Corneta do Cunio – No fio do bigode

fevereiro 5, 2014 21 Corneta do Cunio , , , ,

Por Alberto Cunio

Credores alviverdes, muito cuidado com quem vocês farão negócio. Principalmente quem será o avalista de seu devedor. Nunca se sabe o que pode acontecer.

Parece incrível, mas a verdade é que torcedor sofre. Bons tempos aqueles em que eu era moleque, assistia aos jogos na TV ou no Palestra e o que eu via acontecer lá era (na minha cabeça) a mais pura tradução da realidade. A idade chega e começamos a meter o bedelho onde torcedor não é chamado. O resultado disso é saber aquilo que não queremos.

Enquanto nosso time “voa baixo” no campo, com a benção divina e o trabalho da moçada, fomos surpreendidos com a notícia de que, após um verdadeiro “circo” que foi feito para a contratação de Wesley (aqui o parênteses é para lembrá-los, atleta que está no elenco há muitos meses), o Palmeiras simplesmente não pagou pelo atleta (ponto). Quem fez isso foi o “fiador” (ponto). PRESIDENTE DO CRICIÚMA (exclamação e choque)!

Não sou do ramo, não entendo nada de MOP, de avalista, de coisa alguma. Mas eu sei o que significa vergonha na cara.

A gestão de Arnaldo Tirone largou essa bomba nas mãos de Paulo Nobre. O que se esperava, naturalmente, é que diante de tantas outras agruras herdadas, nosso presidente fosse inteirar-se deste imbróglio, já que o Palmeiras estava dando um CALOTE no Werder Bremen (não sei se direta ou indiretamente, não importa) e isso é grave. Parece, contudo, que o assunto está no nosso “jurídico” e Nobre não sabe lá muito explicar o fato.

Bom, e onde está a nossa preocupação com isso? Simples: o nosso fiador, o digníssimo Presidente do Criciúma, jogou NA LAMA o nome de nosso clube, comparando o Palmeiras praticamente a um reles estelionatário de periferia, para ficar na analogia mais decente que pude encontrar diante das palavras proferidas contra a nossa instituição.

Pois é, meus caros leitores. Não precisávamos dormir com essa. Eu que nasci no tempo em que os verdadeiros homens faziam os negócios “no fio do bigode”, ou seja, quando não se precisava assinar e contar com testemunhas para ter sua palavra honrada, sou obrigado a me deparar com um cidadão daquele “estilo” limpando a sola de seu coturno na bandeira de um clube centenário e cheio de glórias.

E para quem vai esta CORNETA da semana, hein? Vamos cortar o mal pela raiz e começar mandando para Arnaldo Tirone e Roberto Frizzo, então responsáveis pelo início desta vergonha. Mas que a atual gestão nos aguarde que o barulho está chegando. E o Wesley? Pode estar indo no sentido oposto.

A Corneta no Twitter não admite o nome do Palmeiras no esgoto. Siga! @Corneta3VV

136550cookie-checkCorneta do Cunio – No fio do bigode

21 comentários em “Corneta do Cunio – No fio do bigode

  • mario luiz
    fevereiro 6, 2014
    Responder
  • Breno Henrique
    fevereiro 6, 2014
    Responder
  • sergio marangão
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • Antonio Carlos
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • Pinho - Bauru, SP
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • Zek
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • Zanovelli
    fevereiro 5, 2014
    Responder
    • Alberto Cunio
      fevereiro 5, 2014
      Responder
  • neroazzurri
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • Carlos Eduardo
    fevereiro 5, 2014
    Responder
    • Tigrão
      fevereiro 5, 2014
      Responder
  • Claudio
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • lito
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • PAULO H. FRANCESCHINI
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • Rafael Sanches
    fevereiro 5, 2014
    Responder
    • Alberto Cunio
      fevereiro 5, 2014
      Responder
    • Marcos
      fevereiro 7, 2014
      Responder
  • Daniel
    fevereiro 5, 2014
    Responder
  • Heitor Bastos
    fevereiro 5, 2014
    Responder
    • Alberto Cunio
      fevereiro 5, 2014
      Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *