Arenas – Allianz Parque pode ficar obsoleta?

agosto 15, 2013 28 Allianz Parque

Por Claudio Baptista Jr.
Nosso estádio ainda nem foi inaugurado e já se coloca a possibilidade que fique obsoleto?
Sim, principalmente quando olhamos o tempo de parceira de 30 anos.
Porém, muitos podem dizer que por contrato após este período receberemos um estádio dentro dos padrões da FIFA.
Acontece que os padrões da entidade deixam abertos inúmeros pontos que podem fazer a diferença entre um estádio moderno e um já mais ultrapassado dentro de alguns anos. Instalações tecnológicas, nível de conforto dos usuários, critérios ambientais estão entre aqueles que podem ter grandes variações e mesmo assim estarem dentro dos padrões FIFA.
Entretanto a expectativa da maior parte da nossa torcida é permanecermos sempre com um estádio entre os mais modernos.
Por exemplo, o moderno telão que será instalado pode dentro de alguns anos estar em um nível abaixo em relação a tecnologia do momento. Da mesma forma os sistemas de comunicação e prestação de serviços (bilhetagem, serviços de alimentação e venda de produtos, etc.), segurança, estacionamento, entre outros.
Vejam as imagens abaixo para podermos verificar itens mais visíveis dentro de estádios novos ou reformados, porém como disse acima, tenham em mente que as diferenças podem atingir sistemas pouco vistos, mas que podem interferir na qualidade dos serviços prestados (comunicação, transmissão de dados, conectividade, segurança, vigilância, bilhetagem, controle de acesso entre outros).
 
Arenas-B    Arenas-C
 
Arenas-D    Arenas-E
 
Arenas-F   Arenas-G
 
Nelson Mandela aparece no telão do estádio Soccer City, em Johanesburgo. FOTO: JONNE RORIZ/AE
 
Arenas-I   Arenas-J
A segunda imagem acima mostra um dos camarotes em exposição na Allianz Parque. Vejam que ele se apresenta de forma mais simples, porém, sabemos que na venda e aluguel destes espaços, normalmente o proprietário ou locatário fica responsável pelas instalações internas no que diz respeito a conforto. Assim, dentro do nosso estádio como em tantos outros, poderemos ter uma grande variação no nível destas instalações.
O que pode muito bem contar a nosso favor também é o fato dos parceiros terem o maior interesse em tornar a Allianz Parque um equipamento que se mantenha sempre diferenciado, pois é interesse para o negócio como um todo.
A questão fica em como trabalhar internamente dentro do consórcio para que itens de investimento visando não apenas manter a Allianz Parque com suas instalações e serviços sempre atualizada, mas também buscar o aumento da qualidade das mesmas a fim de durante a vigência da parceria, ainda que não sejam explicitamente obrigados.
Não é fácil. Em momentos os interesses podem não ser comuns entre as partes, pois alguns investimentos podem demandar do envolvimento de recursos financeiros consideráveis.
Enfim, o período de parceria é longo e por isso nada impede que desde já todas as partes envolvidas do consórcio possam analisar em conjunto as possibilidades e se possível traçar algum planejamento em cima de manter a Allianz Parque como uma referência em qualquer momento.
E vocês, o que acham a respeito?
Abraço,
Claudio.

101700cookie-checkArenas – Allianz Parque pode ficar obsoleta?

28 comentários em “Arenas – Allianz Parque pode ficar obsoleta?

  • Marlon
    agosto 19, 2013
    Responder
  • Carlos
    agosto 19, 2013
    Responder
    • milton
      agosto 19, 2013
      Responder
    • Diego
      agosto 20, 2013
      Responder
  • João Revolta
    agosto 17, 2013
    Responder
  • Charles Hiroshi
    agosto 17, 2013
    Responder
  • Claudio Longo
    agosto 17, 2013
    Responder
  • rogerio
    agosto 16, 2013
    Responder
  • Marco
    agosto 16, 2013
    Responder
  • Alan
    agosto 16, 2013
    Responder
  • Eduardo
    agosto 16, 2013
    Responder
  • Regina Rodrigues
    agosto 16, 2013
    Responder
  • Roberto
    agosto 16, 2013
    Responder
  • DIEGO
    agosto 16, 2013
    Responder
  • Gregório xavier
    agosto 16, 2013
    Responder
  • claudio schenatto
    agosto 16, 2013
    Responder
  • mario luiz
    agosto 16, 2013
    Responder
  • João Carlos
    agosto 16, 2013
    Responder
  • Valmir
    agosto 16, 2013
    Responder
    • sergio marangão
      agosto 16, 2013
      Responder
  • Ariel
    agosto 15, 2013
    Responder
  • Roberto Mussalem
    agosto 15, 2013
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *