Por que não uma Liga de Clubes sem o Flamengo?

Por que não uma Liga de Clubes sem o Flamengo?

setembro 10, 2021 0 Notícias

Uma liga de clubes sem o Flamengo? Quase impossível, mas tem gente aventando essa possibilidade, segundo jornalista Danilo Lavieri, do portal UOL.

A postura individualista e, de certa forma, canalha, do clube carioca em buscar na Justiça autorização para ter público no estádio rachou a pretensa união dos 40 clubes de séries A e B para formar uma liga. O Flamengo conseguiu autorização do STJD e da Prefeitura do Rio de Janeiro para abrir os portões.

Adversário na Copa do Brasil e no Brasileiro em dois jogos seguidos, o Grêmio ameaça não entrar em capo se houver torcedores flamenguistas nos dois jogos. Outros clubes não descartam a medida.

Há diferenças profundas sobre a visão administrativa do futebol brasileiro, como a mais moderna e mais equilibrada, pregada pelo Bahia e seu presidente progressista, e a mais conservadora e retrógrada, defendida por diretores do Athletico Paranaense, como ficou patente na discussão acalorada na segunda e última reunião para discutir o assunto.

O problema maior, no entanto, é o individualismo flamenguista, que se tornou o clube mais odiado do Brasil, segundo o jornalista Renato Mauricio Prado, hoje no UOL, um profissional assumidamente torcedor do Flamengo e sem pudores em aderir a posturas estranhas para defender o clube.

E como ficaria a Rede Globo ao observar uma Liga de Clubes sem o Flamengo, o seu maior queridinho e supostamente campeão de audiência no Brasil inteiro?

A ideia está sendo levada em consideração, segundo Lavieri, mas uma coisa é certa: o ódio ao Flamengo, totalmente justificado por conta de sua postura canalha, servirá de combustível para que os demais clubes busquem nova união e levem a Liga dos Clubes adiante, já que a iniciativa parece adormecida

A eventual união de todas as outras equipes conseguiria minimizar os danos de o grupo não contar com o time mais popular do país e um dos mais fortes na hora de negociar direitos de televisão.

Uma questão que fica: será que haverá algum dirigente brasileiro com confiança para ter ao lado gente que costuma descumprir acordos?

O Flamengo assinou acordo no começo do Brasileiro 2021, com todos os outros times da série A, se comprometendo a só aceitar público nos estádios quando isso fosse possível para todas as equipes.

De forma vergonhosa, descumpriu esse acordo ao ir à Justiça desportiva em busca de autorização – e conseguindo, o que é mais escandaloso.

Que a equipe carioca seja isolada e punida exemplarmente, já que seus dirigentes são arrogantes e nem um pouco confiáveis.

289250cookie-checkPor que não uma Liga de Clubes sem o Flamengo?

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *