O quinto elemento

agosto 7, 2013 76 Corneta do Cunio

Por Alberto Cunio

Ludibriados alviverdes, antes que venham, mais uma vez, me acusar de oposição predatória, de chacal que se alimenta de coisa estragada, vou aqui demonstrar mais uma vez meu inconformismo de como será o desfecho da negociação de Barcos com o Grêmio.

O que aconteceu foi um verdadeiro estelionato futebolístico. Uma nuvem de fumaça cobriu a fronte de todos os palmeirenses que se iludiram com uma negociação que precisa SIM ser investigada, esclarecida e seus responsáveis punidos.

O Grêmio, além de aplicar um verdadeiro “passa-moleque” no Palmeiras, desrespeitou nossa instituição. Eu diria mais, cuspiu no nosso símbolo e em nossa história. E isto com a conivência absoluta de nosso presidente e seu CEO.

A declaração de um dirigente gremista de que “o quinto jogador para o Palmeiras NUNCA EXISTIU” é um soco na cara de todos os 15 milhões de palmeirenses, que viram o nosso melhor atleta do elenco na época ser trocado por migalhas. O que o Grêmio fez foi pagar as dívidas que o Palmeiras tinha.

Agora fica a pergunta? E o Marcelo Moreno? E o Kléber Gladiador? E o Marco Antônio? E todas as discussões sobre qual deles aceitaria vir ao Palmeiras como QUINTO ELEMENTO, completando aquela negociação estapafúrdia, na qual não ficamos com jogador algum em definitivo? Vamos nos recordar que o pior foi considerar Vilson, que já encerrara contrato com o Grêmio e viria de qualquer jeito, ter sido considerado um dos jogadores EM DEFINITIVO. E que Leandro, o melhor deles, já tem passe estipulado em mais de EUR 5 milhões, se o quisermos em 2014. Rondinelli e Léo Gago vão voltar! Não são nossos!

Isto não pode ser varrido para debaixo do tapete e esquecido como mais uma das maluquices feitas no clube. O que mudou nesta gestão se o cartão de visitas foi esta transação lesiva? Isto porque não estamos arrastando as patacoadas de Arnaldo Tirone e Roberto Frizzo, que acabaram jogando nosso time na Série B, endividado, principalmente com os incontáveis agentes e suas comissões absurdas.

Se alguém acha que isso é assunto requentado, vou lembrá-los que é exatamente assim que se inicia a derrocada de uma instituição, ignorando as mazelas e deixando-as esquecidas.

Para isso, deixo aqui CINCO CORNETAS, uma para cada jogador que nunca virá para o Palmeiras. Comemos pastéis de vento, saboreando como se fossem um manjar dos deuses.

A Corneta no Twitter fala pouco, mas cobra. E não admite que sejamos enganados. Siga! @Corneta3VV

99680cookie-checkO quinto elemento

76 comentários em “O quinto elemento

  • Luis
    agosto 8, 2013
    Responder
    • R Filho
      agosto 8, 2013
      Responder
  • Heitor De Mare
    agosto 8, 2013
    Responder
  • Rodrigo
    agosto 8, 2013
    Responder
  • Valmir
    agosto 7, 2013
    Responder
    • maurizio
      agosto 8, 2013
      Responder
    • Mauro Correia
      agosto 8, 2013
      Responder
  • Paulo Juliani
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Mauro Correia
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Rafael Sanches
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Felipe Ricco
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Venicio
      agosto 7, 2013
      Responder
  • Fernando Fioritti Corbo
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Sandro Ramos
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Nelson
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Marcos Donato
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Marcos Donato
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Ruan Santos
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Willames
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Verdi
      agosto 7, 2013
      Responder
    • marcilio
      agosto 8, 2013
      Responder
  • Caio Fernando
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Regina Rodrigues
    agosto 7, 2013
    Responder
  • aldo londres
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Weslei
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Daniel Scombati
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Rebelo
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Cleiton Leal Brito
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Rebelo
      agosto 7, 2013
      Responder
  • Ricardo Martinelli
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Alemão
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Marcio
      agosto 7, 2013
      Responder
  • Lucas Ferraroni
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Tiago
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Marcilio Jr
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Rogerio Rocha
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Vinicius Barbosa da Silveira
    agosto 7, 2013
    Responder
  • marcelo vaccari
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Leonardo Rocchetti
    agosto 7, 2013
    Responder
  • arnaldo
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Marcos
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Tiago
    agosto 7, 2013
    Responder
  • André
    agosto 7, 2013
    Responder
  • Ricardo
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Luiz Coelho
      agosto 8, 2013
      Responder
    • Marcos
      agosto 8, 2013
      Responder
  • Thiago
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Regina Rodrigues
      agosto 7, 2013
      Responder
        • Marcos
          agosto 8, 2013
          Responder
          • Luiz Claudio Simoni
            agosto 8, 2013
          • Marcos
            agosto 8, 2013
          • Luiz Claudio Simoni
            agosto 8, 2013
          • Marcos
            agosto 8, 2013
  • Eduardo
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Vinicius Barbosa da Silveira
      agosto 7, 2013
      Responder
      • Eduardo
        agosto 7, 2013
        Responder
  • Santinelli
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Vinicius Barbosa da Silveira
      agosto 7, 2013
      Responder
      • Ricardo
        agosto 7, 2013
        Responder
      • Rodrigo
        agosto 7, 2013
        Responder
      • R Filho
        agosto 8, 2013
        Responder
  • Regina Rodrigues
    agosto 7, 2013
    Responder
  • mario luiz
    agosto 7, 2013
    Responder
    • Regina Rodrigues
      agosto 7, 2013
      Responder
      • Douglas Souza
        agosto 7, 2013
        Responder
    • Matheus
      agosto 7, 2013
      Responder
    • Marcos
      agosto 7, 2013
      Responder
      • Douglas Souza
        agosto 7, 2013
        Responder
        • Marcos
          agosto 8, 2013
          Responder
        • Marcos
          agosto 8, 2013
          Responder
    • Marcelo Palestra
      agosto 8, 2013
      Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *