Abel culpa desentrosamento e calendário apertado por mais um mau desempenho

Créditos: Cesar Greco

Abel culpa desentrosamento e calendário apertado por mais um mau desempenho

outubro 13, 2021 1 Brasileiro 2021, Notícias

Abel Ferreira esgota as explicações para mais uma apresentação ruim (FOTO: CESAR GRECO/DIVULGAÇÃO)

Com a arbitragem poupada, o mau futebol desta vez foi atribuído ao cansaço, ao calendário tumultuado e ao desentrosamento por conta dos vários desfalques. Sobre a falta de padrão de jogo e aos excessivos erros de passes e de posicionamento, nenhuma palavra de Abel Ferreira após o horrível empate em 0 a 0 com o Bahia.

Ele rechaçou um suposto desinteresse e realçou que a equipe vive um mau momento, mas classificou como desumanas as exigências e cobranças dos atletas que jogam no Brasil.

“Jorge esta recuperado de lesão e foi a primeira vez que atuou 90 minutos”, tentou explicar o treinador. “Não temos o melhor entrosamento, mas os rapazes tentaram, buscaram. Volto a repetir, é desumano o que fazem com os jogadores aqui. E depois a após a expulsão ficou mais difícil ainda.”

Embora enfrentasse um adversário que está na zona de rebaixamento, Abel Ferreira exaltou a suposta qualidade do adversário, que tinha um treinador, Guto Ferreira, que fazia apenas o seu segundo jogo no comando do Bahia. Lamentou que o Palmeiras tivesse que se esforçar demais para correr atrás dos jogadores do adversário – fruto de mau posicionamento e marcação pífia.

“Tivemos que correr muito atrás do resultado e tivemos a expulsão, tivemos que defender muito e com a insanidade de jogos q eu temos, é impossível qualquer time manter a intensidade o jogo todo”, argumentou Ferreira,

295840cookie-checkAbel culpa desentrosamento e calendário apertado por mais um mau desempenho

1 comentário em “Abel culpa desentrosamento e calendário apertado por mais um mau desempenho

  • José Odilson
    outubro 13, 2021
    Responder

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *