Corneta do Cunio – Legal e imoral

novembro 27, 2013 60 Corneta do Cunio

Por Alberto Cunio

Párvulos alviverdes, quem não sonhava quando criança com algum brinquedo que o amiguinho tinha, a televisão anunciava ou a vitrine assanhava? Impossível alguém negar. A diferença é que muitos sequer cogitavam a possibilidade de realização do devaneio onírico, outros podiam vez ou outra ter êxito, mas muito poucos viveriam o encanto com absoluta certeza e desfrutariam de tudo.

Semana passada, assistimos a um dos episódios mais deprimentes da atual gestão palmeirense. Como se ainda fosse possível para algum palestrino surpreender-se com alguma coisa depois dos últimos 3 anos, o comandante das alamedas e o “SEO” leal escudeiro, general do futebol, protagonizaram uma negociação salarial com o técnico Gilson Kleina típica de um boteco “risca-faca” de periferia. Para ajudar, contaram com o ainda inexplicável telefone sem fio que atua no clube, o qual manda notícias online para o primeiro jornalista abelhuda das cercanias.

Para não sermos injustos, vamos mudar o discurso: elogio ao conteúdo, mas execração à forma. Afinal, há muito tempo que se discutem os exorbitantes valores salariais de atletas e técnicos, os quais se arrastam pelos clubes sem nenhum compromisso, assegurados por multas contratuais estratosféricas. Não raramente, estes profissionais se prendem a ex-clubes durante meses a fio. Ou seja, há treinadores e jogadores ganhando dois ou mais salários concomitantemente, frutos de contratos leoninos empenhados por empresários gananciosos. Já tarda o tempo em que “produtividade” deve ser a palavra de ordem no esporte bretão.

Voltando às pedradas, não há críticas por oferecer a GK metade de seu salário atual. Isto é perfeitamente legal. O que se torna imoral é a forma. Uma exposição desnecessária de um profissional, que pode ter a totalidade de suas características técnicas criticadas, mas jamais sua conduta, honestidade e idoneidade, as quais demandariam no mínimo respeito por parte de seus atuais empregadores. Se GK não era mais querido, um abraço e obrigado pelos serviços prestados. Mas depois do episódio Bielsa, que já foi vexatório, jogar o treinador atual na fossa dos leões de forma covarde e indefesa, só pode mesmo ser fruto de uma das crianças expostas no primeiro parágrafo: com certeza, aquela mimada – para não dizer estragada – que destrói cada um dos brinquedos que ganha e pede, em seguida, outro mais caro, sendo prontamente atendida. Até crescer e, finalmente, conquistar o único que faltava em seu armário: a Sociedade Esportiva Palmeiras inteirinha, para seu deleite.

Parece que o cheiro de naftalina que rondava a Academia foi dissipado e as “velhidades” não vieram. E enquanto isso, vamos deixar nossa CORNETA àqueles da diretoria, incluindo o mandatário, que se interpuseram aos atletas durante a entrega da taça em Campo Grande. Que cena patética, que papel ridículo! Não deixaram nem o capitão erguer o caneco direito… Ou seria este também mais um brinquedinho que falta no armário?

A Corneta no Twitter insiste: queremos o nosso Palmeiras de volta! Siga! @Corneta3VV

125430cookie-checkCorneta do Cunio – Legal e imoral

60 comentários em “Corneta do Cunio – Legal e imoral

  • FC
    dezembro 1, 2013
    Responder
    • Rebelo
      dezembro 2, 2013
      Responder
  • Leonardo
    novembro 28, 2013
    Responder
  • Jobert Leite
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Claudio Longo
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Zek
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Signorini
      novembro 27, 2013
      Responder
  • Carlos
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Agnaldo
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Alberto Cunio
      novembro 27, 2013
      Responder
  • Victor Sbrighi
    novembro 27, 2013
    Responder
  • lito
    novembro 27, 2013
    Responder
  • aldo londres
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Matheus
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Luiz Claudio
      novembro 27, 2013
      Responder
  • Alan
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Luiz Antonio de Jesus Jr
    novembro 27, 2013
    Responder
  • HARLEY
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Jessé Carriço
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Victor Sbrighi
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Victor Sbrighi
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Regina Rodrigues
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Mário Jr
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Victor Sbrighi
      novembro 27, 2013
      Responder
  • Breno Henrique
    novembro 27, 2013
    Responder
  • Raphael Moura
    novembro 27, 2013
    Responder
  • lito
    novembro 27, 2013
    Responder
  • aldo londres
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Raphael Moura
      novembro 27, 2013
      Responder
    • Gregório xavier
      novembro 27, 2013
      Responder
  • sergio marangão
    novembro 27, 2013
    Responder
  • sergio marangão
    novembro 27, 2013
    Responder
    • HARLEY
      novembro 27, 2013
      Responder
  • Marcos
    novembro 27, 2013
    Responder
    • aldo londres
      novembro 27, 2013
      Responder
      • Marcos
        novembro 27, 2013
        Responder
  • aldo londres
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Gregório xavier
      novembro 27, 2013
      Responder
      • aldo londres
        novembro 27, 2013
        Responder
      • Rafael Sanches
        novembro 28, 2013
        Responder
    • Gregório xavier
      novembro 27, 2013
      Responder
      • aldo londres
        novembro 27, 2013
        Responder
        • Victor Sbrighi
          novembro 27, 2013
          Responder
          • HARLEY
            novembro 27, 2013
          • aldo londres
            novembro 27, 2013
          • Victor Sbrighi
            novembro 27, 2013
          • Victor Sbrighi
            novembro 27, 2013
        • Alex palestra
          novembro 27, 2013
          Responder
    • Mauser
      novembro 28, 2013
      Responder
  • lito
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Victor Sbrighi
      novembro 27, 2013
      Responder
    • Mauser
      novembro 28, 2013
      Responder
  • junin
    novembro 27, 2013
    Responder
  • lito
    novembro 27, 2013
    Responder
    • Gaetano Misiti
      novembro 27, 2013
      Responder
      • Lucas Rodrigues
        novembro 27, 2013
        Responder
    • Lucas Rodrigues
      novembro 27, 2013
      Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *