Desistimos da TV aberta?

fevereiro 27, 2015 69 Futebol com Números

Televisivos alviverdes, confesso que apesar de pouco assistir à TV aberta (na minha casa assiste-se principalmente aos canais infantis tipo Discovery Kids e ao SporTV) me irrita profundamente ver que nos jogos de quarta-feira e de domingo costuma sempre aparecer aquele time do estádio Itaquerão.

O que nos leva a refletir: por que a RGT teria uma estratégia tão clara de privilegiar esse time aqui em São Paulo e privilegiar o Flamengo nos demais estados? Afinal, a emissora paga algumas dezenas de milhões para ter o direito de transmitir os jogos do Palmeiras.

A minha hipótese, já que não sou especialista no assunto, é que a RGT está simplesmente desesperada com a queda de audiência.

Vejamos.

Assim como ocorre na minha casa, um grande número de lares deixou de assistir à TV aberta e migrou para a TV a cabo. Ao mesmo tempo, o Market share da RGT também vem caindo entre aqueles que ainda assistem à TV aberta – o Jornal Nacional bate recordes sucessivos de baixa audiência. E, para piorar, mesmo para aqueles que assistem à TV aberta, muitos dispõem de recursos para gravar os programas e assisti-los mais tarde.

Um dos poucos produtos da TV aberta que ainda faz sentido assistir no momento em que é transmitido é o esporte e, em particular, o futebol.

Portanto a RGT precisaria transmitir times de grande torcida cuja torcida ainda não migrou para a TV fechada, seja por gosto ou por falta de recursos financeiros.

Assim a RGT vai utilizar esses dois times para tentar segurar a audiência na TV aberta e forçar os demais torcedores a migrarem para o SporTV ou para o pay-per-view.

Para nós vermos o nosso Palmeiras novamente dominando a TV aberta, teremos que contar com o time liderando todos os campeonatos que disputar. Afinal, a RGT irá transmitir aquele time que lhe trará audiência, mesmo que esse time seja o Red Bull Brasil.

Ou é isso, ou a outra opção seria os demais times se juntarem e forçarem um tratamento mais igualitário por parte da RGT. Como nós sabemos toda causa em que os times precisam se unir é uma causa perdida.

Então, enquanto o nosso Palmeiras não ganha o Paulista e o Brasileirão este ano (é só uma questão de tempo), termos que simplesmente ignorar a TV aberta.

Por mim, tudo bem. E para você leitor?

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

179410cookie-checkDesistimos da TV aberta?

69 comentários em “Desistimos da TV aberta?

  • Paulo Santiago
    fevereiro 28, 2015
    Responder
  • 3vvAdmin
    fevereiro 28, 2015
    Responder
  • Gustavo Aroni
    fevereiro 28, 2015
    Responder
  • aldo londres
    fevereiro 28, 2015
    Responder
  • Donizete
    fevereiro 28, 2015
    Responder
  • Marcelo Carpinter
    fevereiro 28, 2015
    Responder
    • Gustavo Aroni
      fevereiro 28, 2015
      Responder
  • Mário Jr
    fevereiro 28, 2015
    Responder
  • adilson
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • emilio maranga
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • emilio maranga
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • madila verde
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • joel castanho
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • joel castanho
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • joel castanho
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Mauro_Correia
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Roberval
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Reynaldo Zanon
      fevereiro 27, 2015
      Responder
  • Gustavo Aroni
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Gustavo Aroni
      fevereiro 27, 2015
      Responder
      • Gustavo Aroni
        fevereiro 27, 2015
        Responder
        • Victor Sbrighi
          fevereiro 28, 2015
          Responder
  • Reynaldo Zanon
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Tiago Henrique
      fevereiro 27, 2015
      Responder
    • Victor Sbrighi
      fevereiro 28, 2015
      Responder
  • lito
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • lucas
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • PAULO H. FRANCESCHINI
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Levi
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Levi
      fevereiro 27, 2015
      Responder
    • Redação 3VV
      fevereiro 27, 2015
      Responder
  • mário luiz
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Gustavo Aroni
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Gustavo Aroni
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • lito
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Gustavo Aroni
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Marcelo Vaccari
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • JotaJr
      fevereiro 27, 2015
      Responder
      • Eduardo Augusto Corrêa
        fevereiro 27, 2015
        Responder
    • Francisco Lobello
      fevereiro 27, 2015
      Responder
  • Claudio Baptista Jr.
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Eduardo Augusto Corrêa
      fevereiro 27, 2015
      Responder
  • Gustavo Aroni
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Gustavo Aroni
    fevereiro 27, 2015
    Responder
  • Tiago Henrique
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Fábio Pereira
      fevereiro 27, 2015
      Responder
  • Fábio Pereira
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Junior
      fevereiro 27, 2015
      Responder
      • Victor Sbrighi
        fevereiro 27, 2015
        Responder
        • JotaJr
          fevereiro 27, 2015
          Responder
          • JotaJr
            fevereiro 27, 2015
          • Victor Sbrighi
            fevereiro 27, 2015
          • Felipe Nunes
            fevereiro 27, 2015
          • Eduardo Augusto Corrêa
            fevereiro 27, 2015
          • Victor Sbrighi
            fevereiro 28, 2015
    • Redação 3VV
      fevereiro 27, 2015
      Responder
    • lucas
      fevereiro 27, 2015
      Responder
  • Maurizio P.
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Victor Sbrighi
      fevereiro 27, 2015
      Responder
      • Victor Sbrighi
        fevereiro 27, 2015
        Responder
    • Bruno Monteiro
      fevereiro 27, 2015
      Responder
      • Eduardo Augusto Corrêa
        fevereiro 27, 2015
        Responder
        • Maurizio P.
          fevereiro 27, 2015
          Responder
        • Victor Sbrighi
          fevereiro 28, 2015
          Responder
  • Walter
    fevereiro 27, 2015
    Responder
    • Eduardo Augusto Corrêa
      fevereiro 27, 2015
      Responder

Deixe um comentário para Cleiton Leal Brito Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *