Corneta do Cunio – Jim e David fazendo escola

maio 27, 2015 51 Corneta do Cunio

 

Por Alberto Cunio

Crédulos alviverdes, tenho convicção de que há uma coisa que diferencia nossa Sociedade Esportiva Palmeiras dos demais coirmãos brasileiros: somos um clube com um time e não um time com um clube.

Fácil entender. Mesmo sendo uma tradicional equipe do esporte bretão, ainda o maior vencedor de competições nacionais, uma torcida fanática de milhões de aficionados, o Palmeiras não se vê, internamente, como sendo um protagonista do futebol brasileiro. Qual a razão desta percepção? Simples: o Conselho Deliberativo do clube, órgão que deveria ser como um “parlamento” dele, controlando as ações do mandatário (agora eleito diretamente pelos sócios), promovendo as ações prioritárias de gestão e atendendo aos assuntos mais relevantes desta “sociedade”, não faz isso. Pelo contrário, está voltada para a administração interna de departamentos e contendas menores do clube, abrindo espaço para que o futebol, alma da maioria esmagadora dos que idolatram o Palmeiras desde o berço, seja gerido de forma quase teocrática por seu presidente e observado amadoristicamente pelos demais.

Pois é, meus amigos. O Palmeiras se transformou em uma seita. Sim, esta foi a definição precisa com a qual fui despertado às 6h da manhã em algum dia desta semana por uma mente atenta e brilhante.

Seguindo a mesma linha de raciocínio, fanatismo e alienação dos suicidas de Jonestown e Waco, Paulo Nobre está conduzindo uma escuma de asseclas próximos à cegueira, transformando leigos e incautos torcedores em ferozes jacobinos, todos movidos por interesses desconhecidos, induzidos a aplaudirem rendas e públicos ao invés de vitórias e títulos. E usando para isso um cadastro cinza de sócios, escondido numa caixa-preta à qual pouquíssimos têm acesso.

Como diria mais uma mente prodigiosa de nossa torcida, cujas palavras transcrevo na íntegra, “O mustafismo e o nobrismo estão transformando o palmeiras num clubinho pequeno, medíocre, tacanho, covarde, sem alma, elitista. É um pseudo novorriquismo, rasteiro, ridículo e totalmente distante das nossas raízes, do nosso DNA e da nossa identidade”. Que identidade é essa? Vanguardista, lutadora, vencedora, CAMPEÃ.

Estas sábias palavras mostram o perigoso caminho que está sendo pavimentado nas entranhas de nosso amado clube. E estamos assistindo a isso tudo céticos e inertes, sem saber nem por onde iniciar uma reação. Estão matando, lentamente, o nosso torcedor comum. Em seu lugar, estão brotando androides, fabricados em série por alguma empresa escusa e vencedora de licitação fraudulenta. Onde isso vai parar?

Deixo a CORNETA desta semana para os (ir)responsáveis pela mudança estatutária da SEP, objeto maior de discussões há anos, os quais assumiram as rédeas do clube e não moveram uma palha para tirar o Palmeiras da Idade Média. Jim e David agradecem e aguardam a visita de todos nós. No inferno.

***

NOTA DO EDITOR: O 3VV CARACTERIZA-SE PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO E PELA DIVERSIDADE DE OPINIÕES.
O POST ACIMA EXPRESSA EXCLUSIVAMENTE A ANÁLISE E VISÃO DO AUTOR SOBRE O TEMA.
SEU CONTEÚDO NÃO NECESSARIAMENTE COINCIDE COM A OPINIÃO DOS DEMAIS COLUNISTAS DO SITE.
QUALQUER COMENTÁRIO OFENSIVO OU COM TEOR POLÍTICO SERÁ DESCARTADO.
207600cookie-checkCorneta do Cunio – Jim e David fazendo escola

51 comentários em “Corneta do Cunio – Jim e David fazendo escola

  • rufles
    maio 27, 2015
    Responder
    • rufles
      maio 27, 2015
      Responder
  • Ruan Santos
    maio 27, 2015
    Responder
    • Gustavo Aroni
      maio 27, 2015
      Responder
    • Walter Benvenuti
      maio 29, 2015
      Responder
    • Emmanuel
      maio 27, 2015
      Responder
      • rufles
        maio 27, 2015
        Responder
    • Gustavo Aroni
      maio 27, 2015
      Responder
  • Reynaldo Zanon
    maio 27, 2015
    Responder
  • marcelo vaccari
    maio 27, 2015
    Responder
    • DIOGO SAPIA
      maio 27, 2015
      Responder
  • aldo londres
    maio 27, 2015
    Responder
    • DIOGO SAPIA
      maio 27, 2015
      Responder
    • Gustavo Aroni
      maio 27, 2015
      Responder
  • Bruno Monteiro
    maio 27, 2015
    Responder
  • Emilio Maranga
    maio 27, 2015
    Responder
  • Emilio Maranga
    maio 27, 2015
    Responder
    • Gustavo Aroni
      maio 27, 2015
      Responder
  • Levi
    maio 27, 2015
    Responder
    • Levi
      maio 27, 2015
      Responder
    • Gustavo Aroni
      maio 27, 2015
      Responder
  • Antonio
    maio 27, 2015
    Responder
  • João Cornetta
    maio 27, 2015
    Responder
  • Rafael
    maio 27, 2015
    Responder
    • DIOGO SAPIA
      maio 27, 2015
      Responder
  • Fabio Garcia
    maio 27, 2015
    Responder
    • Breno Henrique
      maio 27, 2015
      Responder
      • Gustavo Aroni
        maio 27, 2015
        Responder
    • Danilo Peressim
      maio 27, 2015
      Responder
  • Renato Rocha-DF
    maio 27, 2015
    Responder
  • Toninho Blanes8
    maio 27, 2015
    Responder
  • Leonardo
    maio 27, 2015
    Responder
  • Cassiano
    maio 27, 2015
    Responder
  • Danilo Peressim
    maio 27, 2015
    Responder
  • Daniel
    maio 27, 2015
    Responder
  • mário luiz
    maio 27, 2015
    Responder
  • Diogo Belotto
    maio 27, 2015
    Responder
    • JotaJr
      maio 27, 2015
      Responder
  • JotaJr
    maio 27, 2015
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *