
    julho 12, 2013
    Responder
  • GILSON PRADO
    julho 12, 2013
    Responder
    • Luís Fernando Tredinnick
      julho 12, 2013
      Responder
  • Antonio Frederico
    julho 12, 2013
    Responder
  • Marcelo Ribeirão
    julho 12, 2013
    Responder
    • Luís Fernando Tredinnick
      julho 12, 2013
      Responder
  • Jessé Carriço
    julho 12, 2013
    Responder
    • Luís Fernando Tredinnick
      julho 12, 2013
      Responder
  • Ricardo Oliverio
    julho 12, 2013
    Responder
    • Luís Fernando Tredinnick
      julho 12, 2013
      Responder
  • Carlos Rebelo
    julho 12, 2013
    Responder
  • José Ronei G. dos Santos
    julho 12, 2013
    Responder
    • Luís Fernando Tredinnick
      julho 12, 2013
      Responder
  • Carlos Rebelo
    julho 12, 2013
    Responder
  • Jessé Carriço
    julho 12, 2013
    Responder
    • Carlos Rebelo
      julho 12, 2013
      Responder
    • HARLEY
      julho 12, 2013
      Responder
  • Carlos Rebelo
    julho 12, 2013
    Responder
  • lito
    julho 12, 2013
    Responder
  • Ai ai
    julho 12, 2013
    Responder
    • Igão
      julho 12, 2013
      Responder
  • Claudio Longo
    julho 12, 2013
    Responder
  • Felipe
    julho 12, 2013
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *