Arenas – Pelo Nosso Estádio!

dezembro 1, 2014 70 Allianz Parque

Por Claudio Baptista Jr.
Última rodada deste campeonato brasileiro e começam os movimentos para tumultuar o ambiente da S. E. Palmeiras.
Já era de conhecimento que neste próximo domingo haveriam dois jogos dentro da cidade e ventilava-se ter que alterar a localização de um deles a fim de evitar confronto entre torcidas.
Preocupante, claro. Acontece que no inicio desta tarde ouvi na ESPN uma entrevista do Coronel Marinho, atual presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol, arrotando argumentos contra a realização do jogo da S. E. Palmeiras dentro da SUA CASA!
Não ficarei com português formal. Uma tremenda IMBECILIDADE!
O principal argumento era que a PMSP necessitava de melhor estudo do estádio, seus acessos e principalmente em função de não existir separação por alambrado entre torcida e campo de jogo, e que atualmente o Pacaembu poderia oferecer aspectos de segurança melhores em virtude da importância e grau de emoção envolvidos neste jogo.
Um estádio que acaba de receber aval justamente deste órgão para receber jogos e outros eventos, contando com sistema de segurança de última geração, formas de acesso segregadas entre torcida e profissionais, em quantidade e segmentadas a fim de permitir melhor fluxo entre torcedores, etc, não pode receber um jogo importante.
Chega a ser inacreditável.
Talvez fosse de bom grado essa pessoa ler alguns textos do 3VV. Ao menos serviriam de reflexão. Recomendaria, para começar, esse aqui:
https://3vv.com.br/2014/05/arenas-separacao-torcida-gramado/
Ouvia a entrevista, o sangue começava a ferver ao mesmo tempo em que vinha um sentimento de impotência, rezando para aparecer algum dirigente da S. E. Palmeiras ao vivo para esculachar aquela pessoa.
Nosso clube, meus amigos, ao longo de sua história já deu inúmeras demonstrações de força não deixando ações deste nível denegrir o que quer que fosse nosso.
Pelo contrário. Este tipo de acontecimento era utilizado justamente a nosso favor, aumentando o grau de comprometimento e união.
Nós, a torcida, ficamos no aguardo das devidas ações a fim de que a S. E. Palmeiras jogue dentro da SUA CASA!
Se algo estiver sendo realizado no silêncio dos bastidores para que o jogo permaneça no seu devido lugar, bom, só que a torcida continua sendo achincalhada na mídia sem que o Palmeiras seja efetivamente representado. O silencio desampara a torcida.
E não passa na minha cabeça que qualquer um que tenha algum poder de decisão dentro do clube pense, ainda que sem externar, ser a melhor opção não jogarmos no Allianz Parque.
O que seria isso? Medo? Covardia?
Imaginem a mensagem passada aos nossos jogadores ao verem que não atuarão em casa? “Não confiamos em vocês nem para uma tarde de superação”.
O estádio está lá e é nosso! Novo e dentro do que se espera de um equipamento esportivo dos mais modernos do mundo.
Abaixo ao medo, a covardia e aos detratores da S. E. Palmeiras.
Abraço,
Claudio.

174560cookie-checkArenas – Pelo Nosso Estádio!

70 comentários em “Arenas – Pelo Nosso Estádio!

  • WESLEI PEREIRA
    dezembro 4, 2014
    Responder
  • WESLEI PEREIRA
    dezembro 4, 2014
    Responder
  • Levi
    dezembro 3, 2014
    Responder
    • Levi
      dezembro 3, 2014
      Responder
    • Roberto
      dezembro 3, 2014
      Responder
  • Wagner
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • PAULO H. FRANCESCHINI
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • Gustavo Aroni
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • Luiz Sergio neto
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • Victor Sbrighi
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • lito
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • lito
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • JEFFERSON
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • Gustavo Aroni
    dezembro 3, 2014
    Responder
  • Ruan Santos
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • Denis
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • Levi
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • Bruno
    dezembro 2, 2014
    Responder
    • Bruno
      dezembro 2, 2014
      Responder
      • Sérgio de Mauro
        dezembro 2, 2014
        Responder
    • HARLEY
      dezembro 3, 2014
      Responder
  • Levi
    dezembro 2, 2014
    Responder
    • Levi
      dezembro 2, 2014
      Responder
    • Alex
      dezembro 3, 2014
      Responder
  • joel castanho
    dezembro 2, 2014
    Responder
    • Roberto
      dezembro 3, 2014
      Responder
  • ednei
    dezembro 2, 2014
    Responder
    • Levi
      dezembro 2, 2014
      Responder
  • marco almeida
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • Jose
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • Leu
    dezembro 2, 2014
    Responder
    • HARLEY
      dezembro 3, 2014
      Responder
  • lito
    dezembro 2, 2014
    Responder
    • Alex
      dezembro 2, 2014
      Responder
    • HARLEY
      dezembro 2, 2014
      Responder
      • HARLEY
        dezembro 2, 2014
        Responder
          • HARLEY
            dezembro 4, 2014
  • lito
    dezembro 2, 2014
    Responder
    • HARLEY
      dezembro 2, 2014
      Responder
  • Alex
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • JOTA CHRISTIANINI
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • JOTA CHRISTIANINI
    dezembro 2, 2014
    Responder
  • Waldir Amaral
    dezembro 1, 2014
    Responder
  • Wagner
    dezembro 1, 2014
    Responder
  • Monteiro
    dezembro 1, 2014
    Responder
  • JEFFERSON
    dezembro 1, 2014
    Responder
  • Emilio Maranga
    dezembro 1, 2014
    Responder
  • Levi
    dezembro 1, 2014
    Responder
    • Marcelo Vaccari
      dezembro 3, 2014
      Responder
  • Matheus
    dezembro 1, 2014
    Responder
    • HARLEY
      dezembro 2, 2014
      Responder
  • mário luiz
    dezembro 1, 2014
    Responder
  • Ryan
    dezembro 1, 2014
    Responder
  • Lucas
    dezembro 1, 2014
    Responder
    • DU PALESTRA PALMEIRAS
      dezembro 3, 2014
      Responder
  • Carlos Alexandre
    dezembro 1, 2014
    Responder
    • Ricardo
      dezembro 1, 2014
      Responder
    • Waldir Amaral
      dezembro 1, 2014
      Responder
  • Roberval
    dezembro 1, 2014
    Responder
    • Roberval
      dezembro 1, 2014
      Responder
  • jander
    dezembro 1, 2014
    Responder
    • Marco
      dezembro 3, 2014
      Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *